Cursos - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Engenharia Civil (Bacharelado)

Semana Acadêmica de Engenharia Civil abre na segunda-feira, com programações distintas em Ijuí e Santa Rosa

Entre os dias 16 e 20 de maio, será realizada a Semana Acadêmica do curso de Engenharia Civil da Unijuí, direcionada aos estudantes dos campi de Ijuí e Santa Rosa. Inscrições podem ser realizadas em unijui.edu.br/eventos, pelo valor de R$ 35, que garante a emissão do certificado de participação.

A programação inicia-se na segunda-feira, no Centro de Eventos, às 19h30, com a conferência de abertura, comum aos demais cursos de Engenharias: “A contribuição da Engenharia para as Cidades Sustentáveis e Inteligentes”, a cargo do professor doutor Ricardo Mendes Jr. Em Ijuí, a mediação será feita pelos  professores Cristina Eliza Pozzobon e Mauricio de Campos e, em Santa Rosa, pelos professores Éder Claro Pedrozo e Taciana Paula Enderle.

No dia 17, às 19h10, acontecerão três minicursos em Ijuí: Patologias, com Lucas Krug; Modelagem 3D, com estudantes do Centro Acadêmico; e  Sketchup, com Thiana Herrmann, todos no Espaço + Inovação Unijuí. Em Santa Rosa, serão realizadas duas palestras: “Uma abordagem sobre Fundações Profundas”, com Jonas Adolfo Sala, engenheiro civil, especialista em Estruturas da Funders - Engenharia de Fundações, às 19h30; e “Rodovias: Projetando, Construindo e Restaurando”, com o engenheiro civil Cristóvão Ricardo Vogel, às 21h - ambas na Sala B 105.

Já no dia 18, a programação para o campus Ijuí contará com palestra online sobre a “Nova Ponte do Guaíba: um marco na Engenharia Nacional”, com a engenheira civil Cecilia Lunardi, às 19h30; e com mesa redonda online sobre o mestrado, às 21h, com as egressas do curso, Geannina Lima, Jessamine Oliveira e Geisiele Ghisleni. Em Santa Rosa, às 19h30, na Sala B 105, acontecerá a palestra “Interações urbanas a partir da abordagem ecossistêmica”, com a doutora Raquel Kohler; e a palestra “Gestão Integrada na execução de obras de engenharia”, com o professor Fernando Wypyszynski, às 21h.

Em Ijuí, no dia 19, junto ao Centro de Eventos, será realizada a palestra “Desempenho dos elementos de proteção passiva na Engenharia de Segurança contra Incêndios”, com o engenheiro civil Paulo Ubirajara de Lara Marques; e às 21h ocorrerá a palestra “A importância do PPCI e os atuais sistemas de projetos”, com a engenheira civil e engenheira de Segurança do Trabalho, Angélica Melissa Rocha. Em Santa Rosa, serão realizados os minicursos de Ftool, com o professor Éder Pedrozo, na  Sala B 308; e de Sketchup, com Thiana Herrmann, na Sala B 306 - ambos iniciam-se às 19h10.

Para fechar, no dia 20, no auditório do Espaço + Inovação em Ijuí, acontecerá a competição “Entortando as estruturas”, às 19h30. Em Santa Rosa, na Sala B 105, às 19h30, será realizada a mesa redonda sobre “Atuação Profissional” com os egressos do curso de Engenharia Civil, Guilherme Rodrigues da Silva, Martin Cristian Beuter Debatin, Marieli Ferreira Debatin, Quelvin Matheus Dresch, Leandro Giehl e Fábio Augusto Henkes Huppes.

 


Egresso da Unijuí dá continuidade à pesquisa de TCC, que será apresentada em congresso Euro-Americano

O egresso do curso de Engenharia Civil da Unijuí - campus Ijuí, Marcos Bressan Guimarães, deu continuidade à pesquisa realizada em 2020, em seu Trabalho de Conclusão de curso (TCC), "Análise das Técnicas de Reforço e Reabilitação de Estruturas de Concreto Armado". No período de graduação, o trabalho foi orientado pelo professor Paulo Cesar Rodrigues e contou com a colaboração do ex-professor da Unijuí, Luís Carlos Prola, docentes que também continuaram na sequência da pesquisa.

Recentemente, o egresso recebeu o aceite para participar do Congresso Euro-Americano REHABEND, sobre Patologia da Construção, Tecnologia de Reabilitação e Gestão do Patrimônio, que  será realizado em Granada - Espanha, em setembro de 2022. O artigo intitulado "Técnicas de Reforço de Estruturas de Betão Armado" foi aprovado para apresentação e publicação nos anais. O Congresso é focado nos métodos de análise, planejamento e implementação das medidas de reabilitação e reforço de edifícios, também nas estratégias de manutenção e gestão dos edifícios existentes.

“O trabalho apresenta métodos capazes de aumentar a capacidade resistente de estruturas de concreto armado, com isso, busca solucionar problemas estruturais sem a demolição de edificações. O objetivo principal é aplicar diferentes técnicas empregadas no reforço de estruturas, para avaliar as condições de segurança e dimensionamento. Almejamos que, no futuro, tenhamos uma aplicação que ajude projetistas a calcularem reforços de estruturas de concreto armado, via aplicativos”, explica Marcos.

O egresso também compartilha momentos que marcaram sua graduação e que, hoje, continuam fazendo diferença em seus objetivos profissionais, como monitoria voluntária em disciplinas e estágios. Mas, o que faz diferença até hoje, segundo Marcos, foi a participação no Programa de Educação Tutorial  - PET Engenharia Civil.

“Durante minha participação no PET, percebi a importância da pesquisa no âmbito acadêmico, aprendi a colocar a mão na massa e desenvolver trabalhos práticos de laboratório. Também auxiliei o laboratorista do Laboratório de Engenharia Civil durante um pequeno período, enquanto participava do PET. É uma experiência extremamente importante para alunos da graduação, mesmo o s que não escolhem a área acadêmica. Os trabalhos práticos desenvolvidos no laboratório corroboram com a formação do profissional de Engenharia Civil”, finaliza Marcos.

Atualmente, Marcos é mestrando do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil -  área de concentração Estruturas, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).


Curso de Engenharia Civil promove palestra técnica

O curso de Engenharia Civil da Unijuí promoveu nesta quarta-feira, 22 de setembro, a palestra técnica “Instalações de armazenagem de grãos: aspectos básicos de projeto das obras civis'', ministrada pelo professor do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), André Lubeck. O evento foi transmitido pelo canal da Universidade no Youtube.

De acordo com o convidado, as instalações de armazenagem de grãos são indústrias agrícolas destinadas ao recebimento, limpeza, secagem e armazenagem de grãos. "Os projetos destas indústrias englobam as mais diversas áreas da engenharia, desde a agrícola, civil, mecânica e elétrica", explica.

Durante a palestra, foi apresentado aos estudantes o layout e projeto de uma instalação típica de silo de armazenagem, assim como o funcionamento e projeto de moegas, pré-limpezas, silos elevados de fundo cônico, fundações de silos, poços para elevadores, secadores de grãos, fornalhas, galerias, bases de silos, entre outros.

A discussão foi uma oportunidade única aos estudantes, segundo o professor de Engenharia Civil, Éder Claro Pedrozo. "Esse é um tema importante para nossa região, uma vez que somos um polo agrícola e também metal mecânico”, disse.

Por Susan Pereira, estagiária da Assessoria de Marketing da Unijuí

Para conferir a palestra, acesse:





Engenharia Civil terá palestra sobre "Instalações de armazenagem de grãos"

Com o intuito de levar conhecimento técnico aos acadêmicos do curso de Engenharia Civil da Unijuí, ocorre nesta quarta-feira, 22 de setembro, às 19h30, a palestra “Instalações de armazenagem de grãos: aspectos básicos de projetos das obras civis”. O evento contará com a participação do professor doutor André Lübeck, da UFSM, e será transmitido de forma online, pelo canal da Unijuí, no YouTube. As inscrições podem ser feitas pelo site unijui.edu.br/eventos.

Segundo a coordenadora do curso, professora mestre Lia Geovana Sala, palestras como essa, acerca de temas relevantes, agregam muito aos acadêmicos, que precisam ter contato com os mais diversos debates na graduação. “É importante trazermos assuntos diferenciados durante a formação do estudante, e nesse caso não é diferente,” comenta.

A professora ainda acrescenta que compreender os aspectos básicos de projetos em instalações de armazenagem de grãos é valioso para todos os acadêmicos. "Essas instalações tratam de uma área importante que o engenheiro civil atua em nossa região."

O palestrante é doutor em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), onde atua como professor adjunto no Departamento de Estruturas e Construção Civil. A palestra será mediada pela professora e coordenadora, Lia Geovana Sala, juntamente com o professor mestre Éder Claro Pedrozo.

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí


Aulas práticas em laboratórios qualificam formação no curso de Engenharia Civil

O novo currículo do curso de Engenharia Civil da Unijuí foi elaborado a partir de competências e habilidades que devem ser desenvolvidas pelo estudante após a sua formação. Com cinco anos de duração, o curso é ofertado nos campi de Ijuí e Santa Rosa, contando com um corpo docente qualificado e com uma ampla e qualificada estrutura de laboratórios. 

“Atividades práticas são desenvolvidas em laboratórios, onde os acadêmicos podem colocar em prática a teoria vista em sala de aula”, explicou a coordenadora do curso em ambos os campi, professora Lia Sala, lembrando que o curso dispõe dos Laboratórios de Química, Física, Informática, Topografia, Geotecnia, Pavimentação, Concreto, Cerâmica e Resistência dos Materiais.

A prática torna-se ainda mais intensa com o novo currículo por meio dos Projetos Integradores, onde equipes multidisciplinares trabalham na busca de soluções para desafios propostos pela comunidade. “A graduação prevê cinco Projetos Integradores ao longo dos cinco anos da formação”, completa a coordenadora.

Além das atividades de ensino, o estudante pode se inserir em pesquisas e atividades de extensão, atuando como bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) Engenharia Civil. “Por meio deste programa, os acadêmicos desenvolvem pesquisas acerca de novos materiais e tecnologias para a construção, além de trabalhar com a extensão em ensino”, lembra a professora. Os estágios colocam o estudante em contato com a realidade profissional. Pensando nisso, o curso oportuniza a realização de estágios remunerados e de um estágio supervisionado.

O curso prepara para atuar com projeto, execução e fiscalização de edificações residenciais e comerciais; instalações industriais e rurais; estradas, pistas de rolamentos e aeroportos; sistema de transportes, de abastecimento de água e de saneamento; portos, rios, canais, barragens e diques; drenagem e irrigação; pontes e grandes estruturas; com qualidade, segurança, funcionalidade, conforto e economia.

Saiba mais sobre o curso de Engenharia Civil neste link.


Ibracon na Estrada é realizado com apoio da Unijuí

Com apoio da Unijuí, o Instituto Brasileiro de Concreto (Ibracon) promoveu nesta quarta-feira, dia 23 de junho, o evento Ibracon na Estrada Gaúcha. A atividade, transmitida pelo canal da Unijuí no Youtube, teve o objetivo de promover um debate acerca de temas atuais da área da Engenharia Civil.

Conforme explicou a diretora técnica do Ibracon/RS, Jadna Fuchter, o Instituto tem alcance nacional e atua desde o ano de 1972. Considerado de utilidade pública, contribui com o conhecimento técnico  e com o desenvolvimento do País. “A missão do Ibracon é criar, divulgar e defender o correto conhecimento sobre os materiais, projetos, construção, uso e manutenção de obras de concreto, desenvolvendo seu mercado, articulando seus agentes e agindo em benefício dos consumidores e da sociedade, em harmonia com o meio ambiente”, explicou a diretora.

A apresentação do Ibracon antecedeu palestras técnicas. A primeira foi conduzida pelo gerente técnico da Supertex, engenheiro José Valdenir Teixeira, que abordou os “Fatores relevantes do pedido à entrega do concreto usinado”.

A segunda foi realizada pelo professor doutor Roberto Christ (ITT Performance/Unisinos), sobre o “Desenvolvimento e aplicação de concretos de ultra alto desempenho”. Por fim, a professora doutora Fernanda Pacheco fala sobre os “Desafios na concepção de concretos autocicatrizantes e autorregenerantes”.