Notícias

Nova temporada do Rizoma estreia com debate sobre dependência química

O primeiro Rizoma Temático de 2021 foi ao ar na manhã desta quinta-feira, dia 18 de fevereiro, pela Unijuí FM, com um tema que está ainda mais em evidência durante a pandemia de covid-19: a dependência química na sociedade atual. A discussão antecede o Dia Nacional de Combate às Drogas e ao Alcoolismo, que transcorre neste sábado, dia 20 de fevereiro.

Para participar desta discussão, transmitida ao vivo pelo Facebook da Unijuí FM, foram convidadas três profissionais: a médica psiquiatra e professora de Medicina da Unijuí, Caroline Tissot; a professora do curso de Psicologia da Unijuí, Carolina Gross; e a enfermeira coordenadora da Unidade de Dependência Química do Hospital Bom Pastor, Luciane Mucelini.

Infelizmente, enquanto instituição, temos percebido que ocorreu um aumento no uso abusivo de substâncias psicoativas durante a pandemia. Esse aumento se reflete mais em adolescentes, homens, do que em mulheres. E não apenas aqui, em Ijuí. Em conversa com outros profissionais, percebemos que essa é a mesma realidade de outras instituições”, destacou Luciane, lembrando que o papel do Hospital Bom Pastor é oferecer recursos e ferramentas para que o sujeito se recupere, se fortaleça e retorne ao seu ambiente, à sociedade. “É importante trabalhar com uma equipe multidisciplinar para que este sujeito olhe para todas as esferas da sua vida e encontre onde está o gatilho, o problema que o fez utilizar alguma substância”, completou.

Como explica a professora Carolina Gross, num primeiro momento, o uso de substâncias psicoativas, como álcool e outras drogas, pesa confortavelmente e ameniza o sofrimento vivido. No entanto, o uso constante acaba cobrando um preço alto do usuário. “O sujeito acaba se retirando do convívio social, de vínculos familiares e de amizade, ao invés de fazer frente àquilo que produz o sofrimento. Hoje estamos vivendo uma situação difícil, de isolamento, e as pessoas estão fragilizadas, vulneráveis para desenvolver o uso abusivo de alguma substância. Mas é importante lembrar que essa pessoa, que se perde nesse uso, tem na base um sofrimento. Ela está buscando um prazer, que se torna mais um problema.”

Médica psiquiátrica e professora do curso de Medicina da Unijuí, Caroline Tissot, lembra que os tratamentos avançaram muito nas últimas décadas. No entanto, tão importante quanto uma nova medicação, é poder contar com uma equipe multidisciplinar no tratamento e, principalmente, com o apoio da família e de amigos. “É importante que esse usuário perceba que conta com o suporte de uma rede”, reforçou.

Confira o debate completo no podcast abaixo:

Ou na live transmitida no Facebook da Unijuí FM:


UNIJUÍ FM reprisa série que aborda a história das origens do povo dos pampas

O escritor, poeta e músico, Martim César, numa parceria com a Rádio Sul Net, de Porto Alegre, lançou em 2020 a série histórica Nossas Origens, veiculada pela UNIJUÍ FM às segundas-feiras, a partir das 7h. Agora, o conteúdo passa a ir ao ar diariamente, às 16h.

A história, narrada pelo autor, traz como tema três grandes afluentes da origem do ser humano: o europeu, com ênfase na região da Ibéria; o africano, arrancado à força do seu continente; e o ameríndio, gestado aqui muito antes da chegada de Colombo, em 1492.

Em aproximadamente 100 capítulos de 10 minutos cada, serão narrados os eventos históricos que marcaram a vida e a morte dos nossos ancestrais, desde milhares de anos atrás até o começo do século XX, incluindo-se nos textos os testemunhos escritos dos grandes historiadores, bem como as falas dos próprios protagonistas e, ainda, alguns poemas que fazem alusão aos fatos que, de alguma maneira, determinaram o que o povo habitante deste território ao sul da América do Sul veio a se tornar.

Martim César é vencedor de mais de 30 festivais de música do Rio Grande do Sul e de mais de 10 festivais nacionais. Recentemente lançou o livro de contos “Sangradouro”, que traz em linhas a história do Rio Grande do Sul, o imaginário fronteiriço e o tempo das charqueadas.


Shows musicais serão reprisados na programação da UNIJUÍ FM, no horário do Encontro Casual

Está aberta a temporada de programação especial nos horários do Encontro Casual, na UNIJUÍ FM: serão veiculadas apresentações e shows musicais que já foram reproduzidos no rádio ao longo da trajetória da emissora. 

A temporada de verão já começou no final de semana do Natal, quando o ouvinte teve a chance de acompanhar o Grupo Mas Bah, de Novo Hamburgo, que se apresentou na 9ª edição do Festival Canto de Luz em novembro de 2020. No último final de semana foi ao ar o show da Banda Mais Bonita da Cidade, transmitido ao  vivo no Theatro São Pedro, em março do ano passado, integrando o projeto Trilha Cultural. 

A UNIJUÍ FM divulga agora a relação dos próximos shows, que podem ser acompanhados pelo rádio, site ou aplicativo aos sábados, 10h, com reprise aos domingos, 23h:

:: 09 e 10/01/2021: Marco Aurélio, no Theatro São Pedro, em 2019, em alusão aos 80 anos do intérprete e aos 18 anos da Rádio UNIJUÍ FM.

:: 16 e 17/01/2021: Vitor Hugo, durante a 38ª Califórnia da Canção em 2014, tendo no repertório um apanhado de canções como Pra Onde Ir, Desgarrados, Semeadura e Cordas de Espinho.

:: 23 e 24/01/2021: Kleiton e Kledir, no 32º Reponte da Canção, em 2016, na cidade de São Lourenço do Sul.

:: 30 e 31/01/2021: Sá e Guarabira, no 31º Reponte da Canção, em 2015, também em São Lourenço. 

:: 06 e 07/02/2021: Nenhum de Nós, na 28ª Moenda da Canção, em 2014, show que a banda realizou após a apresentação das músicas finalistas do festival, pra marcar os 28 anos de sucesso do grupo.

:: 13 e 14/02/2021: Délcio Tavares, durante a 4ª edição di Canto de Luz, em 2015.


Show de Marco Aurélio vai ao ar já neste final de semana, no horário do Encontro Casual


Rizoma: relembre os debates de 2020


2020 foi marcado por momentos históricos. E o Rizoma não poderia deixar de acompanhar e analisar esses acontecimentos. Ao longo de todo o ano, o programa de debates da UNIJUÍ FM reuniu especialistas, que discutiram sobre os principais assuntos da atualidade. A cada quinta-feira, um tema diferente ia ao ar nas manhãs da 106.9.

Em grande parte, os debates do Rizoma foram pautados pela pandemia de Covid-19, que assombrou o mundo e provocou mudanças imensuráveis em áreas como saúde, educação e ciência, além de transformar o modo com que as pessoas se comunicam. Discussões em torno da situação no Brasil e no mundo, as principais dúvidas e orientações, as pesquisas realizadas, os impactos na economia, entre tantos outros assuntos, levaram informação à comunidade em um período tão delicado.

Para além da pandemia, outras temáticas também foram debatidas, como os protestos do Black Lives Matter (Vidas Negras Importam) que se espalharam pelo mundo e o racismo estrutural da sociedade, a redescoberta do Brasil, violência contra a mulher, inteligência artificial, prevenção ao suicídio, eleições, orgulho LGBT+. 

Relembre cada um dos episódios do Rizoma, disponíveis em podcast nas plataformas de streaming na Internet: Deezer, Spotify, iTunes e TuneIn. Ou dê play abaixo:


Sub-categorias