COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Projeto Prematuros realizará atividade em alusão ao Dia Mundial da Prematuridade

O Dia Mundial da Prematuridade acontece em 17 de novembro e para marcar a data, o Projeto de Pesquisa Institucional: Acompanhamento do Crescimento e do Desenvolvimento Neuropsicomotor em Prematuros (Projeto Prematuros), realiza uma atividade cultural na Praça da República, em Ijuí, para toda a comunidade no dia 18 de novembro.

Esta atividade objetiva conscientizar a população a respeito da temática. No mundo, cerca de 10% dos bebês nascem prematuros (antes de 37 semanas de gestação). No Brasil cerca de 300 mil partos por ano acontecem de forma prematura. Em Ijuí, no ano de 2016, 8.9% dos bebês nasceram prematuros. 

Na manhã do dia 18 de novembro, será desenvolvida atividade de conscientização em um momento cultural para a comunidade na Praça da República juntamente com a equipe da UTI neonatal do HCI, Unimed e Secretaria Municipal de Saúde, representada pelo Comitê Materno Infantil.

Participam da atividade o Departamento de Ciências da Vida com os cursos de Fisioterapia, representado pela professora Simone Zeni Strassburger, coordenadora do projeto, de Enfermagem com as professoras Joseila Sonego Gomes e Angélica Cembranel Lorenzoni e curso de Nutrição, com as professoras Pâmela Fantinel Ferreira e Aline Dutra Madalozzo, bolsistas e estudantes, pais e bebês que participam do projeto.

O Projeto Prematuros existe desde 2016 com o objetivo principal de acompanhar o crescimento e o desenvolvimento neuropsicomotor de bebês prematuros após a alta da UTI neonatal até os 3 anos de vida. Atualmente, o projeto conta com a participação de 67 famílias, algumas somente em avaliação e outras com o trabalho da estimulação precoce que também faz parte do projeto em forma de extensão universitária. Tanto o projeto como o evento contam com o apoio da ONG prematuridade.com da Associação Brasileira de Pais de Bebês Prematuros.


ECOS realiza aulão ENEM no Salão de Atos

                        

Como os videogames podem contribuir para "upar" sua nota no ENEM? Neste sábado (4) o ECOS Sistema de Ensino realiza um aulão temático no Salão de Atos do Campus Ijuí. 14 professores do ecos vão repassar as dicas mais certeiras para chegar com tudo nas provas dos dias 5 e 12 de novembro.

Segundo o coordenador do Ecos, Warner Fagundes Audino, os professores contam com sua experiência para dar as dicas mais quentes, já que "sabem quais os conteúdos mais prováveis para cair na prova do ENEM". Na edição temática desse ano, o aulão contará com professores caracterizados, e cara área do conhecimento terá um game correspondente. "O ambiente de descontração é para aliviar a tensão e o nervosismo", comenta Warner.

Com duração de quatro horas, o aulão também contará com sorteio de brindes e bolsas de estudos. Os ingressos podem ser retirados na secretaria da ECOS a R$ 10 para alunos do curso e R$ 15 para o público em geral, até as 22h30 de sexta-feira (3). Mais informações no telefone 3333 8569 e whatsapp 996211623.

 

 


AGIT e Programa Redes de Cooperação lançam Redes Integrar e Inovar Noroeste

A Universidade Regional do Noroeste do Estado – UNIJUÍ, por meio da Agência de Inovação e Tecnologia – AGIT, em parceira com o Programa Redes de Cooperação, realizam o Lançamento da Rede Integrar – Agroindústria e Microempreendedores individuais – MEIs e da Rede Inovar Noroeste – Rede Inovação – Rede de Inovação do Noroeste Gaúcho, dia 09 de novembro, às 19h no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum.

As Redes congregam empresas de diversos ramos, contudo buscam algo em comum: promover ações de cunho educacional em prol dos negócios desenvolvidos pelos associados. Como principais objetivos se destacam o desenvolvimento sustentado, a competitividade, a melhoria contínua dos associados. Além disso, esta constituição busca fomentar as ligações cooperativas empresariais, estimulando o ganho de mercado para os associados.

Integram o Programa Redes de Cooperação, desenvolvido pelo Estado do Rio Grande do Sul através do convênio entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia – SDECT e a Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação no Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – FIDENE.

 


Medicina na Unijuí: uma conquista da comunidade regional

"Acreditamos no nosso projeto e na formação que iremos fazer de médicos preparados e preocupados com a saúde". Com esta afirmação, a Reitora, professora Cátia Nehring, destacou a importância para a Universidade e comunidade regional na escolha da Unijuí para a implantação do curso de medicina em Ijuí, em coletiva de imprensa na manhã desta terça-feira.

                   
 O resultado foi divulgado por volta das 23h da segunda-feira, dia 30, pelo Ministério da Educação e veio para coroar a ampla mobilização realizada desde 2012 pelo Comitê Pró-Curso de Medicina em Ijuí, reunindo, além da Universidade, Prefeitura, Hospital de Caridade de Ijuí, Hospital Bom Pastor, Câmara de Vereadores e ACI e Hospital de Caridade de Panambi, com apoio de toda a comunidade regional e suas lideranças. 

"A maior beneficiada será a nossa região, a população do Noroeste gaúcho com a conquista do curso", disse o ex-reitor Martinho Kelm, na coletiva de imprensa realizada no Centro de Eventos da Unijuí. O professor foi um dos principais articuladores da mobilização e acrescentou: “Tivemos um forte apoio de toda a comunidade regional, de outras instituições, de concorrentes que perceberam a injustiça que estava acontecendo”.

Próximos passos do Edital

Como todo Edital Público, este prevê dois momentos de recurso, até a autorização final do MEC: previsto para 31 de janeiro. Após esta data é agendada visita in loco por especialistas do Ministério à Unijuí e ao município de Ijuí, avaliando infraestrutura, corpo docente e proposta pedagógica do curso. Somente após esta visita é promulgada a Portaria de Autorização do Curso, sendo possível realização do processo seletivo – Vestibular. 

A professora Cristina Pozzobon, vice-reitora de Graduação, destacou na coletiva que serão ofertadas 50 vagas anuais para o curso, cujo vestibular ainda não tem data definida, com 20% de vagas ofertadas pelo ProUni. "O perfil do nosso profissional será técnico, mas também ético, crítico e cidadão", destacou. 

Como o projeto do curso já foi aprovado pelo Conselho Universitário da UNIJUÍ, a Universidade está se preparando para a oferta do curso, estando garantida já toda a estrutura necessária para os dois primeiros anos de andamento do curso, de um total de seis anos. A Universidade projeta um investimento de R$ 10 milhões em infraestrutura e laboratórios para as atividades a serem desenvolvidas no terceiro e quarto ano. Para os dois últimos anos do curso, os estudantes utilizarão a estrutura do Hospital de Caridade de Ijuí, Hospital Bom Pastor e Hospital de Caridade de Panambi, com quem a UNIJUÍ possui convênio firmado.

Acima, galeria de fotos da coletiva de imprensa, realizada na manhã desta terça-feira, 31 de outubro.

Manifestações de lideranças após o anúncio do MEC

Senadora Ana Amélia Lemos:

“Meus cumprimentos a toda comunidade regional pela relevante conquista! Apoiei essa demanda desde o início das tratativas em Brasília.”

Deputado Federal Darcísio Perondi:

“Agora sim, a Unijuí venceu a nova disputa. Estou feliz por ter contribuído com esta grande conquista”.

Deputado Federal Jerônimo Goergen

“UNIJUI vence a disputa e curso de Medicina será implantado em Ijuí. Luta de anos agora se tornando realidade!!!!”

Valdir Heck, prefeito de Ijuí

“É um dia de vitória. Vitória da persistência, da determinação e da qualificação. Em nome de Ijuí, um abraço cordial a nossa Instituição, que trabalha há muitos anos com propostas diferenciadas”.

Alcides Vicini, prefeito de Santa Rosa

“Essa conquista representa o coroamento da história de ensino superior da Unijuí. É fundamental para o desenvolvimento regional, fruto de esforço coletivo, que permitirá um avanço marcante na história”.

Cláudio Matte Martins, presidente do HCI Ijuí

“Somos parceiros desde a primeira hora para que a Unijuí tenha um curso de medicina. Estamos juntos nesta caminhada. Estamos nos preparando para nos tornar um Hospital-Escola para os futuros acadêmicos de medicina”.

Fioravante Ballin, ex-prefeito de Ijuí

Foi uma vitória de Ijuí e região, marcada pela paciência, persistência e perseverança. O curso vai impactar positivamente no desenvolvimento econômico e social da região, além de trazer investimentos na saúde. Parabenizo todos os envolvidos nesta conquista”.

Confira a trajetória de mobilização pelo curso de Medicina em Ijuí 


Unijuí é escolhida para implantar o curso de Medicina em Ijuí

Nesta terça-feira, às 10h, a Reitoria vai realizar um pronunciamento oficial, em coletiva de imprensa, no Centro e Eventos da Unijuí.

Após mais de dois anos de espera e intensa mobilização, a Unijuí foi escolhida, na noite desta segunda-feira, 30 de outubro, a instituição que vai ofertar o curso de Medicina em Ijuí. O resultado final será divulgado em 12 de dezembro, com homologação no dia 31 de janeiro de 2018.

             

O anúncio feito pelo Ministério da Educação veio para coroar a ampla mobilização realizada desde 2012 pelo Comitê Pró-Curso de Medicina em Ijuí, reunindo, além da Universidade, Prefeitura, Hospital de Caridade, Hospital Bom Pastor, Câmara de Vereadores e ACI, com apoio de toda a comunidade regional e suas lideranças.

A Unijuí agradece o apoio que teve de entidades, lideranças e da comunidade regional na busca do curso de Medicina. A Instituição, como em todos os 60 anos de história, trabalha arduamente pelo desenvolvimento regional, tendo formado mais de 40 mil profissionais em diversas áreas do conhecimento e agora divide esta grande conquista com toda a comunidade regional. 


Incubadora de Empresas: jovem realiza sonho de montar o próprio negócio

Quem sonha em ter o próprio negócio não mede esforços para alcançar o objetivo. E essa é a história da jovem empresaria de 18 anos, Nayã Horst. Ela conheceu a Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica - Criatec em um estágio realizado em uma empresa e lutou até conseguir incubar seu próprio projeto.

Durante o período, ela realizava um curso técnico de informática, trabalhando com a mídias sociais. “Fiquei um ano como estagiaria dentro da Incubadora e aprendi tudo que envolve uma empresa. Tínhamos uma divisão de tarefas, então, eu fazia um pouco de tudo, e isso fez crescer em mim um espirito empreendedor. Eu já não conseguia mais olhar e ser empregada, e nem imaginar que daqui a alguns anos eu estaria trabalhando em outro lugar e fazendo outras coisas”, conta.

Conforme relata, no final de 2016, sua ex-chefe decidiu encerrar as atividades da empresa. Foi aí que decidiu tentar abrir o próprio negócio. “Eu já havia terminado o curso técnico, mas ainda não tinha 18 anos, então recebi a notícia de que no mesmo mês que eu faria aniversario abriria o edital. Era a chance”.

                  

A jovem participou da OpenTech, evento criado pela Criatec para buscar novos empreendedores que acontece durante a ExpoIjuí, entretanto, acabou não selecionada. “Não desisti. Me inscrevi no edital e quando fiz 18 anos já fui tirar meu CNPJ”.

Para passar no edital é necessário montar um plano de negócios e apresentá-lo a uma banca, mostrando que a ideia é viável e que a Criatec pode investir. “Eram duas vagas e cinco candidatos. Passei e consegui incubar a empresa Horst Maker Customização Web. Eu era mais nova, era sozinha, mas eu consegui”, comemora.

A ideia da empresa é trabalhar no desenvolvimento de sites, páginas de web, sistemas web, aplicativos, gestão de redes sociais, gerenciamento de sites e criação e edição de vídeos. “Como eu já possuía conhecimento nessa área, já entrei aqui com esta ideia e estou seguindo na caminhada aos poucos. Aprendo muito aqui, recebo conhecimento dos outros colegas que me veem como uma iniciante e me ajudam”.

Depois disso, correu atrás dos clientes. “Eles se surpreendem com meu esforço e conhecem minha história. Acredito que como eu já estava aqui dentro da Criatec, isso seja um diferencial, porque já conhecia toda a metodologia de trabalho deles”, observa.

Nayã faz a divulgação da empresa através das redes sociais, website e rede de contatos. “Meus clientes vão me indicar para outras pessoas e as outras empresas que estão aqui incubadas também me indicam e isso auxilia bastante”. Com o empreendimento a pouco mais de seis meses, a jovem agradece a importante chance que conseguiu. “Mesmo eu sendo nova eles me deram a oportunidade”.

De acordo com ela, os empreendedores incubados na Criatec recebem consultorias de mercado, empreendedorismo e tecnologia, inovação, entre outras. “Eu precisei de ajuda na área de precificação e a incubadora contatou uma pessoa especializada para me ajudar, então nós não estamos sozinhos, sem rumo no mercado, sem ter conhecimentos e informações. A Criatec é um porto seguro, temos auxilio em tudo o que precisamos. Eles nos incentivam a crescer, nós somos avaliados, cobrados e temos metas a atingir, e acho isso muito importante”.

Vislumbrando o futuro, Nayã pretende desenvolver ainda mais o negócio, buscando novas regiões. “ Quando aumentar a empresa e a equipe, porque vou vencer o serviço até um certo ponto. Quero começar a pensar também o que eu vou fazer quando eu sair da Criatec e como vou me consolidar no mercado, porque eu não me vejo em outra profissão, então tenho que fazer a empresa crescer”.

No ano que vem, pretende cursar Ciências da Computação e aperfeiçoar os conhecimentos. A jovem que não cresceu em um ambiente empresarial conta sempre com o apoio familiar. “Ninguém da minha família seguiu essa área e quando eu tive essa ideia foi um grande desafio. Eles não têm como me ajudar porque não tem esse conhecimento, mas me dão algumas dicas e ajudam no máximo que podem”. 

                   


Unijuí desenvolveu atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

“A Matemática está em tudo” foi o tema desenvolvido este ano.

             

Durante a última semana, a Unijuí realizou diversas ações vinculadas à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, com o objetivo de aproximar a ciência e a tecnologia da população, estimular a curiosidade e a inovação. “A Matemática está em tudo”, foi o tema que norteou ações.

O Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Fernando Jaime González, observa sobre a importância das ações, que integram diversas Instituições de Ensino Superior de todo o país.  “Permite, através de uma ação coordenada das instituições de ensino superior, colocar em pauta o impacto da pesquisa no desenvolvimento do pais e no cotidiano das pessoas. Particularmente, a Unijuí priorizou para essa semana iniciativas que darão continuidade a atividades importantes realizadas durante o ano, como a I Feira Regional de Matemática e a exposição do Programa de Modelagem Matemática da instituição”, observa.

Dia C da Ciência

Na quarta-feira, dia 25, dentro da programação da Semana, foi realizado o Dia C da Ciência, com diversas atividades realizadas em escolas da rede estadual e no Campus Ijuí. Bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência – Pibid, utilizaram o software GeoGebra para trabalhar em sala de aula de funções e introdução do conteúdo de Pitágoras, conteúdo que os alunos das escolas puderam acompanhar e desenvolver questões relacionadas com notebooks.

De acordo com a professora de matemática da Escola Estadual de Ensino Fundamental Osvaldo Aranha, Lori Sartori, o trabalho da Unijuí contribui nas formações, principalmente nas dificuldades do aluno. “Através destas atividades é possível mostrar para os estudantes um modo diferente de aprender dos livros didáticos”, observa.

A coordenadora do Sub-Projeto de Matemática - Pibid da Unijuí, Isabel Koltermann Battisti, salienta que as diferentes ações que o curso da Matemática vem abordando promovem educação cientifica através da matemática, primando pela qualidade das ações dos licenciandos, seja como estagiários ou bolsistas.

“Essas ações geram impactos na formação, não só dos licenciandos, mas também dos diferentes sujeitos com quem eles mantêm uma interlocução no contexto escolar. Percebemos uma transformação no licenciando, em termos de aprendizagem e também nos professores quando estes se permitem aprender juntos. São estudantes e professores construindo juntos a profissionalização”, complementa.

Feira de Matemática

Nos dias 26 e 27 de outubro de 2017 foram promovidas duas palestras com palestrantes da Rede de Feiras de Matemática do Estado de Santa Catarina. O objetivo foi a capacitação de gestores, avaliadores e orientadores através de acompanhamento e processo de formação. As palestras foram direcionadas a alunos do Ensino Superior, principalmente dos cursos de Matemática e Pedagogia, professores do Ensino Superior e Básico, gestores de instituições de Ensino Superior e Básico de Ijuí, Santa Rosa, Ibirubá, Panambi e Bagé. 

Tema é trabalhado ao longo do ano

O tema “A matemática está em tudo” já vem sendo amplamente trabalhado pela Unijuí ao longo de 2017, sendo que o Salão do Conhecimento, que dedica uma semana inteira para a divulgação científica na Universidade desenvolveu o mesmo tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. 

Mais de 2 mil participantes tiveram a oportunidade de prestigiar as comunicações orais e apresentações em pôsteres durante o Salão. Foram inscritos trabalhos completos e resumos expandidos em nove áreas do conhecimento (A Matemática está em tudo; Ciências Agrárias; Ciências Biológicas; Ciências da Saúde; Ciências Exatas e da Terra; Ciências Humanas; Ciências Sociais Aplicadas; Engenharias e Linguística, Letras e Artes), totalizando 164 trabalhos completos, 450 Resumos Expandidos e mais 207 Resumos Expandidos de Bolsistas. 

                            

Também foi realizado na Unijuí, a 1ª Feira Regional de Matemática no Noroeste do Estado. O evento reuniu estudantes da rede pública e particular de ensino de toda a região, que apresentaram trabalhos visando a sistematização dos projetos que envolvam conceitos matemáticos nos espaços educativos. Foram 81 trabalhos inscritos no total.

                        


Egresso da Administração é selecionado para doutorado após dois anos de sua colação na UNIJUÍ

“É de suma relevância que seja entendido que a Universidade não serve apenas para preparar profissionais para um sistema, mas também, para gerar e transmitir o conhecimento, onde a pesquisa científica se apresenta como um pilar central”, destaca Bruno Büttenbender.

O Egresso da UNIJUÍ, Bruno Büttenbender, foi classificado para a realização do doutorado, após dois anos de sua formação em Bacharel em Administração no Campus Santa Rosa. Atualmente está finalizando o Mestrado na Universidade do Vale do Taquari (UNIVATES), no programa de Pós-graduação em Ambiente e desenvolvimento, no qual é bolsista.

Muito feliz com a notícia destacou que desde o início de sua graduação sempre se dedicou à pesquisa por meio da atuação na iniciação científica e da extensão. “É uma escolha que muitos dos acadêmicos acabam deixando de lado, em função de diversos fatores, mas pra mim, foram bases fundamentais para o que eu alcancei até o momento”, pontua Bruno.

No dia 24 de outubro, recebeu o resultado da classificação para o doutorado na UNIVATES. As atividades terão início no primeiro semestre de 2018, onde a pesquisa abordará a relação das propriedades de bovinocultura de leite com a sustentabilidade, por meio da geração de energia elétrica proveniente da decomposição anaeróbia dos dejetos orgânicos da produção.

“Durante o meu período de graduação, as disciplinas que abordaram principalmente os aspectos de pesquisa foram de suma importância para que eu aprendesse o funcionamento da pesquisa científica, e para que hoje fosse possível trabalhar diretamente com isso. Para além disso, os vínculos com a iniciação científica, extensão e conselhos regionais de desenvolvimento foram essenciais para a aproximação com a real academia, enquanto não só um espaço profissionalizante para o mercado de trabalho, mas também gerador de conhecimento teórico e prático”, afirma o egresso.

De acordo com o Coordenador do Curso de Administração, professor Luciano Zamberlan, uma das características do curso é o fortalecimento da pesquisa por meio de atividades de iniciação científica. “Estimulamos ao longo de toda a formação processos, métodos e práticas de investigação e produção científica, o que contribui para que os alunos possam construir a verticalização em sua formação em nível de mestrado e até mesmo doutorado. Ficamos felizes pelo fato de termos vários de nossos egressos com pleno êxito em suas trajetórias acadêmicas e de vida. Isso comprova que nossa proposta pedagógica produz uma transformação na vida das pessoas que passam pelo nosso curso”, ressalta Luciano.

Bruno também ressaltou que a formação recebida durante a sua graduação foi fundamental para as atividades que está desempenhando atualmente. “Acredito que a formação recebida durante o período da minha graduação se deu de maneira positiva em decorrência dos contatos com as diversas perspectivas da Administração e reconheço que o curso é um espaço onde adquire-se conhecimento não só sobre empresas mas também para diferentes aspectos de nossas vidas, porém ressalto a relevância e representatividade da participação em atividades de iniciação científica e extensão, que aproximam o acadêmico da pesquisa científica, e preparam para a real vida na ciência, onde o café e a leitura e a busca por novos desafios são constantes”, destaca.

 

 


UNIJUÍ recebe estudantes do Ensino Médio para um bate-papo sobre escolha profissional

O momento da escolha profissional para muitos estudantes nem sempre é uma decisão fácil. Angústias, incertezas e dúvidas em relação a qual carreira mais rentável ou aquela que trará maior realização pessoal. Escolher uma ocupação consolidada e valorizada pelo mercado de trabalho ou arriscar-se em um ramo que ainda engatinha? São alguns questionamentos que estão presentes na vida desses jovens.

A UNIJUÍ Campus Santa Rosa realizou na noite de quinta-feira, dia 26, mais uma oportunidade para os estudantes do Ensino Médio noturno, participarem de um bate-papo sobre a escolha profissional.

As atividades contemplaram uma palestra com a temática “Mercado de Trabalho e Profissões”, ministrada pelo Gerente de Marketing da Universidade, Giancarlo Bottega. Na oportunidade Giancarlo destacou aos estudantes do terceiro ano, a importância da educação para o sucesso pessoal e profissional. “De forma prática estes estudantes precisam entender que a sala de aula é um laboratório de aprendizagens e vivências que os prepara para a vida. O compromisso de cada um e a dedicação empregada na busca pelo saber são os elementos fundamentais para o sucesso acadêmico e profissional” afirma.

Bottega também ressaltou as dúvidas na escolha certa, “dentre tantas dúvidas na escolha do caminho a seguir, destaco a necessidade de reconhecer-se dentro da profissão. Conhecer a si e a partir daí, identificar afinidades e gostos, é o elemento crucial para uma escolha correta e coerente”, enfatiza.

Na sequência os professores tiveram a oportunidade de explanar sobre os diferentes cursos que o Campus Santa Rosa oferta e tiraram as dúvidas dos estudantes com um bate-papo. As atividades finalizaram com uma visitação nos laboratórios da Universidade.

A UNIJUÍ está com as inscrições abertas para o Vestibular de Verão 2018 até o dia 26 de novembro. A prova será realizada no domingo, dia 03 de dezembro. Mais informações no Portal.


Estudante Unijuí: está na hora de dar a sua opinião

A Avaliação de Disciplinas é o momento em que o estudante pode avaliar, contribuir e atuar ativamente nos processos de melhoria da Instituição. Neste segundo semestre há uma mudança no período de avaliação. Agora o formulário para avaliação estará disponível sempre que o estudante concluir 70% da disciplina, encerrando ao chegar aos 90%.

No Portal do Aluno estará disponível o questionário online para avaliação das disciplinas cursadas no semestre e a atuação dos professores. O processo é rápido e sigiloso, ou seja, o estudante não é identificado, é levada em conta apenas a opinião.

A partir dessa avaliação, o estudante contribui diretamente para a melhoria do curso em que está matriculado. O objetivo é avaliar a interação do estudante com a disciplina, o professor e aspectos gerais da Instituição. Assim é possível fazer um diagnóstico do que acontece em sala de aula por meio da visão do estudante e com isso aprimorar o projeto pedagógico e tomar decisões sobre o planejamento institucional. O processo é coordenado pela Vice-Reitoria de Graduação (VRG) e a Comissão Própria de Avaliação (CPA).