COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Projeto Rondon: operação João de Barro, no Piauí, inicia nos próximos dias

 Além das oficinas, acadêmicos da Unijuí levam muito amor para Novo Oriente.

                      

Por Róbson Gomes

Nos últimos dois meses, a equipe de acadêmicos e coordenadores da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – Unijuí, que integram o Projeto Rondon – Operação João de Barro, estiveram em intensa preparação. Nesse período o grupo reuniu-se semanalmente para a elaboração de oficinas e estudos que serão aplicados de 12 a 28 deste mês, no município de Novo Oriente do Piauí – PI.

A respeito da preparação, a acadêmica de Ciências Biológicas, Caroline Krahn, que integra a equipe com outros sete universitários, pondera ser um momento de muito aprendizado e dedicação. “É uma experiência que exige muito de nós, seja como pessoas ou acadêmicos, mas a cada encontro do grupo, podemos estudar, refletir e melhorar nossas contribuições”, diz. 

Juntos, os jovens que vão bater asas e voar longe serão responsáveis pela aplicação de mais de 40 oficinas no conjunto B – integrado pelos cursos de Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Biológicas, Bacharelado, Engenharia Civil, Jornalismo, Medicina Veterinária e Nutrição. O objetivo é promover transformações sociais e contribuir para desenvolvimento da comunidade onde as ações serão realizadas.

Com a aproximação da data de embarque, afirma Claudia Jackowski, estudante de Engenharia Civil, estar ansiosa, ao passo que a esperança em poder ajudar e levar conhecimento é cada vez maior. “Estamos na expectativa de aprender muito com as experiências que nos esperam por lá. É um povo de cultura muita rica e poderemos levar algum conhecimento. Eita! Que passem logo esses dias para que possamos ir”, comenta.

Se por um lado há a ansiedade, também há a responsabilidade, conforme explica Laura Mattioni, acadêmica de Medicina Veterinária. “Estamos preparados para atender a demanda dos moradores de Novo Oriente. Queremos pôr em prática as oficinas que preparamos com tanto carinho”, declara.

Para além das oficinas teóricas, também foram preparadas danças folclóricas e atividades recreativas. Para isso o grupo contou com auxílio do coordenador da Cia Cadagy Unijuí, Fábio Matheus Novelo, que ministrou inúmeras dinâmicas. Já a expressividade corporal, por meio de danças folclóricas, foi desenvolvida nos universitários com o auxílio de Eloísa Bohrer, professora de Educação Física. Com isso, os acadêmicos poderão aplicar atividades diversas com crianças nas oficinas recreativas.

A também acadêmica de Medicina Veterinária Eduarda Copetti, concluí que a população novo-orientense pode esperar muito empenho, animação, carisma, felicidade e dedicação dos universitários da Unijuí, sendo que não faltará na bagagem muito amor. A equipe chega à capital do Piauí – Teresina –  na quinta-feira, (11). A partir de sexta-feira, (12), passarão por capacitação ministrada pela coordenação do Rondon e, na segunda-feira, (15), dão início as atividades em Novo Oriente.


Compartilhe!