Mestrado e Doutorado

Secretária da Pós-Graduação em Educação nas Ciências participa de Encontro Nacional de Secretários dos Programas de Pós

A secretária do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências, Carmen Antunes, participou do II Encontro Nacional de Secretários dos Programas de Pós-Graduação em Educação, na última semana, na UFMA – Universidade Federal do Maranhão, em São Luís/Maranhão. O evento aconteceu em paralelo à 38ª Reunião Nacional da ANPED.

O II Encontro Nacional de Secretários é de responsabilidade da Comissão Organizadora em que Carmen também faz parte. A Comissão é formada pelos seguintes secretários: Anahi dos Santos Azevedo (PUCRS), Charles Eduardo da Cruz do Amaral (UNIPAMPA/RS), Carmen Antunes (UNIJUI/RS), Daniela Leandro (UNISUL/SC), Loinir Nicolay (UNISINOS/RS) e Silvia Adriana da Silva Soares (UNILASALLE/RS).

A programação do evento foi planejada e articulada pela Comissão com temas que fazem parte da rotina dos secretários nos Programas de Pós-Graduação em Educação, os quais precisam de constante atualização, sobretudo por estarem ligados diretamente na Avaliação dos Programas, pela CAPES.  

Dentre a programação, Carmen participou da palestra de abertura da 38ª ANPED, com o tema ‘Democracia em risco: a pesquisa e a pós-graduação em contexto de resistência’ ministrada pela Professora doutoraNilma Lino Gomes (UFMG).

Na programação voltada aos Secretários, participou das seguintes formações:

– Histórico do FORSEC - Fórum Sul de Secretários/as de PPGE – Prof. Dr. Lucidio Bianchetti (UNISINOS) e Comissão Organizadora.

–Experiências de Gestão da Pós-graduação stricto sensu e o papel dos secretários no contexto da avaliação dos cursos – Profª. Drª. Tania Maria Hetkowski (UNEB).

 –Internacionalização e a Pós-graduação – Prof. Dr. Danilo Romeu Streck (UNISINOS/RS).

– CNPq e suas aplicações nos PPGE- Ms. Josenilson Guilherme de Araújo (Analista em C&T - CNPq).

–Desmistificando a Plataforma Sucupira: como utilizar a Plataforma como facilitador das atividades de um PPGE – Ms. Lívia Rejane Miguel Amaral (Analista em C&T - CAPES).

 –A importância da ANPED na organização independente e autônoma da pesquisa em educação no Brasil – Profª. Drª. Andrea Barbosa Gouveia (UFPR).

–O papel dos/das secretários/as na gestão dos Programas de Pós-Graduação em Educação – Prof. Dr. Jefferson Mainardes (UEPG).

–A importância das revistas para os PPGEs e a contribuição das/dos Secretarias/os”. Profª. Drª. Joana Paulin Romanowski (PUCPR).

 – Oficina sobre Currículo Lattes – Ms. Kelen Lima (UNEB).

–“Invisibilidade do ofício dos/das secretários/as no âmbito dos Programas de Pós-Graduação em Educação”. Profª. Drª. Edla Eggert – (Coordenadora do Fórum Sul - PUCRS).

–O papel das secretarias na administração técnica das Coordenações dos PPGs conforme os critérios (quesitos) da Ficha de Avaliação da CAPES. Prof. Dr. José Gonçalves Gondra (UERJ).

Carmen destaca que o evento dos Secretários em que participa anualmente, seja durante a ANPED Regional ou Nacional, tem sido imprescindível para a sua qualificação, sobretudo, tem refletido na excelente avaliação do Programa, que neste último quadriênio de 2013-2016, passou da nota 4 para 5.

O apoio para participação no evento, foi da Coordenadoria de Recursos Humanos e do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da UNIJUÍ.


Professoras participam de missão acadêmica em Portugal

As professoras doutoras Maria Cristina Pansera de Araújo e Vidica Bianchi participaram, de 8 a 24 de setembro, de uma Missão Acadêmica na Universidade do Minho, no Instituto Politécnico de Viana do Castelo e na Universidad Autonoma de Madrid.

Na Universidade do Minho, Braga, Portugal, participaram de reuniões preparatórias a realização do 6o Congresso Internacional de Saúde, promovido em colaboração pela Unijui e UMinho, em julho de 2018, na cidade de Braga, Portugal, e do grupo de pesquisa da prof. Dra Graça Simões de Carvalho, para projeção de novas parcerias.

            

No IPT de Viana do Castelo, apresentaram trabalhos no XVII Encontro Nacional de Ensino de Ciências e I Seminário Internacional de Ensino de Ciências, além de realizarem reuniões para elaboração de projetos em colaboração com professores da instituição.

Na Universidad Autonoma de Madrid, proferiram palestras no Mestrado para os alunos do componente Ensino em Sala de aula, Museus e Espaços Naturais, e participaram de encontros com o prof. Dr Guillermo Jiménez-Ridruejo, Dr Alfonso G. Dela Vega; Dr Julian G. Mangas, Dra Beatriz Bravo para organizar projetos em parceria e intercâmbios de estudantes.


Professora e Mestranda em Educação nas Ciências participam de Encontro Nacional de Prática de Ensino em Geografia

 

A Professora Doutora Helena Copetti Callai, do DHE e Programa de Pós Graduação em Educação nas Ciências, e sua orientanda de doutorado Alana Rigo Deon participaram do XXIII Encontro Nacional de Prática de Ensino em Geografia – ENPEG na Universidade Federal de Minas Gerais em Belo Horizonte, neste mês de setembro.

O evento é voltado para pesquisadores, professores universitários e do ensino básico, geógrafos licenciandos, todos interessados em discutir questões do Ensino de Geografia. Nesta versão do evento foram debatidas questões caras à Geografia Escolar na atualidade da educação brasileira com o objetivo de destacar as finalidades e funções desse conhecimento em um currículo que busque a construção de um coletivo equânime e voltado para justiça social.

No evento, a professora Helena coordenou a mesa de encerramento intitulada ‘Os conhecimentos da Geografia escolar, suas linguagens e representações espaciais’ junto ao professor doutor Francisco Rodríguez Lestegás da Universidade de Santiago de Compostela (Espanha) e dois professores doutores da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Ronaldo Goulart Duarte e André Reys Novaes. 

A doutoranda Alana apresentou o trabalho fruto de sua dissertação de mestrado ‘Desafios do Ensino de Geografia: A Cidadania como possibilidade de análise e discussão no Livro Didático do Ensino Médio’ no Grupo de Discussão ‘Livro Didático e a Constituição da Geografia Escolar’.

A doutoranda Alana na exposição de seu trabalho no GT de Livro Didático


Professora Helena na Mesa de Encerramento do XIII ENPEG


Da zona rural de Giruá ao doutorado em Educação nas Ciências: a trajetória de um egresso da Universidade

Da zona rural de Giruá, o filho de agricultores Roque Ismael da Costa Güllich descobriu nos aromas da natureza a sua vocação: ser professor de Biologia. Também pesquisador, hoje assume o cargo de professor-adjunto de Práticas de Ensino e Estágio Supervisionado em Ciências Biológicas da Universidade Federal da Fronteira Sul – Campus Cerro Largo.

               

A trajetória de Roque foi de muitos desafios: “a escolha e a trajetória foram árduas e na batalha fui indo de estudante de graduação a professor de Ciências e Biologia na rede de educação básica, fui professor de cursinho, professor em escolas particulares e públicas”, relembra. 

Ele graduou-se em Ciências Biológicas e depois, na Unijuí, foi bolsista CAPES no Curso de aperfeiçoamento em Biologia Geral. Dentre tantas outras especializações, é dono da primeira titulação de doutor em Educação nas Ciências da Unijuí. 

Para o professor, o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências é de formação completa em educação. Além da qualidade na proposta e nas disciplinas, conta com um quadro docente extremamente qualificado, o que possibilita o desenvolvimento de pesquisas de alto nível acadêmico. 

“Pude observar em minha carreira acadêmica, que iniciou em 2002, logo após o ingresso no mestrado, que a titulação adquirida é reconhecida amplamente no Brasil e no exterior, sendo que muitas vezes fui surpreendido com frases do tipo: "você foi aluno do Mario Osorio? Conhece Otavio Maldaner, Lenir Zanon e Cristina Pansera?", relata. 

Ele também foi secretário municipal de educação em Giruá e concursado na Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD, Dourados, Mato Grosso do Sul. Para Roque, o compromisso social de formar novos professores é o que lhe impulsiona a trabalhar na Universidade da Fronteira Sul. 

“Em minha carreira de professor e pesquisador, formação de mestrado e especialmente de doutorado, sempre foi essencial ao trabalho, em termos de salários e funções que assumi, principalmente pelas compreensões sobre a vida e sobre a educação que passei a assumir trilhando esta formação toda na Unijuí e neste Programa. Além disso, é importante enfatizar o lastro e bagagem que adquirimos nas experiências de pós-graduação no Programa, tanto em termos técnicos e científicos, quanto a formação humana e cidadã que a Unijuí prima”, complementa o professor.


Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências divulga edital para Processo Seletivo

De 11 de setembro e 27 de outubro o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências estará com inscrições abertas para o processo seletivo do Mestrado e Doutorado. 

São 30 vagas para o Curso de Mestrado e 15 para o Curso de Doutorado e, para se inscrever, os candidatos devem acessar o Portal da Unijuí, no link Processo Seletivo. O edital também está disponível no site. 

                  

As inscrições deverão ser feitas para as seguintes Linhas de Pesquisa: 1 – Currículo e formação de professores; 2 – Teorias pedagógicas e dimensões éticas e políticas da educação; 3 – Educação popular em movimentos e organizações sociais. A taxa de inscrição é de R$ 180,00 para o mestrado e R$ 260,00 para o doutorado.

O resultado do processo seletivo será divulgado até o dia 08 de dezembro.

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação nas Ciências da Unijuí é credenciado pelo CAPES/MEC, desde 1995, com nota 4, para oferta do Mestrado Acadêmico e, desde 2009, para oferta do doutorado. O Programa dedica-se à pesquisa e à produção de conhecimento no campo da educação.

 


Pós-Graduação em Educação nas Ciências promoveu seminário sobre Complexidade, Educação e Civilização Planetária

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí promoveu o Seminário Temático “Complexidade, Educação e Civilização Planetária”, entre os dias 28 e 29 de agosto, ministrado pelo professor doutor Edgard de Assis Carvalho.

O Seminário foi promovido em conjunto pelo Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências e pela Vice-Reitoria de Graduação, integrando o evento ao Programa de Formação Continuada de Docentes Unijuí – Subprograma Formação Geral - GESTÃO 2017-2019.

Dentre os assuntos abordados estão a concepção de complexidade; a necessidade de religar os saberes científicos, filosóficos, artísticos; saberes transdisciplinares para a educação do futuro; reforma do pensamento; problematização dos fins da educação; instalação de modalidades transdisciplinares de ensino e pesquisa; enfrentamento e superação dos paradoxos e contradições que a globalização tecnoeconômica exibe nos dias correntes; consolidação da ética da compreensão planetária a fim de possibilitar a construção de vias democráticas abertas, equitativas, conviviais para o futuro da humanidade.

Ao final do seminário foi aberto espaço para o público se manifestar, o que enriqueceu ainda mais a discussão, oportunizada pelo diálogo e a troca de experiências entre os presentes. Participaram estudantes da graduação, mestrado, doutorado e professores da Unijuí.

Edgard é graduado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, possui doutorado em Antropologia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro, Pós-Doutorado pela Escola de Estudos Avançados em Ciências Sociais, e Livre-docência pela Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, UNESP.

Atualmente é professor titular de Antropologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Coordenador do Núcleo de Estudos da Complexidade. É Membro do Conselho Científico da Universidad del Mundo Real, Hermosillo, México e representante da Cátedra itinerante da UNESCO Edgar Morin.

 


Professora participa de atividades de convênio com Universidade do Chile

A Professora Doutora Helena Copetti Callai do DHE – Departamento de Humanidades e Educação e PPGEC – Programa de Pós Graduação em Educação nas Ciências -  mestrado e doutorado, esteve na semana 14 a 18 de agosto no Chile, participando, na qualidade de professora visitante, de atividades no contexto do convênio internacional UNIJUI - UAHC – Universidade Academia de Humanismo Cristiano (Santiago de Chile). Participou de evento junto ao curso de Geografia e em palestra sobre “Enseñanza y didáctica de la geografía  y de la história” no curso de Pedagogia, e de “Conversatório” com os alunos da Professora Paulina Lozzanno. Esta professora realizou, nos anos 2010/11, no PPGEC –UNIJUI o seu mestrado através do Convenio entre as duas instituições.

                

Além disso participou de reuniões do Convenio para definir atividades de intercambio para docentes e discentes das duas instituições a serem realizadas neste segundo semestre de 2017. Essas atividades são do DHE e do PPGEC. Com o Vice Reitor Marcelo Garrido Pereira e a diretora acadêmica da UAHC professora Nataly Andrea Pérez Cisterna conheceu os processos de reestruturação dos cursos de “Grado de la Universidad”, em especial sobre os cursos de formação docente que estão sendo implantados no decorrer deste ano sob as orientações do Ministério de la Educación chileno.

 Na Universidad Playa Ancha em Valparaiso realizou encontro com grupo de pesquisa sobre Educação Geográfica que envolve docentes e discentes dessa universidade e da Pontifícia Universidad Católica de Valparaiso, para discussão das pesquisas que estão sendo realizadas e para encaminhamento de publicações. Realizou também palestra sobre “Desafios de la Educación Geográfica em Latinoamérica”.

            


Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências promoveu conferência sobre ensino politécnico

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí promoveu a conferência ‘A experiência do Ensino Médio Politécnico no Rio Grande do Sul’, no último dia 11 de agosto, ministrada pelo professor doutor José Clóvis Azevedo.

O professor é licenciado em história, bacharel em História Econômica do Brasil e Doutor em Educação. Docente do Programa de Pós-Graduação, Mestrado Profissional em Reabilitação e Inclusão, e do Curso de Pedagogia do Centro Universitário Metodista. 

Participaram da conferência estudantes da graduação, mestrado, doutorado, professores da Unijuí e professores da educação básica da região.  Dentre os assuntos abordados: o cenário atual de disputa ideológica que vai além de questões políticas; as bases epistêmicas de uma educação transformadora; a democratização da educação; a escola como alvo de interesse do mercado e a importância de formar cidadãos conscientes, para além da formação do fazer técnico; educação e trabalho; formação continuada; a interdisciplinaridade;a não mercantilização da vida; os investimentos realizados ao longo dos anos na educação; as formas de ensino e de avaliação vigentes; as dificuldades quanto a prática pedagógica; os objetivos e os desafios que surgiram com a proposta do ensino médio politécnico nas escolas estaduais do RS.

Ao final da palestra foi aberto espaço para o público se manifestar, o que enriqueceu ainda mais a discussão, oportunizada pelo diálogo e a troca de experiências entre os presentes.


Egressa: da graduação ao doutorado na Unijuí

O Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências, tem acompanhado a trajetória dos seus egressos, seja no campo da pesquisa, como na atuação Profissional.

A egressa do doutorado em Educação nas Ciências, profª Drª Liria Ângela Andrioli, concluiu o doutorado em 2016, e, na sequência, obteve aprovação em concurso público da UFFS, sendo nomeada em março deste ano. 

                   

Ela realizou toda a sua formação acadêmica na UNIJUÍ, tanto na graduação, como na pós-graduação, com o mestrado e posteriormente no doutorado. Foi bolsista CAPES e FAPERGS. Também, realizou o doutorado sanduiche na Westfälische Wilhelms-Universität Münster (WWU), na cidade de Münster, na Alemanha, durante um semestre. 

"Fiz toda a minha formação acadêmica na Unijuí. Minha graduação foi em Filosofia e depois fiz Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências. No Programa, estive vinculada à linha de pesquisa "Educação Popular e Movimentos Sociais". Atualmente sou professora da Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Laranjeiras do Sul, no Paraná. Atuo no curso de graduação "Interdisciplinar em Educação do Campo - Ciências Sociais e Humanas" e no "Programa de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável - Mestrado".


“Já existem monopólios se estabelecendo como donos da água no mundo”

A afirmação é do professor doutor Evaldo Becker, no Seminário Temático que discutiu “Ética, Comunicação e Meio Ambiente”, nesta quarta-feira.

                  

Nesta quarta-feira, dia 28, o Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências -  Mestrado e Doutorado da Unijuí, promoveu o Seminário Temático “Ética, Comunicação e Meio Ambiente”, no Salão Azul do Campus Ijuí.                

Na primeira palestra, realizada no turno da manhã, o professor doutor Evaldo Becker falou sobre o tema “Guerras e Conflitos por recursos naturais: a ética no uso das águas”. Segundo Becker, a má gestão dos recursos hídricos tem gerado conflitos no Brasil e até guerras em outros países. “Com todo o conhecimento disponível, como a gente ainda despreza este elemento vital? ”, questionou o palestrante. Ainda de acordo com ele, este recurso deverá, cada vez mais, ser disputado. “Já existem monopólios se estabelecendo como donos da água no mundo”, observa.

E, no turno da tarde, a conferencista da Universidade Federal de Sergipe, professora doutora Michele Amorim Becker, falou sobre “Comunicação de riscos socioambientais na transposição das águas do Rio São Francisco”.

“Toda ação humana causa impactos ao ambiente, então, precisamos identificar, mensurar e comunicar a sociedade sobre esses riscos. Que a sociedade tenha acesso a informação de qualidade, mas ao mesmo tempo que tenha o direito de dar a sua opinião sobre quais os riscos ela vai aceitar ou refutar antes que projetos sejam implementados. O que temos observado é que falta informação quando os projetos são elaborados e que as licenças ambientais sejam autorizadas. Essa falta de informação acaba gerando uma quantidade enorme de conflitos, sobretudo quando dizem respeito aos recursos naturais”, relata. 

                

O evento foi organizado pelo Programa de Pós-Graduação Stricto-Sensu em Educação nas Ciências (Mestrado e Doutorado) e contou com a colaboração da professora Lara Nasi, do curso de Jornalismo da Unijuí. Teve a participação de mestrandos, doutorandos, professores e Comunidade Acadêmica da UNIJUÍ.