Mestrado e Doutorado

Coronavírus é tema de Seminário temático na Unijuí

                   

Na noite desta terça-feira, dia 10, o Programa de Mestrado em Atenção Integral à Saúde realizou Seminário Temático para tratar sobre a epidemia global de Coronavírus. Por videoconferência, os estudantes do curso conversaram com a professora doutora Ana Beatriz Gorini da Veiga, da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre. Diante do crescente número de casos em diversos países, incluindo o Brasil, o Programa teve o objetivo de disseminar as principais informações sobre este novo vírus.

A professora Ana Beatriz possui Graduação (Licenciatura e Bacharelado) em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul UFRGS (1999), Mestrado (2001) e Doutorado (2005) pelo Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular do Centro de Biotecnologia da UFRGS; doutorado com estágio de 12 meses nos National Institutes of Health/ NIH, USA (Doutorado sanduíche). Estágio sênior (12 meses) no Departamento de Microbiologia da Icahn School of Medicine at Mount Sinai, em New York (2015/2016), onde desenvolveu projeto sobre epidemiologia molecular de vírus influenza A. É professora associada da Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA).

                 

Outras ações sobre o Coronavírus

Assim como o Programa de Mestrado em Atenção Integral à Saúde da Unijuí está atento a esta questão do Coronavírus, a FIDENE/Unijuí como um todo tem divulgado informações e proporcionado momentos para trabalhar a prevenção:

- Cartazes em diversos pontos da instituição com informações relevantes sobre prevenção e cuidados com relação ao vírus foram afixados;

- No dia 04 de março a EFA promoveu palestra para os alunos da Escola. O enfoque foi sobre o surgimento da doença, sobre as características de um vírus, contextualizou a situação global, local e sanou diversas dúvidas dos estudantes, realizada pela professora de Ciências da Escola, Mariana Trevisan. Na oportunidade, a enfermeira Fernanda Goi e técnica em enfermagem Mirian Haisky, do SESMT/UNIJUÍ, que falaram sobre prevenção, cuidados essenciais no dia a dia para evitar a transmissão de diversas doenças semelhantes ao contágio do Coronavírus (covid-19). 

- Ainda nesta semana será publicado um vídeo nas Redes Sociais da Universidade, em parceria com a 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, sobre o tema;

- O Rizoma, programa da Unijuí FM e Unijuí que discute temas importantes da atualidade, dedicou o primeiro episódio da temporada 2020 para o Coronavírus, discutindo, além das questões de saúde, os impactos econômicos na economia mundial. O episódio já está no ar em podcast. Confira:

 


Aberto edital para Aluno Especial do Mestrado em Atenção Integral à Saúde

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde, em associação entre a Universidade de Cruz Alta, informou que as inscrições para Aluno Especial no Mestrado em Atenção Integral à Saúde já estão abertas. A inscrição deve ser encaminhada pelo e-mail ppgais@unijui.edu.br até o dia 11 de março por meio do preenchimento do Requerimento de Inscrição para Aluno Especial.

A matrícula será realizada após a entrega Requerimento de Inscrição para Aluno Especial de forma presencial na Secretária Acadêmica da Unijuí, do dia 04 a 11 de março, das 8h às 11h e das 13:30h às 17h00min.

Confira as vagas disponíveis por disciplina:

Ensaios Químicos e Biológicos em Saúde  - 2 Créditos. - 6 Vagas

Experimentação em Modelos Animais  - 2 Créditos. - 6 Vagas

Epidemiologia - 2 Créditos. - 4 Vagas

Pesquisa em Saúde I  - 2 Créditos. - 4 Vagas

Atividade Física e Exercício Físico para Populações Especiais - 2 Créditos. - 6 Vagas

 

O edital completo está disponível na Página do Programa, no Portal da Unijuí.  


Estudo descreve protocolo de reabilitação cardíaca na fase hospitalar

O estudo foi realizado por uma egressa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Atenção Integral à Saúde

O exercício aeróbico e o equipamento de ventilação não invasiva com ventilação contínua nas vias aéreas, conhecido como CPAP, beneficiam os pacientes no pós-operatório da cirurgia cardíaca. A associação de exercício aeróbico em bicicleta ergométrica com CPAP ainda não havia sido demonstrada.

Um estudo realizado pela egressa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Atenção Integral à Saúde da Unijuí, Pollyana Windmoller, objetivou avaliar a eficácia do exercício físico em cicloergômetro combinado com CPAP no pós-operatório de cirurgia de revascularização do miocárdio.

Os protocolos usando um cicloergômetro e ventilação não invasiva foram estudados durante a fase hospitalar de reabilitação cardíaca. No entanto, um protocolo ideal e viável ainda não havia sido estabelecido. Exercícios de ciclismo, com monitoramento da hemodinâmica cardíaca e estabilidade elétrica, permitiria exercícios mais precoce e poderia ser uma estratégia mais segura nesta fase inicial da reabilitação.

O estudo mostrou que o protocolo de reabilitação cardíaca foi seguro, pois não se observou intercorrências durante sua execução. Também mostrou ser uma alternativa viável para reabilitação cardíaca realizada durante a fase hospitalar, principalmente em pacientes incapazes de treinamento de escada e deambulação. Isso é importante porque a utilização de ventilação não invasiva em associação com o exercício é pouco explorada nesses pacientes.

A fisioterapeuta e mestre Pollyana Windmoller, autora do estudo, verificou que o exercício físico combinado ao CPAP promoveu a manutenção da capacidade funcional e reduziu o tempo de permanência na UTI e pode ser usado de forma segura em pacientes no pós-operatório de cirurgia cardíaca, sendo uma estratégia eficiente na reabilitação cardíaca.

Esse estudo foi orientado pela Fisioterapeuta Professora Doutora Eliane Roseli Winkelmann, da Unijuí, integrante do corpo docente do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Atenção Integral a Saúde, em parceria com a co-orientação do Fisioterapeuta Professora Doutora Audrey Borghi-Silva, integrante do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado e Doutorado em Terapia Física da Universidade Federal de São Carlos, de São Paulo. Também contou com o apoio das pesquisadores e fisioterapeutas Emely Teixeira Bodnar, Julia Casagrande, Fernanda Dallazen, Juliana Schneider e da médica cardiologista, especialista em cirurgia cardíaca do Incor/Ijuí Silvana Agnolleto Berwanger .

O estudo está publicado como “Physical Exercise Combined With CPAP in Subjects Who Underwent Surgical Myocardial Revascularization: A Randomized Clinical Trial”, na revista “Respiratory Care” e está disponível em:  https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31988253-physical-exercise-combined-with-cpap-in-subjects-who-underwent-surgical-myocardial-revascularization-a-randomized-clinical-trial/


Estudo de egressa da Unijuí é publicado na revista Acta Paulista de Enfermagem

Foi publicado na revista Acta Paulista de Enfermagem, de autoria de Sandra Dal Pai, egressa do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Atenção Integral à Saúde, o estudo que objetivou analisar a confiabilidade e validade das propriedades psicométricas da versão brasileira do instrumento para Pesquisa sobre Cultura de Segurança do Paciente para Atenção Primária à Saúde. O estudo foi realizado com  profissionais da equipe multiprofissional de um município do noroeste do estado do Rio Grande do Sul/ Brasil.

A versão do questionário Pesquisa sobre Cultura de Segurança do Paciente para Atenção Primária à Saúde apresentou propriedades psicométricas válidas e confiáveis. Avaliar as propriedades psicométricas, representa avaliar se o conjunto de variáveis do instrumento de fato, mensura o que foi projetado para medir com outras populações. Ainda a cultura de segurança do paciente mensurada na APS, foi positiva na maior parte dos domínios do instrumento, excetuando-se para o domínio Pressão e ritmo de trabalho. Este estudo traz resultados referentes a cultura de segurança na APS, o que ainda é uma lacuna no Brasil.

Trata-se de um estudo de caráter inédito no Brasil, configurando-se como ponto de partida para futuras investigações que podem ser realizadas em outras regiões brasileiras. Ainda, os resultados do estudo foram apresentados e discutidos pela Mestre em Atenção Integral à Saúde Sandra Dal Pai aos participantes do estudo e gestores daquele município, com objetivo de promover a aplicação dos resultados na prática, o que pode impactar de maneira positiva nos serviços de saúde.

A continuidade desse estudo está em andamento no Grupo em Pesquisa Cuidado Gestão e Educação em Enfermagem e Saúde da Unijuí. O estudo, orientado pela professora Drª. Adriane Kolankiewicz, é parte das ações da linha de pesquisa do Mestrado em Atenção Integral à Saúde “Processos Saúde-Doença-Cuidado” e contou com o apoio do pesquisador Manuel Portela Romero do Complexo Hospitalar Universitário de Santiago da Compostela, da Espanha. O estudo está disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-21002019000600642&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

 

 


Desafios da pesquisa no Brasil é tema de Seminário na Unijuí

              

Durante a programação do Seminário Temático do Programa de Pós-Graduação em Atenção Integral à Saúde, o Centro de Eventos da Unijuí foi sede da palestra “Desafios de Ser um Pesquisador no Brasil”, com o médico coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia Clínica (CACON), do Hospital de Caridade de Ijuí, Fábio André Franke. Presidente da Aliança Pesquisa Clínica Brasil e Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica, Franke trouxe para a Universidade a importância do debate sobre os desafios da pesquisa no Brasil.

Fábio falou sobre a realidade brasileira, em que 94% dos atendimentos ocorrem por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, destacou a relação entre a produção de medicamentos de iniciativa privada e universidades, observando que parcerias e investimentos em tecnologia são uma das pautas mais urgentes a serem estruturadas. “Capacitar indivíduos e instituições para um melhor atendimento aos pacientes, em um país importador de tecnologias, reverter o quadro de mortalidade do câncer e solução para o alto custo de medicamentos”, acrescenta.

“Divisor de Águas: frente a uma crise, o que você faz? Você se apequena, você foge, ou você enfrenta e tenta crescer?” questionou o palestrante ao comentar sobre o ensaio clínico sobre Imunoterapia associada a pós Radioterapia para Câncer de Próstata. Sobre os desafios, ele comentou a relação dos transportes, infraestrutura, qualificação de equipe, espaço físico adequado, profissionais assistenciais capacitados, apoio das instituições, entre outros fatores.

Sobre o Centro de Pesquisa Clínica, o médico contou que o número de 170 estudos de pesquisa publicados caracteriza a região de Ijuí como o centro de maior número de pesquisas no Brasil em oncologia. “Atualmente vários outros centros do país visitam o HCI para compreender o modelo de protocolo trabalhado através de Capacitação da Sociedade Brasileira de Oncologia”.

“A motivação para continuar é poder retribuir para o país tudo isso que a pesquisa trouxe de bom para mim. Que vários outros centros de pesquisa possam ser formados e possamos transformar o Brasil em um celeiro de pesquisa e descobertas de coisas novas para a potencial melhora na vida das pessoas”. Esta foi a mensagem deixada por Fábio.

Laís Dahmer, estudante de Jornalismo da Unijuí

Sobre o Mestrado

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).  O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.

O Programa está com edital de seleção aberto para a turma 2020 do Mestrado. As inscrições podem ser feitas até 11 de novembro de 2019. Para se inscrever é necessário acessar a página do programa em ppgais@unijui.edu.br.


Programa de Pós-Graduação em Direito realiza rodas de chimarrão para dialogar e esclarecer dúvidas sobre ingresso


O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos Humanos (PPGDH) da Unijuí realizou nos dias 26 de setembro e 11 de outubro rodas de chimarrão com os interessados em participar do processo seletivo para os cursos de Mestrado e Doutorado – turmas 2020. As atividades aconteceram respectivamente nos campi de Ijuí e Santa Rosa, oportunizando por meio de ambiente informal da roda de chimarrão o acolhimento propício ao esclarecimento de dúvidas quanto ao funcionamento dos Cursos e modalidades de ingresso.

As atividades, abertas a toda a comunidade, contaram com a presença de professores, mestrandos e doutorandos do Programa que foram consultados para relatar as experiências vividas durante o percurso formativo. Os editais de seleção para os cursos de Mestrado e Doutorado em Direitos Humanos já estão disponíveis no Portal Unijuí.


Trabalho do Mestrado em Atenção Integral à Saúde é premiado em evento internacional

                  

Nos dias 26 e 27 de setembro de 2019, a docente do corpo permanente do Programa de Pós-Graduação Strictu Sensu Mestrado em Atenção Integral à Saúde, Dra. Adriane Kolankiewicz, participou do Seminário Internacional de Pesquisa de Métodos Mistos, realizado na Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis. A docente apresentou um trabalho que é fruto da dissertação da mestre Daiane Fernanda Brigo e teve a co-orientação da professora Dra. Elisiane Lorenzini. Trata-se de um estudo com métodos mistos e utilizou os princípios do diálogo deliberativo como estratégia de translação do conhecimento, que, integrado nas pesquisas em saúde, pode gerar dados valiosos e aumentar a aplicabilidade das evidências científicas na prática. O trabalho foi avaliado de forma escrita, de maneira cega e no momento da apresentação oral foi avaliado por pesquisadores referências no método. O trabalho obteve o Prêmio Melhor Trabalho - 20 Lugar.

Para a professora, o evento contribuiu muito, pois oportunizou assistir e fazer debates com palestrantes internacionais e nacionais que utilizam o método, bem como fortalecer parcerias de pesquisa. Destaca que o método é pouco usado no Brasil. "A utilização de métodos mistos é uma tendência crescente na pesquisa em saúde como uma alternativa para a investigação de fenômenos complexos relacionados ao cuidado e à saúde humana. Para tanto, no Seminário foi possível aprofundar as discussões acerca da utilização do método, bem como divulgar trabalhos que estão sendo desenvolvidos utilizando os métodos mistos como abordagem metodológica", salienta.

                 

Seleção

A Coordenação do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde, uma associação entre a Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ, torna público que estarão abertas as inscrições para o provimento de vagas para alunos especiais no Curso de Mestrado em Atenção Integral à Saúde, 2º semestre de 2019 (Bloco IV).

A inscrição deve ser encaminhada pelo e-mail ppgais@unijui.edu.br até o dia 09 de outubro de 2019, através de preenchimento do formulário em anexo. A matrícula deve ser feita de forma presencial na Secretária Acadêmica da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - Rua do Comércio, 3000 - Bairro Universitário - Ijuí – RS, entre os dias 07 a 09 de outubro de 2019, das 8h às 11h e das 13:30h às 17h.

Edital completo em www.unijui.edu.br/ppgais 


Mestrado em Atenção Integral à Saúde irá ofertar 22 vagas

Serão ofertadas 22 vagas. As inscrições podem ser realizadas de 02 de setembro a 11 de novembro de 2019

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde publicou edital de seleção para a turma 2020 do Mestrado. As inscrições têm início no dia 02 de setembro. Para se inscrever é necessário acessar a página do programa, preencher as informações e entregar os seguintes documentos na Secretaria do Mestrado:

a)  Requerimento de Inscrição (disponível na página do programa); b) Uma fotografia 3x4; c) Intenção de projeto de pesquisa, d) Cópia do Diploma universitário ou atestado de conclusão de curso de graduação ou de provável formando; e) Cópia do Histórico Escolar da Graduação; f) Currículo modelo Lattes/CNPq, acompanhado de documentação comprobatória; g) Recibo de pagamento da taxa de inscrição.

A prova de seleção será realizada dia 30 de novembro de 2019 e as entrevista com os candidatos nos dias 04 e 05 de dezembro de 2019.

O edital completo, juntamente com o Material de Apoio para a Prova, está disponível na página do Programa, no Portal da Unijuí.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Atenção Integral à Saúde é um projeto interinstitucional com característica interdisciplinar, em associação ampla entre a Universidade de Cruz Alta (Unicruz) e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí).  O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da saúde, com ênfase em duas linhas: Processos saúde-doença-cuidado e Processos químicos e biológicos em saúde.

Mais informações pelo e-mail ppgais@unijui.edu.br ou pelo telefone (55) 3332.0522.


Unijuí e Dubai Alimentos firmam parceria de pesquisa com duração de 10 anos

O Projeto, que será desenvolvido no Mestrado de Sistemas Ambientais e Sustentabilidade e no curso de Agronomia, tem como foco sistemas de cultivo de Aveia Grão.

          

Contrato foi finalizado neste mês de maio de 2020

A Unijuí e a Dubai Alimentos, empresa de Ijuí, assinaram Contrato de Cooperação Técnica-Científica com o objetivo de estabelecer uma relação de parceria para a execução de trabalhos de pesquisa agropecuária, no desenvolvimento e adequação de tecnologias mais sustentáveis nos sistemas de cultivo de aveia grão. A metodologia do trabalho está descrita no Projeto de Pesquisa “Projeto de desenvolvimento e adequação de tecnologias nos sistemas de cultivo de Aveia Grão”. As atividades correspondem aos projetos de pesquisa da Fidene/Unijuí, executados pelo Departamento de Estudos Agrários (DEAg) e no Instituto Regional de Desenvolvimento Rural (IRDeR), órgão vinculado ao DEAg/Unijuí. 

Dentre as etapas, ao final de cada ano, serão entregues relatórios técnicos parciais. Ao final do 3º (terceiro) ano será apresentado e entregue à Empresa Dubai Alimentos o Manual de Boas Práticas de Cultivo de Aveia Grão, com atualizações a cada dois anos. Além disso, a cada ano haverá uma inserção da equipe do projeto em Dia de Campo promovido pela Empresa Dubai Alimentos para apresentar resultados técnicos parciais.

A pesquisas serão desenvolvidas no decorrer de 10 anos pela equipe de pesquisadores da Universidade, com a participação de alunos e professores vinculados ao Programa de Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade e do curso de graduação em Agronomia. As práticas serão desenvolvidas no campo experimental da escola-fazenda da Universidade (IRDeR), em área estimada em cinco hectares.

Segundo Dante Maurício Tissot, sócio-proprietário da Dubai Alimentos, a parceria vem para o um bem comum, que é produzir alimentos de melhor qualidade, com mais segurança alimentar. Não estamos focados só no aumento de produção, não é simplesmente produzir mais, é produzir melhor, é trazer para dentro da indústria produtos com mais segurança alimentar. Com isso a gente quer oferecer ao nosso consumidor um produto mais limpo, com mais qualidade para consumo”, observa. 

            

Universidade e Dubai Alimentos já realizaram uma série de encontros em 2019 

Para o professor Osório Lucchese, chefe do DEAg, a construção da parceria é uma proposta arrojada, revelando a postura empreendedora diferenciada desta empresa. “Faz com que possamos trabalhar no desenvolvimento de novas tecnologias de cultivo para a aveia, posicionando esta como uma das principais culturas de inverno. Mostra a confiança em nossa Universidade e no conjunto de nossos professores e pesquisadores que estão engajados na produção de conhecimento a serviço para a comunidade. É a Unijuí, novamente, fazendo a diferença para o agronegócio de nossa região”, salienta.

Já o coordenador do Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade, José Antonio González, observa que “é importante destacar que nesta região vem ocorrendo uma elevada demanda por grão de aveia de maior qualidade industrial e química, junto a uma crescente estruturação de agroindústria familiares e do setor industrial. Portanto, exige novos padrões de produção, mais limpos e sustentáveis, e com atributos que atendam as necessidades das indústrias de alimentos e consumidores. Existe, ainda, a necessidade de desenvolver pesquisas que fomentem a indicação de novas cultivares com desenvolvimento de manejos mais eficientes, e promover a redução de acabamento de plantas que tem uma melhor habilidade competitiva em reduzir o uso de herbicidas, que tem a maior adaptabilidade e estabilidade às variações climáticas e com redução no uso de agroquímicos”, complementa. “Destaco que, cada vez mais, precisamos de avanços científicos e tecnológicos que promovam um olhar ressignificado, voltado a geração e incorporação de novas práticas e processos relacionados aos sistemas de produção da qualidade dos produtos e do cuidado com o meio ambiente”.

Viabilização da parceria

A parceria entre a Dubai e a Unijuí teve a importante participação da Agência de Inovação e Tecnologia da Universidade, a Agit, que auxilia os Departamentos a efetivar este tipo de ação. Os primeiros contatos para a realização da parceria surgiram em Abril de 2019, sendo firmada em Maio de 2020. É responsabilidade deste setor institucional negociar tecnologias, dar subsídio aos pesquisadores na efetivação de projetos de parceria e fomentar a transferência de tecnologia da Unijuí com o setor produtivo. A AGIT vem auxiliando pesquisadores sendo o elo institucional entre os parceiros interessados no conhecimento gerado na Universidade.

         

A empresa também já esteve, em 2019, dialogando com a Reitoria da Unijuí


Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade promoveu Aula Inaugural de 2020

O Programa de Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí realizou, na noite de sexta-feira, 17 de abril, a Aula Inaugural com o Professor Fernando Estenssoro, da Universidade de Santiago, Chile.

               

A aula inaugural 2020 do Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade da Unijuí tratou do toma “A Geopolítica Ambiental Global do Século 21: Os Desafios para a América Latina em tempos de Coronavírus”, ministrada online em decorrência das restrições de realização de aulas presenciais por conta da pandemia mundial do coronavírus.

Na palestra, o professor Fernando Estenssoro retomou a análise da Geopolítica Ambiental Global publicada em livro pela Editora da Unijuí e acrescentou dados recentes sobre a evolução da temática. Destacou que a preocupação e a visão geopolítica dos conflitos socioambientais traduzem as ideias políticas pela busca de uma sociedade mais justa, sustentável e de paz para a região.

Porém, segundo pesquisas realizadas, “os países do Norte são os maiores poluidores, responsáveis pela crise ambiental global e que estão levando à destruição do planeta”. Estes países são os maiores consumidores de energia e água. São os maiores emissores de gases de efeito estufa. Tem as maiores densidades populacionais. São os países mais industrializados. Possuem os maiores bosques de taiga. Apresentam os maiores fluxos comerciais. Concentram a maioria das multinacionais, riqueza e armas estratégicas ou ogivas nucleares. 

Enquanto que os países do Sul possuem as maiores reservas de biodiversidade, lembra o professor, florestas tropicais, reservas de água doce, aquíferos, maior proximidade com a Antártica, reservas de recursos naturais estratégicos como nióbio, iodo, rênio, cobre, estanho, níquel e boro. “Porém, apresentam pouco desenvolvimento industrial, baixa densidade populacional, sem armas estratégicas e um continente desunido, o que é o pior de tudo”. Ele enfatizou também sobre os erros estratégicos que muitos países do Sul estão cometendo recentemente, incluindo o Chile, o Brasil e outros.  

Quem vai ter condições de negociar, indagou?:  “a história é escrita entre vinte e sessenta graus de latitude norte”, destacou. Para 2040, América Latina e África será o novo Sul absoluto. “Nós queremos este cenário? O que estamos fazendo a respeito? Não tem a menor dúvida que o coronavírus afetará ainda mais os países do Sul, em especial, a população das periferias urbanas”, complementou.

Participaram da aula professores e estudantes do Programa, para além de professores da UFSM, Santa Maria, IMED, Passo Fundo e de outros programas de Pós-Graduação da Unijuí. O evento foi coordenado pelos professores Daniel Rubens Cenci e Roberto Carbonera e foi considerado inovador e muito bem avaliado pelos participantes.

Sobre o Programa

O programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade tem como base as Ciências Ambientais, como vocação de pesquisa a interface entre os sistemas naturais com os sistemas produtivos e o amplo espectro de impactos socioambientais. Tem como escopo os desafios do desenvolvimento sustentável, integrando diferentes escalas de análise, com visão sistêmica e multidisciplinar. Busca analisar e compreender as relações entre sistemas naturais e produtivos, abordando as dimensões ambientais, sociais, econômicas, culturais e produtivas, visando a geração de conhecimento para solucionar ou minimizar os impactos negativos gerados pelo desenvolvimento.