COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Arquitetura e Urbanismo (Bacharelado)

Estudantes de Arquitetura e Urbanismo trabalham em projetos para Catuípe

Acadêmicos do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unijuí, por meio da disciplina de Planejamento Urbano e Regional, trabalharam na resolução de problemas urbanos presentes no município de Catuípe. Tudo começou no mês de abril, quando o prefeito da cidade, Joelson Antonio Baroni, conversou com a professora do curso, Cláudia Legonde, sobre problemas enfrentados e sobre o interesse de melhorar a qualidade dos espaços públicos.

A partir desta demanda, a docente solicitou aos estudantes o desenvolvimento de um trabalho de pesquisa, análise e propostas para melhoria da situação atual dos espaços indicados pelo gestor municipal. Cada grupo abordou uma das seguintes questões: Valorização da cidade como ‘terra das águas minerais’, incentivando o turismo;  Valorização do acesso principal à cidade; Abrangência e qualidade dos espaços de esporte e lazer existentes; Mobilidade urbana e acessibilidade na Avenida Rio Branco; Estudo para a criação de um caminhódromo e ciclovia na ERS-218; e Extensão do caminhódromo da ERS-342.

Os trabalhos desenvolvidos foram apresentados na última semana, durante o horário de aula, em videoconferência. Participaram o prefeito Joelson Baroni; o vice-prefeito Rodolfo Antônio Burmann; e o presidente da Câmara de Vereadores, Joabel Zimmermann. 

Baroni agradeceu e parabenizou todos os alunos pelas apresentações. “Todos vocês sabem que nossos mandatos são de quatro anos, mas a vida da cidade será de muitos e muitos anos. Muitas destas ideias propostas serão utilizadas agora e muitas outras serão buscadas para serem executadas ao longo dos anos", completou.

O presidente da Câmara Municipal parabenizou pelo trabalho. “Com certeza iremos tirar muito proveito deste estudo que foi realizado, o qual trouxe um retrato da nossa realidade.”

De acordo com o vice-prefeito, todos os estudos realizados os encorajaram à execução. “Catuípe está de portas abertas para novos estudos e, com certeza, muitas dessas propostas vamos procurar colocar em prática”, disse.


Arquitetura e Urbanismo na Unijuí: uma formação voltada à transformação social

Focado em um perfil criativo e empreendedor, o curso de Arquitetura e Urbanismo da Unijuí oferece formação completa, preparando o estudante para atuar nas áreas de edificação, urbanismo, paisagismo, patrimônio histórico, cultural e ambiental. Com cinco anos de duração, o curso forma profissionais conscientes da realidade ambiental, social, econômica, técnica e cultural, dotados de visão crítica e sensível às experiências do passado e com habilidades para transformar ideias em ações.

O curso é ofertado no campus de Ijuí, no turno da noite, e oferece quatro disciplinas presenciais e uma a distância, oportunizando flexibilidade de agenda para o turno da disciplina EaD. A graduação está organizada a partir de cinco princípios norteadores: Materialidade – unidade entre proposição arquitetônica e viabilidade construtiva; Profissional generalista – visão integrada de todas as áreas de atuação profissional; Ênfase em projeto – o projeto como produção criativa e produto síntese; Informatização - o computador como instrumento normal de trabalho e Direção de obra – envolvimento prático com o produto projetado.

O curso de Arquitetura e Urbanismo faz parte da Graduação Mais da Unijuí e oferece disciplinas práticas que se integram com outras áreas do conhecimento e colocam o estudante em contato direto com os desafios reais do mercado de trabalho. “A intenção é que a universidade esteja disponível para atender a comunidade regional, podendo auxiliar no desenvolvimento da cidade e da região.  No andamento do curso o estudante terá contato com os vários tipos e níveis de projeto, ficando apto a projetar desde a cidade em projetos urbanos e paisagísticos, até um projeto de interiores para um ambiente interno, por exemplo”, finaliza a coordenadora do curso, Diane Meri Weiller Johann. 

Para saber mais sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo da Unijuí, acesse o link.

Por Susan Pereira, acadêmica do curso de Jornalismo


Arquitetas mato-grossenses realizam palestra sobre Sustentabilidade na Construção

Pensando em aliar a teoria com a prática profissional para os estudantes da disciplina de Espaço Construído e Sustentabilidade do curso de Arquitetura e Urbanismo, a professora mestra Tenile Rieger Piovesan trouxe a palestra online “Arquitetura: será que a sustentabilidade custa caro mesmo?”, com as arquitetas e urbanistas e consultoras em Inovação, Design e Sustentabilidade, Gisa Fabris e Maria Carolina Barreto, do Escritório Personnalité Arquitetura, falando ao vivo da cidade de Sinop-MT na noite da última quarta-feira, dia 26 de maio.

As arquitetas, com 17 anos de Personnalité, abordaram os principais conceitos de sustentabilidade ambiental e sustentabilidade na arquitetura, além de comentar sobre alguns valores de implantação e da certificação de sua obra mais famosa, a Casa Azul- um marco da arquitetura bioclimática, sendo a primeira residência unifamiliar do Centro-Oeste do Brasil a receber o selo PBE Edifica (Programa Brasileiro de Etiquetagem) nível “A” do Inmetro. Com esta palestra a questão bioclimática foi vista na prática pelos estudantes, visto que há pouco terminou a disciplina de Conforto Ambiental I (Conforto Térmico) recentemente ministrada pela professora Tenile Piovesan, onde os acadêmicos aprenderam as principais estratégias bioclimáticas, aliando ao desempenho térmico e eficiência energética. “A palestra foi muito importante e necessária para o nosso futuro profissional”, comenta o acadêmico da disciplina, Eduardo Rodrigues de Oliveira

Conforme a professora Tenile, “as arquitetas, muito queridas, comentaram dos benefícios de uma construção ter padrões de sustentabilidade, entre eles, fatores econômicos, sociais e ambientais, e também sobre novidades e inovações na construção”. Também comentou que foi uma palestra maravilhosa e de troca de experiências profissionais. “Tive a oportunidade de rever online, direto de Salvador-BA ,nossa ex-aluna do curso da Engenharia Civil da Unijuí, Angélica Fornari, que hoje é sócia-proprietária de uma empresa de energia solar fotovoltaica, que resolveu prestigiar o evento e que falou sobre os custos e a importância de pensarmos em estratégias sustentáveis para nossas construções.

Também participou o professor José Paulo M. da Silva, que comentou que trouxe sua turma de Ergonomia, mas que também faz Materiais e Processos (Design) para participar da palestra. “O assunto casou muito bem, pois estávamos conversando na última aula sobre análise do ciclo de vida dos produtos”, disse.


Artista paulista Tico Volpato realiza oficina de Papercraft com estudantes

O Papercraft é a arte de construir formas tridimensionais a partir de papel. Para a elaboração destes objetos, são aplicados conhecimentos de geometria, que fazem parte do programa da disciplina de Desenho Descritivo, dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design da Unijuí. Diante disso, o professor Matheus Cargnelutti, responsável pela disciplina, organizou um evento chamado “Oficina de Papercraft”, com o artista paulista Tico Volpato, no último mês.

O evento foi transmitido direto de São Paulo, iniciando com uma explanação do artista sobre a técnica do Papercraft, materiais utilizados, aplicações e apresentação de trabalhos executados. O artista já participou de programas de televisão, exposições, campanhas publicitárias, cenografia de grandes eventos como o São Paulo Fashion Week, e já fez a comunicação visual de um projeto musical do cantor Junior Lima, entre várias outras atuações. Na sequência, foi desenvolvido um papercraft em conjunto  com os participantes da oficina, onde foram desenhados moldes e executados modelos físicos, seguindo as instruções do artista. Tico Volpato gentilmente irá presentear o melhor trabalho  desenvolvido durante a oficina com uma obra sua.  

“A oficina foi muito animada e produtiva. É muito bom poder contar com artistas atuantes interagindo com os nossos estudantes, e o período de aulas online nos possibilitou essa interação. Só tenho a agradecer ao Tico pela disponibilidade e empenho para o sucesso do nosso evento na Unijuí”, disse o professor Matheus Cargnelutti.


Curso de Arquitetura e Urbanismo terá aula magna

Nesta terça-feira, dia 6 de abril, o curso de Arquitetura e Urbanismo da Unijuí promoverá a sua aula magna, a partir das 19h10.

Participará o arquiteto Marcelo Ferraz, formado pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade de São Paulo (USP). Ele é sócio-fundador do escritório Brasil Arquitetura e da Marcenaria Baraúna, onde tem realizado vários projetos, com premiações no Brasil e no exterior.

Marcelo Ferraz foi colaborador de Lina Bo Bardi, de 1977 a 1992, participando de todos os seus projetos no período, com destaque para o Sesc Pompéia. Foi também colaborador de Oscar Niemeyer em 2002. Dirigiu o Instituto Lina Bo e P. M. Bardi, de 1992 a 2001, e o programa Monumenta do Ministério da Cultura, para recuperação das cidades históricas, entre 2003 e 2004.

Lecionou na Washington University em Saint Louis (USA) em 2006, como professor convidado, e é professor da escola da cidade, em São Paulo. Publicou os livros Arquitetura Rural na Serra da Mantiqueira (1992), Lina Bo Bardi (1993) e Arquitetura Conversável (2011).

A aula magna, que será online, é aberta e pode ser acompanhada acessando este link.


Egressa de Arquitetura e Urbanismo é selecionada em dois cursos de mestrado

Egressa do curso de Arquitetura e Urbanismo da Unijuí, Tatiane Vanessa Zamin vive um momento de dúvida e alegria. Isso porque ela foi aprovada no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Desenvolvimento Regional da Unijuí, com bolsa integral, e também conquistou o terceiro lugar na seleção do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) – Campus Santa Maria.

“Sinto-me feliz e imensamente honrada pelas oportunidades e por ter sido selecionada para o mestrado em duas universidades que eu tanto admiro”, destacou a jovem.

Para Tatiane, tanto o curso de graduação quanto a Unijuí foram de suma importância para este processo, já que aprendeu muito durante os anos em que esteve na Universidade. “Os professores do curso de Arquitetura e Urbanismo são profissionais maravilhosos, éticos, com elevada qualidade e excelência do ensino ofertado. Faço um agradecimento especial ao meu orientador, professor Tarcisio Dorn de Oliveira, que me auxiliou e acompanhou durante a trajetória do Trabalho de Conclusão de Curso, ao professor Matheus Cargnelutti de Souza e à professora Tenile Rieger Piovesan, pelas orientações dos estágios curriculares”, reforçou.

Durante a graduação, Tatiane realizou estágio extracurricular no escritório Caza Engenharia, na cidade de Três de Maio, onde trabalha atualmente.