COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Ciências Contábeis (Bacharelado)

Seminário de Contabilidade e Negócios discute o cenário atual e o exercício da profissão

Ijuí e Unijuí receberam, pela primeira vez, na manhã desta sexta-feira, 10, o Seminário de Contabilidade e Negócios promovido pelo Conselho Regional de Contabilidade do Rio Grande do Sul – CRC/RS – e Academia de Ciências Contábeis do Rio Grande do Sul com o apoio do Conselho Federal de Contabilidade, Safeweb, Questor e Unijuí, por meio do Curso de Ciências Contábeis.

O evento teve o objetivo de tratar de assuntos atuais e importantes, contando com temas de relevância para o exercício da profissão contábil. De acordo com André Hoffmann, delegado regional do CRC/RS em Ijuí, os profissionais possuem, além de uma obrigação legal, uma obrigação moral.

“Todos sabemos que o Brasil que queremos não é o Brasil que temos. Porém, não esperemos mudanças apenas por parte dos governantes e das autoridades, mas sejamos todos protagonistas das mudanças”, comentou André.

Ana Tércia Lopes Rodrigues, Presidente do CRC/RS, falou sobre a importância da Contabilidade para promoção de mudanças significativas. “Com as nossas competências nós temos condições de ajudar o país a se desenvolver de forma cada vez melhor”, destacou.

A Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon, também participou do evento. Durante a abertura, destacou o papel da Unijuí na formação de profissionais com excelência e competência técnica, e descreveu o Seminário como espaço de debate e de extensão do conhecimento.

A programação do evento contou com o painel “Decisões Empresariais e o Papel da Contabilidade” com os convidados Carlos Alberto Scapini e Martinho Luis Kelm. O painel teve a mediação de Paulo Gilberto Gomazzetto.


PET- Biologia revitaliza a espiral de ervas dos jardins temáticos

O Programa de Educação Tutorial do curso de Ciências Biológicas (PET – Biologia) desenvolve diversos projetos de extensão na Universidade. Um desses projetos de extensão PET- Biologia refere-se aos jardins temáticos.  Esses são compostos pela espiral de ervas e pela Rosa dos Ventos, que estão localizadas atrás do Biotério do Departamento de Ciências da Vida, logo abaixo da casa de vegetação.

Os bolsistas PET - Biologia envolveram-se na revitalização da espiral de ervas. Esse trabalho teve início com o preparo adequado do solo (descompactação, calagem, adubação e acréscimo de matreira orgânica). A matéria orgânica foi proveniente do minhocário da Unijuí e do material triturado a partir da poda de vegetais do Campus. Para esta etapa o grupo teve a colaboração do setor de jardinagem da Unijuí.

A espiral de ervas faz alusão as tradicionais “mandalas”, possui um significado não apenas estético e de simbolismo harmônico, mas as próprias ervas ali cultivadas possuem propriedades terapêuticas, medicinais, nutricionais e cosméticas. Pretendem chamar a atenção para a disseminação de seu uso, bem como, a correta identificação das plantas, a compreensão de suas propriedades, além de promover um intercâmbio entre a universidade e a comunidade por meio do cuidado e trocas de informações adequadas.

O jardim Rosa dos Ventos também será reorganizado. O local em que está instalado passa por adequações quanto a drenagem, trabalho que conta com a colaboração do setor de patrimônio e do professor Diorges Carlos Lopes, Tutor do PET- Engenharia Civil. Assim que chegar a época adequada para transplante de mudas, a paisagista da universidade, Graciela Sonego Preto, e o Professor João Pedro A. Gesing orientarão este trabalho.  

O jardim Rosa dos Ventos está orientado de acordo com os pontos cardeais e colaterais, e em seus “braços” serão plantadas mudas de espécies oriundas da respectiva região do globo. A iniciativa, além de estética, busca chamar a criação de um espaço agradável para usufruto, e promover o interesse e intercâmbio de conhecimento com a população que frequenta o Campus, além da conscientização para os usos de várias espécies tidas como “daninhas”, porém dotadas de propriedades medicinais, alimentícias e paisagísticas. A atuação da comunidade ao levar mudas para o plantio e eventual colheita dos frutos e vegetais obtidos é encorajada.

Todos os bolsistas PET - Biologia participam deste projeto, seja no manejo do solo ou nas regas das mudas.  Porém as estudantes Leriane Flores Galvão, Caroline Aygadoux Martins e Linda Héllyn Marques empenharam-se efetivamente no plantio das mudas.


Unijuí tem o melhor desempenho entre as instituições privadas do interior do Estado em Exame de Suficiência de Contabilidade

                

A Unijuí, por meio de egressos e estudantes prestes a se formar em Ciências Contábeis, alcançou excelentes notas na Prova de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade. Foi o melhor desempenho entre as instituições privadas de ensino do interior do Estado, com 64,29% de aprovação dos candidatos.

Segundo a coordenadora do curso na Unijuí, Stela Maris Enderli, a média de aprovação nacional gira em torno dos 37% e no Rio Grande do Sul, em torno de 47%. Como a Universidade ficou bem acima das médias, mostra que a formação é sólida e prepara os candidatos com diferenciais de mercado. “Esse resultado demonstra o comprometimento dos estudantes com a formação, a qualidade do projeto pedagógico do curso e a qualificação do corpo docente do curso de Ciências Contábeis”, observa.

O Exame de Suficiência do Conselho Federal de Contabilidade é uma avaliação a que se submetem, por lei, os bacharéis e técnicos em ciências contábeis no Brasil. Eles precisam demonstrar que possuem capacitação, conhecimentos e práticas necessárias ao exercício da Contabilidade. O exame é organizado pela Fundação Brasileira de Contabilidade (FBC) e é regulamentado desde 2010 pela a Lei Federal 12.249 que instituiu a aprovação no exame como condição para obter o registro no conselho de classe.  A prova é semestral, composta por cinquenta questões.

Dia da Contabilidade 

Nesse dia 25 de abril é comemorado o Dia da Contabilidade. “Parabéns a todos os profissionais da área, em especial aos nossos estudantes e egressos. Com as palavras da nossa presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Ana Tércia Rodrigues, destaco a importância da nossa profissão: "Com informações precisas e seguras garantimos o surgimento e a continuidade de empreendimentos que geram emprego e renda para a economia municipal, estadual e federal".

Sobre o curso

Prepara o profissional para atuar com profundo conhecimento da ciência, das técnicas e das práticas contábeis. Para prestar serviços de contabilidade e atuar com ética, responsabilidade técnica e social no gerenciamento e controle em organizações e no processo de geração, análise e comunicação de informações contábeis gerenciais. É ofertado nas modalidades Presencial e EAD


Curso de Ciências Contábeis realiza orientações sobre o Nota Fiscal Gaúcha neste sábado

              

No próximo sábado, dia 17 de novembro, o curso de Ciências Contábeis da Unijuí realizará, na Praça da República, em Ijuí, uma ação de conscientização sobre o Programa Nota Fiscal Gaúcha. No dia, das 9 às 13h, estudantes, professores e entidades que podem ser beneficiadas pelo Programa estarão reunidos para prestar informação à comunidade, realizar cadastros e orientações, sem nenhum custo. Também estará presente Lisete Terezinha Webler, chefe da Agência da Fazenda Estadual de Ijuí 

Uma ação semelhante já foi realizada pelo curso durante a ExpoIjuÍ/Fenadi 2018. Além disso, os estudantes e professores do curso já estiveram reunidos, neste segundo semestre, com o auditor da Receita Estadual, Cleto Vanderlei Macht Bruttes, que conversou sobre os objetivos e vantagens do Programa Nota Fiscal Gaúcha, esclarecendo dúvidas e auxiliando no trabalho de orientação do Programa.

Saiba mais sobre o Programa Nota Fiscal Gaúcha

Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição de prêmios, visa incentivar os cidadãos e cidadãs a solicitar a inclusão do CPF na emissão do documento fiscal no ato de suas compras, bem como conscientizá-los sobre a importância social do tributo. Através do Programa, os cidadãos concorrem a prêmios de até R$ 1 milhão (um milhão de reais), as entidades sociais por eles indicadas são beneficiadas por repasses e as empresas participantes reforçam sua responsabilidade social com o Estado e a sociedade gaúcha.


Laboratório de Contabilidade realiza orientações para Microempreendedores Individuais

                

Desde o ano de 2011, a Unijuí, por meio do Laboratório de Contabilidade, firmou convênio com a Receita Federal do Brasil. Este convênio teve como objetivo implantar o NAF (Núcleo de Assessoramento Fiscal), que tem a proposta de assessorar contribuintes de baixa renda no preenchimento da declaração do imposto de renda da pessoa física, assessorar entidades sem fins lucrativos e também constituir e orientar os Microempreendedores Individuais.

Nesse ano os estudantes do curso de Ciências Contábeis tiveram uma capacitação com os professores do curso com o objetivo de prepará-los para o atendimento aos Microempreendedores Individuais. O atendimento se caracteriza em constituir essa modalidade de empresa, orientar sobre a emissão de guias de pagamento, parcelamento de débitos, bem como preencher a declaração anual do MEI.

O atendimento a esses empresários acontece de segunda a sexta-feira, no turno da tarde. E nas e segundas, terças e quinta-feira, no turno da noite, na sala J7, no Campus Ijuí. Os trabalhos são desenvolvidos pelos estudantes do curso de Ciências Contábeis sob a supervisão do Contador do Laboratório.

Grande parte das demandas em relação aos Microempreendedores Individuais são encaminhados pela própria Receita Federal de Ijuí. “Para o estudante é importante contar com essa experiência, pois essas atividades acabam qualificando o aluno para futuramente ingressar no mercado”, observa o analista do Laboratório e professor do curso, Marcelo Didoné.

                 

Experiência para além da Sala de Aula

Além de ser um ser um serviço aos empresários de Ijuí e região, as atividades de orientação também complementam a formação dos estudantes de Ciências Contábeis. “Temos a vantagem de aprender como funciona a aplicação prática da contabilidade no dia a dia, como ela funciona dentro de uma entidade. Por ser uma entidade real, gera ao estudante grandes responsabilidades no que estará fazendo, para que saia da forma mais correta possível, claro que temos orientação também. E, como as atividades voluntárias geram um atestado no final do semestre, é uma ótima ferramenta para ingressar o estudante na carreira profissional ou no primeiro emprego já tendo experiência comprovada na área contábil, que hoje é o que as empresas mais exigem para quem está iniciando”, observa Eduardo Tietz, estudante de Ciências Contábeis, que já realizou atividades de orientação do MEI no Laboratório.


Professores e estudantes de Ciências Contábeis recebem treinamento sobre a Nota Fiscal Gaúcha

                 

Na noite desta quarta-feira, estudantes e professores de Ciências Contábeis da Unijuí receberam treinamento sobre a Nota Fiscal Gaúcha. A atividade foi ministrada por Cleto Vanderlei Macht Bruttes, auditor fiscal da Receita Estadual, que atua em Santo Ângelo. O propósito do treinamento é capacitar para a ação “Orientações sobre as vantagens da Nota Fiscal Gaúcha no Desenvolvimento Social e do Cidadão”, que será realizada durante a ExpoIjuí/Fenadi 2018, na próxima quarta-feira, dia 17 de outubro, a partir das 14h, na Casa da Unijuí.

O auditor da Receita Estadual Cleto Vanderlei Macht Bruttes conversou com estudantes e professores do curso sobre os objetivos e vantagens do Programa Nota Fiscal Gaúcha. “O cidadão tem benefícios como descontos, entidades sociais também são beneficiadas com recursos, além do aumento em retorno de ICMS aos municípios. O Programa também visa fortalecer o comércio já estabelecido, pois combate a ilegalidade. Um aspecto importante da Nota Fiscal Gaúcha é estimular a participação cidadã, pois conscientiza da importância de pedir a nota fiscal”, avalia.

Segundo Marcelo Didoné, professor do curso de Ciências Contábeis, a ação na ExpoIjuí vai ser realizadas por estudantes do segundo semestre do curso. “Toda a comunidade está convidada a participar do evento. Vamos dar orientações sobre a Nota Fiscal Gaúcha durante todo o dia na Casa da Unijuí”, observa.

Saiba Mais sobre a Nota Fiscal Gaúcha

Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição de prêmios, visa incentivar os cidadãos e cidadãs a solicitar a inclusão do CPF na emissão do documento fiscal no ato de suas compras, bem como conscientizá-los sobre a importância social do tributo. Através do Programa, os cidadãos concorrem a prêmios de até R$ 1 milhão (um milhão de reais), as entidades sociais por eles indicadas são beneficiadas por repasses e as empresas participantes reforçam sua responsabilidade social com o Estado e a sociedade gaúcha.