Mestrado e Doutorado

Rede Eduroam: confira como utilizar este serviço

                  

A Unijuí concluiu, no final de 2018, a adesão à Rede Eduroam, serviço internacional de roaming. Com ela, estudantes, professores e funcionários da Universidade que visitarem ou estiverem em intercâmbio em outras instituições, em qualquer local do mundo, podem conectar-se à Rede WI-FI, onde a Rede Eduroam estiver disponível. A conexão poderá ser feita pelo computador, pelo celular ou pelo tablet, utilizando o mesmo usuário e senha usados na rede WI-FI da Unijuí, sem necessidade de configuração adicional.

A Rede Eduroam é uma rede segura com mais de 2.300 Pontos de Acesso no Brasil, além de outros milhares distribuídos em cerca de 90 países. Com a adesão da Unijuí facilita as questões de mobilidade para a Internacionalização da Instituição, pois permite que estudantes e pesquisadores de outras instituições, que estiverem em nossa Universidade, também possam conectar-se sem necessidade de solicitar novas credenciais de acesso.

O acesso à Rede Eduroam na Unijuí pode ser feito da mesma foram que hoje são acessadas as redes UNIJUI2G e UNIJUI5G, basta escolher a rede EDUROAM na lista de redes disponíveis e efetuar a conexão.

                             

Veja o Mapa de pontos de disponibilidade da Rede Eduroam no Mundo:  https://monitor.eduroam.org/map_service_loc.php


Edital complementar para Mestrado e Doutorado Interinstitucional com a Unibalsas está com inscrições abertas

                      

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências-PPGEC está com inscrições abertas para o Processo Seletivo complementar para os Cursos de MINTER e DINTER (Mestrado e Doutorado Interinstitucional), no período de 28 de janeiro a 11 de fevereiro de 2019, a ser desenvolvido na UNIBALSAS - Faculdade de Balsas, em Balsas/Maranhão.

Todas as informações acerca do processo seletivo podem ser obtidas no EDITAL Nº 16/2018, disponível no site do Programa: https://www.unijui.edu.br/estude/mestrado-e-doutorado/educacao-nas-ciencias, na aba Processo Seletivo e Matrícula.

A Coordenadora do Programa, professora Eva Boff, destaca que assim que os candidatos inscritos no primeiro edital obtiveram o resultado de aprovação nos cursos, com muita comemoração, muitos outros que perderam o prazo manifestaram o interesse.

Da mesma forma, o Colegiado do Programa comemorou a finalização do Processo Seletivo 2019, sobretudo, pela primeira oferta do MINTER e DINTER a ser desenvolvido em Balsas/MA, a partir de março/2019.

Assim, o PPGEC atualmente conta com os seguintes cursos: Mestrado, Doutorado, MINTER, DINTER e PROEF - Curso de Mestrado Profissional em Rede: Educação Física. “Portanto, 2019 será um ano de desafios e de muitas atividades a todos que integram o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências”, complementa a coordenadora do Programa.

                  


Últimos dias de inscrições para o Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí

As inscrições para o processo seletivo de candidatos ao Curso de Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí, com ingresso no 1º semestre, estão abertas até o dia 25 de fevereiro. Os candidatos deverão se inscrever online, na página do Curso, no Portal da Unijuí.

Após a inscrição online, é necessário a entrega dos documentos na secretaria do curso, localizado no prédio do Departamento de Estudos Agrários, campus Ijuí, até o dia 25 de fevereiro no horário das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h.

Confira os documentos exigidos para confirmação da inscrição:

  • Cópia autenticada do Diploma de graduação ou do comprovante de conclusão do curso, caso seja emitido pela UNIJUÍ, não é necessário autenticar;
  • Cópia autenticada do Histórico Escolar da graduação, caso seja emitido pela UNIJUÍ, não é necessário autenticar;
  • Cópia documentos: carteira de identidade, CPF, certidão de nascimento ou Casamento/Outro, 1 (uma) foto 3x4 recente;
  • Pré-projeto de pesquisa* que contemple o tema de interesse;
  • Curriculum vitae no formato Lattes CNPq, (plataforma disponível em http://lattes.cnpq.br), devidamente documentado (anexar cópia dos comprovantes) e encadernado;
  • Memorial Descritivo que constitui um pequeno relato, de no máximo 600 palavras, descrevendo os pontos mais relevantes da formação acadêmica e profissional do candidato;
  • Duas cartas de recomendação conforme modelo disponível no site.
  • Comprovante de pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 190,00 (centro e noventa reais), cujo boleto é gerado automaticamente no ato da inscrição.

Os documentos enviados pelo correio, via SEDEX, com data de postagem até 05 de fevereiro deverão ser endereçados para:

Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ

Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade Departamento de Estudos Agrários - Campus Ijuí,

Rua do Comércio 3000, bairro Universitário, Caixa Postal 560, 987000-000

Ijuí, RS, Brasil

O Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade tem como objetivos formar pesquisadores com visão sistêmica e multidisciplinar capaz de compreender as inter-relações entre o ambiente, a sociedade e a tecnologia; participar de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, considerando os princípios e valores da sustentabilidade, gerando tecnologias apropriadas aos sistemas produtivos locais; promover a produção de conhecimentos na área do meio ambiente em geral, bem como, no campo do diagnóstico e da solução de problemas de interesse socioambiental.

 

 

 

 


Professora do PPGEC tem renovada sua bolsa de pesquisadora PQ/CNPq

               

A professora  Dra. Helena Copetti Callai do DHE docente  no PPGEC  obteve neste Edital/Chamada CNPq N. 09/2018 de Bolsas de Produtividade em Pesquisa - PQ  a renovação de sua condição como bolsista pesquisadora do CNPq por mais um período, ( até 2023) mediante submissão de projeto de pesquisa realizado no ano de 2018, e com validade a partir de março de 2019. O resultado foi divulgado pelo CNPq neste mês de janeiro de 2019. 

De acordo com informação do CNPq "foram aprovadas 5.103 bolsas em todas as áreas do conhecimento nos níveis 1 e 2. A bolsa PQ existe desde 1976, constitui o mais tradicional instrumento de apoio à pesquisa do CNPq e tem o objetivo de reconhecer e valorizar o trabalho dos pesquisadores no que diz respeito à produção de conhecimento científico e inovação tecnológica".

A professora Helena Copetti Callai é bolsista CNPq/PQ- Nível 1 e destaca-se no parecer de sua aprovação as referências, além do projeto de pesquisa aprovado, a sua atuação como pesquisadora, com relações internacionais, produção cientifica em veículos qualificados - nacional e internacional, participação destacada em fóruns da área, apresentação de trabalhos/resultados de pesquisa em eventos nacionais e internacionais e orientação em todos os níveis (IC. M, D) e supervisão de pós-doutorado.  


Professores da Unijuí e da Univali estreitam relacionamento

Nesta segunda-feira, 2 de janeiro, os professores do Mestrado em Ciências Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí, Roberto Carbonera e Sandra Fernandes, receberam a visita da professora Mônica Weiller Ceccato, docente da Universidade Regional de Blumenau - FURB e doutoranda em Ciência e Tecnologia Ambiental na Universidade do Vale do Itajaí (PPCTA/UNIVALI).

Mônica é natural de Ijuí e, durante visita a região e nossa universidade, foi possível dialogar sobre interesses comuns no campo das Ciências Ambientais. O diálogo foi muito promissor vislumbrando aproximações em futuros contatos acadêmicos. 


Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências realizou prova escrita para o processo seletivo 2019

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí realizou prova escrita para o processo seletivo 2019, na manhã de segunda-feira, 12. As provas foram realizadas no Campus Ijuí, para o Mestrado e Doutorado e também na UNIBALSAS, em Balsas no Maranhão, para o MINTER e DINTER.

A próxima etapa do processo seletivo será as entrevistas. Para o mestrado será no dia 19 e 20 de novembro, e doutorado no dia 21. Para o MINTER, as entrevistas serão no dia 28, e para o DINTER, 29.

A novidade do processo seletivo de 2019 pelo Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências é a oferta do MINTER ( Mestrado Interinstitucional) e DINTER ( Doutorado Interinstitucional) por meio da UNIBALSAS - Faculdade de Balsas.

O MINTER e DINTER é Coordenado pela professora Eva T. de Oliveira Boff ( PPGEC/UNIJUÍ) e pelo Pós-doutorando do PPGEC, Fábio Roberto Pillatt (UNIBALSAS/Balsas/MA), onde atua como docente.


Unijuí assina novo convênio de Cooperação com UPN da Colômbia

                  

Professores da Unijuí, com atuação no Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências e em cursos de graduação, acompanhados de estudantes dos cursos de Mestrado e de Doutorado do PPGEC e do curso de Pedagogia participaram, em Bogotá (Colômbia), neste mês,  do VIII Congreso Internacional sobre Formación de Profesores de Ciências, promovido pela Universidad Pedagógca Nacional, Universidad Distrital Franscisco José de Caldas e Universidad de La Salle, tendo a Unijuí como uma das instituições copromotoras do evento.

O grupo que participou do evento foi integrado por 14 professores da Unijuí, incluindo 05 docentes, 03 doutorandos e uma egressa do PPGEC.

Um total de 30 trabalhos foram apresentados no evento, nas modalidades comunicação oral e/ou pôster.

Para além das comunicações e pôsteres, houve a participação da Reitora e Profª Cátia Maria Nehring na mesa de abertura do evento.

As professoras Lenir Basso Zanon, Marli Dallagnol Frison e Eva Teresinha de Oliveira Boff, juntamente com professoras da UESC e UPN atuaram, na condição de proponentes, do Simpósio “A formação de professores de ciências na interface universidade-escola: abordagens inter-relacionais”.

As professoras Lenir Basso Zanon e Eva Teresinha de Oliveira Boff participaram como proponentes, no encontro que discutiu a “Construcción de Redes y comunidades de Investigación en Educación en Ciencias”.

Para além do Congresso, outras atividades acadêmicas de intercâmbio foram realizadas e que envolveram professores da Unijuí e da UPN, dentre elas:

a) Reunião entre Reitora da Unijuí, Profª Cátia Maria Nehring e um grupo de professores da Unijuí e Reitor da Universidade Pedagógica Nacional, Profº Leonardo Fábio Martinéz Pérez e Diretores das Faculdades de Ciência e Tecnologia e de Humanidades para analisar o relatório das ações acadêmicas de intercâmbio desenvolvidas, por meio do convênio de Cooperação entre as duas universidades, no período 2015/2018, bem como, discutir e traçar metas e ações para os próximos anos;

b) assinatura de um novo convênio entre a UNIJUÍ e a UPN para o período 2018/2022, o qual está sob coordenação da Profª Marli Dallagnol Frison, por parte da Unijuí e do Prof. Alexander Cely, por parte da UPN;

c) Encontro entre professores de Matemática da Unijuí e da UPN com vista ao estabelecimento de parcerias.

Com a assinatura do novo convênio de Cooperação, o propósito é o de intensificar as parcerias entre docentes/pesquisadores, criando-se as condições para a proposição e execução de projetos de pesquisa e favorecendo a mobilidade de professores e estudantes, de ambas as universidades

 

 


Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade está com inscrições abertas

O Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade, mais novo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu aprovado na Unijuí, está com edital para o primeiro processo seletivo aberto. O prazo de inscrições se estende até o dia 05 de fevereiro de 2019.

O processo seletivo envolve quatro etapas: prova escrita, análise do currículo, análise do pré-projeto de pesquisa e entrevista. A data da prova está prevista para o dia 12 de fevereiro de 2019. Confira todos os detalhes e faça a inscrição na página do curso, na aba Processo Seletivo e Matrícula.

O curso

A proposta do programa foi embasada numa longa discussão interdisciplinar realizada pelos seus docentes e pesquisadores, respaldada num considerável conjunto de estudos, pesquisas, experiências e produção científica com enfoque na sustentabilidade, oportunizando uma aprendizagem construída em vários campos do conhecimento na área socioambiental. Além de valorizar o caminho construído, deu-se um passo adiante, integrando o desafio do conhecimento multidisciplinar, atendendo aos pressupostos de maior sustentabilidade pelo conhecimento conjunto de diferentes áreas do saber. Neste cenário, a criação do programa de pós-graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade representa a oportunidade de promover avanços científicos, fomentando pesquisas a partir de uma visão sistêmica e interdisciplinar, impulsionado a prospectar a formação de uma massa crítica para atuação convergente às necessidades dos novos cenários, com forte ênfase na proteção ambiental, garantia da segurança alimentar e qualidade de vida das comunidades.

O Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade tem como objetivos formar pesquisadores com visão sistêmica e multidisciplinar capaz de compreender as inter-relações entre o ambiente, a sociedade e a tecnologia; participar de forma crítica e reflexiva no desenvolvimento regional, considerando os princípios e valores da sustentabilidade, gerando tecnologias apropriadas aos sistemas produtivos locais; promover a produção de conhecimentos na área do meio ambiente em geral, bem como, no campo do diagnóstico e da solução de problemas de interesse socioambiental.

São duas linhas de pesquisa:

Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável

A linha de pesquisa busca apreender o processo de desenvolvimento a partir do espaço natural e do histórico de ocupação e uso. Investigar as ações humanas sobre os sistemas naturais e produtivos, com base no manejo, conservação, transformação e manutenção dos ecossistemas, bem como propor diretrizes e estratégias voltadas ao desenvolvimento sustentável.

Qualidade Ambiental em Sistemas Produtivos

A linha de pesquisa busca o aprofundamento científico na construção de processos inovadores voltados à prevenção e solução de problemas socioambientais. Considera também a geração de conhecimento para o desenvolvimento de tecnologias que assegurem a qualidade ambiental e a promoção do desenvolvimento sustentável.


Professora do DHE e PPGEC realiza atividades acadêmicas de intercâmbio internacional na Colômbia

A Professora Helena Copetti Callai docente do DHE e PPGEC realizou atividades acadêmicas nas cidades de Medellin e Bogotá no período de 3 a 13 de outubro do corrente ano.  

Em Medellin na UNIVERSIDAD DE ANTIOQUIA participou como convidada no Programa de Maestría en Educación, Línea Didáctica de la Geografía, com as seguintes atividades:  - aula e oficina com os estudantes do Programa; - reunião com professores da linha de Investigación Didáctica de la Geografía;  - trabalho de campo na comuna nororiental de la ciudad de Medellín. 

Em Bogotá participou na UNIAGUSTINIANA – La Universitaria Agustiniana,do 1º ENCUENTRO REDE (Red de Arquitetura y Urbanismo de América y Europa) REDELEAU como conferencista internacional. Participou também de atividades técnicas na produção de vídeos sobre a temática da Rede. Nesse evento na Uniagustiniana acompanhou os arquitetos Dr. Cristian Moreira Brum- coordenador do Curso de Arquitetura e Urbanismo da URI/FW que atualmente realiza pós-doutorado no PPGEC; e Tarcísio Dorn coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNIJUI que realiza doutorado no PPGEC.  


Doutorando realiza estágio sanduíche na Espanha

O doutorando Elmir Jorge Schneider, orientando da prof. Dra. Helena Copetti Callai, no Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências realiza estagio de “doutorado sanduíche” na Universidade de Sevilha – Espanha, com a co orientação do Prof. Dr. Álvaro Sanchez Bravo, da Faculdade de Direito em Sevilha/ES, e do Prof. Dr. Francisco F. García-Pérez –da Faculdade de Educação e Geografia e com o Chefe do Ministério Público Federal, e Delegado de trânsito em Andaluzia Luís Carlos Rodríguez León.

O objetivo do estudo é conhecer a realidade do trânsito na Espanha na sua relação com a educação e compreender como algumas culturas diferentes, podem servir de referência e parâmetro para uma investigação científica. Este conhecimento, traz uma visão mais abrangente no desenvolvimento das pesquisas e ajuda no esclarecimento dos problemas enfrentados pelo Brasil com relação a educação para o trânsito.

Confira o relato do doutorando:

“Posso relatar que a experiência em um país mais desenvolvido economicamente, como é o caso da Espanha, traz inúmeras vantagens para a pesquisa que estou desenvolvendo. E a escolha deste país, se dá pela redução do índice de mortes no espaço viário de 15 (quinze) pessoas por 100 mil habitantes no final da década de oitenta, para 03 (três) pessoas por 100 mil habitantes na década atual. Deste modo, busco conhecer e analisar algumas ações que foram implantadas na Espanha e tiveram resultados positivos para esta melhora no trânsito. Lembrando que, para uma boa pesquisa científica muitas vezes é preciso sair da zona de conforto, ampliar nosso horizonte e observar outras culturas, conversar com pessoas diferentes, conhecer outras realidades, afastar-se do problema e observa-lo em seu contexto de modo distanciado. Neste sentido, realizar um estágio fora do país, sempre traz ideias novas e aumenta nosso conhecimento sobre a pesquisa, além de conduzi-la, para uma nova maneira de pensar sobre o tema”.