Destaques do Comunic@

O Vestibular Mais 2019 da Unijuí está na última semana de inscrições. Essa é mais uma oportunidade de ingresso no ensino superior ainda no primeiro semestre de 2019. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de janeiro no Portal da Unijuí. A prova, composta por questões objetivas e redação, será aplicada no dia 03 de fevereiro a partir das 8h30 nos quatro campi da Universidade: Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos. O gabarito será divulgado no dia 04, um dia após a prova, e o listão dia 05 de fevereiro. A Unijuí possui excelentes indicadores de qualidade atribuídos pelo Ministério da Educação. Conceituada com nota 4 atribuído ao Índice Geral dos Cursos, de um máximo de 5, se caracteriza como umas das melhores Universidades privadas do país. São mais de 30 opções de cursos de graduação nas diferentes áreas do conhecimento para fazer a diferença e colaborar com um mundo melhor.   


O Vestibular Mais 2019 da Unijuí está na última semana de inscrições. Essa é mais uma oportunidade de ingresso no ensino superior ainda no primeiro semestre de 2019. As inscrições podem ser feitas até o dia 28 de janeiro no Portal da Unijuí. A prova, composta por questões objetivas e redação, será aplicada no dia 03 de fevereiro a partir das 8h30 nos quatro campi da Universidade: Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos. O gabarito será divulgado no dia 04, um dia após a prova, e o listão dia 05 de fevereiro. A Unijuí possui excelentes indicadores de qualidade atribuídos pelo Ministério da Educação. Conceituada com nota 4 atribuído ao Índice Geral dos Cursos, de um máximo de 5, se caracteriza como umas das melhores Universidades privadas do país. São mais de 30 opções de cursos de graduação nas diferentes áreas do conhecimento para fazer a diferença e colaborar com um mundo melhor.   


Por: Juliana Andretta Os extensionistas da Unijuí, selecionados para o Projeto Rondon-Operação Parnaíba 2019, chegaram ao estado do Piauí na manhã de sexta-feira, 18 de janeiro. Após diferentes capacitações e reuniões de preparação para as oficinas, os rondonistas iniciaram a viagem no dia 17, com a ida ao Aeroporto Internacional Salgado Filho, de Porto Alegre. Os mesmos se deslocaram de avião até Brasília, onde realizaram uma conexão para Teresina. Na capital piauiense, os universitários e professores foram encaminhados ao 25° Batalhão de Caçadores, onde permaneceram até o domingo (20), quando foram deslocados aos municípios de destino para a execução das atividades de integração social, cidadania e educação. Desde outubro de 2018, quando os acadêmicos de diversas universidades do país foram selecionados, iniciou-se a corrida contra o tempo pra a preparação dos mesmos. A orientação por parte dos coordenadores se deu a partir do conhecimento da realidade de cada município para onde seriam enviados os grupos, por meio da viagem precursora feita pelos mesmos. Deste modo, iniciou a definição dos temas a serem trabalhados nas oficinas ministradas em cada uma das comunidades visitadas. Os projetos pilotos, realizados nas comunidades de origem das instituições de ensino, buscaram identificar a viabilidade das ações planejadas, a fim de esclarecer dúvidas e organizar questões pendentes. Após as capacitações, os extensionistas realizaram a viagem. Universidades de Piauí, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, entre outras, totalizando nove estados, se encontraram em Teresina. Mais de 300 acadêmicos e professores de 31 instituições de ensino se reuniram para socializar e participar de momentos de descontração. Na parte da noite, ocorreu a formatura dos militares do 25° Batalhão de Caçadores na capital Teresina, com a presença de representantes militares e dos rondonistas. Em seguida, foi servido o jantar com direito a comidas típicas e atrações culturais locais. Na manhã do dia 19 ocorreu a abertura oficial da Operação Parnaíba 2019, em Teresina, no Piauí. Estiveram presentes os universitários extensionistas, os coordenadores das IES, militares, representantes municipais, incluindo prefeitos e secretários, além da governadora em exercício do estado piauiense, Regina Souza (PT). A abertura da operação contou com o discurso de boas-vindas aos rondonistas e mensagens positivas, que ressaltaram a importância do projeto Rondon para o país em prol do desenvolvimento social e bem-estar da comunidade. À tarde acadêmicos e professores tiveram a oportunidade de conhecer pontos turísticos de Teresina, como a famosa Ponte Estaiada, e fortalecer laços com os demais


A Unijuí está com inscrições abertas para o reingresso, para troca de curso ou de instituição até o dia 08 de março. O Extravestibular da Unijuí possibilita ainda o ingresso de diplomados em curso superior para segunda graduação. Por meio do Extravestibular é possível também o Ingresso Especial, destinado aqueles que desejam fazer uma ou mais disciplinas para antecipar estudos a serem aproveitados logo após a realização do concurso vestibular, para estudantes que já concluíram o Ensino Médio. Ou, ainda, para fins culturais ou de atualização profissional. O Edital do Extravestibular está disponível no Portal da Unijuí, unijui.edu.br/extravestibular. No endereço é possível também fazer a sua inscrição e consultar outros benefícios que a Universidade oferece.  


Estudar em uma Universidade é fazer uma escolha por uma graduação baseada no ensino, na pesquisa e na extensão, em todas as áreas do conhecimento. Isso significa contribuir com o desenvolvimento da região e fazer parte da transformação do cotidiano da comunidade, além de estar preparado para a vida acadêmica e para o mercado de trabalho. A Unijuí é uma Universidade completa, reconhecida pelo Ministério da Educação e, inclusive, com excelente avaliação. A pesquisa desenvolvida aqui, por professores e estudantes, contribui para o avanço da ciência, que ajuda na melhoria da qualidade de vida de todos. Além disso, tudo aquilo que é aprendido em sala de aula e se transforma em projetos que ultrapassam os muros da Universidade, é chamado de extensão. Isso beneficia de forma prática a população. Na Unijuí, além da excelência do ensino construída em mais de 60 anos de história, são mantidos projetos de pesquisa e extensão em várias áreas, como alimentação, saúde, meio ambiente, cidadania, economia, ciência e educação. Para que isso seja possível, um terço dos professores, pelo menos, possuem título de mestrado ou doutorado. Quanto maior a titulação dos professores, mais tempo de pesquisa e mais experiência eles têm para transmitirem conhecimento aos estudantes. Esse é um dos requisitos para ser Universidade. Uma universidade deve também desenvolver, pelo menos, quatro programas de mestrado e doutorado com boa qualidade, o que garante a continuidade da formação de seus estudantes. A Unijuí possui sete mestrados e quatro doutorados. Todos esses quesitos são avaliados pelo MEC na hora de dar um título de Universidade a uma instituição. E a Unijuí é muito bem conceituada, com nota 04 no MEC. Na hora de pensar na sua formação profissional, pense que uma Universidade pode oferecer muito mais a você. Encontre o melhor de você. As inscrições para o Vestibular Mais 2019 da Unijuí estão abertas até o dia 28 de janeiro. As inscrições para o Vestibular de Medicina da Unijuí seguem abertas até o dia 17 de fevereiro. Acesse unijui.edu.br/vestibular ou unijui.edu.br/vestibularmedicina  e inscreva-se.


A Unijuí, após autorização do Ministério da Educação, no dia 26 de dezembro de 2018, para a oferta do curso de Medicina, com Edital do Concurso Vestibular aberto no dia 07 de janeiro de 2019, tendo mais de 150 inscritos no dia de hoje, recebeu notificação judicial movida pelo CREMERS. O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio Grande do Sul, apresentou no dia 9 de janeiro deste ano, à Justiça Federal ação civil pública contra a União e a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ, com pedido de tutela provisória para a suspensão da autorização de criação da Faculdade de Medicina e do concurso Vestibular. Tal solicitação soa estranho, considerando que o município de Ijuí foi habilitado em processo de Edital em 2013 e a Unijuí em 2018. O Edital que habilitou o município de Ijuí envolveu três outras cidades do Rio Grande do Sul, as quais não foram questionadas pelo CREMERS e hoje oferecem o curso de Medicina. O CREMERS justifica o pedido alegando excesso de profissionais no município de Ijuí, sendo, portanto, desnecessária a implantação da faculdade de Medicina na Unijuí. Tal argumento não procede, pois desconhece todo o processo do Edital e da região de abrangência do curso, que mostra com clareza a necessidade de abertura do curso nessa região. A Unijuí, cientificada pela justiça, trabalha por meio da sua Assessoria Jurídica para tomar as providências jurídicas cabíveis ao caso. Informa que acredita na transparência e lisura dos processos que envolveram a homologação e implantação do curso de Medicina no município de Ijuí e na Unijuí. Da mesma forma, ratifica a importância e o impacto que o Curso de Medicina terá no desenvolvimento da qualidade da saúde e da formação médica na região Noroeste do Estado, considerando que a instituição possui uma trajetória de mais de 35 anos de formação na área da saúde, bem como possui cursos de residência e o mestrado em Atenção Integral à Saúde. O Edital condiciona a Universidade a estabelecer parceria com o município, bem como ofertar cursos de residência médica com número de vagas proporcionais àquelas oferecidas pelo curso de Medicina. Desta forma, enquanto não houver novidade ou decisão judicial que altere o direito legitimamente conquistado pelo Município de Ijuí e pela Universidade de ofertar o curso e realizar o Vestibular, a instituição continua com toda organização e encaminhamentos necessários ao início do curso programado para o mês


1

Baixe o aplicativo Unijuí FM

Fale conosco

Ícone Whatsapp 55 99131 5487
Ícone Skype radio@unijui.edu.br