Destaques do Comunic@

                  O Índice Geral de Cursos (IGC), um dos principais indicadores de qualidade de ensino do Ministério da Educação, divulgado no início desta semana, aponta a Unijuí entre as 10 melhores Universidades privadas do Rio Grande do Sul, em sexto lugar. Considerando as instituições da região Noroeste, figura na melhor posição. No Índice Geral de Cursos (IGC), que considera a média ponderada das notas dos cursos de graduação e de pós-graduação de cada instituição, a Unijuí ficou com a nota 4, numa escala de 1 a 5, o que é considerado muito bom. “Encerramos o ano com a sensação de missão cumprida. A Unijuí possui, historicamente, uma excelente qualidade no ensino, que vem se confirmando a cada avaliação realizada pelo MEC ou por instituições privadas. Nosso foco na excelência acadêmica tem sido reconhecido externamente, seja pelas avaliações externas pelas quais passamos anualmente ou pelo mercado de trabalho, que reconhece e valoriza o diploma Unijuí. Certamente este resultado é a materialização de todo nosso esforço coletivo”, avalia a Vice-Reitora de Graduação, professora Cristina Pozzobon. Confira as primeiras colocações do rankig: 1.       Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) 2.       Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) 3.       Universidade la Salle 4.       Univates 5.       Universidade Feevale 6.       Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí)


                  O Índice Geral de Cursos (IGC), um dos principais indicadores de qualidade de ensino do Ministério da Educação, divulgado no início desta semana, aponta a Unijuí entre as 10 melhores Universidades privadas do Rio Grande do Sul, em sexto lugar. Considerando as instituições da região Noroeste, figura na melhor posição. No Índice Geral de Cursos (IGC), que considera a média ponderada das notas dos cursos de graduação e de pós-graduação de cada instituição, a Unijuí ficou com a nota 4, numa escala de 1 a 5, o que é considerado muito bom. “Encerramos o ano com a sensação de missão cumprida. A Unijuí possui, historicamente, uma excelente qualidade no ensino, que vem se confirmando a cada avaliação realizada pelo MEC ou por instituições privadas. Nosso foco na excelência acadêmica tem sido reconhecido externamente, seja pelas avaliações externas pelas quais passamos anualmente ou pelo mercado de trabalho, que reconhece e valoriza o diploma Unijuí. Certamente este resultado é a materialização de todo nosso esforço coletivo”, avalia a Vice-Reitora de Graduação, professora Cristina Pozzobon. Confira as primeiras colocações do rankig: 1.       Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) 2.       Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) 3.       Universidade la Salle 4.       Univates 5.       Universidade Feevale 6.       Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí)


A Universidade aguarda agora a publicação, no Diário Oficial da União, da Portaria de Autorização para a oferta do Curso. Nos dias 10 e 11 deste mês de dezembro, a Unijuí recebeu a visita de avaliadores do Ministério da Educação (MEC), que fizeram o monitoramento in loco, com o objetivo de verificar as condições para funcionamento do curso de graduação em Medicina na Universidade. Esse é mais um passo referente ao Edital nº 01/2017, do qual a Unijuí participa e pelo qual foi selecionada para ofertar o Curso em Ijuí. O resultado dessa avaliação foi recebido pela Unijuí nesta terça-feira, dia 18, e, de acordo com o documento, a Universidade atende satisfatoriamente aos requisitos e está apta a ofertar o curso de Medicina. O parecer recebido pela Unijuí envolve seis itens avaliados especificamente em relação à Instituição: o Projeto Pedagógico do Curso; o Plano de Formação e Desenvolvimento da Docência em Saúde; a infraestrutura da Instituição; o processo dos Programas de Residência que o Curso precisa oferecer; o Plano de Contrapartida da estrutura de serviços e ações e programas de saúde, vinculadas ao Sistema Único de Saúde (SUS); e a oferta de bolsas aos alunos. Esses seis itens avaliados possuem diferentes quesitos, que também são analisados, e a partir disso, foi constituído esse parecer. O parecer pode ter três processos de avaliação: “não atende”, “atende parcialmente” e “atende satisfatoriamente”. Nos seis itens avaliados, a Unijuí teve como resultado “atende satisfatoriamente”. Nesse sentido, o parecer atribuiu à Universidade a condição de oferta do curso de graduação em Medicina, por possuir todas as condições para sua implantação, pois os eixos dos projetos atendem satisfatoriamente, o que permite efetivamente, a partir desse parecer, aguardar somente o último item que está faltando para ser iniciado o processo seletivo, ou seja, a homologação da Portaria de Autorização do Curso. Segundo a Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring, a publicação da Portaria é aguardada para os próximos dias. “Entendemos que mesmo com a mudança de governo, considerando que este processo envolve o Edital que se iniciou em 2013, estamos bastante confiantes que terminamos este ciclo ainda no ano de 2018. Com a Portaria publicada, como a Instituição já está se preparando no mínimo há três anos para o processo de Vestibular, estamos já trabalhando com a equipe interna no sentido de materializar o edital, com lançamento da campanha, inscrições e período para iniciar efetivamente as atividades do Curso”,


              Em sua última reunião do ano, as entidades participantes do GT Macrorregional sobre Agrotóxicos se reuniu, na sede do Cerest, para uma apresentação dos trabalhos realizados durante o ano de 2018 e a apresentação do calendário de ações 2019. Foram realizadas 10 reuniões mensais, sendo duas de preparação para o 4º Encontro Macrorregional sobre os Impactos dos Agrotóxicos, que aconteceu no distrito de Buriti, em Santo Ângelo.Ainda, dentre as principais atividades realizadas durante o ano pelo Grupo de Trabalho, estiveram o encaminhamento de quatro denúncias de uso indevido de agrotóxicos nas cidades de Bozano, Chiapeta e no distrito de Chorão, em Ijuí. Em todas as ocasiões as denúncias foram encaminhadas à Patran e à Promotoria para que fossem tomadas as devidas precauções legais. O GT Macrorregional ainda teve representação em eventos importantes da área como a Toxiplan, em Porto Alegre, a Federação dos Apicultores, em Panambi, e a Roda de Alimentação Saudável.Foi apresentada ainda a agenda de atividades de 2019, onde estão previstas, para abril, a realização de um Seminário sobre Legislação acerca da temática dos agrotóxicos, evento preparativo para o Congresso Internacional de Saúde, que acontece em maio, na Unijuí. Para o segundo semestre, estão previstos dois eventos, sendo o primeiro um Dia de Campo com oficinas de conscientização junto à Escola Imeab, o qual será estruturado juntamente à direção da escola. O segundo, é um evento voltado ao debate sobre agroecologia e suas possibilidades, que deve acontecer dentro da programação da ExpoIjuí Fenadi. O GT Macrorregional entra em recesso e retorna suas atividades no mês de fevereiro. As reuniões são realizadas nas segundas sextas-feiras de cada mês, no Cerest, em Ijuí. GT sobre Agrotóxicos cobra fiscalização sobre pulverização indevida em proximidade de escola                               O GT Macrorregional sobre Agrotóxicos recebeu, em agosto deste ano, uma denúncia sobre a realização de pulverização indevida de agrotóxicos ao lado da Escola Estadual 24 de Fevereiro, no distrito de Chorão, em Ijuí. A denúncia, contendo fotos e relatos de moradores sobre o ato, ainda trazia a informação de que a área é periurbana, onde há um poço artesiano que abastece centenas de famílias, bem como muitas residências próximos ao local.Conforme o advogado e integrante do GT Macrorregional, Leonardo Ferreira Pillon, diante dos fatos apresentados e dos relatos de que a prática é recorrente na região, acontecendo,


                     O Ministério da Educação divulgou o Índice Geral de Cursos (IGC) 2017 da Unijuí e os Conceitos Preliminares de Curso (CPC), dois importantes indicadores de qualidade de ensino das Instituições de Ensino Superior. Novamente a Unijuí atingiu excelentes resultados nestas avaliações.  No Índice Geral de Cursos (IGC), que considera a média ponderada das notas dos cursos de graduação e de pós-graduação de cada instituição, a Unijuí ficou com a nota 4, numa escala de 1 a 5, o que é considerado muito bom.  Já nos Conceitos Preliminares de Curso (CPC), nota que leva em conta o desempenho dos estudantes no Enade e, também, no valor agregado pelo processo formativo e em insumos referentes às condições de oferta – corpo docente, infraestrutura e recursos didático-pedagógicos, dos cursos da Unijuí avaliados, sete atingiram a nota 4 e dois deles – Letras Inglês e Português e Matemática – ficaram com a nota máxima, o conceito 5. Confira todas as notas a seguir. As avaliações são referentes ao ano de 2017 e complementam a informação divulgada pelo MEC em 8 de outubro, quando foram publicados os conceitos do ENADE e do IDD. Segundo a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon, estes resultados indicam que são cumpridas as mais exigentes normas de ensino. Estamos com a sensação de missão cumprida, pois a qualidade que possuímos e já é historicamente reconhecida pelas pessoas e comunidades da nossa região, mais uma vez foi confirmada através de um procedimento avaliatório oficial do MEC. A nota reflete o nosso foco na excelência acadêmica, o resultado de uma dedicação conjunta, e nos fortalece enquanto Instituição que tem como propósito participar do desenvolvimento da nossa região com muita qualidade.   Notas CPC   CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Ijuí / RS CPC: 4   CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Santa Rosa / RS CPC: 4   CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ijuí / RS CPC: 4   CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Ijuí / RS CPC: 4   EDUCAÇÃO FÍSICA Ijuí / RS CPC: 4   EDUCAÇÃO FÍSICA Ijuí / RS CPC: 3   EDUCAÇÃO FÍSICA - SR Santa Rosa / RS CPC: 3   ENGENHARIA CIVIL Santa Rosa / RS CPC: 3   ENGENHARIA CIVIL Ijuí / RS CPC: 3   ENGENHARIA ELÉTRICA Ijuí / RS CPC: 3   ENGENHARIA ELÉTRICA Santa Rosa / RS CPC: 3     ENGENHARIA MECÂNICA Panambi / RS CPC: 3   HISTÓRIA - EAD Ijuí / RS CPC: 4   LETRAS - INGLÊS Ijuí / RS CPC: 5   MATEMÁTICA Ijuí / RS CPC: 5   PEDAGOGIA Ijuí / RS CPC: 4   PEDAGOGIA - SR COM HABILITAÇÃO EM PEDAGOGIA - SR Santa Rosa / RS CPC: 4  


                          Neste mês de dezembro o Coral Unijuí está realizando uma série de apresentações para celebrar o espírito natalino. Os Concertos de Natal, oferecidos pelo grupo para a comunidade regional, apresentam canções natalinas, sacras, eruditas e populares. No sábado, dia 15, o grupo cantou em Panambi, na Praça Walter Faulhauber. E, neste domingo, dia 16, a apresentação foi na Praça da República, em Ijuí. Também já foram realizadas apresentações, todas gratuitas, em frente ao Campus Três Passos e no Campus Ijuí, na programação do Entardecer Cultural. Neste ano, ainda, será realizada mais uma apresentação do grupo, no próximo dia 19, na Congregação Evangélica Luterana Emanuel, em Ijuí, que fica próxima a Sogi, às 19h30 min. O Coral Unijuí tem o patrocínio do Programa Empreender para transformar da Sicredi das Culturas RS.


1

Baixe o aplicativo Unijuí FM

Fale conosco

Ícone Whatsapp 55 99131 5487
Ícone Skype radio@unijui.edu.br