Notícias

Ruizinho recebe UNIJUÍ FM para falar sobre Concurso Literário

Nesta quinta-feira foi a vez da Escola de Ensino Fundamental Rui Barbosa, o Ruizinho, receber a Rádio UNIJUÍ FM em ação de divulgação do Concurso Literário “Eu, Meu Personagem e o Meio Ambiente”, que recebe inscrições até o dia 11 de julho. Mais de 300 alunos dos 6º ao 9º anos puderam conhecer de perto a proposta que prevê a escrita de um conto tendo como elementos um ou mais personagens/personalidades da Literatura, da Cultura Popular, da História, da Filosofia, da Arte e/ou da Ciência, fabulando um enredo em relação ao meio ambiente e sustentabilidade em tempos do século 21.

               A comissão avaliadora, composta por professores do curso de Letras da UNIJUÍ, irá selecionar os textos seguindo os critérios de número de páginas (1 a 3), manuscrito a caneta, pela qualidade do enredo, clareza de ideias e cuidados com a escrita segundo gramática e ortografia.

                Os primeiros lugares do 6º, 7º, 8º e 9º ano serão premiados com 1 fone de ouvido sem fio com bluetooth, entrada para cartão de memória SD e rádio FM, com apoio da Ecos Sistema de Ensino, de Ijuí; os segundos lugares ganharão 1 caixa de som com rádio FM, entrada para cartão de memória SD e entrada USB para pendrive para cada colocação, com apoio da Supera Ginástica para o Cérebro, de Ijuí; e para os terceiros lugares, o prêmio será 1 vale-livro e 1 vale-lanche na Literatus Xok’s, de Ijuí. Para estes 12 selecionados o Concurso Literário ainda reserva medalhas de premiação. Para o professor orientador dos primeiros colocados, a UNIJUÍ FM e o curso de Letras irão destinar 1 kit personalizado com produtos UNIJUÍ e NetCopy, além de certificado.

               Os ganhadores serão conhecidos em cerimônia de premiação na UNIJUÍ, marcada para 9 de agosto, com participação das escolas finalistas. Como parte da premiação, ainda haverá um sorteio entre os primeiros lugares de cada ano (ou seja, entre os quatro alunos melhores colocados) de uma bolsa 100% para um ano de curso no Supera Ginástica para o Cérebro. O curso potencializa a capacidade cognitiva aumentando a criatividade, concentração, foco, raciocínio lógico, segurança, autoestima, perseverança, disciplina e coordenação motora. O sorteio será realizado na cerimônia de premiação.

                O Concurso Literário faz parte da edição 2018 do projeto Ações Sustentáveis nas Escolas de Ijuí, que trabalha meio ambiente através do rádio, com apoio da Unimed Noroeste RS e Fonte da Ilha – Água Mineral Natural.


A influência e poder da música na vida das pessoas foi o tema da semana no Rizoma!

Se você já acompanha a 106.9, sabe que a música praticamente conduz o dia a dia de uma rádio FM! No entanto, além de estar presente no cotidiano de quase toda a população, a música também é capaz de nos trazer diversos benefícios. Tal como um gatilho, ela é capaz de ativar áreas específicas do nosso cérebro que nos proporcionam bem-estar; aliviam o estresse; dores emocionais; melhora o sono e potencializa o nosso foco e desempenho em diversas atividades.

Considerando a forte influência da indústria musical nos nossos lares e locais de trabalho, o Rizoma Unijuí decidiu falar sobre "O Poder da Música" em sua temática semanal. E para isso, os estúdios da 106.9 receberam, na manhã desta quarta-feira, 13, o músico e professor de Direito pela Unijuí, Mateus de Oliveira Fornasier; e o psiquiatra Bruno Guidolin, para explicarem como que a música entra na vida de cada um. Entre os assuntos discutidos, foram comentadas questões neurocientíficas; políticas e sociais, além da musicoterapia e da famosa pergunta "por quê certas canções grudam tanto na nossa mente?"

Para o psiquiatra Bruno Guidolin, a música entra no nosso dia a dia quando começamos a trabalhar ligando o rádio, que sempre fez parte das nossas vidas. "Todos nós temos músicas que marcaram a nossa vida e ficam na memória; e como acionar essas memórias, muitas vezes, vem através da melodia, da fala, de situações do seu dia que vão lembrar a sua formatura; o primeiro beijo; aquela dança; etc", disse. Partindo disto, Guidolin explicou a neurociência por trás de onde vêm as emoções responsáveis pelo apego do cérebro à alguma música ou melodia.

De acordo com ele, o cérebro reconhece a fala isoladamente, num lóbulo cerebral chamado de lóbulo temporal. Dentro dessa área, é reconhecida somente a fala. Já o ritmo, melodia e harmonia também estão nesse lóbulo, mas em áreas separadas. "Então o cérebro reconhece a fala, a harmonia e o ritmo, tudo de formas diferentes, no hemisfério esquerdo do cérebro", comentou. O psiquiatra menciona, ainda, que entre os músicos, acontece o contrário, sendo o lado direito responsável pelo processamento de questões como harmonia e ritmo, onde a associação acontece no "lóbulo fronta, que é a parte da frente do nosso cérebro, de onde vêm as emoções e sentimentos", complementou.

Já o professor Mateus Fornasier foi músico profissional durante toda a época em que estudava. Na sua fala, explanou sobre a ascensão do K-pop sul coreano, fazendo um paralelo com as transformações políticas e sociais influenciadas pela música - e vice-versa. "Dá pra traçar esse paralelo do poder entre um cenário ditatorial, totalmente nacionalista, onde o estado controlava tudo e a música popular sul coreana era uma música ufanista; quando se liberou no sentido político e econômico, tornou-se um mercado extremamente lucrativo e ao mesmo tempo ganhou engajamento de toda a população", explicou.

Para Fornasier, que afirma ter iniciado na música como fã, ainda na infância, ouvindo o já tradicional Rock Gaúcho, a música brasileira também reflete transformações importantes da história de um país. "Músicas como Que País é Esse?, do Legião Urbana; ou Estrangeiro, dos Titãs; são músicas que refletem muito bem o momento de passagem daquele resquício de ditadura (1967) até a discussão de uma nova constituição (1988)", exemplificou.

Logo abaixo, você confere a entrevista completa com o professor Mateus Fornasier e o psiquiatra Bruno Guidolin:

E para acessar a transmissão ao vivo feita pelo Facebook, clique aqui.


UNIJUÍ FM entra em campo com programação voltada à Copa do Mundo

Programa no formato de mesa redonda e projeto que traz curiosidades sobre a cultura da Rússia e o Mundial estreiam nesta quinta-feira

ViKtoria Kaygorodova e Milana Cheremisina, intercambistas da UNIJUÍ que colaboraram com "A Rússia como ela é"

 

          Você sabia que na Rússia existem onze fusos horários diferentes? E que neste País existe a maior concentração de pessoas com Ensino Superior do mundo? Ou ainda, que foram os russos que inventaram a tabela periódica, a televisão, o rádio e até mesmo o foguete espacial? É neste clima de curiosidades sobre o País sede da Copa do Mundo FIFA 2018 que a UNIJUÍ FM entra em campo nesta quinta-feira. 

          Durante os meses de junho e julho, integra a programação da emissora o programete "A Rússia como ela é", com informações sobre a história do mundial, com o professor do curso de Educação Física da UNIJUÍ, Robson Borges, e com dicas culturais da Rússia, compartilhadas pelas intercambistas do Curso de Letras, ViKtoria Kaygorodova e Milana Cheremisina. O programete vai ao ar diariamente às 9h, 14h, 17h30 e 20h30, sendo na sequência disponibilizado em podcast no site da Rádio. O programete conta com o apoio cultural de Hotel e Restaurante D'napoles. 

          Para marcar o clima de Copa do Mundo, também entra no ar nesta quinta-feira, o programa Seleção UNIJUÍ FM, uma mesa redonda ao vivo, às quintas-feiras, a partir das 12h30. No ar, alunos e egressos formam um time de gente jovem para discutir sobre futebol, a atuação do Brasil, os jogos, os gols, as zebras, informação com descontração em tempos do Mundial. 

          A seleção do Seleção UNIJUÍ FM são: o egresso do curso de Ciência da Computação, Miquéias Trennepohl; egresso do curso de Engenharia Elétrica, Darlei Schiling; acadêmico de Ciência da Computação, Matthias Trennepohl; a acadêmica do curso de Jornalismo, Valéria Foletto; e o acadêmico de Jornalismo e estagiário da Rádio UNIJUÍ FM, Hector Gomes.

          A mesa redonda é ao vivo durante quatro quintas-feiras, às 12h30, com live no Facebook, que permite sugestões de temas e assuntos. Lembrando que a participação do ouvinte também pode acontecer através do grupo do whatsapp Seleção UNIJUÍ FM, com convite através do link: https://bit.ly/2sZYTF7

 

Brasil na Copa do Mundo

          A estreia da seleção verde e amarela é no domingo, às 15h, contra a Suíça. Ainda na fase de grupos enfrenta Costa Rica no dia 22, às 9h, fechando contra a Sérvia no dia 27 de junho, às 15h. O jogo de estreia do Mundial acontece durante o programa Seleção UNIJUÍ FM, entre a anfitriã Rússia e a Arábia Saudita. 


As maiores histórias de amor da literatura invadem o rádio no mês dos Namorados

          A UNIJUÍ FM está com série nova na programação. Trata-se de “Amores em Páginas”, programete que traz as maiores histórias de amor da Literatura, embalando o mês dos Namorados.

         

          Nas ondas do rádio aparecem protagonistas do amor romântico, ícones universalmente reconhecidos, como “Romeu e Julieta”; a relação apaixonada de dois adolescentes vivendo o primeiro amor e as perspectivas sobre este relacionamento e o câncer, na pele de Hazel Grace e Augustus Waters, de “A Culpa é das Estrelas”; e casais clássicos da literatura brasileira como Bentinho e Capitu, das páginas de “Dom Casmurro”, e Peri e Ceci, de “O Guarani”.

          Mistos de amor, raiva, paixão e ódio também estão no roteiro da série, que fala dos casais de grandes obras da literatura como “O Morro dos Ventos Uivantes” (de Emily Brontë), “Orgulho e Preconceito” (de Jane Austen), “Anna Karenina” (de Liev Tolstói) e “O Amor em Tempos do Cólera” (do autor Gabriel Garcia Marquez).

          O amor verídico que se passa em tempos de guerra no Sul do País, desenhado por Anita e Giuseppe Garibaldi, e a ficção do gaúcho Érico Veríssimo ao criar Bibiana e Rodrigo Cambará das páginas de “O Tempo e o Vento” fecham os personagens do “Amores em Páginas”, que além da história e de versos de amor, também compartilham as trilhas sonoras das adaptações das obras para o teatro, ópera e cinema.

           “Amores em Páginas”, uma produção da Rádio UNIJUÍ FM, tem apoio da Pano Leve e vai ao ar às 12h, 16h e 22h. Após o dia 15 de julho a série passa a ser disponibilizada na sessão de podcast, no site www.radio.unijui.edu.br.


Sub-categorias