COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Gastronomia (Tecnologia)

Chef da Unijuí conhece gastronomia do Norte em viagem de estudos

Chef do curso de Gastronomia da Unijuí, Tiana Maxine Kronbauer Hintz conheceu de perto a culinária da região Norte do País, em uma viagem que durou aproximadamente 20 dias, para Manaus e Autazes no Amazonas; Ilha de Marajó, Belém, Santarém e Alter do Chão (distrito de Santarém) no Pará.

“O que mais me surpreendeu, quanto à gastronomia, foi a criatividade das pessoas para utilização dos ingredientes disponíveis. Há muitos produtos diferentes dos nossos e eles exploram bem o que têm. Exemplo: cupuaçu é uma fruta típica, que eles fazem suco, mousse, sorvete, caipirinha, geleia, bombom, brownie e tiramissu”, explicou a chef.

Em Alter do Chão/Santarém, Tiana conheceu o chef Saulo, do restaurante Casa do Saulo. Ele é um dos destaques da gastronomia tapajônica e seu restaurante é referência em todo Pará. Nesse dia, foram servidas 2 mil refeições. Ele a levou para conhecer a cozinha e explicou o processo de pré-preparo dos peixes utilizados. Já na lha de Marajó, a professora acompanhou 90% do processo de produção do queijo marajoara, patrimônio cultural da Ilha, que é produzido há 200 anos. “Acompanhei desde a ordenha das búfalas, que inicia diariamente às 6h30, até o envase do queijo”, contou.

A chef participou, na Ilha de Combu, de visitação e explicação do processo de produção de chocolate orgânico da Dona Nena. Ela é agricultora familiar e começou a empreender por necessidade. Hoje, possui equipe e recebe turismo rural na sua propriedade em Belém. “Gente como a gente, super simpática, compartilhou comigo muitos desafios que ela teve inicialmente e quais está tendo agora, já que passou de MEI para Simples Nacional. Nesse momento, identifiquei semelhança com os empreendedores daqui.”

Tiana foi para a cozinha em uma pousada, no meio da floresta, e ajudou a preparar a ceia de Natal para os hóspedes. ”Tive que insistir muito para participar desta tarefa, pois a dona justificava que eu era turista e tinha que aproveitar o passeio, não ‘trabalhar’. No final das contas, foi uma troca linda. Ela ia utilizar maionese comprada, pois não sabia fazer maionese caseira, então ensinei-a e ela me ensinou a fazer o backes, um pão frito tradicional da antiga Guiana Inglesa (hoje somente Guiana)”, relatou.

Em outro momento, Tiana conheceu e conviveu alguns momentos com Fátima, conhecida como Fatinha, chef e proprietária Do Italiano, restaurante de comida italiana em Alter do Chão. “A Fatinha preza pela qualidade e frescor dos ingredientes que utiliza, como uma boa cozinheira italiana. O molho de tomate, base de muitos pratos, é produzido com os tomates da horta dela. Quando há mais demanda, aí, sim, são comprados do mercado. O contato com ela foi tão próximo que ela me levou para conhecer o futuro novo empreendimento e já trocamos ideias sobre mão de obra qualificada e tudo mais. Ela estudou gastronomia na Itália e neste ano estudará em todas as Le Cordon Bleu do mundo, dois meses em cada, a convite da instituição.”

Agora, Tiana irá levar o Norte para dentro do laboratório da Universidade. De acordo com ela, não há muita pesquisa sobre a gastronomia da região e os livros disponíveis são basicamente de receitas. “Sabendo que em qualquer lugar do mundo os pratos são os reflexos da cultura, eu quis conhecer melhor os hábitos de lá para entender os pratos e poder ensinar aos alunos o contexto todo”, disse, destacando que pretende trabalhar com os estudantes a melhor utilização e exploração de cada ingrediente. “Sobre os contatos e oportunidades criadas, podemos estreitar a relação dos estudantes com os profissionais e empreendimentos da área que eles se identificam e almejam oportunidades”, reforçou.


Estudantes realizam aula prática de Gastronomia Molecular

          

Estudantes do segundo semestre do curso de Gastronomia realizam aula prática de Gastronomia Molecular. As aulas práticas e teóricas incluem estudo e empenho por parte dos estudantes na compreensão das alterações que ocorrem nos alimentos, a partir do uso de substâncias que mudam a consistência e a textura, como ágar ágar, alginato, goma xantana, lecitina, nitrogênio líquido, entre outros, juntamente com a origem de cada substância. As aulas práticas ocorrem em laboratório equipado e com todas as medidas de segurança tanto para a utilização das substâncias, quanto de acordo com o plano de contingência do COVID19.

O curso também está recebendo inscrições para o Vestibular. Acesse o site, confira mais informações e faça a inscrição: www.unijui.edu.br/vestibular.

Inscrições: até o dia 30 de novembro

Prova: 06 de dezembro, somente online, em razão da pandemia.


Estudantes de Gastronomia têm aula sobre apresentação visual e criatividade com chef convidado

         

Com o objetivo de ampliar o conhecimento e o desenvolvimento de habilidades, o curso de Gastronomia realizou, nesta quinta-feira, 24, a aula diferenciada na disciplina de Gastronomia Contemporânea com o chef e professor convidado Israel Bertamoni. Nesta atividade, os estudantes assistiram a uma aula de empratamento e no refinamento do aspecto visual, focando bastante na criatividade. O professor convidado preparou as seguintes receitas:

Entrada: a nova caprese com queijo colonial e pesto de manjericão com pinhão

Prato principal: frango defumado com chutney de butiá, vinagrete de trigo e farofa de butiá

Sobremesa: pavlova de erva mate com curd de limão siciliano, ganache de chocolate branco e frutas verdes

Para isso, foram utilizados ingredientes regionais gaúchos, sendo eles: queijo colonial, pinhão, butiá, trigo e erva mate. A defumação do frango foi realizada pelos próprios estudantes do curso.

Esta atividade foi organizada pela chef contratada do curso, Tiana Maxine Kronbauer Hintz, e também pela coordenadora, Adriane Huth. Tiana observa que a troca de experiências é algo com bastante significado em atividades como esta. “Gera um efeito inovador na forma de pensar e agir de todos. Com essa intenção, trazendo uma forma mais contemporânea de apresentar os pratos juntamente com toda bagagem do professor Israel, disponibilizamos aos alunos ferramentas além das tradicionais. Ensinamos a eles que não há uma única forma de executar as técnicas dentro da cozinha e a apresentação do prato segue o mesmo princípio”. 

A aula aconteceu no Laboratório de Gastronomia e Nutrição da Unijuí e, tendo os cuidados e mantendo os protocolos em razão da pandemia da covid-19, a aula ocorreu em dois momentos, dividindo os estudantes em duas turmas, uma pela tarde e outra no turno da noite.

 

Sobre o chef convidado

Natural de Caxias do Sul, Israel Bertamoni possui formação no curso de tecnologia em Gastronomia pela Unisinos, atualmente é pós-graduando em Gestão estratégica de restaurantes e similares e mestrando em Turismo e Hospitalidade pela UCS. Sua linha de pesquisa está na Gastronomia como Patrimônio. Israel atua como docente nos cursos de Gastronomia da Unisinos (São Leopoldo e Porto Alegre), UNICNEC (Bento Gonçalves) e FSG (Caxias do Sul), além de trabalhar como consultor, chef de cozinha e pesquisador da gastronomia regional. 

 


Curso de Gastronomia vai promover aula diferenciada com chef convidado

               

Fotos: Arquivo pessoal

Com o objetivo de ampliar o conhecimento e o desenvolvimento de habilidades no empratamento e no refinamento do aspecto visual, o curso de Gastronomia realiza, neste mês de setembro, a aula diferenciada de Gastronomia, que acontecerá na disciplina de Gastronomia ContemporâneaA aula será ministrada pelo chef e professor convidado Israel Bertamoni, que é natural de Caxias do Sul e possui formação no curso de tecnologia em Gastronomia pela Unisinos, atualmente é pós graduando em Gestão estratégica de restaurantes e similares e mestrando em Turismo e Hospitalidade pela UCS. Sua linha de pesquisa está na Gastronomia como Patrimônio. Israel atua como docente nos cursos de Gastronomia da Unisinos (São Leopoldo e Porto Alegre), UNICNEC (Bento Gonçalves) e FSG (Caxias do Sul), além de trabalhar como consultor, chef de cozinha e pesquisador da gastronomia regional. 

Esta atividade é organizada pela chef contratada do curso, Tiana Maxine Kronbauer Hintz, e também pela coordenadora, Adriane Huth. Segundo Tiana, o curso de Gastronomia está inovando com as aulas online: “convidamos diversos chefs ao decorrer do primeiro semestre para agregar conhecimento aos alunos. Felizmente tivemos uma grande aceitação desse modelo de diferenciação”. 

Para a professora, a troca de experiências é algo com bastante significado. “Gera um efeito inovador na forma de pensar e agir de todos. Com essa intenção, trazendo uma forma mais contemporânea de apresentar os pratos juntamente com toda bagagem do professor Israel, disponibilizamos aos alunos ferramentas além das tradicionais. Ensinamos a eles que não há uma única forma de executar as técnicas dentro da cozinha, e a apresentação do prato segue o mesmo princípio”, finaliza. 

A aula acontecerá no dia 24 de setembro no Laboratório de Gastronomia e Nutrição da Unijuí. O horário dependerá da situação da contingência. Serão duas aulas iguais: a primeira das 14h às 17h30 com a metade da turma, e a segunda das 17h30 às 21h. Porém, vale lembrar que dada a situação atual, pode não ser viável que a aula ocorra de maneira presencial.

Por: Leticia Breunig, acadêmica de Jornalismo e estagiária da Agência Experimental Usina de Ideias

 

 


Conheça o curso de Gastronomia, a novidade do Vestibular de Inverno da Unijuí

            

Novidade nas ofertas de Graduação da Unijuí para este Vestibular de Inverno, o curso de Gastronomia vai preparar profissionais para o uso de técnicas gastronômicas da cultura alimentar brasileira e dos cinco continentes, em consonância com a gastronomia dos imigrantes que povoaram o Brasil, possibilitando conhecimentos e habilidades para atuar em toda a cadeia de produção de alimentos e refeições. As inscrições para o Curso já estão abertas e podem ser feitas até o dia 03 de agosto.

Um dos diferenciais do Curso é capacitar para a inovação tecnológica na produção de alimentos, para atuar com alta capacidade técnica, por meio da investigação tecnológica e do empreendedorismo. Habilita para a gestão em gastronomia e a aplicação de técnicas gastronômicas, para a promoção da saúde e do bem-estar das pessoas, determinando a melhora da qualidade de vida, com ética, responsabilidade, sustentabilidade e integridade.

Segundo a coordenadora do Curso, professora Adriane Huth, o curso, além de proporcionar o diferencial da gastronomia dos cinco continentes, possui corpo docente qualificado, laboratórios equipados com materiais e equipamentos profissionais. “Além disso, durante a pandemia temos organizado aulas online com profissionais renomados do mercado, discutindo temáticas relevantes na formação do Gastrônomo”, observa.

Laboratório com qualidade internacional

Para a oferta deste curso, a Universidade equipou um laboratório moderno de práticas gastronômicas, que tem qualidade internacional. A adequação envolveu a obra para dois novos espaços que foram modelados para os estudantes: o Laboratório de Dietética e a Cozinha Fria e Quente. Os equipamentos utilizados são Cozinhas Profissionais Tramontina, que, segundo Leonardo Lampert, representante da marca, são fundamentadas no conhecimento de profissionais que atuam no mercado italiano e internacional há 30 anos, com equipamentos de alta tecnologia, combinada com resistência e facilidade de manuseio para facilitar ao máximo o trabalho, garantindo também uma limpeza rápida e eficaz, seguindo todas as normas higiênico-sanitárias em vigor no Brasil e na Europa.

 

Sobre o Vestibular

As inscrições podem ser realizadas até o dia 03 de agosto, de forma gratuita para todos os candidatos. Confira todos os detalhes e se inscreva no site do Vestibular

Segundo a Vice-Reitora de Graduação, Fabiana Fachinetto, em entrevista à Unijuí FM, para realizar a prova os candidatos devem se inscrever pelo site da Unijuí, e, após a sua inscrição, serão disponibilizadas 48 horas para o candidato realizar a prova, que será uma redação. O tema da redação será sorteado pelo próprio site a partir de um banco de temas.

As vagas para os cursos variam, pois serão vagas complementares ao Vestibular de Verão, com exceção do curso de Agronomia, que oferta para o noturno 30 vagas. Já o curso de Medicina não terá vestibular de inverno, já que no Vestibular de Verão foram preenchidas as 50 vagas.

Posteriormente, a matrícula também poderá ser realizada de forma online. Para aqueles que pretendem conhecer a estrutura da Universidade, ou que preferem dialogar pessoalmente, poderão realizar a matrícula de forma presencial, com agendamento. As dúvidas podem ser esclarecidas por meio de um chat que será disponibilizado no site da Unijuí, ou pelo telefone 0800 646 7100.


Novos professores do curso de Gastronomia são recepcionados

Na manhã desta segunda-feira, 17 de fevereiro, o Núcleo Docente Estruturante (NDE) do curso de Gastronomia realizou uma reunião de trabalho e acolhimento dos novos professores do Curso. Os professores e chefs Gibran Coutinho Garcia, Henrique Zauck e Tiana Maxine Krombauer Hintz foram acolhidos pelo NDE e receberam todas as orientações e apoio pedagógico para a operacionalização das aulas e interação com Projeto Político Pedagógico (PPC) do Curso. A coordenadora da graduação, Adriane Huth, ressaltou a qualificação e experiência profissional dos novos integrantes do corpo docente. As aulas iniciam no dia 26 de fevereiro.

Estrutura - Para o começo das atividades do Curso neste primeiro semestre, a Universidade está fazendo uma série de melhorias e investimentos, especialmente nos laboratórios. De acordo com a coordenadora do Curso, professora Adriane Huth, inicialmente estão sendo investidos R$ 200 mil. Ela explica que as obras no Laboratório de Nutrição e Dietética e na Cozinha Quente e Fria, que iniciaram em dezembro, devem ficar prontas no mês de março.

Como ingressar – O curso de Gastronomia está com inscrições abertas pelo Vestibular Contínuo. A prova pode ser agendada no momento da inscrição pelo site unijui.edu.br/vestibular. Confira as datas disponíveis para agendamento: 20/02/2020 e 27/02/2020. As provas serão aplicadas no turno da noite, iniciando às 19h. O vestibular será composto por uma redação e poderá ser realizado nos campi Ijuí, Santa Rosa, Panambi e Três Passos. O valor da taxa de inscrição é de R$ 30,00.