COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Desafio de Robótica promove Sumô de Robôs na OpenTech 2017

A OpenTech está na programação da ExpoIjuí/Fenadi e junto dela o Desafio de Robótica ou Sumô de Robôs (Robot Challenge) como ficou conhecida. O desafio tem o objetivo de aplicar conhecimentos formais e informais na área da elaboração de um projeto, construção física e testes de robôs.

O Desafio de Robótica é desenvolvido em duas fases. A primeira é a etapa classificatória dentro das escolas de Ijuí. Cada escola inscreveu até 10 grupos de 3 a 4 pessoas. Os estudantes foram desafiados a construir, a partir de um modelo base, um robô controlado por meio do sistema Android para a competição. Depois de construído, as “lutas” definiram os finalistas.

De cada escola apenas duas equipes se classificam para a grande final, no Palco das Etnias, durante a ExpoIjuí/Fenadi 2017, no dia 17 de outubro. O primeiro lugar receberá um troféu e o segundo e terceiro lugar medalhas. Todos acompanhados de um certificado de honra ao mérito.

As três equipes finalistas poderão levar seus robôs para suas escolas como parte do prêmio. O campeonato de Sumô de Robôs faz parte da programação da OpenTech durante a Expoijuí 2017 e é operacionalizada pelos Cursos do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (DCEEng) e coordenadoria de Marketing da Unijuí. 


Projeto de Pesquisa estuda as responsabilidades sobre as novas tecnologias

Com o passar dos anos, tornou-se ainda mais importante observar o desenvolvimento das novas tecnologias dentro das suas interfaces para com o Direito brasileiro, visando à questão da responsabilidade (civil, penal e administrativa), investigando a efetivação social dos Direitos Humanos e Fundamentais.

O projeto “Novas Tecnologias, Direitos Humanos e Responsabilidade”, coordenado pelo professor Mateus de Oliveira Fornasier, busca compreender como é possível regular o risco que as novas tecnologias representam para o meio ambiente, para a sociedade e para o ser humano.

            

Conforme salienta, tudo é analisado e explorado de modo crítico e não apenas descritivo. “Estas novas tecnologias, como nanotecnologias, biotecnologias e internet, trazem muitas coisas positivas, mas também carregam consigo o grau do inesperado que acaba por afetar as nossas vidas”, destaca.

Mateus explica também que, a partir de quando são descobertas e desenvolvidas, estas tecnologias entram no sistema econômico como uma alternativa para produção, sendo pensadas apenas desta forma. Um exemplo disso é a internet: uma ferramenta que possibilita às pessoas manter relacionamentos, divulgar com ampla abrangência as suas ideias, pesquisar por assuntos de seus interesses, realizar negócios, etc. Porém, por outro lado, traz uma grande carga de negatividade, como a potencialização da pedofilia, a disseminação de discursos de ódio, preconceituosos e facilita a pirataria. “Ela acarreta uma série de práticas que o Direito considera crime e que na imensa maioria das vezes é prejudicial para a sociedade”.

Então, como utilizar as ideias que já existem no Direito para a regulação destas novas tecnologias? Segundo Mateus, pensando em termos de lei, isso se torna pouco viável. “Quando se trata de ciência e tecnologia não é simples assim, porque para uma lei se consolidar pode demorar até mesmo décadas. Já pensou ter uma discussão de 15 anos sobre uma tecnologia nova? Ou seja, a lei já nasce velha, é um raciocínio que não se adequa mais a velocidade do novo a tecnologia”, destaca.

Outro exemplo são as nanotecnologias. De acordo com o professor, existem estudos que comprovam que a manipulação de nanopartículas para a construção de novos produtos e a realização de novos processos traz consigo possibilidades enormes de construções mais eficientes, medicamentos e tratamentos mais eficazes, avanços nas tecnologias de informação e comunicação, entre outros. “Mas isso nos traz alguns problemas: as pessoas que fabricam esses materiais estão protegidas? Como fazer para que partículas tão pequenas não sejam respiradas por esses empregados, acarretando-lhes problemas de saúde até então desconhecidos? Será que os poros das máscaras usadas por eles são pequenos o suficiente para não deixar as nanopartículas passarem?”, questiona o professor.

As nano partículas podem ser utilizadas em alguns materiais sem nenhum problema em nível macro, como no alumínio encontrado em panelas e produtos embalados. Porém, em nível nano (que é bem menor), as propriedades da matéria podem mudar, fazendo com que ela se torne muito mais reativa. “Se você transformar o alumínio em nano-partículas ele se torna tão reativo que estudos apontam que este elemento poderia servir de combustível para foguete. Então, às vezes, a indústria coloca produtos fabricados a partir das nanotecnologias no mercado sem divulgar informações como esta, muitas vezes até por ainda não ter obtido tais informações”, conta. 

Resultados:

Durante todo o andamento do projeto, alguns dados foram publicados em artigos sobre o princípio da precaução: uma estratégia jurídica tradicional para regular aquilo que é novo em tecnologia. “Ele nos diz só é possível liberar no mercado o uso daquilo cujos riscos já se conhece, na medida em que se conhece e que não se pode transferir para o consumidor, sociedade ou meio ambiente, o risco sobre o desconhecido, sendo este da responsabilidade daquele que colocou o produto no mercado”, explica Mateus.  

Além disso, foram realizadas palestras, ministradas pelo professor na Unijuí e em educandários de Ensino Médio. “Em algumas escolas, falamos sobre a internet e seus riscos. Então, para além das discussões sobre o que é o Direito, conseguimos contribuir com a comunidade, divulgando a Universidade, e ao mesmo tempo conversando com os jovens que logo serão nossos alunos, sobre como pensar o novo dentro do Direito”.

O livro “Direitos Humanos, tecnologia e sociedade”, produzido por Mateus e pelo professor Maiquel Wermuth, também é resultado das pesquisas desenvolvidas.

 

Nas tentativas de aproximar as discussões teóricas com a vivência no dia a dia, o projeto busca contribuir com a comunidade fomentando novas ideias que surgem através das atividades desenvolvidas. “Buscamos incentivar as pessoas a pensarem de modo diferente, porque isso está diretamente ligado com os aparatos que utilizamos diariamente, mostrando também que o direito tem novos modos de se pensar também, além da visão do senso comum”. 

 


ExpoIjuí: Desafio Cidades Inteligentes procura soluções para Mobilidade Urbana

Na sexta-feira, 13 de outubro, acontece a Abertura do Desafio Cidades Inteligentes, evento que integra a programação do Espaço Open Tech durante a Expo-Ijuí/Fenadi 2017. A proposta do evento é proporcionar uma experiência empreendedora em que as equipes participantes deverão apresentar uma solução à problemática Mobilidade Urbana Sustentável, para isso serão oferecidas aos participantes capacitações que buscam transformar ideias em negócios. Isso vai ocorrer a partir da problemática: Mobilidade Urbana e Projeto Paisagístico para as Casas do Bairro da Pedreira.

                    

O produto desenvolvido pelas equipes será apresentado, no dia 22 de outubro, a uma banca avaliadora composta por representantes das entidades: Unijuí, ACI de Ijuí, Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sebrae. Os ganhadores dos três primeiros lugares receberão um troféu. Conforme a responsável pela organização do Desafio Cidades Inteligentes, Leonice Parnoff, a realização do Desafio está alinhada com a proposta da Feira. “Dentre os objetivos da Expo, está promover negócios e o Desafio alinha-se à proposta da feira uma vez que objetiva socializar conceitos acerca do empreendedorismo através da disponibilização de ferramentas que auxiliem no processo de inovação, possibilitando aos participantes o exercício de sua capacidade de criar, de resolver problemas e encontrar soluções, desafiando-os a pensar, imaginar e apresentar uma solução a um dos temas propostos, daí a sua importância para a feira”, afirma.

A Abertura do Desafio Cidades Inteligentes acontece das 19h às 21h, no Centro Administrativo da Expo-Ijuí/Fenadi, no Parque de Exposições Wanderley Burmann. O evento é voltado para os estudantes do Ensino Superior, Médio, Técnico e demais interessados.

O evento é realizado pelas empresas Lavoro Design, Infinitum, VSYS, Elithe, Doled, Horst Maker, Anime Wars, Easy, Mr. Bunny, Município de Ijuí, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, ACI, UNIJUÍ, DCEENG, Criatec e Centro Sul Informática. E conta com o apoio do Sebrae, Governo do Estado do RS, Projeto de Extensão Produtiva e Inovação, Redes de Cooperação, Expo-Ijuí/Fenadi 2017, AGIT e Integrate - Consultoria e Gestão Empresarial.

Programação COMPLETA

Sexta-feira -  13/10

19h – Abertura Desafio Cidades Inteligentes

19h15min – 21h - Palestra: Pensando em uma cidade melhor para se     

                                             viver tendo como elemento facilitador a   

                                             tecnologia

Palestrantes - Tiago Bandeira Marchezan – Doutor em Engenharia Elétrica, 

                        Pesquisador do Grupo WEG, Gestor do Polo de Tecnologia da UFSM.

                     - Orivelton Silva – Gerente Projetos e Negócios na Telen Tec São Paulo e  

                        Região, Brasil Tecnologia da Informação e Serviços

 Mediador – Ubiratã Machado Hertal – Especialista em Trânsito, Mobilidade e

                     Segurança

Sábado – 14/10

17h – 19h -  Palestra: CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO

                     Palestrante: Profª Msc Marcia Almeida

Segunda-Feira – 16/10

18h30min – 22h30min - Capacitação de Desenvolvimento de Negócios

                    Oficina prática de elaboração do Business Model Canvas

                  - Facilitador: SEBRAE

QUINTA-FEIRA – 19/10

19h – 21h - Mentorias: orientação às equipes para elaboração do planejamento do     negócio.  

SEXTA-FEIRA – 20/10

19h - 21h - Mentorias: orientação às equipes para elaboração do planejamento do     negócio.  

SÁBADO – 21/10

16h – 21h – Oficina de Pitch e Mentorias

                  - Oficina para orientação da elaboração de Pitch

                  - Mentorias para a elaboração do Pitch

                  - Facilitador: Christian Bezerra

                                        Consultor de Coachin

DOMINGO – 22/10

10h – 12h – Apresentação dos resultados

14h – 16h -  Encerramento e Premiação


Equipe apoiada pela Unijuí participa de campeonato de Jiu-Jitsu em Florianópolis

Entre os dias 7 e 8 de outubro a equipe apoiada pela Unijuí, Team Fagundes, filial da Scorpyon Jiu-Jitsu, participou do Floripa Spring International Open, em Florianópolis, SC, pela IBJJF - International Brazilian Jiu-Jitsu Federation, maior federação de Jiu-Jitsu do mundo.

A equipe participou com 3 atletas. Na faixa preta Daniel Fagundes, na faixa roxa Ulisses Henrique e na faixa azul Bruno Camargo. Daniel ficou em 3º lugar na categoria Faixa Preta Adulto Peso Pena e também lutou o absoluto, categoria onde participam atletas de qualquer peso.

Este evento é um dos maiores realizados no sul do país e conta com a participação de atletas de alto nível. A equipe do professor Fagundes tem o apoio da assessoria esportiva Podium AE e o patrocínio da Unijuí e Líder Engenharia Contra Incêndio.

A próxima competição da equipe será o Abu Dhabi Grand Slam que ocorre nos dias 10 a 12 de novembro na cidade do Rio de Janeiro no HSBC Arena.


Escola Superior de Saúde da Unijuí promove curso na área médica

No mês de novembro, nos dias 18 e 19, a Unijuí e o Centro de Treinamento e Simulação em Emergências Médicas (CTSEM) ofertam o curso de Suporte Avançado de Vida em Cardiologia – ACLS,  com carga horária de 20 horas/aula para médicos, enfermeiros e estudantes de medicina e enfermagem a partir do 5º ano do curso.

O ACLS é um curso de imersão teórico-prático dirigido ao atendimento das emergências cardiológicas, em que ocorre simulação de situações reais e uso de recursos reais. ACLS tem como objetivo principal instruir o aluno ao atendimento sistematizado nos primeiros dez minutos de uma parada cardíaca súbita, testemunhada ou não pelo profissional de saúde.

No início do mês de setembro foi realizado o primeiro curso de ACLS (Advanced Cardiac Life Support) na Unijuí. Os médicos que participaram do curso destacaram a qualidade e a importância desse treinamento, que ocorreu com alto grau de excelência.

O Centro de Treinamento e Simulação em Emergências Médicas (CTSEM) é uma escola de Porto Alegre com experiência na área com quem a Escola Superior de Saúde da Unijuí possui convênio para a realização de cursos na área médica.  As inscrições para a segunda turma do curso podem ser feitas por meio do Portal da Unijuí no link do curso


PGDay realiza segunda edição durante o Espaço Open Tech

Com objetivo de possibilitar o networking com profissionais, estudantes e entusiastas das mais diversas áreas da tecnologia, acontece nesta quarta-feira, 11 de outubro, a partir das 14h, a segunda edição do PGDay. O evento integra a programação do Espaço Open Tech durante a Expo-Ijuí/Fenadi 2017.

                  

O PGDay Ijuí é o maior evento de PostgreSQL realizado no interior do Rio Grande do Sul. É uma chance para que usuários, DBAs e desenvolvedores brasileiros que utilizam PostgreSQL aprendam, se conheçam, troquem experiências, exponham casos de sucessos, desafios e fortifiquem sua rede de relacionamento profissional.

Os participantes do evento terão a possibilidade de participar das discussões sobre “Regra de Negócio em PostgreSQL” ministrada por Átila Biolchi, “HealthCheck do seu servidor PostgreSQL” ministrada por Sebastian Webber, e “Você quis dizer PostgreSQL?” ministrada por Diogo Rubert. A programação tem o apoio da ExpoIjuí Fenadi, Espaço Open Tech e das empresas Timbira, ePHealth, Solution e Lógica Informática.

O evento é promovido pelo curso de Ciência da Computação da Unijuí, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e Comunidade Brasileira de PostgreSQL.


Palestra sobre saúde e educação marca comemoração do dia do professor e do profissional do ensino privado

Fábio Franke, médico oncologista, palestrou na tarde desta terça-feira, 10, para professores e técnicos-administrativos e de apoio da Fidene/Unijuí em comemoração ao Dia do Professor e do Trabalhador do Ensino Privado. Essa data é comemorada no dia 15 de outubro. A palestra aconteceu no campus Ijuí e foi transmitida aos demais campi.

Ao falar da importância de cuidar da saúde e do desapego das ferramentas digitais para uma vida mais contemplativa, o médico destacou o trabalho de educadores como a chave para um mundo melhor. “Unir conhecimentos, não só de medicina como de fisiologia e psicologia para que a gente possa fazer com que as pessoas reflitam e tentem viver melhor em um mundo tão conturbado e com dificuldades é um grande desafio”, salienta o médico.

A atividade foi promovida pelo Programa Sinergia da Unijuí e contemplou ainda atividades referentes ao mês de prevenção ao câncer de mama. A “Blitz do Outubro Rosa”, organizada pelo curso de Enfermagem da Unijuí, entregou o laço símbolo do movimento, materiais informativos com dicas para o autocuidado e disponibilizou para visualização e apalpação diferentes tipos de lesões de mama.

Confira dicas de prevenção ao câncer de mama:




Startup incubada na CRIATEC da UNIJUÍ participa de encontro com mentores no Bootcamp InovAtiva

A Optimize participou do Bootcamp de Integração do programa InovAtiva Brasil no último sábado, 7 de outubro. O encontro, que conecta representantes de 246 startups aceleradas pelo programa InovAtiva Brasil no ciclo 2017/2, tem a missão de orientar startupeiros quanto ao planejamento e definição de estratégias de atuação no mercado. O programa é uma iniciativa do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), e conta o apoio do Sebrae na realização e da Fundação Certi na execução.

O evento aconteceu em 14 capitais brasileiras e foi idealizado para colocar os startupeiros frente a frente com especialistas em mercado empreendedor que ofereceram capacitação com foco na melhoria das empresas. A Optimize esteve presente e Rodrigo Fraga comenta como o programa tem sido importante para o desenvolvimento da empresa. “O InovAtiva Brasil faz a conexão entre jovens empreendedores inovadores e mentores experientes e consagrados no mercado, e essa conexão nos faz enxergar mais longe”, afirmou o diretor da empresa. 

Segundo Marcos Vinícius de Souza, secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, as startups que participam desse momento têm grande potencial de amadurecimento. ‘‘Com o apoio de profissionais que atuam no ecossistema de inovação, esses novos empreendedores vão ter condições de impulsionar os próprios negócios aplicando práticas e conhecimentos de primeiro nível’, afirma.

Para mais informações sobre o InovAtiva Brasil, acesse www.inovativabrasil.com.br e a fanpage http://facebook.com/inovativabrasil.

O próximo Ciclo de aceleração do programa começa em janeiro de 2018.


ExpoIjuí/Fenadi 2017: Unijuí estará presente na Feira

Durante os dias de ExpoIjuí/Fenadi 2017 a Unijuí estará presente com uma programação interativa, tecnológica, e também voltada ao Vestibular de Verão.  Na Casa da Unijuí no Parque Wanderley Burmann, de 10 a 22 de outubro, será possível tirar dúvidas e realizar a inscrição para o processo seletivo.

                  

Uma interação tecnológica por meio de um robô e VT’s que vão apresentar os principais acontecimentos da Instituição nos últimos 60 anos e sua inserção na comunidade, são uns dos destaques desse ano. 

A Feira também é o espaço da  Open Tech 2017. Promovida pela Criatec, o evento volta-se às novas tecnologias, ao empreendedorismo e a inovação. Estes três eixos irão nortear as atividades que pretendem contemplar todo público presente na Feira, além de fomentar novas ideias aos já empreendedores do município e da região. 

Também na Casa, a Rádio Unijuí FM estará presente com programação ao vivo durante todos os dias da Feira para comunicar, entreter e divulgar o Vestibular de Verão Unijuí 2018. Acompanhe na 106.9.


Unijuí promove palestra para o Dia do Profissional da Educação

A Unijuí comemora o Dia do Profissional da Educação (do professor e do trabalhador de ensino privado), com a promoção da palestra ‘O Profissional da Educação em Suas Diferentes Dimensões’, nesta terça-feira, dia 10 de outubro, às 14h, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum por meio do Programa Sinergia.

O palestrante é o médico Fabio Franke, oncologista clínico, coordenador do CACON do HCI de Ijuí, Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia e Presidente da Aliança Pesquisa Clínica Brasil.

       

A programação é destinada aos professores e técnicos-administrativos e de apoio. A palestra será transmitida para os demais campi. Durante a atividade haverá a ‘Blitz do Outubro Rosa’, ação que faz parte da programação do Outubro Rosa.