COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Turmas de Paisagismo do Curso de Arquitetura e Urbanismo realizam visitas a campo

           

Desde o inicio da disciplina de Paisagismo I os alunos do Curso de Arquitetura e Urbanismo estão se familiarizando com as principais espécies de plantas ornamentais e de arborização urbana como elemento da composição de projetos de paisagismo. Com o intuito de aprender na prática foi inicialmente proposto pela professora da disciplina, a arquiteta e urbanista Ma. Tenile Rieger Piovesan, um passeio pelo campus Ijuí para reconhecimento das plantas ornamentais. Nesse passeio a turma contou com o apoio do DCVida, em especial dos professores biólogos Dra.Vidica Bianchi e Me. João Pedro Arzivenko Gesing, o qual apresentou ao grupo o Horto Botânico, Jardins Temáticos no Campus, arborização, dicas sobre as Áreas de Preservação Permanente (APPs),dentre outros itens concernentes à botânicaTambém os alunos puderam ver a variedade de espécies ornamentais da sede acadêmica, distinguindo e identificando as mesmas através dos estudos já realizados em sala de aula.

Na sequencia dos estudos práticos, nesta última semana a turma visitou as instalações do Instituto Regional de Desenvolvimento Rural-IRDeR, onde foi recepcionada pelo Engenheiro Agrônomo Cláudio Porazzi. Os alunos conheceram mudas de espécies nativas e exóticas, bem como seu processo produtivo e receberam sugestões de aplicações em áreas paisagísticas, foram instruídos quanto aimportância na recuperação de áreas marginais, aliando às práticas em aspectos ambientais e de valorização da natureza. No mesmo dia, a turma também realizou visita a um viveiro de plantas ornamentais da cidade de Ijuí, na qual pôde visualizar as principais plantas comercializadas na região, com o intuito de subsidiar futuros projetos de paisagismo.

Segundo a professora Tenile, “estes tipos de visitas são muito importantes para uma melhor aprendizagem, estimulam a sensibilidade e a percepção do espaço e da paisagem, saindo da teoria estudada em sala de aula para aprender na prática, além de poder utilizar os sentidos como ver, tocar, cheirar, enfim sentir cada tipo de planta, forma, folha, textura, cor, entre outros aspectos”.

Os passeios realizados foram de grande aprendizado, além de trocas de experiências com diferentes profissionais, tornando um ambiente agradável de conhecimento aliado com a multidisciplinariedade.


Compartilhe!