Notícias EFA

EFA realiza debate no Dia Mundial da Educação

 

Na última terça feira, 28 de abril comemoramos o Dia Mundial da Educação. Para este dia, a EFA oportunizou aos alunos atividades de reflexão e problematização sobre o tema. Alunos da manhã participaram de um debate com o pai de aluno e professor da UNIJUÍ, Dr. Paulo Fensterseifer, Giordano Walker pelo Grêmio estudantil, Rosana Barros pela coordenação pedagógica e Rosane Becker pela direção da Escola. À tarde: vídeo, reflexão e socialização de pesquisa sobre educação. Na oportunidade foi lançada a campanha Repense Suas Atitudes e apresentado o projeto “MOSAICO” que neste ano terá como tema “A condição humana”.
 
Entre os aspectos abordados no painel, o professor Paulo instigou os alunos a pensar sobre o papel de cada um na educação, lembrando que o resultado efetivo da educação se espelha no futuro e que onde a educação se encontra hoje é resultado da evolução de várias gerações, onde cada um deixa um legado diferente.
 
Segundo a diretora Rosane Nunes Becker,  o evento é um dos que a Escola privilegia debater, em função de sua importância no contexto das responsabilidades de cada um dos envolvidos, no projeto de de educar. O lugar da familia, da escola e das mídias como agentes de socialização, suas fragilidades, suas competências e em grande relevância o lugar dos filhos/alunos nesta educação contemporânea que implica apropriar-se do conhecimento sistematizado e dos valores morais éticos fundamentais a esta condição".
 


Leia mais...

Estudo sobre os povos indígenas passa por visita ao Museu

 

A turma C61 da EFA visitou, no dia 22 de abril, a exposição temporária "O Mbyá-Guarani e a cultura do afeto", no Museu Antropológico Diretor Pestana. Os alunos puderam perceber aspectos culturais importantes deste grupo indígena, enriquecendo o debate sobre esta temática, desenvolvido nas aulas de História, que terá continuidade durante o ano, com a visita à Terra Indígena de Inhacorá, pesquisa bibliográfica sobre os povos indígenas primitivos do nosso estado e a visita à região das Missões.
Segundo a professora Vera Fetter, este estudo tem o objetivo de desenvolver a pesquisa em diferentes possibilidades e fontes, além de conhecer e respeitar as diferenças étnicas e culturais, reconhecendo nelas a identidade do povo brasileiro.
Esta visita se deu na semana em que se comemorou o dia do Índio. Os alunos através da exposição puderam fazer uma reflexão sobre a atual realidade destes povos em nossa região.


Leia mais...

Páscoa solidária na EFA

 


Foi entregue na tarde desta quarta feira, 16 de abril, os doces arrecadados na gincana realizada na última semana pelo GECOM.  Esta doação faz parte da campanha que está sendo organizada pela Parceiros Voluntários juntamente com as escolas tribeiras do Projeto Tribos nas Trilhas da Cidadania 2014.
Os alunos da EFA se mobilizaram e o resultado deste engajamento das turmas foi entregue para a responsável pelo projeto, Liziane da Silva.
As doações dos chocolates serão destinadas as crianças das seguintes Escolas: Escola Municipal Alvorada, Escola Estadual Emil Glitz e Escola Municipal Cândida Turra.


Leia mais...

EFA marcou presença no 12 horas de natação

 
No último sábado, alunos do Centro de Educação Básica Francisco de Assis, acompanhados pelos professores Marcos Maggio e Samir Kreme, estiveram presentes no evento que aconteceu na Sociedade Recreativa de Ijuí. Este eventofoi mais uma edição do projeto desenvolvido pelo núcleo de eventos do curso de Educação Física da Unijuí, denominado 12 horas de natação.
De acordo com o professor de Educação Física, Marcos Maggio, a participação no evento foi considerada importante para o processo de formação dos alunos pelo fato de as atividades aquáticas serem contempladas no plano de estudo da escola, uma vez quê as duas turmas participantes 211 e 231 são as mesmas onde os conteúdos teóricos e práticos de atividades aquáticas são desenvolvidos ao longo do processo.
O professor também justifica a importância na participação na atividade pelo fato da mesma ter objetivos voltados a influenciar a pratica de exercícios e atividades físicas, em diferentes faixas etárias. Durante a formação dos alunos na EFA são enfatizadas questões relacionadas a estilo e qualidade de vida. Com isso é de extrema importância relacionar princípios pesquisados e discutidos na escola com o contexto que nos cerca.



Leia mais...

EFA em formação permanente de professores

 
 

Professores da EFA – Centro de Educação Básica Francisco de Assis, encontram-se, regularmente para planejamento escolar, tendo em vista a dinâmica do momento presente e a necessidade em acompanhar as discussões atuais. Além disso, para se conquistar uma educação de qualidade é imperativo uma política pedagógica que incite o docente à pesquisa, à informação, ao estudo. Para a diretora Rosane Becker “a escola está desempenhando vários e novos papéis na sociedade atual, entende que este é um campo em constante mutação e que o professor tem um papel central : é ele o responsável por orientar e aguçar mudanças de atitudes e pensamentos dos seus alunos.”
A doutora em Educação pela University of East Anglia, Roseli Schnetzler “há a necessidade de se superar o distanciamento entre contribuições da pesquisa educacional e a sua utilização para a melhoria da sala de aula, implicando que o professor seja também pesquisador de sua própria prática”.
Sendo assim o grupo também está planejando novos projetos e aprimorando ações anteriores. O diferencial da EFA é possibilitar um espaço de constituição do saber pelo próprio aluno, a partir de uma lógica de construção, cuja essência seja a pesquisa, a investigação e a busca, aliados a conceitos estruturantes e fundamentação teórica reconhecida em bibliografia específica.
A Coordenadora Pedagógica da EFA, Rosana Barros, confirma: “esta formação continuada não se esgota somente em um encontro, mas vai para além, organizada em um processo construído no cotidiano escolar de forma constante e contínua, os professores são também executores das atividades nos encontros, responsáveis por levarem ao grupo discussões pertinentes ao processo” e continua: O educador de hoje precisa, também, estar preparado para os novos e crescentes desafios desta geração que nunca esteve tão em contato com novas tecnologias e fontes de acesso ao conhecimento como hoje.
Os encontros de formação acontecem às quartas-feiras na EFA e envolvem todos os professores da escola.