Institucional - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Domingo no Campus é marcado pela diversidade de atrações e interação entre comunidade e apoiadores

Mais uma edição do tradicional Domingo no Campus aconteceu neste final de semana no campus da Unijuí, quando a comunidade participou da programação voltada à música, ao esporte e ao lazer, com organização da Unijuí FM. 

O curso de Educação Física da Universidade ofereceu atividades, em sua grande maioria, voltadas ao público infantil, que aproveitou a tarde para experimentar slackline, técnicas de skate, minifutebol, punhobol, mirabol, circuito psicomotor e ginástica acrobática. 

As crianças também puderam realizar um percurso de bicicleta, a partir da ação da Coordenadoria de Trânsito de Ijuí, que trouxe a Escolinha de Trânsito, em alusão ao Maio Amarelo. A Associação de Ciclismo Las Monaretas e o grupo de ciclismo Pelote Girls estiveram presentes no evento para divulgar a atuação dos grupos em Ijuí e região, além de incentivar o uso de bike em prol da saúde e lazer. 

Algumas atrações que foram sucesso na última edição do Domingo no Campus, em março, também confirmaram presença no último domingo: a Feira do Vinil; os retratos e caricaturas do artista Marcos Almeida; e o espaço para aprender e jogar boardgames (jogos de tabuleiro modernos).

Fez parte da programação as intervenções culturais da Cia Cadagy, que interagiu com o público e com as demais atividades; o curso de Publicidade e Propaganda, com o Projeto Sou Mais, que debateu a importância da adoção de animais; além dos shows das bandas The Punch e Hive Ablaze. 

O Domingo no Campus também já se apresenta como um evento consolidado de interação entre a comunidade e os apoiadores, que através de seus espaços podem apresentar suas marcas e serviços. O Senac, por exemplo, também recebeu em seu stand as crianças para a pintura de rosto. “A gente está muito feliz porque é a primeira oportunidade que nós participamos e queremos deixar certo nosso apoio para outros movimentos que acontecerem aos domingos. É importante para nós estarmos aqui e representar o Sistema Fecomércio Sesc/Senac”, avaliou a diretora de Ijuí, Claudia Scherer. 

Já a Mecautor fez sucesso com a distribuição de algodão doce, além de estreitar o relacionamento com possíveis clientes. “Estamos aqui para oferecer ótimas condições de negociação e taxa zero nos veículos, com o test drive do Taos, Amarok e T-Cross”, destacou a consultora de vendas, Martina Weller. 

O evento também contou com a mateada e exposição de produtos à base de erva-mate da Especiarias do Mate; com o aulão de kangoo e dança com o Studio Alessandra Azambuja; e ações de apoio do Yázigi, Taba Imóveis, Rota Smart, Hey Peppers, Totem Vestibulares, CCAA, Aiqfome e Agrovel.


NOTA OFICIAL FIDENE nº 37 Unijuí/Rádio Unijuí FM/Museu/EFA

Em atenção às diretrizes externas, em especial ao Decreto Estadual Nº 56.422, do GOVERNO DO ESTADO DO RS, de 16 de março de 2022, Decreto  Nº 47, de 9 de março de 2022, DO MUNICÍPIO DE SANTA ROSA, o Decreto  N° 21, de 14 de março de 2022, DO MUNICÍPIO DE TRÊS PASSOS,  o Decreto Nº 7.820, de 14 de março de 2022, DO MUNICÍPIO DE IJUÍ, e ao DECRETO Nº 028/2022  DO MUNICÍPIO DE PANAMBI, o Comitê Institucional de Prevenção informa que:  

 

 - Para a UNIJUÍ campus SANTA ROSA, considerando o Decreto nº 47/2022, o uso de máscara de proteção individual passa a ser facultado nas dependências do campus, ou qualquer outro local que tenha atividade ligada à Universidade, tanto em local aberto quanto fechado.

 

- Para a UNIJUÍ campus TRÊS PASSOS, considerando o Decreto nº 21/2022, o uso de máscara de proteção individual passa a ser facultado nas dependências do campus, ou qualquer outro local que tenha atividade ligada à Universidade, tanto em local aberto quanto fechado.

 

- Para a UNIJUÍ campus IJUÍ, considerando o Decreto nº 7.820/2022, o uso de máscara de proteção individual passa a ser facultado nas dependências do campus, ou qualquer outro local que tenha atividade ligada à Universidade, tanto em local aberto quanto fechado.

 

- Para a UNIJUÍ campus PANAMBI considerando o Decreto nº 028/2022, o uso de máscara de proteção individual passa a ser facultado nas dependências do campus, ou qualquer outro local que tenha atividade ligada à Universidade, tanto em local aberto quanto fechado.

 

Casos em que o uso de MÁSCARA SE MANTÉM OBRIGATÓRIO

- Nos espaços vinculados a atendimentos de saúde, tanto humana quanto animal, e por todas as pessoas que frequentarem estes ambientes: trabalhadores, estagiários, pacientes, acompanhantes ou visitantes; 

- Pessoas que se encontrem infectadas ou com suspeita de estarem contaminadas, seja por contato próximo de pessoa infectada com o novo coronavírus, durante o período de transmissão, ou que apresente sintomas gripais. Estas devem procurar o sistema de saúde para adequado encaminhamento e manter o isolamento domiciliar.

LICENÇAS SAÚDE E MATERNIDADE, PARA ESTUDANTES: A partir do dia 21/03/2022 revogam-se as excepcionalidades abertas em função do estado de pandemia à  Resolução CONSU Nº 12/2015, que regulamenta procedimentos a serem observados nas situações amparadas por lei, de licenças saúde e maternidade, voltando a sua vigência, nos seguintes termos:

- Atestados inferiores a 8 dias não abonam a falta e não será disponibilizado link para acompanhamento das aulas online;

- Atestados médicos de período de 8 a 20 dias justificam e abonam a falta, não sendo disponibilizado link para acompanhamento das aulas online;

- Atestados médicos, do estudante, de período superior a 20 dias, justificam e abonam a falta, sendo que as atividades domiciliares previstas na referida Resolução poderão incluir o acompanhamento da aula pelo meet, desde que a coordenação do curso e o professor de cada disciplina entendam ser possível, mesmo que  o planejamento pedagógico do professor seja para aula presencial. Neste caso, o pedido de acompanhamento pelo meet deve ser realizado diretamente à coordenação do curso;

 

- Encaminhamentos dos atestados médicos devem ser feitos à Central de Atendimento ao Estudante (CAE) pelo e-mail: cae@unijui.edu.br

- Professores e Técnicos submetem-se às diretrizes da legislação trabalhista;

- Nas formaturas e eventos institucionais, com maior público, o uso de máscara torna-se facultativo a todas as pessoas presentes no evento;

- A Escola de Educação Básica Francisco de Assis (EFA) mantém os comunicados à comunidade escolar, através dos seus canais de divulgação;

 

- Não compartilhar o uso de objetos pessoais, tampouco de chimarrão. Institucionalmente, não será mais fornecido chimarrão para quaisquer tipos de eventos institucionais como seminários e reuniões, a partir do Núcleo Patrimonial.

 

Destacam-se as seguintes RECOMENDAÇÕES para os ambientes de estudo e eventos institucionais:

 - O uso de máscaras é importante para a proteção de todos nos espaços institucionais. No entanto, de acordo com os Decretos, cada pessoa adulta deverá decidir sobre seu uso; 

- Que toda a comunidade acadêmica complete a vacinação indicada pelos órgãos de saúde;

 - Ressalta-se a importância da higienização constante das mãos e/ou uso de álcool 70% para a prevenção à Covid-19; 

 - Preferentemente manter a renovação natural do ar, com portas e janelas abertas ou sistema de circulação de ar.

 

Todos somos peças fundamentais para manter o cenário estável em tempos tão desafiadores, no qual a saúde de todos precisa estar em primeiro lugar.

O Comitê Institucional de Prevenção, permanece constantemente monitorando as flexibilizações a partir de Decretos externos e a Instituição também irá fazer as adequações necessárias, podendo ser revista a qualquer tempo, sempre que verificado o aumento dos índices de transmissibilidade e o agravamento da situação epidemiológica de acordo com as avaliações das autoridades da área da saúde.

 

Reiteramos que todas as atualizações serão publicadas APENAS pelos canais oficiais da Fidene/Unijuí/EFA/Museu/Rádio Unijuí FM.


Estudantes de Design e Arquitetura e Urbanismo realizaram ações durante o Ciclo Turistando

No sábado, 7 de maio, ocorreu o Ciclo Turistando, evento que reuniu diversos ciclistas para um passeio pelos principais pontos turísticos da cidade, marcando o Dia Nacional do Turismo, celebrado no domingo. Organizado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, o Ciclo contou com a parceria da Unijuí e também com ações dos estudantes de Design e Arquitetura e Urbanismo da Universidade. 

Os acadêmicos de Design, por meio da disciplina Projeto Integrador, ministrado pela professora e coordenadora de ambos cursos, Diane Meri Weiller Johann, desenvolveram pictogramas. O material  apresentou um projeto iconográfico de 11 pontos turísticos da cidade que, por meio de representações fiéis, proporcionou aos usuários um entendimento mais rápido e divertido dos lugares, destacando suas características e peculiaridades formais.

O momento final da atividade foi marcado por uma exposição oral sobre a importância da salvaguarda dos lugares e da arquitetura patrimonial. A conversa foi realizada pelo professor Tarcisio Dorn de Oliveira, juntamente com a mestranda do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional, Júlia Chassot, e pelo acadêmico de Arquitetura e Urbanismo, Matheus da Rocha.

Na fala, foram destacados o contexto sociocultural e as características morfológicas da Praça da República, Igreja Matriz Nossa Senhora da Natividade, Igreja Evangélica de Confissão Luterana de Ijuí, Clube Ijuí, Prefeitura de Ijuí e o Prédio da extinta Comissão de Terras e Colonização. 

De acordo com o professor Tarcisio, a arquitetura da área central de Ijuí constitui-se de um cenário com paisagens que fazem alusão a significados simbólicos e representativos. “Essas representações consolidam diversas relações de identidade importantes para o coletivo ijuiense, pois estabelece para a comunidade importantes vínculos entre o lugar, identidade, memória e cidadania”, salienta.

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí




EaD Unijuí promove webinar sobre “A ciência da felicidade”

O EaD Unijuí promove no dia 23 de maio, segunda-feira, o webinar “A ciência da felicidade: é possível ser feliz e se motivar trabalhando?”. O bate-papo será transmitido pelo canal da Unijuí no Youtube, a partir das 19h30.

À frente da discussão, estará o administrador, professor e profissional de Gestão de Pessoas, Jonas Graffunder. Será mediador o coordenador dos cursos a distância, professor Luciano Zamberlan.


Ciência da Computação e Engenharia de Software promovem Semana Acadêmica

Com o intuito de possibilitar aos acadêmicos uma visão mais próxima do mercado de trabalho, os cursos de Ciência da Computação e Engenharia de Software da Unijuí promovem na próxima semana, de 16 a 20 de maio, a Semana Acadêmica com diversas atividades. A inscrição é gratuita e pode ser realizada em unijui.edu.br/eventos.

A partir das 19h15, as palestras serão transmitidas de forma online pelo Google Meet, e cada noite corresponde a uma área que se relaciona com ambos cursos. Os estudantes que desejam receber certificado devem se inscrever no site e pagar uma taxa diretamente na secretaria do curso, até o dia 16 de maio.

Marcando o início da semana acadêmica, será realizada a noite de Cloud e HPC, na segunda-feira, com a fala de Guilherme Friol, da empresa SDC, sobre “Os rumos da indústria de armazenamento de dados, do PC desktop aos projetos de Petabytes Osvaldo Seagate (USA)”.

Terça-feira, Francisco Arpino Magioli e Mateus Serpa relatam experiências aos acadêmicos na noite de Data Science. No dia seguinte, ocorrerá a palestra “Oportunidades de desenvolver sua carreira em uma fintech”, que contará com falas de Eduardo Roloff e Maiquel Alexandre Sornberger, na noite das carreiras. 

“Medicina de Precisão e Computação de Alto Desempenho” será o tema abordado por Rogério S. Rosa e Alisson Sassi, na noite de Dev, quinta-feira. Finalizando o evento, a sexta-feira será um momento de integração entre os acadêmicos, denominada noite dos jogos. 

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí




Palestras e oficinas vão marcar a III AUD Week, que inicia-se na segunda-feira

Com o objetivo de socializar o conhecimento científico e tecnológico, acontece na próxima semana, entre os dias 16 e 20 de maio, a III AUD Week - Semana de Arquitetura, Urbanismo e Design da Unijuí. O evento será híbrido e destinado a estudantes, egressos e professores. Em paralelo, serão realizados o III Painel de Pesquisas em Design - PADES e o V Painel de Pesquisas em Arquitetura e Urbanismo - PARQ.

O evento terá início na segunda-feira, às 19h20, pela coordenadora dos cursos, professora Diane Johann, de forma online. Na sequência, acontecerá a palestra “O designer e a formação nos tempos atuais”, com Luís André Ribas Werlang. Às 21h, ocorrerá a discussão “Do Sul ao Nor(deste): percepções da arquitetura e urbanismo”, com Marco Antônio Ribeiro Edler.

A terça-feira, 17, será dedicada à visita técnica ao Shirmann Home Center. 

Já na quarta-feira, 18, ocorre uma série de oficinas: Design de Jóias, com Simone Lehnhart; Criação para mídias sociais, com Ramaira dos Santos Neckel; Diagramação de pranchas de arquitetura e urbanismo com Illustrator, com Caroline Prediger da Pieve; Modelagem digital tridimensional para arquitetura, com Paula Weber Prediger; Realidade Virtual para apresentação de projetos, com  Lucas Perondi; Modelagem e planificação de mobiliário, com Eduardo Linn; Luz, Câmera... Renderização! Como criar vídeos que valorizem seu projeto, com Leonardo Henrique Carvalho; e História e técnicas do graffiti, com Matheus Boufleur Cunha.

Uma nova rodada de oficinas ocorrerá na quinta-feira, 19: Design de Jóias, com Simone Lehnhart; Criação para mídias sociais, com Ramaira dos Santos Neckel; Modelagem digital tridimensional para arquitetura, com Paula Weber Prediger; Diagramação de pranchas de arquitetura e urbanismo com Illustrator, com Caroline Prediger da Pieve; Realidade Virtual para apresentação de projetos, com Lucas Perondi; História e técnicas do graffiti, com Matheus Boufleur Cunha; Luz, Câmera... Renderização! Como criar vídeos que valorizem seu projeto, com Leonardo Henrique Carvalho; e Modelagem e planificação de mobiliário, com Eduardo Linn.

Já na sexta-feira, dia 20, ocorrerá a oficina Projeto de interiores - entre projeto e execução, com Alessandro Braz; e as apresentações de trabalhos do III PADES e do V PARQ.

Para conferir os horários e garantir a inscrição, acesse unijui.edu.br/eventos.  A inscrição para participantes sem submissão de trabalhos é de R$ 10,00 e dá direito ao certificado digital de participação.

 


Estudantes das Engenharias recebem profissionais que atuam na coleta de resíduos e representantes do Executivo em PI

Acadêmicos do primeiro semestre, dos cursos de Engenharia da Unijuí, foram desafiados a desenvolver lixeiras padronizadas e a pensar na coleta de resíduos no município, a partir da disciplina de Projeto Integrador (PI) - uma das novidades da Graduação Mais, o novo modelo de cursos de graduação da Unijuí, onde os estudantes recebem desafios reais, encaminhados pela comunidade, e trabalham em soluções ao longo do semestre. 

Os estudantes já elaboraram um pré-projeto e nesta quinta-feira, 12 de maio, receberam integrantes da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Ijuí (Acata) e também profissionais que atuam diretamente na coleta de resíduos, nos caminhões, para que pudessem entender como funciona o processo de recolhimento na cidade. O bate-papo aconteceu no auditório do Hospital Veterinário e também contou com a presença do prefeito Andrei Cossetin; do secretário de Meio Ambiente, Yuri Lucian Pilissao; e do secretário de Desenvolvimento Social, Ezequiel Buzzatto.

“Para que os estudantes não ficassem presos à fala dos profissionais, primeiro propusemos que eles realizassem um pré-projeto. Agora, neste bate-papo, eles conseguiram entender quais os principais problemas da primeira etapa do trabalho, onde eles falharam, e o que é possível mudar”, explicou o professor Maurício de Campos, lembrando que os estudantes puderam conferir relatos sobre a utilização das lixeiras, problemas com tampas que não abrem direito, materiais que machucam, tipos de lixo que estão sendo recolhidos e quais as piores regiões do município quando se fala em coleta.

“A gente fez com que os estudantes criassem empresas virtuais, fictícias, e cada uma delas tem um membro de cada área - futuros engenheiros civil, químico, de software e químico. Enquanto um está pensando no sensor que vai ter na lata de lixo, outro está pensando na mobilidade da calçada, outro num programa educacional para o celular, por exemplo. Segundo a prefeitura, se houver boas ideias, elas podem ser implementadas”, completou o professor. 

Após o bate-papo, a produção de soluções segue na disciplina, com auxílio de profissionais de Design e Arquitetura e Urbanismo, mentores do projeto. A previsão é que a apresentação dos trabalhos ocorra nas duas últimas semanas de junho.

“É sensacional a contribuição dos PIs para a formação dos estudantes, no sentido de que os coloca no locus profissional. Eles já se sentem atuando, construindo, projetando, desenvolvendo alguma coisa”, destaca Maurício. 


Fidene e CEEE recebem patente de inovação do Sistema Não Invasivo de Monitoramento e Supervisão

Carta-patente foi concedida pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), nesta semana

A Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado (Fidene), mantenedora da Unijuí, e a Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) receberam, do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), a carta-patente em inovação tecnológica do Sistema Não Invasivo de Monitoramento e Supervisão de Unidades Transformadoras e Subestações de Energia Elétrica. A conquista resulta do trabalho realizado pelo Grupo de Automação e Controle (GAIC) da Unijuí, lançado no ano 2000 com o objetivo de unificar as áreas de Ciência da Computação e Engenharia Elétrica, para que atuassem voltadas a um objetivo maior: a pesquisa.

“Começamos a trabalhar com pesquisa e desenvolvimento (P&D) em 2003, com algumas empresas, incluindo a CEEE. Mais ou menos em 2006, iniciamos o trabalho com alguns conceitos de comunicação de dados em redes elétricas. Esse conceito foi evoluindo e, em 2012, iniciamos um grande projeto, que era construir um conjunto de unidades de subestações subterrâneas em Porto Alegre, utilizando essa tecnologia de forma não invasiva para monitorar e melhorar a confiabilidade desse sistema”, explicou o professor Maurício de Campos, coordenador do GAIC, lembrando que o projeto foi finalizado em 2015 com 83 subestações que, até hoje, utilizam o sistema de monitoramento.

“Tivemos uma redução significativa no número de manutenções, defeitos e principalmente falhas. Ainda em 2015, pedimos a patente deste produto, porque enxergávamos que ele era exclusivo - tanto que virou um projeto de P&D. Mas, mesmo com a aceleração do pedido, a patente foi concedida somente agora”, completa o docente, destacando que, para a Unijuí, esse é um grande marco: a Universidade recebe sua primeira carta-patente nas áreas de elétrica e computação.

Coordenador do projeto ao lado do professor Maurício de Campos,  o professor Paulo Sausen destaca que a expectativa é de um futuro próspero na área da pesquisa. “Estamos executando um novo projeto, que está em seu segundo ano, e que dá continuidade ao desenvolvimento do sistema de monitoramento. Como os projetos de P&D têm ciclos na Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), nós finalizamos essa etapa com a inserção no mercado desse sistema. Com o aporte dessa nova patente, Fidene e CEEE terão a exclusividade em comercializá-lo”, explicou.

Na avaliação da professora Airam Sausen, a obtenção da patente demonstra o excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pelo GAIC, de forma interdisciplinar entre as áreas de matemática, engenharia elétrica e ciência da computação. “Para nós, pesquisadores, a obtenção dessa patente instiga a trabalharmos ainda mais. Ela é mérito da pesquisa. A patente também fomenta a ocorrência de novos estudos porque, quando colocamos um produto no mercado, incentivamos outros pesquisadores a melhorá-lo ou a produzir um produto para concorrência, beneficiando diretamente a comunidade”, comentou, lembrando que a conquista também impacta no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Modelagem Matemática e Computacional da Unijuí, diretamente envolvido nas pesquisas.

Confira mais sobre o projeto aqui.


Mais uma edição do Domingo no Campus promete movimentar a comunidade

Neste domingo, 15 de maio, a Unijuí FM e a Unijuí promovem mais uma edição do Domingo no Campus. O evento, que tradicionalmente movimenta a comunidade ijuiense, será realizado a partir das 15h, em diferentes espaços do campus de Ijuí, com uma programação especial para atrair públicos de todas as idades.

Haverá participação do grupo de ciclismo Pelote Girls e da Associação de Ciclismo Las Monaretas, brinquedos infláveis para o público infantil, banca do vinil, espaço para boardgames, além dos shows das bandas The Punch e Hive Ablaze, que prometem animar o público presente. A Coordenadoria de Trânsito de Ijuí também estará presente com a Escolinha de Trânsito, em alusão ao Maio Amarelo, e o artista Marcos Almeida estará realizando retratos e caricaturas.

Além disso, o curso de Educação Física da Unijuí irá promover atividades de lazer e esporte, como slackline, técnicas de skate (interessados podem levar skate), minifutebol, punhobol, mirabol, circuito psicomotor e ginástica acrobática; a Cia Cadagy desenvolverá intervenções culturais; e o curso de Publicidade e Propaganda, através do Projeto Sou Mais, estará presente com uma ação em que estudantes irão explicar a importância da adoção de animais e o que são as “puppy mills”.

Os apoiadores desta edição também irão promover uma série de atividades, como mateada, com distribuição de água quente e degustação de erva-mate, promovida pelas Especiarias do Mate; intervenções artísticas e aulão do Studio Alessandra Azambuja. Apoiam o evento e irão desenvolver ações: Yázigi, Taba Imóveis, Sesc, Rota Smart, Hey Peppers, Totem Vestibulares, CCAA, Aiqfome, Agrovel e Senac.


Unijuí conta com ações que acompanham a acessibilidade institucional

Programas e serviços são pensados para atender as necessidades de toda a comunidade acadêmica

André Lucca Pizutti, no período da graduação

Na Unijuí, as individualidades e as diferenças de cada estudante, professor ou funcionário, são respeitas e potencializadas. A Universidade oferece à comunidade acadêmica inúmeros serviços e programas, por meio do Setor de Acompanhamento e Acessibilidade (SAA). As atividades incentivam, especialmente, o ingresso e permanência de pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NEEs), sejam acadêmicos ou colaboradores, desde os processos seletivos.

O egresso dos cursos de Medicina Veterinária (2020) e Administração (2016), André Lucca Pizutti, utilizou em diversos momentos o acompanhamento pedagógico e psicológico oferecido pela Unijuí. André possui Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH), que dificulta questões pedagógicas, de relacionamento e inter-relacionamento. Enquanto acadêmico da Unijuí, recebeu orientações e pode participar de atividades e programas. “Tive a oportunidade de conhecer outros estudantes que compartilhavam do mesmo problema que eu, interagir com outras pessoas acompanhadas pelo SAA e estudar no espaço disponibilizado pelo setor”, relata André.

Hoje, André atua profissionalmente como anestesista veterinário e reconhece que o acompanhamento proporcionou uma melhora em seu desempenho acadêmico. “Sem dúvida, o acompanhamento foi fundamental, dentro e fora da sala de aula. Saí da Universidade com uma enorme gratidão por toda a ajuda recebida pelo SAA”, finaliza.

Por meio das ações do SAA, a Unijuí também oferece outros serviços, que vão além da inclusão e acessibilidade, disponíveis para os diferentes sujeitos que constituem o espaço institucional. Alguns exemplos são: formação continuada, orientação profissional, atendimento educacional especializado, avaliação e acompanhamento psicológico e pedagógico, entre outras iniciativas.

Já as ações específicas ao público com NEEs (estudantes, professores ou funcionários), a Universidade disponibiliza intérprete de Libras, adequação de materiais em braille ou de acordo com necessidades físicas e motoras, monitores para acompanhamento em sala de aula, além de estratégias focadas nos estudantes e ações voltadas para as individualidades de cada caso.

Quer saber mais sobre os programas e serviços do SAA? Clique aqui.