Memória de Ijuí e do noroeste do estado do Rio Grande do Sul

Destaques Museu

Eleita a nova diretoria da AAMADP - Gestão 2013/2015

 A Associação de Amigos do Museu Antropológico Diretor Pestana - AAMADP atua junto à referida entidade desde o ano de 1983, ampliando e potencializando as ações institucionais, além de diversificar as formas de contato entre o Museu e a comunidade regional.


Semana de Aniversário do Museu

Participe das Comemorações de Aniversário do MADP

O Museu estará comemorando seus 52 anos no dia 25 de maio. E para marcar esta data,estaremos recebendo os visitantes gratuitamente, no período de 20 a 25 de maio.

No dia 25 de maio, sábado, o Museu estará aberto para receber a comunidade das 8h às 11h30min e das 13h30min às 16h30min.

Visite as seguintes exposições:

  • Exposição Temporária “Conhecer para Preservar: os ecossistemas e o bem estar humano”. O objetivo principal dessa edição é propor uma discussão sobre os serviços ambientais, ou seja, os benefícios que as pessoas obtêm dos ecossistemas.
  • Exposição de Longa Duração – Esta exposição retrata os testemunhos do homem que viveu e vive nesta região do Estado, sobretudo, no município de Ijuí. A exposição inicia com o índio pré-missioneiro, seguida do índio missioneiro e dos povos que vivem hoje no Rio Grande do Sul. Destaca, ainda, a presença do negro e do caboclo na região e aspectos da fundação, colonização e formação do município de Ijuí.

SEMANA DE MUSEUS

A Semana Nacional de Museus acontece anualmente para comemorar o Dia Internacional de Museus (18 de maio), quando os Museus Brasileiros, convidados pelo IBRAM – Instituto Brasileiro de Museus desenvolvem uma programação especial em prol desta data. O tema para 2013, proposto pelo ICOM – Conselho Internacional de Museus é “Museus (memória + criatividade) = mudança social”.

O Museu Antropológico Diretor Pestana está com a exposição temporária “Conhecer para Preservar”, de 13 de maio a 28 de junho, em comemoração a Semana de Museus.

Maiores informações e agendamentos ligar para a Secretaria do Museu, telefone (55) 3332-0257.


MECENATO: Projeto "Preservação do Acervo Cartográfico" Arrecadou R$ 24.897,00 através do apoio de 51 colaboradores

O Ministério da Cultura, Associação de Amigos do MADP e Museu Antropológico Diretor Pestana apresentam o Projeto “Preservação do Acervo Cartográfico”

Aprovado através do Mecenato, PRONAC nº 126290, o Projeto “Preservação do Acervo Cartográfico”, é uma ótima opção para aqueles que declaram Imposto de Renda.

Este projeto tem como objetivo aperfeiçoar o processo de acondicionamento do acervo cartográfico salvaguardado no arquivo do Museu Antropológico Diretor Pestana, através da aquisição de mobiliário adequado para o armazenamento e equipamentos para o acompanhamento das variações climatológicas, a fim de garantir a preservação da informação e da memória.

O valor total aprovado para captação de recursos é de R$ 51.198,80, sendo que no ano de 2012 foi arrecadado R$ 24.897,00 através da colaboração de 51 apoiadores. Para o ano de 2013, a campanha será intensificada.

 Até o final de execução do Projeto está prevista a aquisição de duas mapotecas, termo higrômetros e uma mesa de consulta para o acervo cartográfico. O acervo cartográfico é composto de gêneros documentais, desenhos técnicos como mapas, plantas, perfis e cartas. É constituído de documentos de interesse histórico e científico, que trazem aspectos relacionados ao Povoamento, Arquivo Regional, aspectos de Ijuí, dos indígenas e do arquivo da FIDENE, entidade mantenedora do Museu.

A realização deste projeto, coordenado pelo Museu, contou com a Associação de Amigos do Museu, proponente do projeto, e com a assessoria do Núcleo de Projetos da UNIJUÍ.

Para contribuir com a execução deste projeto, basta fazer uma doação ao Museu. É possível destinar parte do Imposto de Renda devido a projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura sem pagar nada por isso. A Pessoa Física que optar pela declaração de renda, pelo formulário completo, pode contribuir com até 6% do imposto devido, e a Pessoa Jurídica com até 4%, ambos beneficiando-se com dedução de 100% do valor doado, uma vez que o projeto aprovado pelo Museu enquadra-se no Art. 18 da Lei de Incentivo que autoriza esta dedução.

Participe! O valor de sua doação  será aplicado na preservação da história e cultura de nossa cidade e região.

Maiores informações no Museu Antropológico Diretor Pestana ou pelo telefone (55) 3332-0257


MECENATO

 

O Ministério da Cultura, Associação de Amigos do MADP e Museu Antropológico Diretor Pestana apresentam o Projeto “Preservação do Acervo Cartográfico”

Aprovado através do Mecenato, PRONAC nº 126290, o Projeto “Preservação do Acervo Cartográfico”, é uma ótima opção para o seu Imposto de Renda.

Este projeto tem como objetivo aperfeiçoar o processo de acondicionamento do acervo cartográfico salvaguardado no arquivo do Museu Antropológico Diretor Pestana, através da aquisição de mobiliário adequado para o armazenamento e equipamentos para o acompanhamento das variações climatológicas, a fim de garantir a preservação da informação e da memória. O valor de captação é de R$ 51.198,80 e está prevista a aquisição de duas mapotecas, termo higrômetros e uma mesa de consulta para o acervo cartográfico. O acervo cartográfico é composto de gêneros documentais, desenhos técnicos como mapas, plantas, perfis e cartas. É constituído de documentos de interesse histórico e científico, que trazem aspectos relacionados ao Povoamento, Arquivo Regional, aspectos de Ijuí, dos indígenas e do arquivo da FIDENE, entidade mantenedora do Museu.

A realização deste projeto, coordenado pelo Museu, contou com a Associação de Amigos do Museu, proponente do projeto, e com a assessoria do Núcleo de Projetos da UNIJUÍ.

Para contribuir com a execução deste projeto, basta fazer uma doação ao Museu. É possível destinar parte de seu Imposto de Renda devido a projetos culturais aprovados pelo Ministério da Cultura sem pagar nada por isso. A Pessoa Física que optar pela declaração de renda, pelo formulário completo, pode contribuir com até 6% do imposto devido, e a Pessoa Jurídica com até 4%, ambos beneficiando-se com dedução de 100% do valor doado, uma vez que o projeto aprovado pelo Museu enquadra-se no Art. 18 da Lei de Incentivo que autoriza esta dedução.

Participe! O valor de sua doação  será aplicado na preservação da história e cultura de nossa cidade e região.

O prazo para doações é até o dia 20 de dezembro de 2012.

Maiores informações no Museu Antropológico Diretor Pestana ou pelo telefone (55) 3332-0257

 


Ciclo de Estudos da Diversidade Cultural

 

 

De Maio a outubro de 2012

 Promoção:

- Museu Antropológico Diretor Pestana

- 36ª Coordenadoria Regional de Educação

- Secretaria Municipal de Educação de Ijuí

- SINPRO Noroeste

- CPERS Sindicato 31º Núcleo

-SINTEEP Noroeste/RS

- APMI Sindicato

 Objetivos:

 - Discutir a pluralidade cultural visando o conhecimento e a valorização dos diferentes grupos sociais que vivem no Brasil.

- Oferecer elementos para a compreensão de temas como: diversidade cultural, desigualdades socioeconômicas e relações sociais discriminatórias e excludentes.

PROGRAMAÇÃO

MAIO

Data: 10 de maio

Tema: A temática indígena na sala da aula.

Palestrante: Prof. Dr. Rodrigo Venzon – Antropólogo, Assessor da Diversidade Indígena da SEDUC/RS.

Horário:8h às12h e 13h 30min às 17h 30min.

Local: Auditório da Sede Acadêmica da UNIJUÍ

Carga horária: 8h

JUNHO

Data: 14 de junho

Tema: Cidadania e política

Palestrante: Prof. Dr. Juremir Machado da Silva – Jornalista, Doutor em Sociologia da Cultura.

Horário: 14 horas

Local: Auditório dos Comerciários – Ijuí/RS

Carga Horária: 4 horas

AGOSTO

Data: 09 de agosto

Tema: Bullying na escola: preconceito, discriminação sexista, orientação sexual e homofobia.

Palestrante: José Carlos do Prado – Secretário de Direitos Humanos da CNTE

Horário:8h às12h e 13h 30min às 17h 30min.

Local: Auditório da Sede Acadêmica da UNIJUÍ

Carga Horária: 8 horas

SETEMBRO

Data: 12 de setembro

Tema: Projeto Raízes Gaúchas: - O negro na cultura gaúcha

Palestrante: Prof. Ms. Leandro Daronco – IF Farroupilha – Campus Santa Rosa

Horário: 19h 30min

Local: Auditório da Sede Acadêmica da UNIJUÍ

Carga Horária: 4 horas

Data: 13 de setembro

Tema: Projeto Raízes Gaúchas: - Cultura e identidade sul-rio-grandense

Palestrante: Prof. Dr. Alfeu Sparemberger - UFPEL

Horário: 8h

Local: Auditório da Sede Acadêmica da UNIJUÍ

Carga Horária: 4 horas

OUTUBRO

Data: 04 de outubro

Tema: Cultura e identidade Afro-descendentes e Quilombola - Implantação da Lei 10.639/03

Palestrante: Eliane de Almeida Soares – Assessoria Diversidade Afro-Quilombola da SEDUC/RS

Horário:8h às12h e 13h 30min às 17h 30min.

Local: Auditório da Sede Acadêmica da UNIJUÍ

Carga Horária: 8h

   

 


Parceria MADP e UFPel

Conhecendo as demandas do Museu e sabendo a importância de efetuar parcerias, no mês de Janeiro o MADP, pelo segundo ano, recebe alunos da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) com o intuito de desenvolver seus estágios, tanto voluntários quanto obrigatórios, assim como suas pesquisas para compor os Trabalhos de Conclusão de Curso.

Neste ano realizam estágio no MADP as alunas Adriana Silveira Cardoso e Miriam Silveira Campos, acadêmicas dos cursos de Bacharelado em Museologia e Bacharelado em Conservação e Restauro de Bens Culturais Móveis, respectivamente. As atividades desenvolvidas vão ao encontro das necessidades do Museu, assim como do conhecimento teórico e prático das mesmas, o que torna a experiência importante para todos os envolvidos.

Durante o período esta sendo desenvolvido pela aluna do Curso de Museologia, juntamente com a Museóloga do Museu, o Levantamento, Higienização e Acondicionamento dos acervos salvaguardados em Reserva Técnica, assim como as pesquisas direcionadas a seu Trabalho de Conclusão de Curso orientado pelo Professor Diego Lemos Ribeiro (Curso de Bacharelado em Museologia – UFPel).

Já a aluna do Curso de Conservação e Restauro tem efetuado o Estudo e Reconhecimento dos possíveis agentes biológicos presentes nos acervos da instituição, tal estudo resultará em um Diagnóstico que direcionará as atividades referentes à conservação dos acervos do Museu, atividade esta orientada pelo Professor Jaime Mujica (Curso de Bacharelado em Conservação e Restauro de Bens Culturais Móveis - UFPel) e supervisionada pela Museóloga Luciana Silveira Cardoso.

 


Mecenato 2011


O Museu Antropológico Diretor Pestana, está retomando a Campanha de Captação de Recursos para o projeto Modernização da Divisão de Museologia, aprovado pelo Ministério da Cultura cadastrado no PRONAC nº 085822.

O Programa Nacional de Apoio à Cultura – PRONAC, instituído pela Lei Federal de Incentivo à Cultura – 8.313/91, visa apoiar e direcionar recursos para investimentos em projetos culturais. É constituído por três mecanismos de financiamento, entre eles o Mecenato.

Mecenato é o investimento em projetos culturais, mediante doações, com a possibilidade de abatimento no Imposto de Renda devido do contribuinte investidor.

O Projeto “Modernização da Divisão de Museologia”, está em andamento desde 2009, encerrando-se no final deste ano. Tem for finalidade modernizar e equipar os espaços destinados à realização da Exposição de Longa Duração e Temporárias, bem como de projetos educativos do Museu.

O Projeto enquadra-se no Art.26 da Lei 8.313/91, possibilitando a pessoa física abater 80% do valor doado respeitado o limite máximo de 6% do imposto devido.

Fazendo uma doação para o Museu, parte do seu Imposto de Renda a Pagar, será destinada à preservação da história e da cultura de nossa cidade e região.

O contribuinte pessoa física pode aplicar em projetos culturais até 6% do imposto de renda devido. Já para o contribuinte pessoa jurídica este percentual é de até 4%. A colaboração das pessoas físicas se dá por meio de uma doação para o Museu no ano de 2011, que será abatida ou descontada do Imposto de Renda, quando da elaboração da Declaração de Ajuste Anual e entregue à Receita Federal no período de março a abril de 2012, reduzindo o valor a pagar, aumentando a restituição, ou mesmo passando a ter direito a receber restituição.

Se você não contribuiu, ainda dá tempo. Participe desta campanha e seja você também um de nossos colaboradores!

Maiores informações e contatos pelo e-mail madp@unijui.edu.br, ou na Secretaria do Museu pelos telefones 3332-0257 / 3332-0243. 


Abertura da Exposição “Memória Ferroviária de Ijuí – 1911-2011”

A exposição foi aberta nesta segunda-feira, 10, e prossegue até o dia 16 de dezembro, reunindo documentos, fotos, réplicas de trem, acessórios de indumentaria e outros materiais.




Para comemorar o centenário de funcionamento da Viação Férrea em Ijuí foi aberta na segunda-feira, 10, a exposição “Memória Ferroviária de Ijuí – 1911-2011”, na sala de exposições temporárias do Museu Antropológico Diretor Pestana. A mostra prossegue até o dia 16 de dezembro.

A exposição conta com materiais próprios e cedidos por museus, arquivos, trabalhadores ferroviários e comunidade local. Duas locomotivas em pistas distintas chamam a atenção principalmente das crianças que visitam o Museu. 


A diretora do MADP, Stela Zambiasi de Olivera, destacou a importância da viação férrea para o desenvolvimento do município. “O objetivo principal do museu é resgatar e preservar a história seja ela de uma pessoa, de uma comunidade, de uma cidade, de toda a humanidade. E o privilegio de estar em ijuí, nos coloca de maneira diferente no cenário museológico, porque o nosso povo, a formação de nossa comunidade é um conglomerado de história de muitos povos. Dentro deste mosaico cultural, destacamos hoje, o que ontem foi o grande responsável pelo progresso de Ijuí e o desenvolvimento cultural de seu povo, que foi a viação Férrea.Preservar seus feitos e seus valores é de suma importância para a memória cultural de nosso povo, pois a rede ferroviária proporcionou o reencontro de muitas famílias, conduziu tropas para a defesa de nossa pátria, expandiu divisas com a distribuição da matéria prima produzida por nossos cidadãos”.


O professor Martinho Kelm, reitor da UNIJUÍ lembrou o comprometimento da instituição com o desenvolvimento regional, destacando a importância e colocando a Universidade à disposição para iniciar o processo de transformação de um dos armazéns da antiga viação férrea em um local destinado à cultura no municpio. Já que nesta semana houve a confirmação da cedência do prédio da América Latina Logística ao município de Ijuí.

Pedro Darci de Oliveira fechou o evento com uma música de sua autoria falando da emoção do apito do trem. Com seus versos todos ficaram emocionados, principalmente os ex-ferroviários que estavam na abertura da exposição


No decorrer da Exposição serão realizadas diversas atividades educativo-culturais, encontros e debates, a fim de aprofundar a temática. O Projeto visa ainda promover junto à comunidade local reflexões sobre patrimônio, memória e identidade, tendo como referencial a história da Viação Férrea em Ijuí.



As exposições realizadas no MADP são planejadas e organizadas pensando em adultos e crianças, criando alternativas com intuito de ensinar, educar e mostrar a importância da cultura local e regional.


Mostra resgata a história do tênis em Ijuí

Evento faz parte do Campeonato Municipal de Tênis Paulo Weckerle que acontece de 23 de setembro até o dia 2 de outubro



Rememorar os aspectos da história do tênis em Ijuí, destacar a tradição do município nesta prática esportiva, dar visibilidade ao esporte e incentivar a prática do tênis são os principais objetivos da Mostra “Memória do Tênis em Ijuí”, que tem início a partir do dia 23 de setembro, no Auditório da Sede Acadêmica, com visitação aberta ao público das 8h30 às 22h.

A Mostra faz parte do evento Campeonato Municipal de Tênis Paulo Weckerle, que acontece de 23 de setembro a 2 de outubro. O evento é promovido pela Coordenadoria Especial de Esporte e Lazer (CEDL), Curso de Educação Física da UNIJUÍ, Núcleo de Eventos da UNIJUÍ, Museu Antropológico Diretor Pestana (MADP) e conta com o patrocínio do Banco do Brasil AABB.

Para o dia 23 ainda está prevista a clínica de mini tênis, para alunos de oito a 14 anos, das escolas públicas e particulares de Ijuí, na quadra aberta da UNIJUÍ, das 13h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. As inscrições podem ser feitas no Museu Antropológico Diretor Pestana.

Programação
Dia 23/09/2011- Sexta-feira
Clinica/Vivência de Mini-Tênis
Público: Para alunos de 8 a 14 anos das escolas públicas e particulares de Ijuí
Local: Quadra aberta da Unijuí (Sede)
Horário: 8h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30

Solenidade de Abertura do Campeonato Municipal de Tênis: Copa Paulo Weckerle e Abertura Oficial da Mostra “Memória do Tênis em Ijuí
Local: Auditório da Unijuí (Sede)
Horário: 19h30
Mostra “Memória do Tênis em Ijuí (artefatos: imagens, documentos, objetos)
Público: Acadêmicos da Unijuí e Comunidade Externa
Homenagem: Ao tenista Paulo Weckerle (presença confirmada)

Dia 24, 25 de setembro e 01, 02 de outubro
Início do Torneio de Tênis “Copa Paulo Weckerle
Locais: AABB, SOGI, SOCIEDADE RECREATIVA IJUÍ
Horário: 8h30 às 19h


MADP reúne ferroviários na busca pela história e documentos sobre a Viação Férrea

Ferroviários contribuiem com o projeto Memória Ferroviária em Ijuí para resgatar os cem anos de história


Resgatar a história dos cem anos da vai férrea é principal objetivo do projeto “Memória Ferroviária em Ijuí”. O projeto prevê a realização de uma exposição sobre os 100 anos da viação férrea em Ijuí que permitirá um diálogo com o público envolvido de modo a socializar os resultados e promover o debate sobre a importância do patrimônio material e imaterial para a identidade local. 

Para preparar a exposição, que está programada para acontecer de 10 de outubro a 23 de dezembro, no Museu Antropológico Diretor Pestana, foi realizada uma reunião com os trabalhadores ferroviários, familiares e usuários. A intenção é de colher relatos do cotidiano do trabalho na ferrovia e coletar materiais representativos da história ferroviária no município. Foi formada uma comissão composta pela diretora do Museu, Stela Zambiazi Oliveira; presidente da Associação de Amigos do Museu, Josei Fernandes e representantes dos ferroviários, sendo que a primeira ação será de agendar uma audiência com o prefeito municipal, Fioravante Ballin, para reforçar a necessidade do envolvimento do poder público nos festejos do centenário da Viação Férrea, principalmente diante da demanda da sociedade a respeito da realização de um passeio de trem e da preservação do patrimônio ferroviário local.

Ficou marcada uma mesa redonda para o dia 17 de setembro com ferroviários para registro da história ferroviária em Ijuí e para o dia 31 de outubro – Dia do Ferroviário – um encontro dos trabalhadores que atuaram na rede ferroviária regional.