Destaques do Comunic@

Em sua quinta edição, o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Saúde Mental da Unijuí surge com uma carga horária ampliada em campos de prática, nos estágios nominados de Atividades de Dispersão I e II. As mudanças acontecem após o projeto do curso ter sido avaliado pela coordenação e pelos próprios pós-graduandos da quarta edição. “Essa alteração acaba por favorecer e propiciar o diálogo e a interação de diferentes profissionais de saúde, com o intuito de prepará-los para atuar em equipe, de forma inter e transdisciplinar, em dois momentos do curso”, explicou a coordenadora do curso, professora Eniva Fernandes Stumm. O curso conta com uma carga horária total de 360 horas. A Pós-Graduação Lato Sensu em Saúde Mental visa qualificar profissionais de nível superior, que atuam ou que pretendem trabalhar na área de saúde mental, qualificando-os para a atividade de docência e de pesquisa na área. “O curso possui o compromisso com a desconstrução do paradigma manicomial e a introdução de novas concepções e formas de intervenção junto ao sujeito em sofrimento psíquico e sua família, na perspectiva da inserção social e do resgate da cidadania”, explicou a coordenadora, lembrando que, como se trata de um curso já consolidado, os docentes que atuam nele possuem, em sua maioria, expertise na área e encontram-se na linha de frente do cuidado ao paciente em sofrimento psíquico, tanto em hospitais quanto na rede de atenção em saúde, clínicas, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), dentre outros. “Costumamos afirmar que esse curso abre portas no mercado de trabalho devido à interação que se estabelece entre os sujeitos envolvidos no processo de aprendizagem: docentes, profissionais e pós-graduandos, o que é maravilhoso, tanto que essa relação permanece após o término do curso. Neste sentido, quando temos profissionais recém-formados, que não se inseriram ainda no mercado, os colegas, gradativamente, buscam alternativas e possibilidades de favorecer a inserção”, destacou Eniva, reforçando que, a cada nova edição, a turma anterior é convidada para recepcionar os novos estudantes. Este é apenas um dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu ofertados pela Unijuí e com inscrições abertas. No EaD, há as opções de Marketing e Engenharia de Avaliações e Perícias. No campus Ijuí, estão abertas as inscrições para Estética Avançada e Minimamente Invasiva; Finanças e Mercado de Capitais; Controladoria e Gestão Empresarial; Urgência, Emergência e Trauma; Fisioterapia Neurofuncional; Hematologia Laboratorial; Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Previdenciário; Auditoria e Planejamento Tributário; e Psicologia Clínica: Práticas Clínicas


Em sua quinta edição, o curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Saúde Mental da Unijuí surge com uma carga horária ampliada em campos de prática, nos estágios nominados de Atividades de Dispersão I e II. As mudanças acontecem após o projeto do curso ter sido avaliado pela coordenação e pelos próprios pós-graduandos da quarta edição. “Essa alteração acaba por favorecer e propiciar o diálogo e a interação de diferentes profissionais de saúde, com o intuito de prepará-los para atuar em equipe, de forma inter e transdisciplinar, em dois momentos do curso”, explicou a coordenadora do curso, professora Eniva Fernandes Stumm. O curso conta com uma carga horária total de 360 horas. A Pós-Graduação Lato Sensu em Saúde Mental visa qualificar profissionais de nível superior, que atuam ou que pretendem trabalhar na área de saúde mental, qualificando-os para a atividade de docência e de pesquisa na área. “O curso possui o compromisso com a desconstrução do paradigma manicomial e a introdução de novas concepções e formas de intervenção junto ao sujeito em sofrimento psíquico e sua família, na perspectiva da inserção social e do resgate da cidadania”, explicou a coordenadora, lembrando que, como se trata de um curso já consolidado, os docentes que atuam nele possuem, em sua maioria, expertise na área e encontram-se na linha de frente do cuidado ao paciente em sofrimento psíquico, tanto em hospitais quanto na rede de atenção em saúde, clínicas, Centros de Atenção Psicossocial (Caps), dentre outros. “Costumamos afirmar que esse curso abre portas no mercado de trabalho devido à interação que se estabelece entre os sujeitos envolvidos no processo de aprendizagem: docentes, profissionais e pós-graduandos, o que é maravilhoso, tanto que essa relação permanece após o término do curso. Neste sentido, quando temos profissionais recém-formados, que não se inseriram ainda no mercado, os colegas, gradativamente, buscam alternativas e possibilidades de favorecer a inserção”, destacou Eniva, reforçando que, a cada nova edição, a turma anterior é convidada para recepcionar os novos estudantes. Este é apenas um dos cursos de Pós-Graduação Lato Sensu ofertados pela Unijuí e com inscrições abertas. No EaD, há as opções de Marketing e Engenharia de Avaliações e Perícias. No campus Ijuí, estão abertas as inscrições para Estética Avançada e Minimamente Invasiva; Finanças e Mercado de Capitais; Controladoria e Gestão Empresarial; Urgência, Emergência e Trauma; Fisioterapia Neurofuncional; Hematologia Laboratorial; Direito do Trabalho, Processo do Trabalho e Previdenciário; Auditoria e Planejamento Tributário; e Psicologia Clínica: Práticas Clínicas


Problemas ou desafios podem ser cadastrados na Plataforma Sou Mais da Universidade Dentro do projeto de reestruturação da Unijuí está uma iniciativa, que acaba de ser lançada, e que vai aproximar, ainda mais, a comunidade da Universidade. Trata-se da Plataforma Sou Mais, voltada à realização de projetos integradores que fazem parte do novo modelo pedagógico implementado pela Unijuí na Graduação Mais. Por meio dessa plataforma, a comunidade poderá propor desafios ou problemas para a Instituição que, através de seus projetos, vai propor soluções inovadoras. “Estamos trabalhando com um novo formato nos nossos currículos, que é a Graduação Mais. Todos os estudantes que ingressarem neste ano na Universidade passam a ter disciplinas teóricas e práticas, desde o início de cada curso, e em cada semestre haverá uma chamada de Projeto Integrador. Neste componente, serão apresentadas soluções a partir de demandas que serão encaminhadas pela comunidade, por empresas, associações ou entidades. Qualquer pessoa pode participar, de forma gratuita”, explicou a vice-reitora de Graduação da Unijuí, professora Fabiana Fachinetto. Como explica a vice-reitora, há pequenas empresas ou associações de bairros, por exemplo, que não conseguem dar conta das demandas que têm ou que, muitas vezes, não têm condições de procurar um profissional para ajudá-las. “Temos 30 cursos de graduação e podemos, por meio dos Projetos Integradores, buscar soluções em diferentes áreas. Nós entendemos que essa iniciativa é bastante inovadora e irá, com certeza, aproximar nossos estudantes, ainda mais, do exercício da sua profissão. Além de, claro, também nos aproximar da comunidade, dando a todos a oportunidade de ter uma solução para uma demanda ou problema”, reforçou Fachinetto. Para encaminhar um desafio, demanda ou problema, basta acessar a plataforma pelo endereço www.unijui.edu.br/soumais. As soluções serão trabalhadas durante o semestre e, ao final, apresentadas ao demandante. Outra novidade é que, por meio desta iniciativa, profissionais, egressos da Universidade ou de outras instituições, poderão participar como voluntários, auxiliando na busca por soluções. “A mentoria terá um papel importante porque, por vezes, temos uma boa ideia, mas que pode esbarrar em alguma questão, algo que um profissional, que já atua no mercado, pode indicar”, explicou Fachinetto. Mais informações sobre a mentoria também podem ser acessadas na página www.unijui.edu.br/soumais. Entrevista concedida pela vice-reitora de Graduação, professora Fabiana Fachinetto, à Rádio Unijuí FM


Em atenção às orientações e Decretos do Governo Federal, Estadual e dos municípios da região de abrangência da Fidene/Unijuí nos últimos dias, em especial o Decreto Estadual 55.771, de 26 de fevereiro de 2021, que aplica as medidas sanitárias segmentadas referentes à Bandeira Final Preta, estabelece medidas restritivas e a manutenção dos protocolos de segurança, com o objetivo de definir ações de contenção da pandemia de Coronavírus, o Comitê Institucional de Prevenção informa: 1 - Todas as aulas teóricas dos cursos de graduação presenciais permanecem na forma online até 22 de março; 2 - Aulas Práticas e Estágios (da área da saúde - rede básica e hospitalar) que acontecem em campo externo à instituição, a partir do dia 02 de março até dia 08 de março estão suspensas. Para os demais cursos, no qual o campo de atuação permite, permanece a programação; 3 - Estágios obrigatórios que ocorrem na UNIR, UNILAB, Clínica de Psicologia e Hospital Veterinário, que envolve atendimento à comunidade e seres vivos, se mantém seguindo os protocolos de biossegurança;  4 - Estágios obrigatórios e práticas, que não envolvem atendimento ao público, nos termos do item 3, serão temporariamente substituídos por atividades remotas síncronas no que for possível, até o dia 08 de março. A programação destas disciplinas será reorganizada pelos coordenadores e professores. Novas definições a partir do dia 08 de março; 5 - Aulas dos CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU PRESENCIAIS (especializações, MBAs) e STRICTO SENSU (mestrados e doutorados) serão online até 22 de março;  6 -  As aulas da EFA na Educação Infantil, 1º e 2º anos do Ensino Fundamental passarão para o formato online, no mesmo sistema das demais etapas de ensino, a partir do dia 02 de março até o dia 08 de março. Orienta-se à comunidade escolar para ficar atenta aos canais oficiais da Escola para informações pontuais; 7 - O atendimento presencial ao público na instituição, nos quatro campi, será em regime de plantão, mediante agendamento pelos canais oficiais:  Ijuí - (55) 3332-0200;  Três Passos - (55) 3522-2122;  Santa Rosa - (55) 3511-5200;  Panambi - (55) 3375-4466. 8 - Atendimento presencial aos estudantes, pelas coordenações de curso, precisa ser agendado previamente, priorizando os canais online - google meet, telefone, email.  9 - Reuniões e Eventos institucionais até abril devem ocorrer somente de forma online; 10 - Formaturas presenciais estão suspensas até o mês de abril. Qualquer mudança será informada nos canais oficiais da instituição até novo Decreto do Governo Estadual; 11 - O Museu Antropológico Diretor


O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da recém-graduada no curso de Enfermagem e agora mestranda no Programa de Educação nas Ciências da Unijuí, Karina Andressa Cavalheiro Zimmermann, se desenvolveu a partir de sua identificação com a temática de segurança do paciente. Orientada pela professora Adriane Cristina Bernat Kolankiewicz, a pesquisa foi intitulada "Cultura de segurança do paciente na perspectiva dos trabalhadores de uma instituição hospitalar acreditada".    Segundo Karina, seu interesse pela temática surgiu por meio do grupo de pesquisa ao qual pertencia. “Fui bolsista de iniciação científica e a proposta do grupo era exatamente a mesma. Decidi pelo tema por influência do trabalho, em razão do meu interesse pessoal e, claro, por ser um assunto muito atual e importante na área da saúde”, explica Karina. O objetivo do estudo foi avaliar a cultura de segurança do paciente entre todos os profissionais atuantes em uma instituição hospitalar e comparar os resultados entre as categorias profissionais. Pesquisas bibliográficas foram as principais fontes de pesquisa, já que elas disponibilizam evidências dos resultados. A pesquisa buscou munir os profissionais de conhecimento e evidências e, por meio disso, qualificar os serviços de saúde. Também contribui para a comunidade científica, destacando-se por seus bons resultados e contribuindo para que novos estudos sejam realizados. “Penso que a pesquisa destaca-se, pois existem poucos estudos publicados que abordem o tema sob essa perspectiva. A maior parte dos estudos obtém mais resultados negativos do que positivos, portanto, acredito que esses aspectos são os diferenciais da minha pesquisa”, ressalta. Após a conclusão do curso, a acadêmica dará continuidade aos estudos. “Iniciarei o curso de mestrado, resultado do meu engajamento na iniciação científica, e a partir disso continuarei me capacitando. Quanto à carreira profissional na Enfermagem, colocarei em prática todo o conhecimento adquirido na graduação, na iniciação científica, me mantendo sempre atualizada, pois acredito na prática baseada em evidências, o que só é possível por meio do estudo”, finaliza. Por Evelin Ramos, bolsista de Popularização da Ciência da Unijuí


Na segunda e terça-feira, 1º e 2 de março, o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí realiza sua Aula Inaugural e Seminário Temático, que abordará o tema “Cidades Inteligentes: múltiplos olhares a partir da educação nas ciências e o fazer da extensão universitária”. O evento será online, gratuito e aberto a toda a comunidade, com transmissão pelo canal da Unijuí no YouTube. Quem possuir interesse em obter certificado de participação e horas, poderá se inscrever em um link que será disponibilizado, mediante pagamento de uma pequena taxa.  O evento, que é coordenado pelos professores Sidinei Pithan da Silva, Helena Callai e Caroline Raduns, contará com a participação de docentes do Brasil, Espanha e Portugal, que se dedicam ao estudo da temática das cidades inteligentes e educação para a cidadania, além de uma turma de estudantes portugueses. “Na Espanha e em Portugal, há um debate muito forte sobre a cidadania, por isso convidamos todos os educadores, também da rede básica, que podem aprender com essas experiências e recriar o espaço da sala de aula nesse sentido. Como construímos a cidadania no âmbito da nossa formação? Iremos debater sobre isso”, afirma o professor Sidinei Pithan, coordenador do Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências, em entrevista à Unijuí FM. Na oportunidade, serão enfocadas diferentes perspectivas a partir de olhares interdisciplinares que interessam à sociedade em geral, bem como a profissionais que pretendem compreender como podem se inserir no desenvolvimento das cidades, da cidadania e da democracia. “Todos estão convidados, não apenas estudantes e professores de cursos de Graduação, mas a comunidade em geral”, reforça o professor Sidinei. “Teremos presentes engenheiros, advogados, historiadores, profissionais da saúde, entre outros. Os temas são muito pertinentes e reunimos um excelente grupo de palestrantes, que com certeza irá trazer elementos importantes para discussão”, conclui. . Por Amanda Calegaro Thiel, estagiária de jornalismo da Unijuí FM . Confira abaixo a programação completa: AULA INAUGURAL 01 de março de 2021  9h - Abertura 9h30 - Conferência: Educar para a cidadania hoje: um objetivo prioritário para o nosso mundo Mediador: Professor Dr. Fernando Jaime González - Unijuí/Ijuí Palestrante: Professor Dr. Francisco Garcia Pérez - Universidade de Sevilha/Espanha 10h30 - Intervalo 10h45 - Lançamento do livro Escrita e Pesquisa em Educação nas Ciências - Experiências do Pós-Doutorado 11h15 - Apresentação do Seminário Temático Cidades Inteligentes: Múltiplos olhares a partir da Educação nas Ciências e o fazer da extensão universitária Caroline Daiane Raduns - Doutoranda do PPGEC/Unijuí 12h - Encerramento . SEMINÁRIO TEMÁTICO - Cidades Inteligentes: Múltiplos olhares a partir


1

Baixe o aplicativo Unijuí FM

Fale conosco

Ícone Whatsapp 55 99131 5487
Ícone Skype radio@unijui.edu.br