Memória de Ijuí e do noroeste do estado do Rio Grande do Sul

Exposições Temporárias Museu

Exposição "Eu Sou do Sul"

 

"EU SOU DO SUL: OS SIGNOS IDENTITÁRIOS DO GAÚCHO"

Objetivo geral: Discutir a construção identitária do gaúcho como um processo dinâmico e resultante de um conjunto de signos materiais e imateriais.

Período: de 14 de agosto a 28 de setembro de 2012.

Local: Sala de Exposições Temporárias do Museu Antropológico Diretor Pestana


Plantas Medicinais e Aromáticas e Príncipios Bioativos

Abertura da 5ª edição da Exposição Conhecer para Preservar, foi realizada no dia 22 de maio, na Sala de Exposições Temporárias do MADP

 V Exposição “Conhecer para Preservar”:

Plantas medicinais e aromáticas e princípios bioativos

De 22 de maio a 22 de junho de 2012

 Realização:

PET Biologia (Programa de Educação Tutorial/MEC-SESU), ligado ao Curso de Ciências Biológicas, Departamento de Ciências da Vida eMuseu Antropológico Diretor Pestana, em que se envolveram intensamente os alunos do curso de Ciências Biológicas ligados ao PET, além de estudantes e docentes dos cursos de Ciências Biológicas, Farmácia e Agronomia, com coordenação geral da Profa. Dra.Mara Lisiane Tissot-Squalli.

Aspectos abordados na exposição

Informações botânicas sobre as plantas medicinais, indicações, contra indicações, forma de utilização, conhecimento popular; pesquisas científicas sobre plantas medicinais; Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos; substâncias bioativas naturais obtidas de outros seres vivos: informações de espécies animais peçonhentos, venenos animais, toxicologia, produção de soros e medicamentos.

Programação:

22/05 – Abertura oficial da exposição às 17h no Museu Antropológico Diretor Pestana

Palestras (sempre no Auditório do MADP, às 19h30min):

25/05 - Preparo e uso de plantas medicinais (Christiane Colet)

05/06 - Como identificar plantas medicinais com segurança (Mara Lisiane Tissot-Squalli e Rubia Cristina Sonego)

14/06 - Substâncias bioativas produzidas pelos animais e/ou sequestradas das plantas (Francesca Werner Ferreira e Vidica Bianchi)

20/06 - O conhecimento de Plantas medicinais e aromáticas e princípios bioativos na Educação formal e não formal (Maria Cristina Pansera de Araujo e Vidica Bianchi)

 Oficinas (mediante agendamento):

 Como identificar corretamente meus chás preferidos?

Objetivo principal: aprender a identificar as espécies de plantas medicinais preferencialmente utilizadas.

  1. Como fazer para secar e armazenar em casa plantas medicinais?

Objetivo principal: aprender técnicas simples para conservação e armazenamento de plantas medicinais

  1. Vamos tomar um chá?

Objetivo principal: aprender as principais maneiras de preparação de chás diferenciando e exemplificando infusão, decocção e maceração, e a maneira correta de preparação dos chás popularmente mais utilizados.

  1. Trilha no Bosque

Objetivo principal: conhecer as espécies de plantas arbóreas mais comuns na nossa região, em especial aquelas utilizadas como medicinais.

  1. Como preparar produtos com plantas medicinais?

Objetivo principal: conhecer as principais formas de preparo de produtos a base de plantas medicinais.

  1. Aprendendo sobre plantas com jogo de memória

Objetivo principal: aprender brincando sobre plantas medicinais.

  1. Quiz sobre plantas medicinais

Objetivo principal: desenvolver o conhecimento sobre plantas medicinais através de um jogo de perguntas e respostas.

 Este bicho é venenoso?

 
Objetivo principal: aprender a diferenciar os principais animais peçonhentos de seus semelhantes inofensivos.

Horário de visitação: de segunda à sexta, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h. Horários diferenciados mediante agendamento.

Telefone para contato: (55) 3332-0257


Atividade realizada pelo MADP em homenagem ao Dia do Índio reuniu mais de 1500 pessoas

 

O Museu Antropológico Diretor Pestana– MADP, juntamente com a Assessoria de Assuntos Indígenas da FIDENE, 36ª CRE, SMED de Ijuí, APMISindicato, Sinpro/Noroeste, Sinteep e Cpers Sindicato, promovem a exposição “Os Índios e a Cidade”, que iniciou dia 10 de abril e se estenderá até o dia 11 de maio 2012, na Sala de Exposições Temporárias.

A Exposição tem como objetivo principal discutir o índio no contexto urbano.

Como atividade paralela a Exposição, foi realizada uma apresentação especial com o Grupo de Dança Kaingang da Comunidade de Inhacorá no dia 24 de abril de 2012, no Centro de Eventos da Paróquia São Geraldo (junto a Sede Acadêmica da UNIJUÍ). Mais de mil e quinhentas pessoas prestigiaram o evento que foi um  sucessoc


Exposição "Os Índios e a Cidade"

  

O Museu Antropológico Diretor Pestana, juntamente com a Assessoria de Assuntos Indígenas da FIDENE, 36ª CRE, SMED de Ijuí, APMI Sindicato, Sinpro/Noroeste, Sinteep e Cpers Sindicato, promovem a exposição “Os Índios e a Cidade” que será realizada no período de 10 de abril a 11 de maio 2012, na Sala de Exposições Temporárias do MADP. A Exposição é patrocinada por Edegar Cavalheiro Foto Studio.

A exposição será composta por fotografias e artesanato dos povos indígenas do RS. São objetivos da exposição:

- Reconhecer o Brasil como um país pluriétnico e pluricultural e conseqüentemente, a diversidade étnica como parte da identidade coletiva e individual.

- Discutir o índio dentro do contexto da sociedade brasileira, sem, contudo, deixar de reconhecer e valorizar a identidade étnica específica de cada uma das sociedades indígenas, em particular, os grupos do Rio Grande do Sul.

- Identificar a presença indígena na formação sócio-espacial-cultural urbana do Rio Grande do Sul, - reconhecer os costumes de itinerância  dos povos indígenas e a necessidade dos mesmos buscarem condições de sustentabilidade fora dos territórios de ocupação permanente (reservas indígenas).

- Fornecer aos visitantes subsídios e informações sobre os povos indígenas do Brasil e especialmente do Rio Grande do Sul, com o intuito de ampliar a compreensão destas sociedades e construir uma visão crítica sobre o tema.

Durante a exposição haverá projeção de documentários.

Horário para visitas: De segunda-feira à sexta-feira das 8h às 11h e das 13h30min às 17h

Visitas em horários diferenciados mediante agendamento

Valor do ingresso:

Grupo: R$ 1,50 (um real e cinquenta centavos) por pessoa

Individual: Estudante R$ 2,00 (dois reais), Não estudante R$ 4,00 (quatro reais)


Abertura da Exposição "Maria Sklodowska Curie - 100 anos de Prêmio Nobel"

A abertura da exposição aconteceu no dia 05 de março de 2012, nas dependências do MADP e contou com a presença de autoridades, professores, alunos e comunidade local.

Confira a programação do evento para os próximos dias:

13/03 – Palestra,19h30min, Auditório da Sede Acadêmica da Unijuí.

Tema: A Mulher no mundo acadêmico e científico.

Palestrante: Profª. Dra. Helena Copetti Callai – Coordenadora do Programa de Pós-Graduação Stricto Senso em Educação nas Ciências Mestrado e Doutorado.

21/03 – Filme: Madame Curie -19h30min, Auditório do MADP.

Debatedora: Profª. Me. Anagilda Gobo – Coordenadora do Colegiado do Curso de Química Unijuí.

29/03 – Mesa Redonda,19h30min, Auditório da MADP.
Tema: O perfil da mulher ijuiense.

- Elis Regina Allegranzzi – chefe da Agência do IBGEem Ijuí e Coordenadora Estadual do IBGE Missões.

- RosanaMaria Tenroller – Coordenadora de Habitação da Prefeitura Municipal de Ijuí.

- Prof. Dr. Daniel Rubens Cenci – Professor do DCJS e do Programa de pós-graduação em Direito.

No período da Exposição, haverá projeção de documentário e, mediante agendamento, a estudante intercambista da Polônia Silwya Michta estará proferindo palestra sobre Vida e Obra de Marie Sklodowska Curie.

Organização: Museu Antropológico Diretor Pestana, Cursos de Sociologia e Química da Unijuí, Sinpro-Noroeste e Sociedade Cultural Polonesa Karol Wojtyla.

Apoio: Programa de Pós-Graduação Stricto Senso em Educação nas Ciências Mestrado e Doutorado – Unijuí, DCJS e do Programa de pós-graduação em Direito Unijuí, Fórum Permanente da Mulher de Ijuí, Sinteep-Noroeste e Consulado Geral da República da Polônia em Curitiba.


EXPOSIÇÃO MARIA SKLODOWSKA CURIE – 100 ANOS DE PRÊMIO NOBEL

 

No período de 05 a 30 de março de 2012 ocorrerá a exposição “Maria Sklodowska Curie – 100 anos de Prêmio Nobel”, organizada pelo Consulado Geral da Polônia, de Curitiba. Promovida pelo Museu Antropológico Diretor Pestana, Cursos de História, Sociologia e Química da Unijuí, SINPRO Noroeste e Centro Cultural Polonês Karol Wojtyla, esta exposição faz parte da quarta edição do projeto sobre as mulheres.

Iniciado em 2009, o projeto busca suprir necessidades constantes do Museu de dialogar a cada dia mais com os mais diferentes públicos, ressignificando seu papel diante da sociedade, discutindo temas atuais, buscando no passado referenciais para entender a sociedade, as celebrações do Dia Internacional da Mulher em 08 de Março e os universos onde a mesma está inserida.

Marie Curie foi uma cientista polonesa que exerceu a sua atividade profissional na França. Foi a primeira pessoa a ser laureada duas vezes com um Prêmio Nobel, de Física, em 1903 pelas suas descobertas no campo da radioatividade e com o Nobel de Química de 1911 pela descoberta dos elementos químicos rádio e polônio.