COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Extensão

Coordenador do Balcão do Consumidor de Ijuí orienta sobre compras na Black Friday

De origem estadunidense, a Black Friday é um evento anual que tem se popularizado no Brasil e que busca movimentar o comércio, oportunizando aos compradores descontos especiais e facilidades no pagamento. Mas, apesar de ofertar produtos por preços acessíveis, o evento também carrega incertezas entre os consumidores, que questionam a veracidade das ofertas e os direitos que possuem, no caso do arrependimento ou de problemas na compra.

Coordenador do Balcão do Consumidor de Ijuí, o professor Joaquim Henrique Gatto chama a atenção para as compras realizadas pela internet. “O cliente precisa prestar atenção nas compras, principalmente em lojas online, para se certificar de que são sites verdadeiros e com histórico de cumprimento das ofertas”, comenta. 

Segundo Joaquim, existem algumas formas para se evitar fraudes: primeiro, analisar se de fato o produto está com valor reduzido. Em caso de pagamento parcelado, realizar o cálculo do valor total a ser pago e, em caso de pagamento por boleto bancário, conferir se o beneficiário do pagamento é o mesmo que consta no boleto. 

Além disso, para compras pela internet, há o direito do arrependimento - algo que nem sempre se aplica para compras realizadas em lojas físicas. “O consumidor tem direito de desistir da compra, porém, somente quando a mesma é realizada fora do estabelecimento, ou seja, pela internet, pelo telefone, a domicílio. Já quando a compra é feita em loja física, a possibilidade de devolver o produto depende da política da empresa”, explica. 

O professor frisa que os consumidores ijuienses podem buscar atendimento no Balcão do Consumidor. O local também pode ser procurado por consumidores de outros municípios, desde que a compra ou contratação do serviço tenha sido feita com fornecedor de Ijuí. “Lembrando que em localidades onde não há Procon, o atendimento é feito pelo site procon.rs.gov.br”, complementa o coordenador.

Realizado como parte das atividades de extensão universitária na Unijuí, o Balcão do Consumidor está presente em Ijuí desde 2013, em Três Passos desde 2015 e em Santa Rosa desde 2018. As três unidades estão vinculadas ao projeto do curso de Direito que leva o nome de “Conflitos Sociais e Direitos Humanos: alternativas adequadas de tratamento e resolução”.

O Balcão do Consumidor pode ser contatado pelos telefones 55 3333-0725 (Ijuí), 55 3511-5296 (Santa Rosa) e 55 3522-2122 (Três Passos).

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí


Oficinas marcam retomada das atividades presenciais do projeto Diálogos: Tecendo vidas sem violência de gênero

Na manhã desta terça-feira, 23 de novembro, o Projeto de Extensão Diálogos: Tecendo vidas sem violência de gênero, da Unijuí, retomou suas atividades presenciais. Duas oficinas foram realizadas na Escola Estadual Antônio Padilha, para cerca de 60 alunos do Ensino Médio, sobre o tema “Como construir relacionamentos sem violência”.

Conforme explica a coordenadora, professora doutora Joice Graciele Nielsson, o projeto também participa das atividades alusivas aos “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”. Nesta quinta-feira, dia 25, às 9h, acontece uma live em parceria com a Coordenadoria da Mulher de Ijuí, com transmissão pela página da Coordenadoria no Facebook. Na terça-feira, dia 30, serão realizadas oficinas com alunos e funcionários do Instituto Municipal de Ensino Assis Brasil (Imeab); e no dia 2 de novembro, novas oficinas acontecem na Escola Estadual Antônio Padilha.

“Vinculado ao Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos Humanos da Unijuí, o Projeto de Extensão Diálogos visa aproximar os estudos realizados pelo PPG da comunidade, intensificando os impactos das pesquisas realizadas na melhoria da qualidade de vida da população local”, destacou a professora, lembrando que, além de atividades de formação e prevenção à violência de gênero, também são realizadas ações junto à Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, em parceria com órgãos públicos e entidades, redes pública e privada de educação, na promoção de ações e projetos que buscam auxiliar na superação de todas as formas de violência de gênero.

Sob a coordenação da professora Joice, o projeto conta com a participação de estudantes dos cursos de graduação, Mestrado e Doutorado em Direito da Unijuí.


I Jornada Interdisciplinar de Prematuridade ocorreu no sábado

Aconteceu no último sábado, 20 de novembro, a I Jornada Interdisciplinar da Prematuridade. Realizado de forma online, com transmissão pelo canal da Unijuí no Youtube, o evento foi promovido pela Unijuí, por meio do Projeto de Extensão Prematuros: Prevenção, Apoio e Cuidado, e alusivo ao Novembro Roxo, mês da conscientização da prematuridade. O bate-papo contou com a participação de professores, coordenadores, estudantes e profissionais especialistas nas áreas de psicologia, enfermagem, medicina e fisioterapia, com amplas experiências relacionadas à prematuridade e UTI Neonatal.

“Estamos em ação, trabalhando esta temática, desde ano de 2015, quando iniciamos como projeto de pesquisa, indo até as UTIS, coletando dados, fazendo acompanhamento na Clínica Escola de Fisioterapia, e com o passar do tempo nós percebemos a necessidade de estender nosso projeto à comunidade. Por isso alteramos o Projeto Prematuros para extensão, em 2019”, explica a professora, coordenadora do curso de Fisioterapia e supervisora dos atendimentos fisioterapêuticos realizados aos bebês no Centro Especializado de Reabilitação, CER III - Unir da Unijuí, Simone Zeni Strassburger.

De acordo com a professora, devido à pandemia, em 2020 o projeto precisou se adaptar, elaborando materiais para serem compartilhados com as Secretaria de Saúde e famílias, sobre cuidados com os bebês, desenvolvimento neuropsicomotor e introdução alimentar, bem como cartilhas informativas às gestantes e sobre o desenvolvimento afetivo dos prematuros. Em 2021, ações presenciais voltaram a acontecer, especialmente de escuta às famílias. 

Para dar início à Jornada, a psicóloga Paula Mousquer abordou a temática “Meu bebê nasceu antes da primavera: a escuta psicanalítica do contexto da prematuridade”. A palestrante iniciou sua fala agradecendo a participação no evento e destacando que novembro é o mês internacional de sensibilização da prematuridade e, por isso, é essencial focar no contexto de hospitalização e UTI Neonatal, à experiência subjetiva dos bebês que nasceram prematuramente. “Assim como à vivência de pais e familiares que acompanham o desenrolar de diversas situações clínicas possíveis neste contexto”, explicou a psicóloga, que se inseriu diariamente no ambiente hospitalar, acompanhando gestantes de alto risco, puérperas, mães e pais de bebês prematuros. 

Dando sequência às palestras, a temática foi “Estimulação precoce e vínculo parental”, através da enfermeira da Unidade de Internação Neonatal do Hospital de Clínicas de Porto Alegre,  Graciela Feier Fróes, que apresentou um panorama sobre  a prematuridade no Brasil, os riscos da quebra do vínculo entre mãe-bebê, assim como a importância da presença dos pais na UTI. “A presença dos pais é capaz de influenciar nos desfechos do bebê e impactar na segurança do paciente durante a internação e na sua vida futura. Há relação com o abandono, maus-tratos, violência, prejuízo no neurodesenvolvimento, autismo, irritabilidade e dificuldades de sociabilização”, explica. 

A pediatra Simone Minuzzi Catto Vaz apresentou sobre “A prematuridade além do período neonatal” e explica que prematuro é definido como o bebê nascido vivo antes do término das 37 semanas de gravidez. “A prematuridade é vista como uma síndrome clínica complexa e, como tal, deve ser abordada com múltiplas estratégias para sua prevenção”, ressalta a pediatra. Também pontua que para a recepção do prematuro, é necessário conhecer a mãe desse bebê, os detalhes da sua história, seus antecedentes pessoais e obstétricos, checando todo material disponível para recepcionar o paciente, programando a assistência e construindo um plano de cuidados individualizados.

Finalizando o bate-papo, a fisioterapeuta Carina Corso Alves falou sobre “Estimulação sensório-motora na UTI Neonatal”, onde contextualizou prematuridade, diferentes ambientes, desenvolvimento do bebê e a estimulação sensório-motora. Carina explica que os os profissionais da equipe multiprofissional da UTI Neonatal conhecem o desenvolvimento fetal e suas alterações, estando preparados para cuidar de todos os períodos de desenvolvimento. 

Para conferir o evento na íntegra, clique aqui.

Por Susan Pereira, estagiária da Assessoria de Marketing da Unijuí


Unijuí terá Jornada Interdisciplinar da Prematuridade na próxima semana

Acontece no sábado, 20 de novembro, a I Jornada Interdisciplinar da Prematuridade. O evento é promovido pela Unijuí, por meio do Projeto de Extensão Prematuros: Prevenção, Apoio e Cuidado, e alusivo ao Novembro Roxo, mês de conscientização da prematuridade. A Jornada Interdisciplinar é online e terá transmissão pelo canal da Unijuí no Youtube.

O evento é destinado a estudantes e profissionais, e contará com a presença de especialistas nas áreas de psicologia, enfermagem, medicina e fisioterapia, com amplas experiências relacionadas à prematuridade e UTI Neonatal.

De acordo com a professora organizadora do evento, Amanda Schöffel Sehn, o assunto é extremamente importante, tanto para prevenção quanto para identificação precoce de riscos ao desenvolvimento do bebê. “A expectativa é que seja um momento de trocas, para que possamos aprender e compartilhar a partir das experiências dos profissionais que vão estar conosco neste dia”, ressalta.

A abertura do evento está programada para às 8h15. Na sequência, será abordada a temática “Meu bebê nasceu antes da primavera: a escuta psicanalítica no contexto da prematuridade”, ministrada pela psicóloga Paula Mosquer, às 8h30. Às 9h15, o tema será “Estimulação precoce e vínculo parental”, através da enfermeira Graciela Feier Fróes. Às 10h15, o debate é com a pediatra Simone Minuzzi Catto Vaz, sobre “A prematuridade além do período neonatal”. Finalizando o evento, às 11h, debate sobre “Estimulação sensório-motora na UTI Neonatal”, com a fisioterapeuta Carina Corso Alves.

Para participar do evento não é necessário inscrição, no entanto, ao final, para quem se interessar, poderá ser emitido atestado. Para acompanhar, acesse este link.

Por Susan Pereira, estagiária da Assessoria de Marketing da Unijuí


Estudantes e professores compartilham estudos na II Feira Estadual de Matemática do RS

Nesta quinta-feira, 4 de novembro, aconteceu a II Feira Estadual de Matemática do Rio Grande do Sul, promovida pela Unijuí em parceria com a Sociedade Brasileira de Educação Matemática do Rio Grande do Sul (Sbem-RS) e patrocínio da Sicredi das Culturas RS/MG. Realizado de forma totalmente virtual, com transmissão pelo canal da Unijuí no Youtube, o evento integrou a programação do Salão do Conhecimento 2021.

Durante o dia, 21 trabalhos foram apresentados: nove no turno da manhã, partindo de professores, Educação Especial, Educação Infantil e Anos Iniciais; e 12 no turno da tarde, dos Anos Finais, Ensino Médio e Ensino Superior. Para avaliação, foram formados cinco grupos, com três avaliadores em cada. 

“Tivemos um dia de aprendizado, em que vivenciamos diversas aplicações e percebemos como a matemática está presente no nosso dia a dia. Agradecemos a todos que estiveram envolvidos e espero que a Feira deixe marcas em todos”, destacou um dos coordenadores do evento, professor Peterson Cleyton Avi, que coordena o Projeto de Extensão Feiras de Matemática no Rio Grande do Sul: um processo formativo. 

Conforme afirmou o vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Fernando Jaime González, na abertura do evento, é um orgulho para a Universidade promover a segunda edição da feira, sustentada em um projeto de extensão que procura, assim como os demais projetos, estabelecer uma relação com a comunidade e o fortalecimento da Educação Básica. 

Para o diretor regional da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (Sbem-RS), José Carlos Pinto Leivas, é inegável a emoção sentida ao ver os alunos, desde pequenos, trabalhando e produzindo educação matemática. Ele lembrou que a Sbem-RS foi parceira para expandir a Feira, antes regional e agora para o Estado. Por ser online, o evento permitiu a participação de pessoas de diferentes locais, a exemplo do Acre, que contou com um trabalho inscrito.

A vice-presidente da Sbem, Fátima Peres Zago de Oliveira, recordou que em 1984 começaram a ser dados os primeiros passos para a realização das feiras de matemática, de forma colaborativa. “Há seis anos, essa proposta começou a ser discutida no Rio Grande do Sul. E que bom que estamos aqui hoje. Este evento é uma festa da educação matemática, capaz de transformar atividades escolares em verdadeiros laboratórios vivos de educação matemática, de aprendizagem científica”, afirmou.

Gerente de Comunicação e Marketing da Sicredi, Vanessa Wender Heusner parabenizou os organizadores e destacou que a cooperativa apoia ações que envolvam a educação através de programas sociais próprios e de iniciativas de entidades locais. “Acreditamos que, para cumprir com nosso propósito de construir juntos uma sociedade mais próspera, a educação é primordial", ressaltou.

Confira as apresentações do turno da manhã:

Confira as apresentações do turno da tarde:


Projeto de Extensão tem representação em eventos nacionais e internacionais

Nos dias 21, 22 e 23 de outubro, professores, técnica-administrativa e estudantes extensionistas que integram o Projeto de Extensão “Conflitos Sociais e Direitos Humanos: alternativas de tratamento e resolução” participaram com a apresentação de trabalhos em eventos nacionais e internacionais: o I Congresso Internacional de Direito e Gestão de Conflitos: prevenção e gestão de conflitos foi promovido pela Uniara; o  XXV Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, XXI Encontro Latino Americano de Pós-Graduação, o XI Encontro de Iniciação à Docência e o I Encontro Nacional de Extensão Universitária pela Universidade do Vale do Paraíba.

Foram apresentados trabalhos abordando a resolução de conflitos familiares e de consumo, temáticas em que o projeto de extensão têm atuação nos campi de Ijuí, Santa Rosa e Três Passos. Os trabalhos também refletiram acerca da contribuição da extensão tanto para a comunidade como para a formação acadêmico-profissional dos estudantes do curso de Direito da Unijuí.

Conforme destaca a professora e coordenadora do projeto de extensão, Francieli Formentini, a participação em eventos é extremamente importante para compartilhar aspectos do trabalho realizado no âmbito do projeto, possibilitando o diálogo com outros pesquisadores e extensionistas. “Além disso, possibilita aos estudantes  experiências diversificadas, o que contribui para o desenvolvimento de diferentes  competências e habilidades”, reforça a professora.

Confira os projetos apresentados:

I Congresso Internacional de Direito e Gestão de Conflitos (CID-GC): Prevenção e Gestão de Conflitos, realizado pelo Programa de Pós-Graduação em Direito e Gestão de Conflitos da Universidade de Araraquara - Uniara:

Mediação Familiar: a atuação do Projeto de Extensão “Conflitos Sociais e Direitos Humanos” para a construção de espaços de fala: Alessandra Mainardi e Francieli Formentini

Mecanismos alternativos de resolução de conflitos: a mediação se aplica às relações de consumo? Uma análise a partir dos atendimentos do Balcão do Consumidor da Unijuí: Tuani Josefa Wichinheski, Eliete Vanessa Schneider, Francieli Formentini

O Balcão do Consumidor da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul e a questão do superendividamento feminino: Eduarda Franke Kreutz, Joaquim Henrique Gatto e Fernanda Serrer

A conciliação como meio para solucionar o superendividamento: Maila Scarpato Aurélio, Eliete Vanessa Schneider

O Balcão do Consumidor da Unijuí e a força da extensão universitária: Joaquim Henrique Gatto, Maria Luísa Viana, Fernanda Serrer

 

XXV Encontro Latino Americano de Iniciação Científica, XXI Encontro Latino Americano de Pós-Graduação e XI Encontro de Iniciação à Docência, promovidos pela Universidade do Vale do Paraíba:

Mediação familiar e a atuação do projeto de extensão “Conflitos Sociais e Direitos Humanos” da Unijuí: Alessandra Mainardi, Francieli Formentini, Fernanda Serrer, Joaquim Henrique Gatto

I Encontro Nacional de Extensão Universitária da Universidade do Vale do Paraíba:

Relato acerca da experiência como bolsista de extensão no âmbito do Balcão do Consumidor em Três Passos: Eliete Vanessa Schneider, Tuani Josefa Wichinheski, Francieli Formentini








II Feira Estadual de Matemática acontece na próxima semana

Vai ocorrer na próxima quinta-feira, 4 de novembro, a II Feira Estadual de Matemática do Rio Grande do Sul, promovida pela Unijuí em parceria com a Sociedade Brasileira de Educação Matemática do Rio Grande do Sul (SBEM-RS) e patrocínio da Sicredi das Culturas RS/MG. Com transmissão pelo canal do Youtube da Unijuí, o evento está dentro da programação do Salão do Conhecimento e visa a sistematização dos projetos realizados por estudantes, professores e comunidade, que envolvam conceitos matemáticos nos espaços educativos.

A Feira é destinada a professores e estudantes da Educação Básica, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio; Educação Superior, Educação Especial e comunidade em geral. “O objetivo da Feira de Matemática é incentivar, divulgar e socializar as experiências, pesquisas e atividades matemáticas, além de confirmar que as feiras se constituem numa experiência curricular ou extracurricular de relevância para sistematizar e implementar os projetos ou programas de ensino e aprendizagem, contribuindo, assim, para inovação curricular durante o ano letivo”, ressalta o professor e organizador do evento, Peterson Cleyton Avi.

A Feira terá abertura às 8h30 e início da apresentação de trabalhos às 9h, com a seguinte ordem de apresentações: professores, Educação Especial, Educação Infantil e Anos Iniciais. No turno da tarde, a programação inicia-se às 13h30 com trabalhos dos Anos Finais, Ensino Médio e Ensino Superior. Para finalizar o evento, está programada a premiação para às 16h30, com encerramento oficial na sequência.

Durante a Feira haverá apresentação de 21 trabalhos, onde cada exposição deverá ser de 15 minutos, contando com a apreciação de avaliadores da região e do Estado de Santa Catarina. “Cabe destacar que, além dos trabalhos do Rio Grande do Sul, temos um trabalho do Acre que vai ser apresentado. É um trabalho da categoria Ensino Médio, mostrando a amplitude do nosso evento. Com certeza isso só vem a engrandecer ainda mais a Feira”,  finaliza o professor. 

Por Susan Pereira, estagiária da Assessoria de Marketing da Unijuí


Projeto Traças Digitais da Unijuí participa de atividades da Feira do Livro de Santa Rosa

O Projeto de Extensão Traças Digitais, da Unijuí, realiza atividades dedicadas à formação de leitores, especialmente professores e estudantes. Na última semana, com a realização da 16ª Feira do Livro de Santa Rosa, participou de sua primeira atividade de caráter público, com o objetivo de potencializar suas ações. Tamanha a importância das atividades realizadas pelo Traças Digitais, além da participação na Feira, o Projeto esteve em algumas escolas, que solicitaram as atividades, em forma de oficina.

O projeto é coordenado por Anderson Amaral de Oliveira, professor do curso de Letras: Português e Inglês, e Josei Fernandes Pereira, professor do curso de História.Os docentes também acompanharam as atividades realizadas na cidade de Santa Rosa.

Nas escolas, turmas de Ensino Médio e Anos Finais do Ensino Fundamental participaram de uma versão simplificada do Desafio Transmídia. Um desafio interdisciplinar que envolve os estudantes em uma espécie de gincana, em que eles precisam localizar QR Codes escondidos no espaço da escola, resolver enigmas e encontrar o prêmio. O Desafio Transmídia também possui um caráter de pesquisa e sondagem, uma vez que coleta dados sobre habilidades de leitura dos participantes, conhecimentos, capacidade de articulação em grupos, entre outros aspectos. Atividades interativas e tecnológicas, que envolvem os jovens. “A participação foi excelente, jovens envolvidos e curiosos, organizando-se em grupos para cumprir os desafios e encontrar o prêmio. É muito interessante perceber como uma simples atividade gamificada tem o poder de motivar e envolvê-los numa atividade acadêmica”, afirma Josei.

Já na Feira do Livro, além de uma versão mais simples do Desafio Transmídia, os participantes foram desafiados a entrar em uma cabine e gravar um texto em áudio. Os áudios (com poemas, contos, mitologia, etc.) irão compor, em breve, uma playlist no canal do Traças Digitais no YouTube. Também esteve à disposição dos participantes o Desafio Esfinge, um jogo de conhecimentos gerais, que é uma tematização do Desafio Transmídia.

A principal atividade realizada pelo Projeto Traças Digitais é a gravação de audiolivros, sempre com o objetivo de formar e aprimorar as habilidades de leitura e interpretação textual nos participantes.


Comunidade contou com serviços da Unijuí no Dia da Cidadania

A Unijuí participou com diversas atividades, realizadas pelos seus cursos e projetos de extensão, do Dia da Cidadania, promovido no último sábado, 16 de outubro, junto ao Parque da Pedreira. O evento foi organizado pelo Poder Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo  (Smcet).

“O Dia da Cidadania foi um sucesso. Contamos com mais de 600 pessoas, vindas dos bairros Thomé de Souza e Pindorama”, comentou a coordenadora da Estação Cidadania, Simone Batezini Friederichs. “A participação da Unijuí foi imprescindível. A comunidade ficou muito feliz com o que foi ofertado”, reforça.

Dentre as atividades realizadas, estiveram as visitas a residências, realizadas pelo Projeto de Extensão Energia Amiga, para orientação sobre o uso do sistema de aquecimento de água e coleta de resíduos eletroeletrônicos e pilhas. O Projeto de Extensão Educação em Saúde promoveu atividades como circuito com as crianças, ação de prevenção ao câncer de mama e orientações sobre nutrição. Enquanto isso, o Projeto de Extensão Gestão Social e Cidadania realizou atendimento para regularização do CPF e dos MEIs.

O curso de Direito participou com o Escritório Modelo e os Projetos de Extensão Regularização Fundiária Urbana: direito social à moradia digna, Cidadania para todos e Conflitos sociais e direitos humanos: alternativas adequadas de tratamento e resolução, com ações do Balcão do Consumidor, oficinas interativas sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e atendimento jurídico. O Projeto de Extensão AppGo orientou sobre o uso dos aplicativos PortGo - voltado ao ensino da Língua Portuguesa e MathGo - dedicado ao estudo da matemática. E o Projeto de Extensão Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência divulgou os serviços prestados pelo Centro Especializado em Reabilitação Física, Intelectual e Visual - CER III/Unir da Unijuí e realizou um circuito interativo com a comunidade.

A Escola Fazenda - IRDeR também realizou a doação de 50 mudas de árvores nativas.

“Avaliamos o evento de forma muito positiva. Entendemos que foi importante, tanto para a comunidade, que pode conhecer muitas das atividades desenvolvidas pelos projetos de extensão da Unijuí, como também para estudantes e professores, que sempre aprendem na interação com as pessoas que visitam as diferentes estações de socialização do conhecimento. Aproveito para agradecer a parceria da Prefeitura Municipal e à coordenadora Simone Friederichs, que abriram as portas do Parque para fortalecer nosso trabalho nessa região da cidade. Em 2022, planejamos intensificar a relação com a comunidade próxima ao Parque da Pedreira”, destacou o vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Fernando Jaime González.

 


Unijuí contará com diversas ações no Dia da Cidadania

Neste sábado, dia 16 de outubro, a Estação Cidadania, junto ao Parque da Pedreira, receberá o evento “Dia da Cidadania”, das 9h às 17h. Promovido pelo Poder Executivo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo (Smcet), o evento contará com a participação de diversos cursos e projetos da Unijuí.

O Projeto de Extensão Energia Amiga realizará visitas a residências para orientações sobre o uso do sistema de aquecimento de água, e também sobre a coleta de resíduos eletroeletrônicos e pilhas.

O curso de Direito participará com o Escritório Modelo e os Projetos de Extensão Regularização Fundiária Urbana: direito social à moradia digna, Cidadania para todos e Conflitos sociais e direitos humanos: alternativas adequadas de tratamento e resolução. A comunidade terá atendimentos por meio do Balcão do Consumidor; oficinas interativas sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e atendimento jurídico.

O Projeto de Extensão Educação em Saúde promoverá um circuito com as crianças; fará demonstrações sobre o sistema cardiovascular e digestivo; ação de prevenção ao câncer de mama e orientações sobre nutrição.

Enquanto o Projeto de Extensão Gestão Social e Cidadania realizará atendimento para regularização do CPF e dos MEIs; o Projeto de Extensão AppGo orientará sobre o uso dos aplicativos PortGo - voltado ao ensino da Língua Portuguesa e MathGo - dedicado ao estudo da matemática.

Por fim, o Projeto de Extensão Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência divulgará os serviços prestados pelo Centro Especializado em Reabilitação Física, Intelectual e Visual - CER III/Unir da Unijuí; fará a demonstração de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção; e realizará um circuito interativo com a comunidade.

O evento ainda contará com a conclusão do projeto de mobilização social, que consiste em duas sessões de teatro com o Grupo Máscara de Cruz Alta; intervenção artística com Fabio Novelo; pintura no rosto; brinquedos infláveis; jogos esportivos e recreativos; e distribuição de lanches para as crianças.