Histórias de mulheres que dão nome às ruas de Ijuí são contadas no rádio

A Rádio UNIJUÍ FM, numa parceria com o Museu Antropológico Diretor Pestana, está trazendo para o rádio histórias de vida, de trabalho e de luta de mulheres que dão nome às ruas de Ijuí. A série, no ar diariamente às 10h, às 13h30 e às 16h30, reproduz informações da exposição virtual “As Mulheres que estão no Mapa”, que iniciou as comemorações dos 60 anos do MADP.

Este trabalho do Museu tem como objetivo levantar o debate em torno das representações das mulheres no contexto das ruas de Ijuí. Segundo informações da exposição, as mulheres representam mais de 50% da população ijuiense, mas este número não reflete a realidade na nominação das ruas, já que apenas 6,4% das ruas da cidade levam nomes de figuras femininas. “Nesse comparativo é ressaltado que existem mais ruas nomeadas com cidade, estado ou País, do que propriamente mulheres”, traz os dados.

Fazem parte da exposição virtual e tem suas histórias contadas no rádio, nomes como: as professoras Alice Couto e Jenny Conny; uma das fundadoras do Jornal Die Serra Post, em Ijuí, Júlia Herock Löw; a agricultura Carlota Burtet; a PM feminina Cabo Toco; a imperatriz Dona Leopoldina, entre outros nomes. Além da vida e obra dessas mulheres, tanto a exposição quanto a série no rádio trazem a localização de onde fica a rua. 

A ideia de compartilhar no rádio estas histórias também tem como objetivo fazer o convite para que as pessoas acessem a exposição virtual do MADP, no link: cutt.ly/YzgvX9e