Notícias

Projeto Na Trilha dos Festivais: encerrando com Calhandra de Ouro

Projeto Trilha dos Festivais da Unijuí FM finalizou o ano de 2017 com a transmissão da Califórnia da Canção Nativa, de Uruguaiana.

Não poderia ser melhor a etapa final do Projeto Trilha dos Festivais da Unijuí FM. Grandes composições, ótimos shows e momentos históricos e emocionantes. Tudo isso estando na casa da “Mãe dos Festivais”. Assim foi escrita a história da última transmissão da Unijuí FM em 2017, na Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana (foto).

Em sua 40ª edição, o Festival que consagrou inúmeros intérpretes e compositores, imortalizando músicas que hoje são consideradas clássicos do nativismo, viveu mais uma vez dias marcantes no Teatro Rosalina Pandolfo Lisboa. Embora sem a estrutura e o aparato midiático de outrora, a Califórnia manteve o glamour e o status de Festival diferenciado.

Entre os concorrentes, renomados artistas, como Luiz Carlos Borges, Joca Martins entre outros. Isso tudo, aliado a shows resgatando músicas da própria Califórnia, como os de João de Almeida Neto e Mauro Moraes, criaram uma atmosfera singular e envolvente no público que prestigiava o evento e também naqueles que o acompanhavam pelo rádio ou na internet por meio da Unijuí FM.

Além disso, durante as transmissões, entrevistas históricas aconteceram.  Caso, por exemplo de Luiz Coronel, letrista vencedor de inúmeras Califórnias e que falou na Unijuí FM. Diretor de uma grande empresa de publicidade em Porto Alegre, onde reside, ele exultou a volta do comprometimento com a poesia e da arte criativa não só nos festivais, mas no cotidiano do país.

Também passou pelo microfone da Unijuí FM, Cassiano Mendes, ganhador juntamente com Pedro Guerra e Martim César Gonçalves, da 38ª Califórnia de 2014, com o “Homem Dentro do Espelho”. O cantor trouxe a própria Calhandra de Ouro para entrevista, registrando o momento de forma marcante, com o troféu histórico concebido pelo artista plástico e compositor Paulo Ruschel.

No final a Califórnia consagrou, nesta edição, a música “Um homem, um cavalo e um cachorro”, com letra e música de Silvio Genro, defendida por Luiz Fernando Baldez e Ricardo Tubino,  como grande vencedora. A música levou ainda o prêmio de vencedora da Linha de Manifestação Riograndense. "Aprendendo a morrer" foi a vencedora da Linha Livre. A música também ganhou o troféu de melhor letra. "Sobra de baile" ficou com o melhor lugar na Linha Campeira.

As paradas da Trilha

Ao todo,  em 2017, a Unijuí FM transmitiu sete festivais, num total de mais de 100 horas de programação dedicados aos eventos que são expoentes da cultura gaúcha. O  Canto Missioneiro, de Santo Ângelo,  O Carijo da Canção, de Palmeira das Missões, a Coxilha Nativista, de Cruz Alta, a Moenda da Canção, de Santo Antônio da Patrulha, o Canto de Luz, de Ijuí,  o Moinho da Canção, de Panambi, e, finalmente, a Califórnia da Canção, de Uruguaiana.

O Projeto Trilha dos Festivais completou seu terceiro ano de atividades, gerando como resultado um acervo musical com mais de 300 composições novas, além da parceria com outras emissoras e a integração com o próprio meio artístico nativista. Para 2018, a ideia é que novos caminhos sejam percorridos com a Trilha dos Festivais. 

O projeto tem apoio de: Hospital de Caridade de Ijuí, VIP Rent a Car Locadora, Madeireira Leal, Cargnelutti Leilões, Chapa e Bife Restaurante, Erva Mate Seiva Pura, Odontovitta, Guia Fácil e Ramos e Copini Autopeças.


Encontro Casual conversa com o acordeonista Luciano Maia


O bate-papo do Encontro Casual deste final de semana foi com o músico acordeonista, jurado da 6ª edição do Canto de Luz de Ijuí, Luciano Maia. Além de falar sobre trajetória na música nativista, ele também foi responsável pela escolha musical do programa. 

Acesse o podcast na íntegra: 


MEC confirma Unijuí como primeira colocada no edital para implantação do curso de Medicina

O Ministério da Educação confirmou a primeira colocação da Unijuí para a implantação do curso de Medicina em Ijuí. Como previa o edital, o resultado final, após análise de recursos da primeira etapa, seria divulgado nesta terça-feira, dia 12 de dezembro. A homologação final será realizada no dia 31 de janeiro de 2018.

A Reitora da Unijuí, professora Cátia Nehring, observa que este resultado materializa a caminhada da Universidade em busca do curso de Medicina e reforça o trabalho da Instituição, da comunidade e dos parceiros da Unijuí no Projeto. “A Unijuí agradece o apoio que teve de entidades, lideranças e da comunidade regional na busca do curso de Medicina. A Instituição, como em todos os 60 anos de história, trabalha arduamente pelo desenvolvimento regional, tendo formado mais de 40 mil profissionais em diversas áreas do conhecimento e agora divide esta grande conquista com toda a comunidade regional”.

Próximos passos do Edital

Após esta data, será agendada visita in loco por especialistas do Ministério à Unijuí e ao município de Ijuí, avaliando infraestrutura, corpo docente e proposta pedagógica do curso. Somente após esta visita é promulgada a Portaria de Autorização do Curso, sendo possível realização do processo seletivo – Vestibular. 

A professora Cristina Pozzobon, vice-reitora de Graduação, destacou na coletiva que serão ofertadas 50 vagas anuais para o curso, cujo vestibular ainda não tem data definida, com 20% de vagas ofertadas pelo ProUni. "O perfil do nosso profissional será técnico, mas também ético, crítico e cidadão", destacou. 

Como o projeto do curso já foi aprovado pelo Conselho Universitário da UNIJUÍ, a Universidade está se preparando para a oferta do curso, estando garantida já toda a estrutura necessária para os dois primeiros anos de andamento do curso, de um total de seis anos. A Universidade projeta um investimento de R$ 10 milhões em infraestrutura e laboratórios para as atividades a serem desenvolvidas no terceiro e quarto ano. Para os dois últimos anos do curso, os estudantes utilizarão a estrutura do Hospital de Caridade de Ijuí, Hospital Bom Pastor e Hospital de Caridade de Panambi, com quem a UNIJUÍ possui convênio firmado.

Confira a entrevista com a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí Cristina Pozzobon:

 


Unijuí FM divulga Cheirinho de Bebê em grupos de gestantes de Ijuí

A temporada 2017 do Cheirinho de Bebê no Ar, da UNIJUÍ FM, foi bem além do bate-papo no rádio sobre assuntos relacionados ao desenvolvimento das crianças de mil dias, período que compreende a gestação e os dois primeiros anos de vida do bebê. O lançamento da programação também contou com um painel de experiências com convidados que vivenciam o tema no seu dia a dia pessoal e profissional. 

Além disso, a UNIJUÍ FM visitou o Clube da Gestante da Unimed Noroeste RS e o Grupo de Gestantes do Hospital de Caridade de Ijuí, divulgando a programação do Cheirinho de Bebê para mais de 90 gestantes e familiares, que também foram presenteadas com bottons temáticos da NetCopy Soluções em Impressos, apoiadora do programa. 

Em 2017 o projeto abordou assuntos como o desenvolvimento físico e psicológico das crianças de mil dias, dúvidas, conceitos, pesquisas, experiências, opiniões, organização do sistema de saúde; as políticas públicas que tem a criança dos mil dias no centro do seu atendimento; a alimentação e a influência sobre a saúde da criança para o resto da vida; também sobre gestação, parto e nascimento respeitoso, as propostas de humanização; e prematuridade, as causas e consequências para o bebê e a mãe. 

O Cheirinho de Bebê volta à programação da Unijuí FM em 2018 com apoio do DCVida e DHE, com a participação de professores da Enfermagem, Nutrição, Psicologia e convidados de outras áreas da saúde. 

Abaixo um compilado em podcast de todos os programas da temporada 2017 do Cheirinho de Bebê no Ar


Sub-categorias