COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Criatec realiza evento comemorativo aos 10 anos de história

Há 10 anos fomentando o empreendedorismo regional, a Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica – Criatec se solidifica cada vez mais como um espaço que possibilita o desenvolvimento e qualificação de empresas e empresários que buscam investir no mercado de Ijuí e região. Dentro deste contexto, a Criatec realizou na tarde desta quinta-feira, um evento comemorativo que, além de celebrar o histórico de conquistas da incubadora, também graduou quatro empresas incubadas.

O evento teve um formato de roda de entrevistas, conduzido pelo jornalista Douglas Dornelles, sócio da Dialetcom ex-incubada da Criatec, com a presença do vice-reitor da época de criação da incubadora professor Telmo Frantz, do diretor substituto e coordenador do Projeto Extensão Produtiva e Inovação/PEPI da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia/SDECT, Érbio Webster, do secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Ijuí Antônio Tâmbara, e do gerente da Agência de Inovação Tecnológica da UNIJUÍ – AGIT, Luís Juliani. Dentre as menções pela passagem dos 10 anos da incubadora, todos os convidados falaram sobre os avanços alcançados até o momento e a prospecção de um futuro ainda mais produtivo por meio de parcerias e fomento ao empreendedorismo. “Fomos arrojados na época, o que foi positivo para conquistarmos a estrutura da Criatec que temos hoje. Agora, o desafio é buscar ainda mais”, salientou o professor Telmo Frantz.

Segundo o gerente da AGIT, Luís Juliani, as empresas que já foram incubadas pela Criatec geraram mais de 100 empregos na região e 96% das empresas graduadas, permanecem no mercado de trabalho fomentando a economia. “Em termos de indicadores e de espaço para capacitações, a Criatec está entre as melhores do Estado. Para 2018, estamos buscando uma maior interação das empresas com a universidade e com o poder público para, talvez, buscarmos a criação de um berçário pós-Criatec, para que as empresas continuem recebendo por mais um período o apoio das capacitações e continuem desenvolvendo suas atividades no mercado regional”, comenta Juliani. Já o secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Antônio Tâmbara, frisou a importância de se ter uma incubadora do porte da Criatec no município, o que humaniza e potencializa o desenvolvimento da comunidade local e regional.

Para o diretor substituto e coordenador do Projeto Extensão Produtiva e Inovação/PEPI da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia/SDECT, Érbio Webster, o Rio Grande do Sul possui um ambiente de amplo crescimento e o papel do governo é incentivar o desenvolvimento desse potencial. “Esse programa das incubadoras e pólos tecnológicos felizmente ainda conta com o apoio do Banco Mundial. No entanto, a situação deve mudar no próximo ano, e nós, enquanto governo, já estamos em busca de novas alternativas para mantermos esse trabalho em andamento. Para isso, estamos contando com o apoio das universidades e da participação do próprio município e empresários, no objetivo de encontrarmos a solução que viabilize a continuidade do que vem sendo realizado”, revelou.

Participaram do evento ainda a atual coordenadora da Criatec, Maria Odete Palharini, a professora e na época gerente da AGIT Sandra Regina Albarello, funcionários da incubadora, empresários e comunidade local.

 



O evento contou ainda com a apresentação dos perfis de negócios de três novas empresas que fazem parte do quadro de incubadas da Criatec, dentre elas: ENR Engenharia, LLS Sistemas e VSYS Sistemas Inteligentes, as quais estão assumindo seu espaço junto à incubadora e já passam a receber todo aporte oferecido aos novos negócios.

Após a apresentação das novas empresas, como ato de encerramento do evento comemorativo, houve a graduação de quatro empresas que faziam parte do quadro de incubadas da Criatec: Elithe Engenharia, Bel Vedere, Simula e Aprova e D’Qualité Consultoria, que agora passam a fazer parte do mercado de trabalho de forma independente. As empresas realizaram o rito de troca de placas do quadro de empresas incubadas para empresas graduadas, no quadro que fica no hall da entrada da Criatec.


Seminário de Chagas será realizado na Unijuí nesta terça-feira

                               

O Departamento de Ciências da Vida (DCVida) através do Projeto Ações Interdisciplinares de Educação e Saúde para Combate ao Aedes Aegypti e Doenças Emergentes em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde/Ijuí realiza, nesta terça-feira, o Seminário de Chagas. O evento será realizado, das 8h30 às 11h30, no auditório do Salão Azul.

Destinado a estudantes e professores das áreas de Saúde, Ciências Biológicas, Medicina Veterinária e Arquitetura, Servidores de Saúde e Público em geral o evento vai contar com uma série de palestras.

Confira a programação:

  1. Programa de Controle da Doença de Chagas (PCDCh) -

Palestrante: Cleonara Bedin - Médica Veterinária; Coordenadora Estadual do PCDCh - DVAS/CEVS/RS;

  1. Operações de campo para controle da Doença de Chagas.

 Palestrante: Paulo Sakis, Engenheiro-Agrônomo, Coordenador Técnico do Setor de Vigilância Ambiental em Saúde da 14ª CRS, Santa Rosa.

  1. A experiência da Vig. Epidemiológica da D de Chagas na 14ª CRS

 Palestrante: Fernando Klaus - Médico Veterinário - Setor de Vigilância Epidemiológica da 14ª CRS, Santa Rosa;

  1. Programa de Melhoria Habitacional, Educação em Saúde e Lançamento do Vídeo sobre a Doença de Chagas no RS;

 Palestrante: Tânia Wilhelms - Arquiteta-Sanitarista - Chefe Substituta da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde - DVAS/CEVS/RS; 


UNIJUÍ entrega premiação para professores envolvidos no Programa Conecta Educação

A UNIJUÍ realizou a entrega da premiação do Programa Conecta Educação, na tarde de quinta-feira, dia 09, no Campus Santa Rosa. Na oportunidade participaram diversos professores, e os que se destacaram através do uso da tecnologia educacional de forma criativa e integrada a sua prática docente, foram premiados.

A programação também contemplou durante a tarde, a discussão do Tema Educação 3.0 – Conexões e Possibilidades, com a Google Innovator Maidi Dalri. Durante sua fala enfatizou a temática através do alinhamento das atividades e projetos desenvolvidos ao longo do ano, destacando que a Educação 3.0 pressupõe o uso de metodologias ativas em conjunto com os recursos tecnológicos colaborativos. E com esse foco foram desenvolvidos diversos projetos pelos participantes do Programa. Alguns deles foram submetidos à apreciação da Comunidade através do Prêmio Conecta Educação.

As ações do Conecta Educação também chegaram às escolas estaduais e municipais através do projeto realizado em duas escolas pilotos. Outro diferencial do projeto foi o trabalho focado no grupo de professores da área de matemática e currículo com o uso da plataforma do Khan Academy, outro resultado que foi compartilhado com o público presente.

Segundo o Pró-Reitor da UNIJUÍ Campus Santa Rosa, professor Ariosto Sparemberger, as metodologias ativas são ferramentas que proporcionam aos professores e alunos, a possibilidade da utilização da tecnologia digital no processo ensino-aprendizagem. “Esta técnica revoluciona a educação, pois injeta o uso de aparelhos tecnológicos e desafia em especial os professores a se preparar para utilizar os métodos inovadores. E o conecta educação, trabalha nesta direção e com certeza está trazendo benefícios e mudanças na educação de Santa Rosa”. O Professor destaca ainda, que a UNIJUÍ está trabalhando na formação dos seus professores a partir das metodologias ativas.

Sobre o Conecta

O Conecta é um movimento promovido pela Agência de Desenvolvimento de Santa Rosa e tem como objetivo principal ser o primeiro passo para um processo de criação de um ambiente propício a inovações e novos empreendimentos.

O Conecta Educação teve uma série de eventos e ações que trataram diretamente sobre educação, empreendedorismo e inovação. A programação também contemplou no dia 17 de outubro, a tarde, o seminário “O Futuro da Educação/ A Educação do futuro” e a noite, o Seminário “Educação/Inovação/Empreendedorismo”.

 


Duas novas Redes de Cooperação foram lançadas na Região Noroeste

                  

Na noite desta quinta-feira, a UNIJUÍ, por meio da Agência de Inovação e Tecnologia – AGIT, em parceira com o Programa Redes de Cooperação, realizou o lançamento de duas novas redes: a Rede Integrar – Agroindústria e Microempreendedores Individuais – MEIs e da Rede Inovar Noroeste - rede de inovação do Noroeste Gaúcho, em evento realizado no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum. 

Participaram da cerimônia o Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, Fernando Jaime González, prefeito de Ijuí, Valdir Heck, Erbio Andretto, diretor substituto do Departamento de Apoio à Microempresa e Empresa de Pequeno Porte na Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia – SDECT, representantes do Programa Redes de Cooperação e os integrantes das Redes. 

Após o lançamento, os participantes do evento puderam degustar produtos de agroindústrias da Rede Integrar. 

Rede de Inovação do Noroeste Gaúcho – Inova Noroeste


Atualmente, a necessidade de inovação em ambientes empresariais é comum. Dentro desta perspectiva, criou-se a Rede de Inovação do Noroeste Gaúcho – Inova Noroeste. A associação congrega empresas de diversos ramos. Como principais objetivos, destacam-se o desenvolvimento sustentado, a competitividade, a melhoria contínua dos associados e, é claro, a inovação. Além disso, esta constituição busca fomentar as ligações cooperativas empresariais, estimulando o ganho de mercado para os associados. A apresentação da Rede de Inovação do Noroeste Gaúcho, foi realizada pelo presidente Christian Fortes Bezerra.

 Rede Integrar de Agroindústrias e Microempreendedores Individuais


 

Após visitas, reuniões e sensibilizações em praticamente todos os munícipios pertencentes ao Corede Noroeste Colonial, criou-se a Rede Integrar. Esta Rede nasceu do desejo de agroindústrias familiares, de diversos ramos, em buscar alternativas coletivas para se manterem ativos no mercado, vislumbrando possibilidades de crescimento e competitividade. A rede é constituída por agroindústrias e microempreendedores individuais do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.

Como principais objetivos da Rede têm-se a promoção de ações educacionais, o desenvolvimento sustentado dos empreendimentos, o aumento da competividade e o fomento das ligações cooperativas dos associados. Além da qualificação, troca de informações e capacitação em gestão rural.  A Rede foi apresentada no evento pelo presidente, Marcio Ademir da Cruz. 

Sobre o Programa e as Redes

Este Programa é uma iniciativa do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, através da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia – SDECT, em parceria com a Unijui na região Noroeste, para desenvolver a cultura associativa entre micro, pequena e médias empresas, para empreendedores da indústria, comércio, serviços e do agronegócio. Hoje, em todo o Estado, contam com o apoio do Programa 260 redes de cooperação, com 7.100 empresas integradas, mantendo aproximadamente 80 mil postos de trabalhos diretos. 

As Redes congregam empresas de diversos ramos, contudo buscam algo em comum: promover ações de cunho educacional em prol dos negócios desenvolvidos pelos associados. Como principais objetivos se destacam o desenvolvimento sustentado, a competitividade, a melhoria contínua dos associados. Além disso, esta constituição busca fomentar as ligações cooperativas empresariais, estimulando o ganho de mercado para os associados.

Confira uma galeria de fotos do evento


Comitê de Bacias Hidrográficas participa do ENCOB em Aracajú

O Comitê de Bacias Hidrográficas dos Rios Turvo – Santa Rosa – Santo Cristo está participando durante essa semana do XIX Encontro Nacional dos Comitês de Bacias Hidrográficas (ENCOB) na cidade de Aracaju, o evento iniciou no dia 07 e se estenderá até o dia 10 de novembro.

A programação está contemplando a participação de representantes do Sistema Integrado de Recursos Hídricos do Brasil, ou seja, Poder Público, Usuários, ONGs, Universidades e Municípios. Na oportunidade estão participando o Presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas, Adilson João Steffen, a Secretária Executiva, Cristiane Loebens e a Maria Cristina Zanotto, membro da Comissão Permanente de Assessoramento (CPA). O tema central do evento desse ano trata sobre “Os Comitês de Bacia no fortalecimento do Sistema Nacional de Recursos Hídricos”.

O ENCOB tem como objetivo oportunizar a troca de ideias, apresentações de experiências exitosas de boa gestão dos recursos hídricos e fundamentalmente, conhecer os modelos aplicados nos Estados brasileiros no que se refere ao gerenciamento das águas. O encontro também está fomentando a discussão da gestão das águas transfronteiriças e das águas subterrâneas, o que tem trazido inúmeros técnicos e representantes de outros países para participar do evento.

Sobre o Comitê

O Comitê de Bacias Hidrográficas tem como objetivo gerir e deliberar sobre a política de utilização das águas. Promovendo a conservação e recuperação dos corpos d'água, garantindo a utilização racional e sustentável dos recursos para a manutenção da boa qualidade de vida da sociedade local.

A Secretaria Executiva do Comitê Turvo – Santa Rosa – Santo Cristo, funciona junto a UNIJUÍ Campus Santa Rosa e atende através do fone (55) 3511-5254 ou pelo e-mail comiteturvo@unijui.edu.br.

Delegação Gaúcha participando do Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas.


Criatec: há 10 anos incentivando o desenvolvimento regional

Em março de 2007, por iniciativa do então Vice-Reitor de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão Telmo Rudi Frantz, que acreditava no empreendedorismo e inovação como alternativa de desenvolvimento para a região, foi lançado o Programa de Incubação da Unijuí, com o viés de transformar conhecimento em negócios. Em novembro daquele mesmo ano, foi inaugurada a Criatec com, então, duas empresas como incubadas.

A Criatec estabeleceu sua primeira sede no Edifício Itália Luchese, no centro de Ijuí. Possuía capacidade para incubar quatro empresas, além de uma sala de reuniões e uma secretaria. Os primeiros funcionários alocados à incubadora foram o consultor e responsável pela elaboração do Plano de Negócios da Criatec Edson Maletz, a coordenadora Maria Odete Palharini, analista de negócios da AGIT e a professora de Ciências Econômicas do Departamento das Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação (DACEC), Sandra Regina Albarello gerente da AGIT.

Desde sua criação, a Criatec busca oferecer às empresas e empreendedores um espaço de amplo debate de ideias, ofertando sempre qualificações nas mais variadas áreas do conhecimento tendo em vista fomentar o desenvolvimento das ideias empreendedoras, bem como o desenvolvimento do município de Ijuí e região por meio da inovação tecnológica e criação de novas empresas. Para comemorar esses 10 anos de criação, a Criatec pensou em uma programação diferenciada, mesclando os alicerces criados ao longo da trajetória da incubadora, com as perspectivas de futuro.

Nesse contexto, a Criatec realiza um evento comemorativo no dia 09 de novembro, com início às 17h, na sede da incubadora, com a graduação de quatro empresas incubadas e a projeção de quatro novas vagas. 


Programa Institucional de Avaliação da Unijuí avalia sua atuação junto à comunidade externa, nas cidades de seus campi

No contexto das políticas públicas de educação superior, o estabelecimento do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – Sinaes requer das universidades o olhar do todo institucional. O Sinaes engloba a avaliação institucional (interna e externa), avaliação dos cursos de graduação e o Enade, coordenada/acompanhada pelo Ministério da Educação. A avaliação interna é coordenada pela CPA – Comissão Própria de Avaliação.

O programa institucional de avaliação conta com a participação de todos os segmentos da comunidade interna e externa; processos, instrumentos e períodos de aplicação regulamentados pelas políticas do MEC e da Unijuí. Neste ano, a CPA está desenvolvendo processos avaliativos com os segmentos da comunidade externa e dos estudantes.

Com a intenção de buscar elementos e parâmetros para verificar em que dimensão a Unijuí é avaliada e reconhecida como uma instituição que promove o desenvolvimento regional pela educação, a Comissão Própria de Avaliação – CPA, no período de 16 de outubro a 17 de novembro de 2017, está realizando Pesquisa de Imagem junto à comunidade externa para avaliar a imagem da Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS - Unijuí e a importância da sua atuação no desenvolvimento regional.

A pesquisa está sendo aplicada nas cidades de seus campi, ou seja,Ijuí, Santa Rosa, Panambi e Três Passos. A metodologia utilizada se classifica como aplicada descritiva e de levantamento ou survey, com coleta de dados por intermédio de questionário composto de questões com alternativas pré-estruturadas e perguntas em aberto. A amostra é não probabilística, classificada como de conveniência e de adesão, pois os respondentes deverão se prontificar a participar da pesquisa. O questionário está sendo encaminhado a diferentes segmentos sociais, como: órgãos públicos, empresariais, educacionais, conselhos de classe, associações; cooperativas; dentre outros.

Quem desejar responder, pode acessar o questionário por meio do link: bit.ly/PesquisaDeImagemUnijuí.

Na visão da professora Cátia Maria Nehring, Reitora da Unijuí, "a comunicação e a avaliação da sociedade é uma preocupação permanente e tem como referência o fortalecimento do projeto de universidade comunitária. As políticas de avaliação, através de ações específicas, buscam interagir de forma efetiva com os diferentes segmentos sociais para compreender suas demandas e materializar as mesmas em projetos de pesquisa, de extensão e na formação acadêmica profissional, em nível de graduação, cursos de aperfeiçoamento, lato sensu, mestrado e doutorado, que impactem no desenvolvimento regional e na formação de seus estudantes com espírito crítico, humanista e empreendedor".


Unijuí ofereceu formação no recurso terapêutico auriculopuntura

                   

No último fim de semana a Unijuí realizou a segunda edição do curso de Qualificação Prática em Auriculopuntura. Destinado para profissionais de saúde e pessoas envolvidas com práticas de cuidado em saúde, o objetivo foi oferecer formação prática em importante recurso terapêutico no cuidado ao ser humano.

Durante as práticas do curso, os participantes puderam realizar uma meditação para o chacra cardíaco, realizada no domingo pela manhã, aproveitando o dia ensolarado e o espaço qualificado para este tipo de prática no Campus Ijuí. O terapeuta que conduziu a meditação (professor do curso) Dionei Ruã dos Santos propôs esta meditação ativa aos participantes do curso justificando os benefícios das práticas meditativas.

O que é auriculopuntura

O pavilhão auricular no corpo humano, enquanto um microssistema, funciona como um receptor de sinais de alta especificidade, podendo refletir todas as mudanças fisiológicas dos órgãos e vísceras, dos quatro membros, do tronco, dos tecidos, etc. Quando produz-se uma desarmonia em qualquer parte do corpo humano, este é refletido na orelha com reações de carácter e localidades diferentes, específicos a cada enfermidade em particular, e deixando relações muito estreitas entre os locais reativos e as partes do organismo implicadas na patologia.

O método de tratamento em auriculoterapia utiliza as tradicionais agulhas de acupunctura, agulhas intra-dérmicas, utilização do laser, as esferas magnéticas e moxabustão e também através da colocação de pequenas sementes com adesivo, técnica de escolha para este curso.


"A Tartaruga Vermelha" e "Cegonhas – A História que não te Contaram" serão exibidos no Cine Aipan

O Museu Antropológico Diretor Pestana – MADP e a Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural - AIPAN, com o apoio do Sinpro Noroeste e o SindiComerciários Ijuí promovem durante todo o ano, o CINE AIPAN, através da exibição de filmes com temática socioambiental. Os filmes são exibidos, gratuitamente, às 19h30min, no Auditório do Museu.

Confira os filmes que serão exibidos em novembro:

Dia 08 de novembro (quarta-feira) será exibido o filme “A Tartaruga Vermelha”


 

Sinopse: Após sobreviver a um naufrágio, um homem se vê em uma ilha completamente deserta. Lá ele consegue se manter, através da pesca, e tenta construir uma jangada que lhe permita deixar o local. Só que, sempre que ele parte com a embarcação, ela é destruída por um ser misterioso. Logo ele descobre que a causa é uma imensa tartaruga vermelha, com quem manterá uma relação inusitada.

Tempo de Duração: 90 min

Dia 10 de novembro (sexta-feira) será exibido o filme “Cegonhas – A História que não te Contaram

 

Sinopse: Todo mundo já sabe de onde vêm os bebês: eles são trazidos pelas cegonhas. Mas agora você vai conhecer a mega estrutura por trás desta fábrica de bebês: na verdade, as cegonhas controlam um grande empreendimento que enfrenta muitas dificuldades para coordenar todas as entregas nos horários e locais certos.

Tempo de Duração: 107 min

Participe!

Traga toda sua família para um momento de informação, cultura e lazer.

 

Museu Antropológico Diretor Pestana - MADP

Rua Germano Gressler, 96, Bairro São Geraldo (ao lado da Sede Acadêmica da UNIJUÍ)

Mais informações: telefone (55) 3332-0257 / e-mail madp@unijui.edu.br.


Primeiro Cheirinho de Bebê no Ar tratou sobre os Primeiros Mil Dias do Bebê

Programa estreou na Unijuí FM no último sábado com participação de professoras da área da saúde

Estreou no último sábado a edição 2017 do Cheirinho de Bebê no Ar, na UNIJUÍ FM, uma produção em conjunto com os cursos de Enfermagem, Nutrição e Psicologia, além da participação de convidados da área da saúde e pais de crianças. Este ano, a temática compreende os Primeiros Mil Dias do Bebê, ou seja, da gestação até o período dos dois anos, importante fase para o desenvolvimento físico e psicológico da criança. Neste primeiro programa, a jornalista Carine Da Pieve conversa com as professoras da UNIJUÍ Arlete Roman, Karina Rios e Kenia Freire, que também fizeram uma avaliação da edição 2016 do programa, que teve como tema a Amamentação. 

Ouça o programa na íntegra: