COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Seminário de Direitos Humanos vai debater temas sobre criminalidade, educação e saúde pública

Nos dias 21 e 22 de agosto, será realizado, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, no Campus Ijuí, o I Seminário Debatendo Direitos Humanos na Terra das Culturas Diversificadas. Serão duas noites destinadas a tratar das seguintes temáticas: "Violência(s) e criminalidade: reflexões sobre o papel (e as demandas) da educação" e "Saúde pública e iniciativa privada: é possível conciliar?".

O evento, que fará será também a aula inaugural do Curso de Graduação em Direito, tem início às 19h30min. A entrada é franca, não há necessidade de inscrição e haverá entrega de certificado de ouvintes para os presentes (03 horas para cada painel) ao final de cada atividade. Na ocasião, integrantes do Coletivo Feminista “Sou Minha” estarão arrecadando itens de higiene pessoal a serem destinados para a ala feminina da Penitenciária Modulada de Ijuí. 

                      

Integrarão o painel da segunda-feira (21) Jocelaine Aguiar (Delegada de Polícia), Silvia Amaral (Assistente Social), Marlise Bortoluzzi (Promotora de Justiça) e Fernanda Matter, que fará um relato sobre o cárcere. A mediação ficará a cargo do Professor André Copetti Santos, Pós-doutor em Direito pela Unisinos. 

Na terça-feira (22), a Professora Janaína Machado Sturza (Pós-doutora em Direito pela UNISINOS) conduzirá a abordagem, juntamente com Carla Schöffel Lizot (Defensora Pública), Liane Beatriz Righi (Doutora em Saúde Coletiva da Unicamp) e Maria Cristina Lucion (Advogada e Mestre em Direito). 

“É necessário discutir tais temáticas numa perspectiva local. O debate teórico, embora importantíssimo, muitas vezes faz com que a percepção em torno dos direitos humanos se situe num plano muito abstrato, de modo que as pessoas ignoram o fato de que as atitudes mais elementares da vida passam pelo reconhecimento de direitos humanos”, salientou Pâmela Copetti Ghisleni, membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB/Ijuí e aluna do Curso de Mestrado em Direitos Humanos da UNIJUÍ. 

Para Nelci Meneguzzi, Coordenadora do Núcleo de Eventos e Professora do Departamento de Ciências Jurídicas e Sociais, “apoiar um evento destinado a tratar de direitos humanos é fundamental, sobretudo por ser aberto ao público. O DCJS acredita na necessidade e importância de fomentar o debate teórico numa perspectiva empírica que transcenda a universidade, viabilizando sua aplicabilidade no dia a dia das pessoas”. 

O evento é promovido pela Comissão de Direitos Humanos da 23ª Subseção da OAB/RS em parceria com o Departamento de Ciências Jurídicas e Sociais da UNIJUÍ.


Compartilhe!