Parceria entre a Unijuí e a Compass UOL transforma vida de estudante do curso de Ciência da Computação - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Parceria entre a Unijuí e a Compass UOL transforma vida de estudante do curso de Ciência da Computação

A parceria entre a Unijuí e a Compass UOL, uma das maiores empresas da área de Tecnologia da Informação (TI) da América Latina, está mudando a vida de diversos estudantes da Universidade. Acadêmica do 6º semestre do curso de Ciência da Computação, Fernanda Zanfra Sereno participou do programa de bolsas, foi efetivada e promovida na empresa, em um curto período de tempo.

Participar do programa de bolsas da Compass UOL foi uma grande oportunidade que apareceu na minha vida. Eu procurava um estágio na área de desenvolvimento web, e então surgiu uma bolsa focada em frontend com react da Compass UOL, em parceria com a Unijuí, e decidi participar. Eu estava nervosa porque não tinha ideia de como seria e nunca havia participado de algo do tipo antes. Eu também tinha alguns problemas de insegurança e isso me fazia não ter muita confiança para atuar na área. Mas, assim que comecei na bolsa, eu vi que era bem tranquilo”, comenta a estudante, que reside em Ijuí e trabalha de forma remota para a empresa. 

O desenvolvimento web é dividido em duas partes principais: o backend e o frontend. O frontend, cargo que atualmente ocupa a estudante, é responsável por se preocupar mais com a experiência (UX) e interface exibida para o usuário (UI),  trabalhando principalmente com HTML, CSS e JavaScript. Já o backend, área em que Fernanda quer ter mais conhecimento - como comenta ao longo da matéria, trata de tudo que está por trás das regras de negócio e da construção das informações a partir dos dados.

Fernanda explica que, durante o programa, realizado de julho a outubro de 2021, os participantes tiveram que se dedicar muito aos estudos. Muitos dos cursos foram ofertados por meio da Alura, plataforma de educação a distância que oferece cursos de tecnologia, e depois aplicadas provas teóricas e práticas, para avaliar o conhecimento adquirido pelos participantes. “O grande destaque, acredito, foi o fato de que o programa era realmente focado nos estudos. Não trabalhamos em projetos reais, apenas focamos em estudar muito e com isso eu pude aprender bastante coisa em pouco tempo. Aprendi muito, de verdade, e eu terminei a bolsa sem toda aquela insegurança que eu tinha no início”, comentou a acadêmica, lembrando que, durante três meses, os participantes receberam uma bolsa de estudos no valor de R$ 500,00.

Ao final da bolsa, Fernanda recebeu uma ligação da Compass UOL, avisando que ela havia sido efetivada. Desde novembro de 2021, ela trabalha na empresa, de forma remota. A estudante entrou como programadora trainee e atualmente é desenvolvedora júnior em frontend. “Desde o dia em que entrei, as coisas foram bem tranquilas, muito mais do que imaginei. Nos primeiros meses você entra em um processo chamado de ‘shadow’, no qual inicia um projeto e nele começa a atuar, mas com a ajuda de outro desenvolvedor e com foco em continuar estudando. Então, além dos três meses de bolsas, eu pude ter esse período a mais de aprendizado. Não me colocaram para fazer grandes coisas logo no início. As pessoas entendiam muito bem que eu era iniciante e respeitavam isso. Assim, a minha experiência tem sido enriquecedora e tranquila ao mesmo tempo. Desde então, aprendi muita coisa e tive uma grande noção de como é trabalhar em um projeto real. Definitivamente, passar por tudo isso foi muito importante para a minha carreira”, afirma. 

A partir da orientação dos professores, Fernanda sabia como seria o desenvolvimento do programa e que poderia, dependendo do seu desempenho, ser efetivada. Mas não imaginava, como conta, que seria promovida. Pensando no futuro, a acadêmica quer aprofundar seus conhecimentos na área de frontend e depois começar, aos poucos, a focar em backend. “Ainda há muitas coisas que eu quero aprender, então vou continuar estudando e aprendendo o que for preciso. E, é claro, também quero focar para crescer mais de cargo”, finaliza.




Compartilhe!