COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Estudantes de Engenharia Química desenvolvem reatores em disciplina do curso

           

No dia 26 de junho, estudantes do sétimo semestre do curso de Engenharia Química apresentaram o trabalho de avaliação parcial da disciplina de Reatores I. A turma foi dividida em quatro grupos. Eles foram desafiados a construir um reator e desenvolver uma reação, realizando a demonstração do funcionamento do equipamento.

Os objetivos foram exercitar a habilidade do trabalho em equipe, a consolidação da teoria exposta em aula e o desenvolvimento da capacidade do raciocínio rápido para a resolução de problemas e a criatividade.

Cada grupo optou por uma reação diferente, sendo que foram apresentados reatores do tipo CSTR, PFR e em Batelada.

Grupo I: João Carlos Segatto Leite

“O objetivo foi estudar a concepção de projeto, construção e operação de um reator PFR (Plug Flow Reactor)".

Grupo II: Franthiescoli Augusto Barasuol, Vinicius Roberto Fin de Almeida e Fabiana Pieniz Didonet

“Reator CSTR, é um reator de fluxo contínuo e mistura perfeita onde a reação ocorre em estado estacionário. Para elaboração do reator foram utilizadas soluções de hidróxido de sódio (soda) e ácido acetilsalicílico (conhecido por estar presente em medicamentos), a reação que ocorre é de neutralização e pôde ser observada a partir da utilização de indicador natural de repolho roxo, que foi introduzida no reator juntamente com a solução ácida apresentando coloração roxa e após a reação com a base, formando sal e água adquiriu a coloração verde. A conversão obtida no experimento foi de 99,2% a partir de dados experimentais obtidos através de análises titulométricas".

Grupo III: Arthur Mateus Schreiber, Larissa Vilma Lohmann, Bárbara Pezzini Moreira

“O desafio foi criar em escala laboratorial um reator batelada. A reação escolhida foi a produção de biodiesel a partir de óleos vegetais, na qual um triglicerídeo reage com uma cadeia alcoólica na presença de um catalisador, gerando biodiesel e glicerina.  O reator batelada, se caracteriza por atingir altas conversões, o que pode-se comprovar em nossos ensaios com óleo de soja e linhaça".

Grupo IV:  Camila Hammarstrom Goi, Carolina Almeida Bragato, Laura de Castro e Kamille Cristhine Sostmeyer Kirmess

“O reator do tipo batelada é caracterizado por ser um tanque com agitação mecânica, onde os reagentes são introduzidos no reator de uma só vez e a retirada do produto também é realizada de uma única vez. É utilizado para produção em pequena escala, teste de novos processos e fabricação de produtos de alto valor".


Compartilhe!