COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Mais de 4,5 mil alunos de ensino médio participaram do Profissional do Futuro em Ijuí

Oficinas, mostra de cursos, aulas de redação, visitas dirigidas e muita interação marcaram os três dias de Profissional do Futuro na Unijuí. De 29 a 31 de agosto, a Universidade recebeu, em Ijuí, mais de 4,5 mil alunos de Ensino Médio de escolas de toda a região, que puderam conhecer a estrutura da Instituição e tirar dúvidas sobre os cursos ofertados.

                  

Durante os três dias de evento, a Universidade preparou uma estrutura especial de atendimento aos futuros alunos, distribuídas por todo o Campus, Dceeng, Escola fazenda – Irder, Unir e Escritório Modelo. Nesta edição, mais de 40 oficinas foram ofertadas. Além disso, os alunos de Ensino Médio puderam conversar com professores e estudantes dos mais de 30 cursos de Graduação da Unijuí. 

Segundo a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon, o evento cumpriu o objetivo de auxiliar os alunos de ensino médio na escolha profissional. “A programação do Profissional do Futuro procurou mostrar o percurso formativo da vida de universitário e também as possibilidades de atuação profissional, justamente para possibilitar aos participantes uma escolha adequada, a partir dos desejos, vontades e expectativas deles”, observa.

                 

É dessa forma que Gabriela Roesler, aluna da Escola Margarida Pardelhas, de Cruz Alta, busca se decidir. “Eu vim tentar decidir o que eu vou fazer no meu futuro”, comenta. Gabriela Kahl Kunkel, aluna do Colégio Tiradentes de Ijuí, também participou do Profissional do Futuro e gostou das experiências proporcionadas pela Universidade. “Foi uma oportunidade muito legal, pude aprender muita coisa nova sobre cursos que eu não sabia como funcionavam. Por isso eu agradeço a Universidade pela oportunidade de viver essas experiências”, avalia.

Confira a cobertura dos momentos do Profissional do Futuro no Instagram, Facebook e Twitter da Unijuí.

Nos dias 12 e 13 de setembro é a vez do campus Santa Rosa receber os alunos da sua região.

 


Unijuí vai ofertar curso de Terapia Floral

Terapia Floral será o tema do curso que será realizado na UNIJUÍ a partir de 07 de outubro de 2017. Ministrado pela farmacêutica e terapeuta floral Janaíne R. Martins, que possui 21 anos de experiência na área, o curso abordará sete sistemas de florais, além de técnicas de abordagem terapêutica e práticas clínicas. Com 180 horas, o curso pretende formar terapeutas para a região, que é pioneira na implementação desse recurso terapêutico na saúde pública.

                

 

A Terapia Floral atua sobre as causas emocionais dos problemas interpretando cada caso e utilizando essências florais para catalisar as transformações em nossos modos de pensar que estão prejudicando o organismo e causando dores e aflições. Com o curso, além de poder ajudar seus entes queridos, você será capacitado a atuar profissionalmente. Ainda, trata-se de uma ótima ferramenta de autoconhecimento e melhoria da qualidade de vida.

Há grande procura por estas práticas integrativas e complementares no RS. O curso é aberto ao público (nível médio), para profissionais e estudantes das áreas da saúde. As inscrições podem ser feitas através do site da UNIJUÍ ou pelo telefone 55 3332-0553, pelo email educacaocontinuada@unijui.edu.br. O valor do curso pode ser parcelado. Alunos, ex-alunos e conveniados têm descontos especiais.


Entrevista com Reitora da Unijuí encerra especial de 60 Anos na Unijuí FM

Professora Cátia Nehring recapitulou falas dos ex-reitores e presidentes da Fidene que passaram pelo programa veiculado na 106.9. 

                  

Uma avaliação que retomou as colaborações feitas pelos demais entrevistados que participaram do programa “Unijuí – 60 Anos de Ensino Superior. Assim foi a entrevista com a professora Cátia Nehring, Reitora da Unijuí, que encerrou o especial veiculado na Unijuí FM desde o mês de junho.

 

 Fazendo uma recapitulação das considerações e apontamentos dos ex-reitores e presidentes da Fidene e também destacando a importância deste conteúdo, a professora Cátia frisou a necessidade de se revisitar o passado e, com base nestas origens, construir o futuro da instituição. “Tivemos um ciclo de entrevistas marcados pelas referências de reitores que me antecederam nestes 60 anos de história de Ensino Superior e principalmente 31 anos de Universidade. A escuta das entrevistas, me levou a fazer alguns destaques das falas, que foram muito significativas em função de cada período de gestão e é assim que a gente precisa entender”, explicou ela.

A Reitora da Unijuí também falou a partir dos desafios que foram traçados pelos ex-reitores e presidentes da Fidene no programa, reforçando mais uma vez a importância da história da instituição. “Entendo que temos sim,  sempre o compromisso de olhar essa história, mas de fato termos os nossos pés fincados no presente e olhando uma projeção do futuro, o que seremos daqui a 60 anos”, analisou ponderando ainda sobre a complexidade do contexto de educação em que a Unijuí está inserida.

Encerrando a entrevista, a Reitora Cátia Nehring enfatizou os desafios a todos que fazem parte do presente da instituição diante deste contexto referido por ela. “É preciso que as nossas tomadas de decisões sejam mais ágeis, que os nossos processos sejam mais ágeis, mas que seja também um processo que aprendemos a fazer nos nossos 60 anos de história, um processo coletivo, a partir de diálogos, e a partir da produção de consenso, talvez esse seja o nosso grande desafio para manter os nossos belíssimos 60 anos de história e de possibilidade de futuro”, finalizou ela. 

Confira abaixo a série de entrevistas na íntegra:  

- Cátia Nehring (Reitora de 2016 a 2019):

 

- Martinho Luíz Kelm (Reitor de 2010 a 1016):

 

-Gilmar Antonio Bedim (Reitor de 2005 a 2010):

 

- Eronita Silva Barcelos (Reitora de 1999 a 2004):

 

- Walter Frantz (Reitor de 1993 a 1998):

 

- Telmo Rudi Frantz (Reitor de 1987 a 1993):

 

- Adelar Francisco Baggio (Reitor de 1981 a 1987):

 

- Paulo Afonso Frizzo (Presidente da FIDENE de 1975 a 1981):

 

 


Conhecimento, interação e descobertas no primeiro dia do Profissional do Futuro

O primeiro dia do Profissional do Futuro 2017 no campus Ijuí recebeu mais de 1, 5 mil alunos do Ensino Médio de toda a região. Os estudantes vieram em busca das possibilidades que a Unijuí e o Ensino Superior oferecem, informações e experiências que vão auxiliar na decisão de que área seguir.

                      

As escolas chegaram cedo e, logo em seguida, foram encaminhadas aos locais das oficinas, distribuídas por todo o Campus, Dceeng, Escola fazenda – Irder, Unir e Escritório Modelo. Nesta edição, mais de 40 oficinas estão sendo ofertadas pelos diferentes cursos de graduação da Universidade. 

Cristina Pozzobon, Vice-Reitora de Graduação, destaca que o Profissional do Futuro é um momento de tirar dúvidas, conhecer a estrutura e decidir sobre o futuro. “Que a gente possa cumprir o nosso objetivo de mostrar nossa estrutura institucional, física e projetos de ensino de graduação, para que eles tenham a possibilidade de fazer uma excelente escolha profissional ”, salienta. 

É dessa forma que a Gabriela Roesler, aluna da Escola Margarida Pardelhas, de Cruz Alta, busca se decidir. Ela participou de oficinas durante o dia e pretende, assim, fazer a melhor escolha “eu vim tentar decidir o que eu vou fazer no meu futuro”, comenta. 

                                   

O Profissional do Futuro é o momento de alunos do ensino médio conhecerem os espaços da Universidade e socializarem com docentes e acadêmicos a respeito das profissões. O evento oportuniza ainda a troca de experiências e contato com alunos de diferentes localidades da região. 

Além da mostra de cursos, práticas laboratoriais, aulão de redação e atividades recreativas destinada aos alunos, os professores também aproveitaram os espaços. Na Sala dos Conselhos eles participaram de um momento cultural. 

O evento segue até quinta-feira, 31, nos dois turnos do dia no campus Ijuí. Nos dias 12 e 13 de setembro é a vez do campus Santa Rosa receber os alunos da sua região.

 


UNIJUÍ participa do Dia Nacional do Voluntariado em Santa Rosa

O dia 28 de agosto é considerado o Dia Nacional do Voluntariado e nesse ano a UNIJUÍ teve participação do 1º Desafio Voluntário, organizado pela Parceiros Voluntários e ACISAP de Santa Rosa.

Na oportunidade a Universidade se inseriu no desafio através da doação de alimentos e produtos de higiene e limpeza. As doações foram realizadas pelos estudantes, técnicos administrativos e professores, além da comunidade que através do evento, “Recital Comemorativo aos 25 anos do Coral da UNIJUÍ”, que ocorreu no domingo, também se integrou a ação. As arrecadações serão doadas às instituições sociais cadastradas junto a Parceiros Voluntários de Santa Rosa.

O pró-Reitor do Campus Santa Rosa enfatizou durante a entrega das doações que a UNIJUÍ faz parte da comunidade regional e parabeniza a Parceiros Voluntários e a ACISAP pela iniciativa.

O 1º Desafio Voluntário também contou com as ações de: doação de sangue, pedágio solidário, palestras ginástica laboral, limpeza no Tape Porã e atividades no Hospital Vida e Saúde.

 


Sinais que incluem

Na Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, estamos abordando, em uma série de reportagens, o processo de inclusão na Unijuí. Nesta última publicação, mostramos um pouco da Língua Brasileira de Sinais e conversamos com o egresso Tiago Dalri, que se utilizou dela durante toda a graduação.

                      

Um grupo de pessoas posa para uma foto erguendo o braço com a mão fechada e apenas três dedos erguidos: o polegar, o indicador e o mínimo. A não ser que você seja surdo ou entenda a Língua Brasileira de Sinais, a mensagem deixada pelo grupo será difícil de interpretar. 

“Eu amo Libras”, era o sinal registrado na fotografia, realizado no encerramento de um módulo do curso de Libras oferecido pela Unijuí aos técnicos-administrativos. O curso faz parte de um dos movimentos de inclusão da Universidade para os técnicos-administrativos e estudantes surdos. Ao todo, mais de 180 pessoas já receberam instruções, em algum nível, na Língua Brasileira de Sinais na Unijuí nos últimos anos. 

É rotina os intérpretes de Libras presentes em sala de aula, segundo as demandas dos componentes curriculares. Carin Scherer Rosário Batista trabalha há três anos como intérprete, e relata a experiência. “A aula inicia e nós estamos lá prontas para transferir/interpretar a fala do professor ou de quem estiver com a palavra”, explica. 

Segundo Carin, na Unijuí, o interesse pelo curso de Libras está cada vez maior. Para ela isso é motivo de alegria. “É com certeza um grande e significativo investimento no processo de inclusão, e tem mostrado grandes resultados quando os estudantes e funcionários nos contam que percebem muitas pessoas usando Libras para se comunicar com eles na Instituição e fora dela”, comenta. 

Aliada na formação 

O egresso do curso de Design da Unijuí, Tiago Dalri, natural de Três de Maio, teve, na Libras, uma grande aliada na trajetória acadêmica, motivo de muito orgulho para sua família e amigos. “Foi um período árduo, de muita dedicação, esforço e superação de barreiras, principalmente no que se refere à comunicação”, comenta Tiago, que sempre teve um intérprete traduzindo para Libras as aulas do curso. 

Para Tiago, o estudo da Língua Brasileira de Sinais contribui, não só para a comunicação, mas também para o reconhecimento do surdo como cidadão. “A importância do estudo da Libras pela sociedade é o reconhecimento do surdo com pessoa, sujeito capaz, e também pela demonstração de respeito à linguagem e ao próprio surdo”, afirma. 

Tiago concluiu o curso em 2016 e hoje trabalha como programador Visual Gráfico em uma empresa de Três de Maio. Comunica-se, na maioria das vezes, pela escrita. Em eventos a empresa contrata um intérprete. 


Rally Universitário será realizado em Panambi no fim de semana

Com o apoio da Unijuí, será realizado, no dia 2 de setembro, próximo sábado, em Panambi, o 3º Rally Universitário. A competição ocorre juntamente com a 5ª etapa do campeonato Gaúcho e a 4ª etapa da Copa Panambiense de Rally.

                

A ideia do Rally é expressa no slogan: “a velocidade é inimiga do pódio”, pois também visa a educação no trânsito. Por se tratar de uma prova de regularidade, as velocidades estipuladas nas planilhas são sempre abaixo das exigidas pelas leis de trânsito. Afinal, o objetivo é se manter dentro das indicações de percurso e velocidade. Quem desobedece perde pontos. Vence a equipe que obtiver o menor número de pontos perdidos.

É possível fazer inscrição até o dia 31 de agosto, quinta-feira, ao valor de R$ 40. Nesta data, também haverá curso de navegação, no Campus Panambi.

Os últimos ajustes de logística e marketing do evento estão sendo trabalhados pela equipe do Automóvel Clube Panambi (ACLUPA), que promete ser o maior Rally da região. A expectativa é de que mais de 50 duplas participem do Rally.

“Estamos trabalhando duro para tornar o maior Rally Universitário do Brasil. Ano passado o evento foi um sucesso, e creio que este ano tem tudo para ser melhor! Com este evento vamos ter a oportunidade de mostrar a todos um pouco mais este mundo do Rally pois é de fácil participação. Não vamos medir esforços para este evento ser um sucesso”, frisou o presidente da ACLUPA, Jeferson Hardt. 

 


UNIJUÍ FM é classificada para receber recursos para a execução do projeto Ações Sustentáveis nas Escolas

O projeto Ações Sustentáveis nas Escolas, desenvolvido pela Rádio Educativa UNIJUÍ FM através da FIDENE, foi classificado para receber recursos financeiros por meio de convênio com o Poder Executivo através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. Financiado pelo Fundo Municipal de Meio Ambiente, o edital de seleção pública recebeu dezessete inscrições e irá dividir a premiação de R$ 60 mil entre os dez classificados.

                   

A reitora, professora Cátia Nehring, presente no ato de assinatura do convênio, falou sobre a importância deste projeto da UNIJUÍ FM que ensina meio ambiente através do rádio. “Esse projeto acaba marcando um dos grandes objetivos da nossa mantida, a Rádio UNIJUÍ FM, de ações desenvolvidas com as escolas de Educação Básica a partir do entendimento da socialização do conhecimento, de ações efetivamente desenvolvidas e da informação. Isso é um grande marco, um reconhecimento, foram 17 projetos que se cadastraram e dez identificados, que conseguiram esse recurso. Marca de fato a nossa ação de interação com a escola de educação básica e a ideia de sustentabilidade e preservação do meio ambiente”, destaca a professora.

O Ações Sustentáveis nas Escolas trabalha o meio ambiente, a comunicação e a oralidade através da fase de escuta de conteúdo no rádio ao vivo e de visitação da Rádio UNIJUÍ FM nas escolas. Neste ano são 7 escolas participantes do projeto que irá trabalhar com 600 alunos do Ensino Fundamental, do pré ao 9º anos. Desde 2013 o projeto já passou por 14 escolas, trabalhando diretamente com mais de 4.300 alunos e 16.000 pessoas da comunidade escolar e familiar.

Além da FIDENE/Rádio UNIJUÍ FM foram contemplados neste edital a Escola Nossa Senhora da Penha, o Instituto Reversa, a Escola Thomé de Souza, a Escola de Educação Infantil Maria Barriquelo, Escola Soares de Barros, a Associação de Reciclagem da Linha 6, Escola Infantil Solange Ana Copetti, Esecola Eugênio Ernesto Storch e Escola Ruy Ramos. Os valores recebidos pela UNIJUÍ FM serão investidos em equipamentos que irão qualificar a execução do projeto junto às escolas.

              


Ação do Programa Sinergia estimulou a solidariedade com entidades da região

Nos meses de julho e agosto, em ação alusiva ao Dia do Amigo (20 de julho) e ao Dia do Voluntariado (28 de agosto), Fidene/Unijuí, o Programa Sinergia estimulou a visita a entidades e associações da região, para os técnicos-administrativos conhecerem diferentes trabalhos que são realizados na comunidade. Além de conhecerem melhor sobre o trabalho de cada uma das entidades, realizar as atividades de integração, lanche coletivo, entre outras atividades.

Confira:

DCVida


O departamento acolheu adolescentes do Núcleo Social de Ijuí, instituição vinculado ao lar da Criançada Henrique Liebich. A direção do Lar relatou que estes são adolescentes carentes dos bairros Colonial, Glória e Storch, que não possuem referencias profissionais, seus pais são na maioria diaristas e operários, e desafiaram a mostrar a Universidade como uma possibilidade. Na oportunidade, os jovens vieram ao Campus e conheceram um pouco das profissões em que o departamento atua, através de oficinas práticas. A atividade envolveu técnicos-administrativos, professores, estagiários e bolsistas.

Editora Unijuí


A ação da Editora Unijuí consistiu na ajuda a uma família do bairro Getúlio II, de Ijuí, que distribui todas as terças-feiras e sábados um sopão comunitário para os moradores da vizinhança. Foi realizada a doação de alimentos para o preparo de uma galinhada, que foi entregue para várias pessoas da comunidade. Na ocasião estiveram presentes representantes do setor.

Campus Santa Rosa


Realizou o Varal Solidário no Bairro Nossa Senhora Auxiliadora, na parada de ônibus. A ideia foi dispor em um varal as roupas que foram doadas por técnicos-administrativo e professores. 

Campus Três Passos


O Campus realizou atividade no Lar dos Idosos “S.O.S Família, de Três Passos. Foi organizada uma festa Junina. Cada funcionário colaborou com um prato típico de São João, todos foram vestidos à caráter, teve, ainda música ao vivo e muita dança.

Biblioteca, Coordenadoria de Recursos Humanos e Reitoria


Realizada no Lar Bom Abrigo, localizada no Santana, interior de Ijuí, a atividade envolveu 25 crianças. Os setores proporcionaram atividades com cama elástica; slackline; música para animar; jogamos vôlei, fizemos lanche com pipoca, cachorro-quente, bolo e suco; o Cristian e o Ederson (funcionários surdos) deram uma aula de LIBRAS. No final foram distribuídos kits para colorir e sutiãs para as adolescentes.

Controladoria


A ação do Dia do Amigo da Controladoria aconteceu durante todo o mês de Julho, a entidade escolhida foi o CEDEDICAI - Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Ijuí, que tem por objetivo coordenar e executar medidas socioeducativas no município, atendendo crianças e adolescente em vulnerabilidade social de ambos os sexos com idade entre 10 a 18 anos incompletos, vindas de famílias de baixo poder aquisitivo e lares.

No primeiro contato tentamos verificar o que eles estavam precisando. A entidade pediu auxílio na organização do Jantar Beneficente em comemoração aos 18 anos do CEDEDICAI. Foi arrecadado um valor em dinheiro para a compra dos alimentos utilizados para a preparação do jantar, além de auxílio na venda de fichas. O jantar aconteceu dia 29 de julho.

CMKT e AGIT


A Coordenadoria de Marketing e a Agência de Inovação e Tecnologia–AGIT realizaram uma visita na Associação de Catadores (ACATA), de Ijuí. As oito associadas mostraram ao grupo como fazem a separação e também como fazem a prensa do lixo, no qual chegam a levantar 300 kg. Elizandra da Silva, da Incubadora de Economia Solidária, vinculada a AGIT, que trabalha com elas diretamente, fez um breve relato da história da ACATA e de projetos que foram aprovados até então. Fizemos um vídeo de conscientização, levamos uma cesta básica para cada trabalhadora, e confraternizamos com um lanche.

 

Unijuí FM


A Unijuí FM teve como amigo solidário a Associação de Recicladores da Linha 6 – ARL 6. O grupo levou materiais recicláveis para a associação, também realizaram uma tarde de confraternização e brincadeiras com as crianças e associados da entidade.

DACEC


O Departamento de Ciências Administrativas, Contábeis, Econômicas e da Comunicação – DACEC realizou a entrega de mantinhas e cestas de frutas aos moradores do Lar do Idoso Bom Abrigo. A professora de Comunicação Social Vera Raddatz fez uma breve fala com os moradores, para sensibilizar sobre a importância da amizade e de compartilhar, muito mais que bens materiais, o carinho, atenção e amor diariamente. Também combinou com eles, a realização de um programa de rádio, organizado por ela com seus alunos, com objetivo de contar a história dos moradores do Lar.

A chefe do DACEC, professora Eusélia Vieira, falou da importância da troca de carinho e atenção diárias e que o gesto, com essa ação do Dia do Amigo era, mais que os presenteá-los com as mantinhas, poder fazer novas amizades que fossem duradoras. Em seguida, convidou as representantes da equipe para realizar a entrega dos presentes e foi tirada a foto oficial da visita, solicitada pelos moradores que mantém um mural em seu centro de convivência.

O Departamento arrecadou R$ 678,00, com os quais foram adquiridas 16 cobertinhas, e alimentos (frutas, leite, bolachas e achocolatado) que fizeram a alegria dos moradores do Lar: Albino Pereira, Antônio Pereira, Antônio Horácio Alves, Darci Marques De Oliveira, Edit Dias, Ermindo Brum, Eduardo Costa, Guiomar José De Jesus, João Rosalino Bonmann, José Adão Dos Santos, Maria Cabral, Olivia Dias, Teresa Dos Santos Machado, Maria Helena Dos Santos, Antônio De Jesus Ortiz E Leovaldino Corrêa.

O Lar Bom Abrigo está localizado no bairro Glória, em Ijuí, e acomoda 16 idosos que moram em kitnets mantidas pelo município. Eles recebem o amparo de uma Assistente Social (Maria da Graça Nunes que é coordenadora Técnicado CREAS) que os visita com regularidade para saber como está o andamento da estadia deles no local, no entanto, a condição dos moradores é de autogestão, sendo cada um responsável pelo seu local de moradia assumindo a responsabilidade pela alimentação e cuidados do dia-a-dia.

Campus Panambi


O Campus Panambi adotou como amigo externo a Cruz Azul - Comunidade Terapêutica em Panambi. A constituição da Cruz Azul, em Panambi, foi inspirada no modelo de trabalho da Alemanha, nascedouro do movimento, e a primeira efetivada no Brasil. 

A Comunidade atende pessoas de toda região e de outros estados do Brasil. O trabalho é coordenado pelo egresso da Unijuí, do Curso de Psicologia, Dálcio Petry, que se fez presente no Campus, a convite do Pró-Reitor Nelson Thesing e da Rafaela Dörr, que integram o Programa Sinergia. 

Na oportunidade, eles, em cooperação com um ex-paciente da Cruz Azul, apresentaram o trabalho em salas de aula para os acadêmicos. Relataram as conquistas da entidade em prol da vida, na reinserção social e educacional, com depoimentos de um ex-paciente, hoje aluno do Curso de Medicina. 

As dificuldades da Cruz Azul sensibilizaram a comunidade acadêmica do Campus Panambi, que realizaram uma campanha de arrecadação de produtos não perecíveis. Nas palavras do Pró-Reitor, “estendemos a mão, com o coração pulsante, um sentimento de compartilha, na compreensão dos acontecimentos, a sede pelo ‘por vir’ em um de nossos dias”. Para Rafaela, merece registro “Dia do Amigo, é como a luz que se renova a cada instante, a esperança”.

MADP


A equipe do Museu Antropológico Diretor Pestana realizou uma doação de rações para animais, num gesto de solidariedade, de sensibilidade e de consciência pela condição de muitos animais em Ijuí que vivem em situação de emergência.

Os animais aos quais são destinadas estas doações encontram-se em grande número, na casa de famílias que os acolheram em locais onde ocorrem abandonos.

Estiveram presente no ato de entrega de 91 quilos de ração a Presidenta Elizabeth Sperotto e a Tesoureira Dulci Claudete Matte.

DCJS e DHE


O Departamento de Humanidades e Educação (DHE) e o Departamento de Ciências Jurídicas e Sociais (DCJS) realizaram, no dia 24 de agosto, entrega de brinquedos e materiais escolares na Casa da Criança Feliz, no Bairro Luiz Fogliato


Recital comemorativo encanta público presente na UNIJUÍ Campus Santa Rosa

A noite de domingo, dia 27, ficou registrada na história da UNIJUÍ Campus Santa Rosa. O Recital Comemorativo de 25 anos do Coral da UNIJUÍ encantou o público presente, através da história do grupo por meio de suas canções, resgatando músicas antigas de diversos gêneros musicais que marcaram a atuação do Coral, incluindo algumas peças novas e recentes.

Além da apresentação do Coral da UNIJUÍ, o público aplaudiu em pé, a Orquestra de Violões Santa Rosa, Orquestra Jovem Santa Rosa e Coral Ecumênico 24 de Julho, que emocionaram com lindas canções.

Para o Pró-Reitor do Campus, professor Ariosto Sparemberger o evento foi um marco histórico para a UNIJUÍ, pois ao longo dos 27 anos em Santa Rosa, foi a primeira vez que o Campus recebeu um evento desta natureza. “O espetáculo conseguiu aproximar a arte musical, a cultura com a comunidade regional e premiando o Coral com mais uma excelente apresentação no momento em que completa seus 25 anos. Destaca-se também no evento a brilhante apresentação da orquestra de violões de Santa Rosa, Coral Ecumênico 24 de Julho e Orquestra Jovem Santa Rosa”, finaliza Ariosto. 

A programação contemplou as comemorações do aniversário do Município de Santa Rosa.