Estudantes de Agronomia realizam viagem de estudos para explorar cultivo do arroz irrigado e área experimental na UFSM - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Estudantes de Agronomia realizam viagem de estudos para explorar cultivo do arroz irrigado e área experimental na UFSM

Acadêmicos do curso de Agronomia da Unijuí realizaram no último sábado, 19 de novembro, uma viagem de estudos ao município de Dona Francisca, onde visitaram propriedades rurais com lavouras de arroz irrigado, e à cidade de Santa Maria, onde conheceram as pesquisas que estão em andamento no campus da Universidade Federal.

Conforme explica a coordenadora da disciplina Plantas de Lavoura I, professora doutora Gerusa Massuquini Conceição, na propriedade o grupo foi recebido pelo produtor Egon Raddatz e sua esposa Aline; pelo engenheiro agrônomo da Camnpal de Dona Francisca, José Mário Tagliapietra; e pela engenheira agrônoma do Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA), Débora da Cunha Mostardeiro Pontelli.

“Essa foi uma experiência extremamente enriquecedora, especialmente para os estudantes da nossa região, uma vez que não temos o cultivo do arroz irrigado. Os acadêmicos puderam visitar propriedades do Projeto 10+, que tem como objetivo reduzir os custos da cultura, que trabalham com pequenas áreas e com uma grande produtividade. Para se ter uma ideia, a produção chega a 13 mil toneladas por hectare”, destaca a professora. Segundo Gerusa, todos os manejos realizados foram compartilhados tanto pelo produtor quanto pelos profissionais que acompanharam a visita. 

Na sequência, o grupo realizou uma visita à UFSM para conhecer a área experimental do Grupo de Pesquisa em Manejo de Grandes Culturas de Coxilha, pertencente ao Departamento de Fitotecnia/CCR/UFSM, coordenado pelo professor Thomas Newton Martin. Na Universidade, os estudantes foram apresentados aos protocolos de manejo de bioinsumos nas culturas de soja e de feijão. “Na UFSM, as pesquisas estão focadas em manejos com menor uso de produtos químicos, uma vez que hoje há uma preocupação muito grande em torno da qualidade do produto que estamos entregando e que vai chegar à casa do consumidor”, explicou.

 

 


Compartilhe!