Destaques do Comunic@

                A Unijuí recebeu uma importante decisão para dar continuidade à implantação do curso de Medicina em Ijuí, de Brasília, na quarta-feira, dia 17, a desembargadora Federal, Daniele Maranhão, acolheu uma solicitação feita pela Universidade e autorizou o prosseguimento do Edital na cidade. O caso estava suspenso desde o mês de abril, quando a própria desembargadora havia concedido decisão liminar acolhendo o recurso da Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda., que participou da chamada pública para implantar o curso de Medicina na cidade de Limeira/SP e estava questionando a participação de um consórcio de instituição no processo. Mesmo fazendo parte do Edital que estava suspenso, a Unijuí e o município de Ijuí não estão envolvidos no questionamento do resultado, ou seja, a decisão judicial não abrange o Rio Grande do Sul, por isso, a Universidade pediu à Justiça que a decisão de suspensão total do Edital fosse revista, o que aconteceu nesta quarta-feira, deixando o Ministério da Educação autorizado a prosseguir o processo. Segue trecho do despacho da desembargadora: "RECONSIDERO, EM PARTE 120/121 (rolagem única), para que o procedimento licitatório objeto do Edital nº 01/2017/SERES/MEC seja suspenso somente em relação aos municípios de Tucuruí e Limeira, devendo prosseguir em relação ao município de Ijuí, cuja vencedora do certame foi a mantenedora Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - FIDENE". Agora, a Universidade solicitará ao MEC a visita in loco ao município, aos hospitais conveniados e à Universidade, que é a etapa final para autorização da abertura do curso. Só após essa visita, e com a prévia autorização do Ministério, a Instituição poderá ofertar o Vestibular para o curso. Ainda não há uma data confirmada para que isto ocorra. Mesmo com esta decisão favorável, a Reitora da Unijuí, professora Cátia Nehring, lembra que no período em que esteve suspenso o Edital, a Instituição manteve todos os encaminhamentos necessários, como a contratação de professores, organização de estruturas fisicas, estabelecimento de parcerias e convênios para a implantação do curso de Medicina em Ijuí. “Não é a Unijuí que receberá o curso de Medicina, mas Ijuí e região. Todo o projeto do curso é atrelado ao Sistema Único de Saúde e está relacionado com as políticas públicas de atenção integral à saúde”, complementa. A Reitora da Unijuí, observa, ainda, que a decisão traz mais tranquilidade e estabilidade para o andamento do processo. “O


                A Unijuí recebeu uma importante decisão para dar continuidade à implantação do curso de Medicina em Ijuí, de Brasília, na quarta-feira, dia 17, a desembargadora Federal, Daniele Maranhão, acolheu uma solicitação feita pela Universidade e autorizou o prosseguimento do Edital na cidade. O caso estava suspenso desde o mês de abril, quando a própria desembargadora havia concedido decisão liminar acolhendo o recurso da Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda., que participou da chamada pública para implantar o curso de Medicina na cidade de Limeira/SP e estava questionando a participação de um consórcio de instituição no processo. Mesmo fazendo parte do Edital que estava suspenso, a Unijuí e o município de Ijuí não estão envolvidos no questionamento do resultado, ou seja, a decisão judicial não abrange o Rio Grande do Sul, por isso, a Universidade pediu à Justiça que a decisão de suspensão total do Edital fosse revista, o que aconteceu nesta quarta-feira, deixando o Ministério da Educação autorizado a prosseguir o processo. Segue trecho do despacho da desembargadora: "RECONSIDERO, EM PARTE 120/121 (rolagem única), para que o procedimento licitatório objeto do Edital nº 01/2017/SERES/MEC seja suspenso somente em relação aos municípios de Tucuruí e Limeira, devendo prosseguir em relação ao município de Ijuí, cuja vencedora do certame foi a mantenedora Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - FIDENE". Agora, a Universidade solicitará ao MEC a visita in loco ao município, aos hospitais conveniados e à Universidade, que é a etapa final para autorização da abertura do curso. Só após essa visita, e com a prévia autorização do Ministério, a Instituição poderá ofertar o Vestibular para o curso. Ainda não há uma data confirmada para que isto ocorra. Mesmo com esta decisão favorável, a Reitora da Unijuí, professora Cátia Nehring, lembra que no período em que esteve suspenso o Edital, a Instituição manteve todos os encaminhamentos necessários, como a contratação de professores, organização de estruturas fisicas, estabelecimento de parcerias e convênios para a implantação do curso de Medicina em Ijuí. “Não é a Unijuí que receberá o curso de Medicina, mas Ijuí e região. Todo o projeto do curso é atrelado ao Sistema Único de Saúde e está relacionado com as políticas públicas de atenção integral à saúde”, complementa. A Reitora da Unijuí, observa, ainda, que a decisão traz mais tranquilidade e estabilidade para o andamento do processo. “O


            A Unijuí é uma Universidade completa e bem avaliada pelo MEC. Por isso, busca sempre novas possibilidades de formação para os estudantes da região. Neste Vestibular de Verão, diversos novos cursos estão disponíveis. Conheça a seguir as novas ofertas: Campus Ijuí História Prepara para atuação no ensino de história na educação básica, séries finais do ensino fundamental e ensino médio. Prepara para a contextualização de questões emergentes no mundo contemporâneo, discutindo as problemáticas que atingem a história geral e do Brasil, bem como, para fazer análises de estruturas e conjunturas. O Historiador pode atuar também como pesquisador em arquivos, museus, instituições que preservam a memória da sociedade, empresas, sindicatos e movimentos sociais, em consultorias e em programas de turismo histórico. Jogos Digitais Prepara para atuar na criação, desenvolvimento e manutenção de jogos, proporcionando sólida formação teórico-prática em projetos de jogos para atuar em diferentes áreas, no entretenimento em meios digitais e em jogos educativos. Você poderá trabalhar em empresas produtoras de jogos digitais; agências de publicidade; produtoras de vídeos de animação; veículos de comunicação; instituições educacionais, institutos e Centro de Pesquisa; ou como autônomo na produção de jogos digitais. Campus Santa Rosa Ciências Contábeis Prepara para atuar com profundo conhecimento da ciência, das técnicas e das práticas contábeis. Para prestar serviços de contabilidade e atuar com ética, responsabilidade técnica e social no gerenciamento e controle em organizações e no processo de geração, análise e comunicação de informações contábeis gerenciais. Atuar em escritórios de contabilidade, empresas em geral, instituições públicas, órgãos públicos, como perito contábil, em auditoria e consultoria, entre outras áreas. Capacitado para elaborar projetos, orçamentos, cálculos de custos, perícias, auditorias e análises contábeis. Engenharia Mecânica Prepara você para elaborar projetos de desenvolvimento de produtos, automação de sistemas, produção e manufatura de máquinas, equipamentos, instalações, veículos e outros produtos das indústrias mecânicas. Além disso, você é capacitado para realizar simulação numérica e experimentação de protótipos, estudo dos materiais empregados na construção de máquinas e equipamentos, supervisão e administração dos processos de fabricação, montagem e manutenção, atuação em indústrias e incubadoras de base tecnológica, administração da produção e gerenciamento de sistemas da qualidade. O profissional é capacitado para atuar no setor industrial, público ou privado, em setores de projeto, planejamento e de manufatura em indústrias dos segmentos metal-mecânico e automobilístico, bem como em empresas de consultoria de engenharia. Engenharia de Produção Forma Engenheiros de Produção com sólido embasamento científico-conceitual, matemático, tecnológico, econômico e social, com competências técnicas para analisar, avaliar,


A Unijuí está sediando durante o dia de hoje (18) e amanhã (19) a IV Jornada Internacional: Água, Desenvolvimento e Sustentabilidade realizada pelo Comitê de Bacia Hidrográfica Turvo – Santa Rosa – Santo Cristo, no Campus Santa Rosa. Na oportunidade a jornada contempla painéis que abrem a discussão para a temática: “Água, desenvolvimento e sustentabilidade”. A abertura oficial ocorreu na manhã de hoje, no auditório central e contou com a participação do Pró-reitor do campus Santa Rosa, professor Ariosto Sparemberger, do Presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica Turvo – Santa Rosa – Santo Cristo, Adilson João Steffen, do Secretário de Desenvolvimento do Município de Santa Rosa, Artur Lorenz, do Diretor do Departamento de Recursos Hídricos da Secretaria do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável, Fernando Setembrino Cruz Meirelles, assim como demais autoridades, entidades, comunidade e imprensa. O evento tem como objetivo dar continuidade ao produtivo diálogo sobre as águas, compartilhando com a nossa região, estado e outros países da nossa região fronteiriça, as atividades que vem sendo realizadas, a forma de organização e a gestão das águas a fim de aproximar as ações no interesse comum da preservação e uso das águas para a presente e futuras gerações, promovendo o desenvolvimento sustentável das pessoas e da sociedade. Os painéis dessa manhã contemplaram o Fórum Mundial da Água (FMA) e Fórum alternativo Mundial da Água (FAMA): legado para a região, estado e nação. Durante a tarde a temática abordada trouxe a questão das doenças de veiculação hídrica e o caso toxoplasmose de Santa Maria. A programação continua durante o dia e a noite de amanhã, sexta-feira (19). O evento está sendo realizado pelo Comitê de Bacia Hidrográfica dos rios Turvo – Santa Rosa – Santo Cristo, Unijuí; Câmara Municipal de Vereadores de Santa Rosa e Prefeitura Municipal de Santa Rosa. Confira a programação das demais atividades:  


No mês de maio deste ano, a Portaria da SERES nº 328, de 10 maio de 2018, suspendeu o prosseguimento da chamada pública regida pelo Edital 1/2017/SERES/MEC, em face dos processos seletivos de implantação de Cursos de Medicina nos municípios de Limeira/SP, Tucuruí/PA e Ijuí/RS. A suspensão foi motivada por um processo judicial promovido pela Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda., que participou da chamada pública para implantar o curso de Medicina na cidade de Limeira/SP, onde essa entidade questiona a legalidade da participação de Instituições Mantenedoras do Grupo Ânima no âmbito do referido Edital. Naquela oportunidade, a Desembargadora Federal Daniele Maranhão, do Tribunal Federal Regional da 1º Região, relatora do Agravo de Instrumento nº 1004915-80.2018.4.01.0000 (Processo Referência: 1003236-30.2018.4.01.3400), deferiu, na data de 26 de abril de 2018, uma liminar que suspendeu a licitação objeto do Edital 1/2017/SERES/MEC, requerida pela Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda., que atingiu, inclusive, o certame público no Município de Ijuí/RS onde a UNIJUÍ – Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul através da mantenedora Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – FIDENE, foi aclamada vencedora para a implantação do curso de Medicina. Na data de 17 de outubro de 2018, com a publicação de nova decisão da Desembargadora Federal Daniele Maranhão que, após manifestações e provimentos recursais da Universidade, reformou, em parte, a decisão liminar anteriormente deferida, para o fim de autorizar o prosseguimento do procedimento licitatório, devendo prosseguir em relação ao município de Ijuí, cuja vencedora do certame foi a mantenedora Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – FIDENE/UNIJUÍ, conforme fundamentação judicial a seguir descrita: "RECONSIDERO, EM PARTE 120/121 (rolagem única), para que o procedimento licitatório objeto do Edital nº 01/2017/SERES/MEC seja suspenso somente em relação aos municípios de Tucuruí e Limeira, devendo prosseguir em relação ao município de Ijuí, cuja vencedora do certame foi a mantenedora Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - FIDENE." Com a decisão de revogar a suspensão do Edital em relação ao Município de Ijuí, a Desembargadora Federal desmembra o processo movido pela Sociedade Regional de Ensino e Saúde S/S Ltda., do Edital 1/2017/SERES/MEC, entendendo que a motivação da ação judicial não abrange a situação jurídica da FIDENE/UNIJUÍ, vencedora do certame para a implantação do Curso de


Nessa quinta-feira, dia 18, no Instituto Regional de Desenvolvimento Rural – IRDeR, pesquisadores e técnicos do Departamento de Estudos Agrários (Deag) e do Departamento de Ciências Vida (DCVida) da Unijuí vão apresentar os resultados das pesquisas desenvolvidas pelo projeto “Avanços Tecnológicos na Produção de Aveia na Região Noroeste Colonial/RS”, apoiado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul/SDECT.  A apresentação será realizada no II Curso de Atualização em Tecnologia e Produção de Aveia, que acontece das 8h às 12h, e também no Dia de Campo, que ocorrerá das 13h30 às 17h30. As atividades serão conduzidas pelo professor do curso de Agronomia, José Antonio Gonzalez da Silva, coordenador do Projeto. O público-alvo do evento são agricultores, funcionários de agroindústrias, cooperativas, estudantes de graduação em Agronomia e/ou Medicina Veterinária e técnicos agropecuários. Cultivo da Aveia - O aumento do cultivo da aveia branca nos últimos anos procede dos inúmeros benefícios que a mesma oferece ao sistema de produção. Na alimentação animal, a aveia tem assumido grande importância como produtora de grãos, forragem, feno, silagem e composição da ração. Além disto, vem sendo cada vez mais utilizada na alimentação humana, pelo alto teor de proteínas de qualidade e fibras solúveis, caracterizando um alimento de alta qualidade para o consumo, com benefícios à saúde pela redução do colesterol e riscos de enfermidades cardiovasculares Portanto, o enorme crescimento e gama de finalidades de uso da aveia nas unidades de produção e qualidade à alimentação humana tem favorecido o crescimento no número de agroindústrias familiares e indústrias de alimentos para processamento do cereal.


1

Baixe o aplicativo Unijuí FM

Fale conosco

Ícone Whatsapp 55 99131 5487
Ícone Skype radio@unijui.edu.br