Conselho de Pais é eleito na EFA

A última quarta-feira, 03/04, foi marcada pela posse do Conselho de Pais da escola e  eleição da nova diretoria. O Conselho de Pais na EFA é composto por conselheiros titulares de turmas, seus respectivos suplentes e assessorado pela Direção da EFA. O número de conselheiros corresponde ao número de turmas da Escola.

Durante o evento de posse também foi realizada a eleição da nova diretoria do conselho, assume pelos próximos dois anos como presidente Ivanildo Scheuer, e como vice Liziane Oliveira da Silva. Compõe ainda a diretoria do conselho ocupando o cargo de 1ª secretaria - Carla Bertão, segunda secretária - Roberta Colling, primeira tesoureira – Vivian Regina da Silva Stroschein e segundo tesoureiro – Diego Ricardo Julg. Para o conselho fiscal foram escolhidos os pais Gilmar Wiercinski, Ederson Feller e Andreia dos Santos. Na suplência ficou Graciele da Rosa Bertoldo, Sérgio Galvão Corrêa e Claudio Jablonski.

Segundo a Diretora da EFA, professora Maria do Carmo, o Conselho tem como objetivo essencial integrar a comunidade escolar, e proporcionar a participação da família na escola. “O  Conselho de Pais  sempre foi um grande parceiro da escola, e para este  ano espera-se fortalecer cada vez mais essa parceria, estreitar laços em prol da EFA e da qualificação da educação dos estudantes, finaliza a Diretora.

 

Confira abaixo na íntegra o depoimento do Presidente do Conselho, Ivanildo Scheuer:

Ser presidente  do CP é assumir com responsabilidade de forma voluntaria o papel relevante  que a mim foi confiado perante a comunidade escolar, mais especialmente junto ao segmento (pais ou responsáveis por alunos, famílias) como representante legitimamente eleito, devo pautar meus atos de acordo com o estatuto e o  regimento interno do CP. Desta forma não se deve perder de vista o princípio democrático da representação que tenho, pois fui eleito  através do voto direto da comunidade escolar, sendo que, para o perfeito exercício do cargo é fundamental que as decisões, sempre devem estar em consonância com as deliberações da Diretoria e Assembleia Geral.

Desta forma, pode-se dizer  que a principal finalidade a que me proponho como presidente é: proporcionar a participação da família na Escola e da Escola na comunidade; atuar como elemento de auxílio e complementação da administração escolar; prestar serviços à Escola em benefício dos alunos e do processo educacional; promover o aperfeiçoamento da formação sociocultural de seus integrantes (alunos, famílias e professores); estimular a transformação da Escola em centro de integração e desenvolvimento.

Assim, devo cumprir e fazer cumprir as determinações a mim confiadas, adescritas no Regimento Interno do CPM, Representar oficial, extraoficial e judicialmente o CP, exercer todos os atos de administração geral, convocar e presidir todas as reuniões e Assembleias Gerais, assinar com o Secretário todas as atas das reuniões e Assembleias Gerais, autorizar o pagamento de despesas, bem com promover ações que geram receitas e seus registros, visando os respectivos comprovantes, abrir contas bancárias, movimentar recursos financeiros através de cheques e outras formas  com o tesoureiro e movimentar os recursos financeiros repassados pela direção da escola, assim como apresentar no encerramento do ano o relatório da gestão