Destaques do Comunic@

                A Simula e Aprova, que no ano de 2014 iniciou suas atividades tendo como sede a Incubadora CRIATEC, está lançando um novo produto voltado diretamente às Instituições de Ensino Superior. Com atuação direta na preparação de acadêmicos para o ENADE – Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o foco deste novo produto agora é voltado aos egressos. A partir de um contato mais próximo com universidades de todo o Brasil, verificou-se a necessidade de criarmos uma solução para que as mesmas pudessem monitorar os seus ex-alunos. Assim, foi criada a plataforma online batizada como “Siga o Egresso”. Como proposta, desenvolvemos um sistema para que as IES possam monitorar com o máximo de informações a vida acadêmica e profissional dos seus egressos. Buscaremos informações acerca dos ex-alunos em plataformas online (Currículo Lattes, LinkedIn e ORCID) para traçar o perfil geral dos egressos, perfil por curso e ano, além de diversas informações importantes que servirão como subsídio para tomadas de decisões, tais como:             - Cursos realizados pelo egresso;             -  Quantidade de egressos formados por cada curso da IES;             - Comparação do perfil do egresso esperado pela IES com os resultados a serem coletados;             - Gráficos de publicações científicas;             - Inserção social (projetos de pesquisa e atividades de trabalho);             - Número de orientações por egresso;             - Participações em bancas;             - Cursos complementares x área do curso de graduação ou de pós-graduação realizado na IES;             - Produções bibliográficas.  A plataforma Siga o Egresso encontra-se em fase final de testes e estará disponível para utilização a partir do dia 03/02/2020. Mais informações podem ser encontradas através do site: www.sigaoegresso.com.br e pelo telefone (55) 3308-1400.


                A Simula e Aprova, que no ano de 2014 iniciou suas atividades tendo como sede a Incubadora CRIATEC, está lançando um novo produto voltado diretamente às Instituições de Ensino Superior. Com atuação direta na preparação de acadêmicos para o ENADE – Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, o foco deste novo produto agora é voltado aos egressos. A partir de um contato mais próximo com universidades de todo o Brasil, verificou-se a necessidade de criarmos uma solução para que as mesmas pudessem monitorar os seus ex-alunos. Assim, foi criada a plataforma online batizada como “Siga o Egresso”. Como proposta, desenvolvemos um sistema para que as IES possam monitorar com o máximo de informações a vida acadêmica e profissional dos seus egressos. Buscaremos informações acerca dos ex-alunos em plataformas online (Currículo Lattes, LinkedIn e ORCID) para traçar o perfil geral dos egressos, perfil por curso e ano, além de diversas informações importantes que servirão como subsídio para tomadas de decisões, tais como:             - Cursos realizados pelo egresso;             -  Quantidade de egressos formados por cada curso da IES;             - Comparação do perfil do egresso esperado pela IES com os resultados a serem coletados;             - Gráficos de publicações científicas;             - Inserção social (projetos de pesquisa e atividades de trabalho);             - Número de orientações por egresso;             - Participações em bancas;             - Cursos complementares x área do curso de graduação ou de pós-graduação realizado na IES;             - Produções bibliográficas.  A plataforma Siga o Egresso encontra-se em fase final de testes e estará disponível para utilização a partir do dia 03/02/2020. Mais informações podem ser encontradas através do site: www.sigaoegresso.com.br e pelo telefone (55) 3308-1400.


                   O Coral Unijuí está com edital para a seleção de vozes femininas e masculinas para o grupo, preferencialmente na busca de vozes masculinas. Além de seleção de instrumentistas (teclado, bateria, violão, baixo, guitarra, percussão). O prazo de inscrição vai até as 23h59 do dia 25 de fevereiro de 2020 e pode ser realizada pelo e-mail coral@unijui.edu.br, mediante confirmação. Também serão realizadas entrevistas com os concorrentes. Confira todos os detalhes no site da Unijuí, na página de editais. O Coral da UNIJUÍ é um espaço de integração entre o meio universitário e a comunidade, que leva a cultura em forma de música a diferentes públicos. Há mais de 20 anos a história do Coral UNIJUÍ se confunde com a história cultural da região levando a alegria da música. É um projeto cultural vinculado a Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da UNIJUÍ. Apresentando-se em diversas oportunidades o Coral tornou-se um espaço de integração do meio universitário com a comunidade, levando a cultura em forma de música a diferentes públicos. O grupo é formado por estudantes, professores, funcionários, ex-alunos da Instituição, além de membros da comunidade. Desde 2015, assumiu a regência e coordenação do Coral Helena Sala, Licenciada em Música pela Universidade Federal de Santa Maria e Mestre em Ciências da Educação pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto.


                     As inscrições para o Vestibular de Medicina da Unijuí estão abertas até o dia 26 de janeiro de 2020. Acesse www.unijui.edu.br/vestibularmedicina e saiba mais sobre o processo seletivo.                    O curso de Medicina da Unijuí é o único ofertado na região Noroeste do Rio Grande do Sul. Vinculado a Universidade que já possui décadas de trajetória na formação na área da saúde, por meio do ensino e de intervenções em projetos de Pesquisa e Extensão, contribuindo para a ampliação e a qualidade dos serviços em saúde para toda a comunidade regional. O curso prepara os futuros profissionais para a atuação, da atenção básica à alta complexidade, de forma integrada e contínua, atendendo aos pressupostos básicos da medicina: atenção à saúde universal, integral, equitativa e de qualidade. Segundo o coordenador do curso de Medicina, professor Jorge Ralf Brust, um dos diferenciais da oferta na Unijuí é a carga horária de 9 mil horas/aula, maior do que outros cursos do Estado, ampliando a formação dos futuros médicos da região. “Durante todo o curso temos, de forma transversal, um cuidado com a formação pessoal do estudante, uma estrutura de apoio importante”, salienta. Outro fator diferencial é a estrutura da Rede Básica em Saúde de Ijuí e também dos Hospitais conveniados, que tem uma estrutura diferenciada, onde grande parte da formação acontece por meio de uma atuação no Sistema Único de Saúde (SUS). “Os estudantes, desde a primeira semana do curso já passam a atuar na comunidade, claro que de forma gradual, observando, perguntando, conhecendo o SUS, a gestão e outros aspectos de saúde”, complementa. Desta forma, o curso de Medicina da Unijuí prepara o profissional para atuar nas áreas de atenção à saúde, de gestão e educação em saúde, nos sistemas público e privado, atendendo às necessidades individuais e coletivas em diferentes cenários de trabalho: unidades básicas de saúde, unidades sanitárias especializadas, ambulatórios, serviços de vigilância sanitária, assistência domiciliar, na comunidade (escolas e creches), unidades especializadas em reabilitação física, serviços de atendimento móvel de urgência, hospitais-dia, hospitais secundários e terciários com todos os seus serviços (inclusive pronto-atendimento e emergência), consultório/clínicas, instituições de ensino e/ou pesquisa.                                         Como serão as futuras instalações do Complexo de Ciências da Saúde, no Campus Ijuí Estrutura qualificada para uma


                    Com o objetivo de promover o acesso da informação, além de apresentar para a comunidade discussões relacionadas com a temática dos Direitos Humanos, a Unijuí desenvolve o Projeto de Extensão “Cinema e Direitos Humanos”, vinculado Programa de Mestrado e Doutorado em Direito. Só em 2019 foram realizadas 20 exibições de filmes, destacando títulos como “À Espera”, “Preciosa”, “Green Book”, entre outros. O Projeto pretende debater, em roda de conversa, com a participação de professores, estudantes e comunidade, assuntos relacionados aos Direitos Humanos, utilizando a linguagem cinematográfica para realizar contribuições com a cidadania. Dessa forma, são realizadas sessões em escolas e outras instituições públicas e privadas da região Noroeste do Estado. Segundo o coordenador do Programa de Mestrado e Doutorado em Direito da Unijuí, professor Maiquel Wermuth, o Projeto “Cinema e Direitos Humanos” surgiu a partir de uma experiência que tem sido implementada ao programa desde 2015. “Nós começamos a fazer uma vez por mês a exibição de uma obra cinematográfica que tivesse relação com a temática dos direitos humanos, e, após a sessão, ocorria um debate sobre o filme com professores e alunos ou convidados. Em 2019 o projeto foi institucionalizado, visando fazer com que o conhecimento acerca dos direitos humanos transpasse as barreiras da academia e chegue até a comunidade por meio da linguagem cinematográfica. Acreditamos que essa linguagem possui uma capacidade de sensibilização da comunidade para temas que muitas vezes são abordados por uma linguagem mais dura e acadêmica, que muitas vezes não atinge o grande público”, complementa. “A inserção metodológica da roda de conversa funciona como mecanismo de construção dialógica no processo de ensino e aprendizagem, apresentando-se como possibilidades metodológicas de comunicação dinâmica e produtiva das pessoas que participam das sessões de cinema”, reforça o professor Maiquel. “Além disso, por meio da técnica da roda de conversa se constitui um espaço aberto, plural, para discussão dos temas que permeiam os filmes que são exibidos no projeto”, salienta. Outro objetivo que o projeto alcança é divulgação dos filmes de diretores nacionais e internacionais de curtas e longas metragens, ficções e documentários que atingem diferentes público, integrando a universidade com a comunidade externa. O projeto tem recebido algumas mostras do cinema que são promovidas por outras instituições, incluindo o governo federal, se tornando um ponto de exibição dos filmes que circulam por essa mostra. Acompanhe as atividades do Projeto pelas Redes Sociais. 


                      Fundada em 2019 com foco em acelerar startups do interior do Estado, a Stars Aceleradora, com sede em Santa Maria, realizou o primeiro processo seletivo de startups para o seu programa de aceleração e rodada de investimento no segundo semestre de 2019, quando foram selecionadas seis startups com modelo de negócio repetível, escalável e grande potencial de crescimento. Entre estas empresas, se encontra a ZenFisio, startup criada como spin-off (empresa derivada) da empresa 13 Bits Soluções em Tecnologia da Informação, incubada e graduada pela Incubadora Criatec. O Sistema ZenFisio (www.zenfisio.com) tem como propósito oferecer ao mercado uma solução online, fácil de utilizar e que permita uma gestão prática e eficiente para clínicas, consultórios e profissionais de Fisioterapia e demais áreas da saúde, proporcionando mais organização e produtividade para o dia a dia de trabalho dos seus clientes. O sistema é completo, com cadastros de pacientes, histórico de atendimentos, prontuário eletrônico, gestão completa da agenda, controle financeiro prático e integrado aos atendimentos e pacotes de serviços, além de relatórios que mostram informações gerenciais sobre o negócio e auxiliam na tomada de decisão para melhorias na gestão. O resultado do processo seletivo ocorreu em novembro. “O que nos enche de orgulho e aumenta ainda mais nossa empolgação e compromisso para tornar a ZenFisio referência em solução de gestão para clínicas da área de Fisioterapia e áreas relacionados em todos o Brasil”, comenta Cledison Eduardo Fritzen, co-fundador e responsável pelas áreas de marketing e vendas na startup. A startup ijuiense atende empresas de diferentes segmentos, como clínicas e consultórios de Fisioterapia, profissionais da área, clínicas de beleza e estúdios de pilates, contando atualmente com mais de 400 clientes espalhados por todo Brasil e até mesmo em outros países. Com o ingresso no programa de aceleração da Stars e o investimento recebido, a ZenFisio terá condições de investir ainda mais no desenvolvimento do produto e novidades para o sistema, na equipe de atendimento para melhorar o suporte e relacionamento com os clientes/usuários e também em ações de marketing para aumentar a atração de novos clientes e usuários. Além de continuar disponibilizando conteúdos úteis e relevantes sobre gestão e marketing para clínicas no Blog SouFisio (www.soufisio.com.br). O objetivo da ZenFisio para este ano é aumentar em três vezes o seu faturamento e alcançar mais de mil clientes até o final de 2020.                   


1

Baixe o aplicativo Unijuí FM

Fale conosco

Ícone Whatsapp 55 99131 5487
Ícone Skype radio@unijui.edu.br