Destaques do Comunic@

Uma cerimônia realizada na tarde de hoje (15), no auditório central, marcou a posse do novo Pró-Reitor da Unijuí Campus Santa Rosa. A Reitoria juntamente com expressivo número de autoridades políticas e representativas da região, assim como a comunidade acadêmica envolvida com a Universidade, participaram do ato. A Presidente da Fidene e Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring, realizou abertura da cerimônia de posse, por meio da portaria que nomeava o novo Pró-Reitor do Campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer. Na sequência o Professor Ariosto Sparemberger em seu pronunciamento destacou que durante a sua gestão foram construídos muitos avanços, melhorias e mudanças. “Todo o trabalho foi possível devido ao envolvimento e participação dos nossos técnicos, professores, coordenadores de cursos e alunos. Da mesma forma o envolvimento com a comunidade externa por meio de programas, projetos e parcerias em especial com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa. Todo este trabalho foi exemplar e contribuiu para consolidar a presença da Universidade junto à comunidade”, ressaltou Ariosto.  Para o novo Pró-Reitor do Campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer, Santa Rosa e região possuem características próprias, que devem ser levadas em conta no momento do planejamento institucional para integrar de forma plena a Universidade Regional com a comunidade local. “Queremos todos alcançar o mesmo objetivo, o desenvolvimento regional sustentado e sustentável para a melhor qualidade de vida das pessoas num ambiente sadio, e a Universidade tem uma fundamental importância na formação de sujeitos com sólida base crítico-reflexiva, com ampla visão empreendedora e voltada para a atuação no mercado de trabalho”. A Reitora da Unijuí, professora Cátia, enfatizou em seu pronunciamento os desafios para o novo Pró-Reitor. “O desafio colocado ao nosso Pró-Reitor é que ele seja, de fato, o articulador, com as diferentes lideranças de Santa Rosa e da Grande Santa Rosa, na construção de projetos em parceria que possam contribuir para o desenvolvimento desta região, a partir do que a Universidade possui enquanto expertise. Não podemos fazer tudo, mas o que nos propusemos a fazer em parceria, precisamos fazer e realizar com toda responsabilidade e competência de uma grande Universidade”, finaliza a Reitora. O Campus Santa Rosa completa esse ano 29 anos, possui cerca de 1000 estudantes nos 13 cursos de graduação: Administração, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física (bacharelado e licenciatura), Engenharia Civil, Engenharia de Software; Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia da Produção, Pedagogia, Psicologia e Gestão de Cooperativas (tecnólogo). Ao longo de sua trajetória,


Uma cerimônia realizada na tarde de hoje (15), no auditório central, marcou a posse do novo Pró-Reitor da Unijuí Campus Santa Rosa. A Reitoria juntamente com expressivo número de autoridades políticas e representativas da região, assim como a comunidade acadêmica envolvida com a Universidade, participaram do ato. A Presidente da Fidene e Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring, realizou abertura da cerimônia de posse, por meio da portaria que nomeava o novo Pró-Reitor do Campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer. Na sequência o Professor Ariosto Sparemberger em seu pronunciamento destacou que durante a sua gestão foram construídos muitos avanços, melhorias e mudanças. “Todo o trabalho foi possível devido ao envolvimento e participação dos nossos técnicos, professores, coordenadores de cursos e alunos. Da mesma forma o envolvimento com a comunidade externa por meio de programas, projetos e parcerias em especial com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa. Todo este trabalho foi exemplar e contribuiu para consolidar a presença da Universidade junto à comunidade”, ressaltou Ariosto.  Para o novo Pró-Reitor do Campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer, Santa Rosa e região possuem características próprias, que devem ser levadas em conta no momento do planejamento institucional para integrar de forma plena a Universidade Regional com a comunidade local. “Queremos todos alcançar o mesmo objetivo, o desenvolvimento regional sustentado e sustentável para a melhor qualidade de vida das pessoas num ambiente sadio, e a Universidade tem uma fundamental importância na formação de sujeitos com sólida base crítico-reflexiva, com ampla visão empreendedora e voltada para a atuação no mercado de trabalho”. A Reitora da Unijuí, professora Cátia, enfatizou em seu pronunciamento os desafios para o novo Pró-Reitor. “O desafio colocado ao nosso Pró-Reitor é que ele seja, de fato, o articulador, com as diferentes lideranças de Santa Rosa e da Grande Santa Rosa, na construção de projetos em parceria que possam contribuir para o desenvolvimento desta região, a partir do que a Universidade possui enquanto expertise. Não podemos fazer tudo, mas o que nos propusemos a fazer em parceria, precisamos fazer e realizar com toda responsabilidade e competência de uma grande Universidade”, finaliza a Reitora. O Campus Santa Rosa completa esse ano 29 anos, possui cerca de 1000 estudantes nos 13 cursos de graduação: Administração, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física (bacharelado e licenciatura), Engenharia Civil, Engenharia de Software; Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia da Produção, Pedagogia, Psicologia e Gestão de Cooperativas (tecnólogo). Ao longo de sua trajetória,


                 A Unijuí está com novidades no Ensino a Distância. Com o objetivo de qualificar as ofertas na modalidade, os estudantes terão a disponibilidade de uma nova plataforma, o Moodle, ambiente virtual que a Universidade passará a usar, garantindo mais conectividade para qualificar a aprendizagem. Dessa forma, a Unijuí vai ofertar novos cursos, sendo eles: Administração (Bacharelado) Ciências Contábeis (Bacharelado) Gestão Financeira (Tecnologia) Gestão de Recursos Humanos (tecnologia) Gestão de Micro e Pequenas Empresas (Tecnologia) Logística (Tecnologia) Processos Gerenciais (Tecnologia) Os cursos são organizados em três módulos no ano, com uma carga horária que permita um bom aproveitamento e aprendizagem do aluno. O estudante poderá agendar sua prova ao final de cada módulo. As aulas neste ano começarão no dia 22 de abril de 2019.


                Na EFA, a quarta feira, dia 13 de fevereiro, iniciou de forma lúdica e descontraída. Professores e funcionários da Escola foram recepcionados de forma calorosa pela diretora Maria do Carmo Pilissão, vice-diretora Janete Maria Strieder e demais professoras que compõe a equipe com um café da manhã. Logo após, visando fortalecer o projeto educativo da EFA, deu-se início o Ciclo de Estudos 2019. Na ocasião, com uma bela mensagem e uma retrospectiva de 2018, foi dado continuidade aos trabalhos, comemorando junto aos professores o acréscimo de alunos e famílias que decidiram apostar no projeto da Escola. Marcou também o primeiro dia do ciclo, além das atividades de planejamento, a roda de conversa conduzida pela professora de Direito da Unijuí, Joice Nielsson, que abordou temas como a sensibilização, acolhimento e resolução de conflitos. O Ciclo de Estudos fecha a semana que antecede o início do ano letivo da EFA, e um dos pontos importantes do encontro foi o alinhamento da jornada de pesquisa, que esse ano abordará o tema “EFA pela cultura: revitalizar e construir”. Com esse tema pretendemos movimentar vários setores da sociedade Ijuiense buscando refletir sobre o Lazer como prática Cultural – Diálogos e Experiências. Segunda feira, dia 18 de fevereiro, com ambientes renovados, estaremos aguardando nossos alunos do turno da manhã às 8h e os do turno da tarde às 13h30.


                         Nos dias 12 e 13 de fevereiro, o 17º Vida no Campus movimentou e atraiu crianças, jovens, adultos e idosos para o Campus da Unijuí. O público prestigiou as diversas atividades oferecidas durante o evento. O Vida no Campus buscou promover lazer e integração para a comunidade por meio das práticas corporais relacionadas à recreação, jogos, esportes reduzidos, práticas de aventura, exercício físico, promoção de saúde e bem-estar, tudo de forma gratuita. Cama elástica, tênis de mesa, arremesso ao cesto, jogos de mesa, rapel, espiribol, jogos de vôlei e futebol reduzidos, entre outros, fizeram parte da programação. Um Aulão de Zumba e Ritmos e uma Roda de Capoeira movimentou o primeiro dia do evento. Ainda, integrantes do Grupo de Qualidade de Vida da Unimed Noroeste e do PITI/Unijuí participaram de uma atividade especial. A ação foi promovida pelos alunos do Componente Curricular Atividade Física e Envelhecimento Humano do Curso de Educação Física, ministrado pela Professora Stela Maris Stefanello Stefanello. Na quarta-feira, a Academia Fórmula Fitness realizou uma aula de Jump para os participantes, e aconteceu uma descida de carrinho de rolimã em uma das ruas do campus universitário, com a organização do grupo Rolimã da 14. Durante todo o evento o Ponto do Diabético realizou verificação de índice glicêmico e pressão arterial do público interessado. A Unimed esteve distribuindo maças buscando incentivar hábitos diferentes, como optar por alimentos saudáveis diariamente. A Ervateira Seiva Pura disponibilizou erva mate e água quente para o chimarrão e a venda de lanches ficou por conta do CAEF – Centro Acadêmico de Educação Física. A terceira noite do evento não foi realizada devido à chuva. Contudo a programação contou com um bom público que aderiu a proposta realizada. O 17º Vida no Campus teve como objetivo promover fins de tarde diferenciados para a comunidade e incentivar a prática de esportes e exercícios físicos de forma recreativa e saudável. A 17ª edição do Vida no Campus foi uma promoção do Curso de Educação Física da UNIJUÍ, organizado e executado pelo Núcleo de Eventos com o apoio dos acadêmicos do Curso, Centro Acadêmico do Curso de Educação Física – CAEF, Diretório Central de Estudantes – DCE, Net. Copy, Academia Fórmula Fitness, Unimed, Ervateira Seiva Pura, Ponto do Diabético, Projeto Ijuí Pró-Vôlei, Grupo Rolimã da 14 de Julho e Grupo Oxósse.  


                      O Vestibular de Medicina está com inscrições abertas até o próximo domingo, dia 17 de fevereiro, pelo site da Universidade. Para validar a inscrição, que terá um valor de R$ 180, os candidatos obrigatoriamente deverão ter prestado o Enem a partir do ano de 2015, obtendo no mínimo 450 pontos. Uma característica da seleção para o curso de Medicina na Unijuí está em valorizar os estudantes e escolas da região Noroeste do Estado: candidatos que cursaram todo o ensino médio e o concluíram em escolas – públicas ou particulares – de um dos cinco Coredes da região Noroeste (Noroeste Colonial, Fronteira Noroeste, Missões, Celeiro e Alto Jacuí) terão cinco pontos somados à média final do processo seletivo. Os candidatos terão que realizar uma prova com 40 questões objetivas e elaborar uma redação, em no máximo 4 horas, no dia 24 de fevereiro, em Ijuí, de forma presencial. Outro detalhe deste edital diz respeito à aprovação dos futuros estudantes do curso: para garantir uma das 30 vagas na primeira turma, os candidatos serão avaliados pela nota obtida na prova do concurso Vestibular, aplicado pela Universidade, e pela nota global do Enem, ou seja, será realizada uma média dessas duas notas para determinar a classificação final. O curso na Unijuí O curso tem uma proposta generalista com atuação do profissional em defesa da vida e em conformidade com as políticas públicas de saúde, seja na atenção em saúde, seja na gestão em saúde, seja em educação em saúde. De acordo com a professora Cristina Pozzobon, Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, essas são as três grandes áreas pelas quais perpassará a formação e, consequentemente, a possibilidade de atuação profissional do médico graduado na Unijuí. O Curso terá nove mil horas de aulas teóricas e práticas distribuídas em seis anos, ou seja, doze semestres. Os estudantes do Curso de Medicina da Unijuí terão aulas nos turnos da manhã e da tarde, quase que integralmente, e estágios no Sistema Único de Saúde e nos hospitais que fazem parte do projeto do curso: Hospital de Caridade de Ijuí, Hospital Bom Pastor e Hospital de Panambi. Segundo a professora Cristina, a formação dos estudantes possibilitará a atuação profissional em qualquer área. “Propusemos a formação de um profissional que vai receber a sua aprendizagem em uma complexidade crescente que começa na atenção primária da rede de saúde até chegar ao hospital. Isso dará conta da formação


1

Baixe o aplicativo Unijuí FM

Fale conosco

Ícone Whatsapp 55 99131 5487
Ícone Skype radio@unijui.edu.br