COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Extensão

Projeto de Extensão vai auxiliar no cadastro de moradores que vivem à beira dos trilhos

Coordenadora do Projeto de Extensão, professora Patrícia Borges Moura

O Projeto de Extensão Regularização Fundiária Urbana (Reurb): Direito Social à Moradia Digna, da Unijuí, dará início a uma nova fase no mês de agosto: professores extensionistas, estudantes bolsistas e voluntários serão parceiros da Secretaria Municipal de Habitação no cadastramento das famílias que têm suas residências próximas à malha ferroviária de Ijuí.

Conforme explicou a coordenadora do projeto, professora Patrícia Borges Moura, a estimativa é que cerca de três mil casas, somente em Ijuí, estejam situadas em área de domínio da União, próximas à ferrovia e, portanto, em condição irregular. São casos de moradores que construíram numa área não edificável, ou seja, em uma extensão, em cada lado da linha férrea. Desde 2014, a empresa que administrava a malha, a América Latina Logística, e agora a empresa Rumo, entraram com uma centena de ações judiciais pretendendo a retomada dos imóveis.  

“Em Ijuí, muitas destas demandas judiciais estão sendo acompanhadas pelo Escritório Modelo da Universidade. Mas essa é uma situação que abrange mais de 20 municípios no Rio Grande do Sul. Tanto que o próprio Poder Judiciário, no âmbito Federal, deu início a um projeto, chamado de Ferrovias da Conciliação. A ideia é buscar um acordo entre a empresa que administra a ferrovia, moradores e poderes municipal e federal. Isso faz com que cada município tome uma iniciativa para tentar avançar no acordo”, explicou a professora. 

Na cidade, por meio da Secretaria Municipal de Habitação e da Comissão Especial de Habitação da Câmara Municipal, chegou-se ao consenso de que era necessário ter um panorama de quantas moradias e quantas famílias estão nesta situação - relatório que poderá auxiliar em um futuro acordo na Justiça Federal e também na elaboração de programas habitacionais e planejamento para ocupação do solo urbano no município.

Como lembra Patrícia, essa será uma importante oportunidade para que os estudantes, envolvidos no projeto, tenham contato com a realidade destas famílias. “Temos a preocupação de formar futuros profissionais com uma boa compreensão dos problemas e demandas sociais, contribuindo para a redução das desigualdades e para o desenvolvimento regional”, ressaltou.


Inscrições estão abertas para a II Feira de Matemática do RS

Evento, promovido pela Unijuí em parceria com a Sbem-RS, está alinhado ao ODS 4

Foto realizada antes da pandemia

Lançada durante o Ciência para Todos Unijuí 2, a II Feira Estadual de Matemática do Rio Grande do Sul já está com inscrições abertas pelo endereço unijui.edu.br/feira-matematica. O evento, que acontecerá pelo segundo ano no formato online, entre os dias 4 e 5 de novembro, é realizado pela Unijuí, por meio do Projeto de Extensão Feiras de Matemática no Rio Grande do Sul: um processo formativo, em conjunto com a Sociedade Brasileira de Educação Matemática (Sbem-RS).

Conforme explicou o coordenador do Projeto de Extensão, professor Peterson Cleyton Avi, a Feira Estadual de Matemática busca sistematizar projetos realizados por estudantes, professores e comunidade, que envolvam conceitos matemáticos nos espaços educativos. O evento faz parte da programação do Salão do Conhecimento e atende ao Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4 - Educação de Qualidade, que visa assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, promovendo oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

“Diante de um cenário em que as escolas estão com aulas online ou híbridas, consideramos primordial manter e dar sequência ao trabalho já consolidado pelo desenvolvimento das feiras de matemática desde 2017. Em meio à pandemia, é ainda mais importante acompanhar, assessorar, construir e criar possibilidades de socialização dos projetos em desenvolvimento nas escolas”, destacou o professor. 

Até o dia 4 de outubro, as inscrições estão abertas. Podem se inscrever estudantes e professores da Educação Básica, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio, Educação Superior, Educação Especial e comunidade em geral.

Mais informações podem ser consultadas em unijui.edu.br ou solicitadas via e-mail feiradematematicars@gmail.com.




Projeto de Extensão Prematuros atua alinhado a ODS

Na última semana, o Projeto de Extensão Prematuros: Prevenção, Apoio e Cuidado, da Unijuí, realizou uma atividade para discutir com os estudantes o que são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e de que forma as ações do projeto estão interligadas a essa iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU).

Estabelecidos em 2015, os Objetivos de Desenvolvimento compõem uma agenda mundial para construção e implementação de políticas públicas que visam guiar a humanidade até 2030. A agenda contempla um plano de ação internacional para o alcance de 17 objetivos, desdobrados em 169 metas, que abordam diversos temas para o desenvolvimento humano em cinco perspectivas: pessoas, planeta, prosperidade, parcerias e paz.

O Projeto de Extensão Prematuros está vinculado ao Objetivo 3 – Saúde e Bem-estar, que propõe assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades. Este objetivo incentiva comportamentos saudáveis entre seus públicos e melhora o acesso de seus colaboradores aos cuidados com a saúde – o que vai ao encontro da iniciativa realizada na Unijuí.

Conforme explica a coordenadora, professora Amanda Schöffel Sehn, o projeto tem como público-alvo prematuros nascidos no município de Ijuí. Também são realizadas ações de prevenção à prematuridade. Estudantes e professores de diferentes cursos realizam o contato com as famílias de bebês prematuros, após a alta hospitalar, para oferecer orientações relacionadas à prematuridade e realizar a avaliação do desenvolvimento neuropsicomotor do bebê.


Alunos podem participar do Desafio MathGo no Ciência para Todos

Desafio de matemática será lançado pelo Projeto de Extensão AppGo

Foto realizada antes da pandemia

Alunos dos Ensinos Fundamental e Médio, que gostam de matemática, não poderão perder o Ciência para Todos Unijuí 2. Isso porque durante o evento, que acontece de 5 a 9 de julho, acontecerá o 2º Desafio MathGo, lançado pelo Projeto de Extensão AppGo: Desenvolvimento e Implementação de Softwares Educacionais. O Ciência para Todos é promovido pela Fidene/Unijuí, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

Conforme explica a coordenadora do projeto, professora Barbara Gündel Mendonça, o desafio será lançado na segunda-feira, às 10h30. Os alunos vão acessar o aplicativo, selecionar o modo jogar e responder às questões, dentro de um banco com mais de 1,5 mil perguntas. Quanto maior a pontuação, mais o estudante sobe no ranking e fica próximo de ser um dos três vencedores, que serão conhecidos na sexta-feira, às 15h30. Tanto os vencedores, quanto às escolas a que pertencem, receberão medalhas e troféus.

“De segunda a quinta-feira, às 10h30, estaremos explicando como funcionam os aplicativos MathGo e PortGo, e falando sobre o desafio. Também teremos a professora Taíse Possani dando dicas aos alunos do Ensino Médio sobre como interpretar textos”, explicou a professora.

Já no turno da tarde, de segunda a quinta-feira, às 14h, será aberto um espaço de interação com estudantes e professores. O projeto também participa na quarta-feira à noite, às 19h45, com informações sobre os aplicativos. 

“Dentro do projeto, temos dois aplicativos: o MathGo e o PortGo - este último direcionado ao estudo da Língua Portuguesa. Recentemente desenvolvido, o PortGo já está em funcionamento, embora ainda esteja sendo carregado com questões”, reforçou a professora.

Para conferir as atividades do Projeto de Extensão AppGo, assim como de outros projetos que farão parte da Mostra Científica Virtual, basta acessar o canal da Unijuí no Youtube. A programação completa do Ciência para Todos está disponível em bit.ly/cienciasparatodos. O evento busca promover ações de divulgação, educação e popularização da ciência para a comunidade regional, em especial para professores e estudantes da Educação Básica ao Ensino Superior.


Estudantes vão aprender a desenvolver jogo durante o Ciência para Todos

Formação será realizada pelo Projeto de Extensão Meninas Digitais na Computação

Entre os dias 5 e 9 de julho, durante o Ciência para Todos Unijuí 2, o Projeto de Extensão Meninas Digitais na Computação estará promovendo uma formação aos estudantes, voltada ao desenvolvimento de aplicativos com scratch - uma linguagem de programação baseada em blocos, que tem o objetivo de ensinar a lógica de programação através de jogos, animações e histórias. O Ciência para Todos é uma promoção da Fidene/Unijuí e conta com a parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

“Teremos uma série de vídeos que vão guiar os alunos no desenvolvimento de um jogo. Em cada um deles, os participantes estarão evoluindo e implementando novas funcionalidades”, explicou o coordenador do projeto de extensão, professor Edson Luiz Padoin.

Os vídeos podem ser conferidos no canal da Unijuí no Youtube, sempre às 10h, de segunda a sexta-feira. Os estudantes terão a introdução à ferramenta na segunda-feira; criação do primeiro protótipo na terça; adição de funcionalidades na quarta e quinta-feira; e finalização do jogo avançado na sexta-feira.

O Projeto de Extensão nasceu em 2019, quando a Unijuí se inseriu como apoiadora e multiplicadora do projeto Meninas Digitais da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). O objetivo da iniciativa é despertar o interesse dos alunos do Ensino Médio e dos Anos Finais do Ensino Fundamental pela área da tecnologia, e em especial de mulheres, que são minoria no ramo da Computação.

Para conferir a programação completa do Ciência para Todos, e demais projetos que participam da Mostra Científica Virtual, acesse bit.ly/cienciasparatodos. Pelo mesmo endereço, é possível que escolas se inscrevam em oficinas realizadas pelo Salão do Conhecimento, até o final deste mês.


Projeto Energia Amiga vai trabalhar consumo e logística reversa no Ciência para Todos

Projeto de Extensão levará diferentes ações para a Mostra Científica Virtual

Foto realizada antes da pandemia

Focado em disseminar o conhecimento sobre energia elétrica e segurança no uso da eletricidade, o Projeto de Extensão Energia Amiga participará com diversas atividades da Mostra Científica Virtual do Ciência para Todos Unijuí 2. O evento, que será realizado entre os dias 5 e 9 de julho, é uma promoção da Fidene/Unijuí em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

“A grande temática é a energia elétrica e, dentro disso, temos algumas linhas definidas para este evento. Priorizamos a abordagem aos equipamentos eletroeletrônicos, apresentando suas características, as formas utilizadas para calcular o consumo de energia e o quanto isso impacta na nossa fatura”, explicou a coordenadora do projeto, professora Caroline Radüns. É na segunda-feira, às 9h30 e às 13h30; na quarta-feira, às 20h30; e na sexta-feira, às 10h30, que estes tópicos serão trabalhados.

Outro tema que terá destaque durante o evento é a logística reversa: na quarta-feira o foco serão as lâmpadas, às 11h e às 13h30; e na quinta-feira, nos mesmos horários, de equipamentos eletroeletrônicos e pilhas. A relação entre energia elétrica e logística reversa será abordada na sexta-feira, às 15h. “Precisamos entender esse tema para, cada vez mais, termos resultados positivos no meio ambiente”, comenta Caroline.

Para acompanhar as atividades deste e outros projetos de extensão da Unijuí, que farão parte da Mostra Científica Virtual, basta acessar o canal da Unijuí no Youtube. A programação completa do Ciência para Todos pode ser acessada em bit.ly/cienciasparatodos


Ciência para Todos contará com lançamento da 2ª Feira Estadual de Matemática

Projeto “Feiras de Matemática no Rio Grande do Sul” é um dos destaques no evento

Foto realizada antes da pandemia

O Projeto de Extensão Feiras de Matemática no Rio Grande do Sul: um processo formativo será um dos destaques da Mostra Científica Virtual que integra o Ciência para Todos Unijuí 2. O evento, que acontece de 5 a 9 de julho, de forma totalmente virtual, é promovido pela Fidene/Unijuí, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. 

Segundo o coordenador, professor Peterson Cleyton Avi, o Projeto de Extensão terá sua primeira participação na segunda-feira, dia 5, às 11h, com a Mostra da 1ª Feira Estadual de Matemática, que ocorreu no ano passado. “A ideia é mostrarmos como foi a experiência de realizar a feira de forma virtual. Iremos apresentar dois trabalhos que foram expostos no evento, trazendo relatos de alunos e professores que estiveram envolvidos”, explicou o professor.

Um dos grandes momentos do Ciência para Todos será o lançamento das inscrições para a 2ª Feira Estadual de Matemática, que vai acontecer neste ano, nos dias 4 e 5 de novembro, também de forma online. Na quarta-feira, 7, às 20h, e na sexta-feira, 9, às 9h30, serão conhecidas as categorias que poderão expor trabalhos.

Além disso, na sexta-feira, dia 9, às 14h30, será realizada uma oficina com o tema “Existe matemática na fotografia?”. “Vamos apresentar a relação que pode ser explorada entre os conteúdos matemáticos e a fotografia”, explicou o coordenador.

O Projeto de Extensão é resultado de uma parceria entre a Unijuí, a 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), redes municipal e particular de ensino, e visa socializar trabalhos de matemática que são desenvolvidos ao longo do ano.

Para saber mais sobre o Ciência para Todos Unijuí 2, acesse bit.ly/cienciasparatodos


Projeto de Extensão vai contar histórias de mulheres nas Ciências Exatas e Engenharias

Projeto Meninas que Engenham o Futuro será destaque no Ciência para Todos

Foto realizada antes da pandemia

A segunda edição do Ciência para Todos, evento que será promovido pela Fidene/Unijuí entre os dias 5 e 9 de julho, de forma virtual, será uma vitrine para o Projeto de Extensão Meninas que Engenham o Futuro. A iniciativa, segundo a coordenadora, professora Taciana Paula Enderle, tem o objetivo de debater a inserção das mulheres na área das engenharias e também demonstrar o potencial que elas têm para atuar nas Ciências Exatas.

“Por meio do projeto, colocamos em prática ações que auxiliam as estudantes da Educação Básica a aproximar do seu dia a dia conceitos trabalhados nas engenharias. Para isso, damos ênfase à energia elétrica e abastecimento de água. Tratamos da eficiência energética e do reuso da água. Além disso, buscamos construir um pensamento multidisciplinar e sustentável”, explicou a coordenadora.

Um pouco deste trabalho poderá ser conferido na próxima semana, nos dias 6 - às 11h e às 13h30; dia 7 - às 21h; e 9 de julho - às 11h, quando o Projeto de Extensão participa da Mostra Científica Virtual, que será transmitida pelo canal da Unijuí no Youtube. De acordo com a professora Taciana, a história de mulheres nas Ciências Exatas e Engenharias será contada, na forma de uma linha do tempo. “Vamos também apresentar nosso projeto e resgatar um pouco do que desenvolvemos nas escolas que participaram da iniciativa”, completou a professora.

Realizado em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e parte da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, o Ciência para Todos Unijuí 2 busca promover ações de divulgação, educação e popularização da ciência aos estudantes e professores da Educação Básica ao Ensino Superior. 

A programação completa do evento pode ser conferida no endereço  bit.ly/cienciasparatodos, mesmo local em que inscrições para oficinas podem ser realizadas. 

 


Projeto de Extensão vai apresentar experimentos de física no Ciência para Todos

Projeto Física para Todos também promoverá palestra durante o evento 

Foto realizada antes da pandemia

Há mais de duas décadas, o Projeto de Extensão Física para Todos promove a popularização e difusão da ciência por meio de exposições interativas de experimentos de física. E claro que a iniciativa fará parte do Ciência para Todos Unijuí 2, que acontecerá de 5 a 9 de julho, de forma virtual, a partir de uma promoção da Fidene/Unijuí em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

Por meio do canal da Unijuí no Youtube, será possível acompanhar na terça-feira, dia 6 de julho, às 9h30, a primeira participação do Projeto de Extensão na Mostra Científica Virtual, com a apresentação de Experimentos de Mecânica, Eletricidade e Magnetismo. Na quarta-feira, dia 7, no mesmo horário, ocorrerá a apresentação de Experimentos de Óptica e Lançamento de Foguetes.

“Na quarta-feira, às 19h, estarei palestrando sobre a ‘Física e os acidentes de trânsito’, mesmo tema que será trabalhado na sexta-feira, dia 9, a partir das 8h30”, explicou o coordenador do projeto, professor Nelson Toniazzo.

Para fechar, segundo o docente, acontece na sexta-feira, às 13h30, uma exposição com o tema “Astronomia: onde estamos? Qual nossa localização no universo?”.

No endereço bit.ly/cienciasparatodos é possível ter acesso à programação completa do Ciência para Todos, conhecer os demais Projetos de Extensão participantes e se inscrever em oficinas que serão ofertadas até o final deste mês.

 


Lançado o 4º Concurso Energia Amiga de Redação e Desenho

Energia elétrica e logística reversa” é o tema do 4º Concurso Energia Amiga de Redação e Desenho, promovido pelo Projeto de Extensão Energia Amiga da Unijuí, em parceria com a Ceriluz. A competição é voltada aos estudantes do Ensino Fundamental, de escolas públicas e privadas, pertencentes às regiões de abrangência da 17ª e 36ª Coordenadorias Regionais de Educação (CREs), que têm suas sedes nos municípios de Santa Rosa e Ijuí, respectivamente.

Já com inscrições abertas, o concurso tem o intuito de incentivar os estudantes a pensarem sobre cidades e comunidades sustentáveis, a partir da redução do impacto ambiental, com especial atenção ao sistema energético e resíduos tecnológicos. Alunos do 1º ao 5º Ano podem participar com desenhos, enquanto que estudantes do 6º ao 9º Ano podem se inscrever com redações. O prazo encerra-se no dia 12 de julho e as regras para o concurso estão disponíveis em www.projetos.unijui.edu.br/energiaamiga.

Desde o início do projeto, temos como proposição a realização de um concurso. E neste ano não seria diferente. Os alunos terão um prazo para elaborar suas redações e desenhos, e para inscrever suas produções. A comunidade também participará, escolhendo os melhores trabalhos, que farão parte de um livro. Nas duas primeiras edições, este livro foi físico e, no passado, publicado de forma digital. Mas, neste ano, voltamos com a edição impressa”, explicou a coordenadora do Projeto Energia Amiga, professora Carolina Radüns.

Realizado de forma online neste ano, em razão da pandemia de covid-19, o Projeto de Extensão conta com o envolvimento de 20 escolas, 53 turmas, 38 professores e 1.021 estudantes. A iniciativa visa disseminar o conhecimento sobre energia e segurança no uso da eletricidade aos alunos das escolas de Ijuí e região, aproximando, assim, os conceitos teóricos de eletricidade com a vivência diária e o uso da energia, bem como demonstrar os riscos intrínsecos ao uso dela.

Confira a live na íntegra: