COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Unijuí promove Ciclo de Formação para Pesquisa e Extensão

A Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí promove na próxima terça-feira, 26, o Ciclo de Formação para Pesquisa e Extensão com a certificação dos trabalhos destaques do Salão do Conhecimento 2018. O evento acontecerá no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, no Campus Ijuí.

O Ciclo de Formação ocorre desde 2013 e é direcionado aos estudantes envolvidos em projetos de pesquisa e projetos de extensão, com ou sem bolsa de iniciação científica, tecnológica ou extensão, e aborda temáticas gerais de formação necessárias para o desenvolvimento dessas atividades.

Neste ano, a palestra “Empreendedorismo Sustentável – Case Químea” marca o início das atividades do ano. O mestre Marçal Paim da Rocha, fundador e diretor da Químea Soluções Ambientais, ministrará a palestra.

Após a palestra será entregue o certificado aos 31 trabalhos do Salão do Conhecimento de 2018 considerados destaque. As inscrições para o evento podem ser feitas pelo Portal da Unijuí, na página do Evento.


Iniciam atividades do Convênio de Cooperação entre UNIJUÍ e UNAM


Professor Pablo Daniel Vain ao lado de Cátia Nehring, Reitora da Unijuí, e Fernando Jaime González,
Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí


Ao falar sobre relações de poder na educação durante a Aula Inaugural do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí, o professor doutor Pablo Daniel Vain, da Universidad Nacional de Misiones, da Argentina, fez parte das primeiras atividades do Convênio de Cooperação entre as duas Universidades.

Esse Convênio foi renovado no último ano a partir do Seminário de Internacionalização e Integração Regional UNIJUÍ/UNAM. De lá para cá, atividades de interação foram planejadas para estreitar a relação das duas Instituições. A participação do professor Pablo é uma dessas atividades.

 “Para mim foi uma experiência muito interessante. Os debates e as discussões (com os mestrandos e doutorandos) foram muito produtivos”, comentou Pablo. O professor ainda lembrou do início da parceria entre Unijuí e UNAM, em meados dos anos 1990.

A professora Eva Teresinha de Oliveira Boff, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências da Unijuí, reiterou a importância e o aprendizado durante intercâmbio do professor.

 “Foram momentos de elevado nível de discussão, pois possibilitaram reflexões sobre questões já naturalizadas, mas que precisam ser colocadas entre parênteses. O professor Pablo, interagiu com o grupo despertando interesse e satisfação dos participantes. Além disso, o professor indicou diversas possibilidades de ampliação das parcerias de internacionalização que deverão contribuir significativamente para qualidade no Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências”, comenta Eva.

Além do professor Pablo, o professor doutor Diego Vázquez Villamediana, da Universidade de Valladolid, na Espanha, também realizou palestras na Unijuí a partir do Convênio de Cooperação. Ele falou para o Campus Ijuí e Santa Rosa sobre responsabilidade social empresarial e a geração de valor para as empresas.

De acordo com o professor Fernando Jaime González, Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, o convênio possibilitará ainda a interação das duas Universidades nas diferentes áreas do conhecimento. “A ideia é que a base desse trabalho seja fomentar atividades em todos os cursos, em todos os programas e em diferentes atividades”, comenta.

Ainda conforme o Vice-Reitor, para os próximos semestres, o objetivo é ampliar o Convênio para outras Universidades e, desta forma, criar um circuito de circulação de estudantes e professores para que, além do enriquecimento acadêmico, tenham um enriquecimento cultural.

Antes de retornar para a Argentina, o professor Pablo Daniel Vainse reuniu com a Reitoria da Unijuí para discutir novas ações e possibilidades que poderão ser exploradas. Entre as próximas ações do Convênio está a participação de professores da Unijuí em palestras e eventos na Universidad Nacional de Misiones.


Unijuí e Prefeitura de Augusto Pestana discutem parcerias para o desenvolvimento de programas no município

               

Em reunião na manhã desta quarta-feira, a Unijuí e a prefeitura de Augusto Pestana trataram sobre programa a serem desenvolvidos em conjunto para atender ao município. O encontro foi realizado no Gabinete do prefeito, Vilmar Zimmermann, que recebeu os representantes do Departamentos de Estudos Agrários (DEAg) da Unijuí, professor Osorio Lucchese, chefe do Departamento e o professor Fernando Silvério da Cruz, coordenador do curso de Medicina Veterinária.

Um dos programas que poderá ser implementado no município é para a castração de cães e gatos, sendo que a ideia inicial é realizar 6 castrações semanais a preço de custo para o Município. “O aumento crescente do número animais de rua tem nos deixado preocupados e há algum tempo estamos buscando criar um projeto de lei para anemizar a situação. Ficamos felizes em saber que a Unijuí pode na auxiliar na implementação desse programa”, comenta o prefeito Vilmar.

Outra opção para Augusto Pestana é a implementação do programa de Start up do Leite, que consiste na prestação de assistência técnica e extensão rural na área da produção leiteira. A ideia é de que no prazo de um ano 30 propriedades sejam atendidas gratuitamente; e após este primeiro ano de trabalho os produtores assumam o custo. “Nossa ideia é desenvolver um trabalho completo de assistência à produção leiteira, com a disponibilização de agrônomos e médicos veterinários”, comenta o coordenador Osório Lucchese.

Informações e foto: Priscila Heldt/Prefeitura de Augusto Pestana.


Inscrições abertas para o Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade

As inscrições para o curso de Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade estão abertas até o dia 12 de maio. São 15 vagas ofertadas. Os candidatos deverão se inscrever pela página do Programa, no Portal da Unijuí. A entrega dos documentos que confirmarão a inscrição deverá ser feita na Secretaria do Programa, no Campus Ijuí.

O processo seletivo envolverá três etapas: análise do Curriculum Vitae, análise da intenção de pesquisa contemplando o tema de interesse, e a entrevista. O resultado será divulgado no dia 17 de maio.

O Curso de Mestrado em Sistemas Ambientais e Sustentabilidade possui duas linhas de pesquisa: Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e Qualidade Ambiental em Sistemas Produtivos.

A carga horária total do Curso do Mestrado é de 510 (quinhentas e dez) horas, divididas em 34 (trinta e quatro) créditos, com duração de 24 (vinte e quatro) meses. O regime de funcionamento é semestral. As aulas e atividades de pesquisa e orientação são realizadas na quinta à noite, sexta-feira em turno integral, e no sábado pela manhã. No segundo ano, o segundo semestre do Curso é inteiramente dedicado ao desenvolvimento da pesquisa e à escrita da Dissertação.

Podem se inscrever os profissionais graduados nas áreas de Ciências Ambientais, Agrárias, Biológicas, da Saúde, Sociais, Química e Tecnológicas Aplicadas e/ou áreas correlatas. O edital com todas as informações está disponível no Portal da Unijuí.


Unijuí sedia reunião histórica sobre o Polo Tecnológico Regional

A Unijuí Santa Rosa sediou uma reunião coordenada pelo Corede Fronteira Noroeste, na manhã de segunda-feira (18), que contou com a participação das Instituições de Ensino superior (IES) da região.

O encontro teve como objetivo esclarecer o funcionamento do Polo de Modernização Tecnológica da Fronteira Noroeste. Na ocasião foi aberta a possibilidade das IES interessadas participarem como unidades executoras de ações e projetos, além da Unijuí.

Desde o ano de 1989 a Unijuí assumiu a responsabilidade da gestão de projetos do Polo Tecnológico em Santa Rosa, como unidade executora, antes mesmo das criações dos Coredes. No referido período, a Unijuí era a única Instituição de Ensino Pesquisa e Extensão que possuía os requisitos para se habilitar como Unidade Executora do Polo.

Para o Pró-Reitor do Campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer, esse momento é histórico para o desenvolvimento da região, pois a partir da habilitação de outras instituições poderão surgir mais projetos, mais ideias inovadoras e de tecnologia, o que beneficiará a promoção do desenvolvimento regional, mas mais que isso, é um marco na integração das próprias instituições de ensino superior.

Também ficou acordado no encontro a criação de uma setorial das IES pelo Corede FN, com a finalidade de alinhar os possíveis projetos futuros, definindo ações que possam servir para mais de uma instituição, visando dessa forma o desenvolvimento regional a partir das possibilidades de pesquisas tecnológicas.

A Unijuí atualmente realiza projeto vinculado ao Polo em parceria com a Setrem e IFFar Santo Augusto. A Fema, a Fahor, a Setrem e o IFFar Santa Rosa manifestaram vontade de participar como unidades executoras.


Inscrições abertas para o Hackathon Unijuí-Ceriluz



O Curso de Ciência da Computação e a Criatec promovem, com o patrocínio da Ceriluz, o Hackathon Unijuí – Ceriluz. O evento é multidisciplinar e se propõe ao desenvolvimento de protótipos e sistemas que possam ser aplicados para melhorar o relacionamento entre associados da Ceriluz, a partir de um pacote de benefícios.

O desafio será dividido em duas etapas. A primeira será nos dias 26 e 27 de abril com a apresentação dos problemas e oportunidades, oficinas e mentorias. A segunda e última etapa, no dia 23 de maio, com a divulgação dos resultados e entrega da premiação.

Podem se inscrever estudantes dos cursos de Ciência da Computação, de Comunicação, Marketing, Design, Técnico em Informática e profissionais maiores de 18 anos que atuam na área de desenvolvimento de sistemas e aplicativos para dispositivos móveis.

As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de abril, de forma individual, na página do evento, no Portal da Unijuí, com o preenchimento do formulário de inscrição. Os inscritos formarão equipes de até quatro pessoas, sendo que uma delas deve ter vínculo com a Unijuí, estudantes ou egressos, por exemplo.


Palestra “O Desafio da mudança” marcou o Pré-Congresso Internacional de Saúde em Três Passos

                 
 

O campus Três Passos sediou, na tarde desta segunda-feira, 18, o Pré-Congresso Internacional em Saúde. Na programação foi desenvolvida a palestra “O Desafio da mudança”, realizada pelo médico Fábio Franke (HCI).

Com a presença de cerca de 500 pessoas, entre profissionais da área da saúde e comunidade em geral, o auditório do Campus esteve lotado. Na abertura, a APAE de Três Passos brindou os participantes com duas apresentações artísticas. Nos pronunciamentos que antecederam a palestra, a Pró-Reitora do Campus Três Passos, professora Fátima Marlise Marroni Rosa Lopes, agradeceu a presença do público e desejou um bom evento aos participantes. Na sequência, a coordenadora do Congresso e uma das organizadoras do evento, professora Eliane Winkelman, realizou sua fala. “É um momento importante para atualização e compartilhamento de conhecimentos que antecedem a discussão temática do Congresso Internacional”, frisou. Para encerrar os trabalhos de abertura, o prefeito de Três Passos, José Carlos Amaral, observou a importância de a cidade sediar o evento.

Fábio Franke, o palestrante da tarde, possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), Residência Médica em Oncologia Clínica (1999) pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição, Título de Especialista em Oncologia Clínica (2001) pela Sociedade Brasileira de Cancerologia. Atualmente é médico e coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (CACON) do Hospital de Caridade de Ijuí, Investigador Principal do Centro de Pesquisa Clínica do CACON.

Na palestra, o médico discorreu sobre o “mundo líquido”, a partir dos conceitos de Zygmunt Bauman, abordando mudanças no mundo e a repercussão sobre a saúde humana. “Como estamos situados no mundo de hoje? De que maneira podemos prover nossa saúde, evolução e desenvolvimento?”, foram algumas das provocações da palestra. Dentre as mudanças, Fabio Franke citou as transformações tecnológicas e seus impactos. “Até um tempo atrás, na época dos nossos avós, tínhamos certezas absolutas, o mundo mudava mais lentamente. Hoje as mudanças são muito constantes, isso inclui nossos relacionamentos, nossos hábitos de vida. Percebo que as pessoas têm dificuldade em se adaptar a essas mudanças”, complementou.

O Pré-Congresso foi promovido pela Unijuí, em parceria com a Prefeitura de Três Passos, por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Sobre o Congresso

O público pôde prestigiar o evento, que serviu como preparação ao Congresso Internacional em Saúde, de forma gratuita. Já o 6º Congresso Internacional em Saúde é um evento promovido pelo Departamento de Ciências da Vida (DCVida) da UNIJUÍ, com o apoio dos Programas de Pós-Graduação: Mestrado em Atenção Integral à Saúde (UNICRUZ/ UNIJUI), Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências (UNIJUI) e Mestrado em Direito (UNIJUI). O evento ocorrerá de 14 a 17 de maio de 2019, no Campus da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), em Ijuí, Rio Grande do Sul, Brasil.  Este evento é de fluxo contínuo, sendo que sua primeira edição ocorreu em 2011. Desde então o evento passou a acontecer a cada dois anos, sendo sua segunda, terceira e quarta edição respectivamente nos anos de 2013, 2015 e 2017. Em julho de 2018 ocorreu a 5º Edição do Evento na Universidade do Minho, em Portugal. Em 2019, o evento volta a ser realizado no Brasil e terá como tema: Vigilância em Saúde: Ações de Promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento.  

Mais detalhes e inscrições no site do evento, no Portal da Unijuí.


Ouvidoria da Fidene/Unijuí: credibilidade e respeito às múltiplas vozes

Laura Scheren Dalpiaz e Magna Stella Cargnelutti Dalla Rosa são as responsáveis pelo atendimento na Ouvidoria da Fidene/Unijuí

No dia 16 de março, foi comemorado o Dia do Ouvidor e, para marcar a data, talvez desconhecida da maioria da comunidade acadêmica, esta matéria traz um pouco da organização da  Ouvidoria da Fidene/Unijuí, que se constitui em um canal de comunicação com a comunidade interna e externa e tem o objetivo de escutar os diferentes públicos que interagem com a Universidade e com a Fundação mantenedora.

A Ouvidoria é uma instância administrativa que ouve todos os públicos, acolhendo e encaminhando reclamações, denúncias, elogios, críticas e sugestões dos demandantes dos serviços da Unijuí.Toda manifestação que contenha denúncia ou aponte alguma irregularidade no atendimento ou serviço oferecido pela Unijuí tem a garantia do sigilo dos dados de seu autor ou autora.

A Ouvidoria Institucional foi criada na Instituição em 2007, integrando o Programa de Comunicação Interna “Sinergia”. A partir de 2010, passou a ter acesso online e a ser ligada diretamente à Direção Superior, coordenada em conjunto com a Comissão Própria de Avaliação (CPA), a partir dos processos de avaliação no âmbito do SINAES (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior), instituído em 2004 pelo Governo Federal.

A ouvidora titular da Instituição é a técnica-administrativa Laura Scheren Dalpiaz, que também responde pela Chefia de Gabinete da Reitoria. A Ouvidoria se estrutura principalmente a partir do canal online, no site da Unijuí, mas também atende as demandas de forma presencial, preferencialmente a partir de agendamento nas terças e quintas-feiras no período da tarde, junto à Reitoria, no Prédio da Biblioteca do Campus Ijuí.

As manifestações postadas no site da Ouvidoria também são acessíveis à coordenadora da CPA, a também técnica-administrativa Magna Stella Cargnelutti Dalla Rosa, que interage com a ouvidora sempre que necessário. As tramitações da Ouvidoria, tanto de recebimento como de retorno, ficam armazenadas em uma aplicação do SIE (Sistema de Informações para o Ensino), com acesso restrito a essas duas pessoas (ouvidora institucional e puvidora/coordenadora CPA). O contato pessoal pode ser feito, de acordo com a vontade do autor(a).

Após a apuração da manifestação, é verificada a procedência ou a não da mesma, sendo sempre fornecido o retorno (quando há identificação) ao autor ou autora da reclamação. Também é possível acompanhar o encaminhamento das postagens no portal da Ouvidoria, a partir de um código de acesso gerado apenas para o usuário do serviço.  No âmbito do sistema de planejamento, a Ouvidoria possui indicadores de monitoramento que são acessíveis aos gestores, persistindo no número total de inserções e nas categorias de manifestação elencadas por “reclamações”, “sugestões”, “elogios” e “informações”.

Em 2018, foram registradas 477 inserções no site da Ouvidoria online, sendo a grande maioria de estudantes (375). Além das ouvidorias online, foram atendidas ouvidorias presenciais, agendadas ou não, tendo em vista as situações de urgência demandadas pelos usuários do serviço. As manifestações, em sua maioria, quando se referem à reclamações, se concentram em aspectos pedagógicos, não cumprimento de prazos de postagem de notas no portal do aluno e também sobre questões variadas de infraestrutura física ou tecnológica, bem como dificuldades no pagamento das mensalidades, entre outras de maior ou menor complexidade do ponto de vista dos encaminhamentos.

Na opinião da ouvidora titular, “o canal possui credibilidade consolidada junto à comunidade acadêmica, visto que esta não deixou de usá-lo como uma possibilidade de resolução das mais diversas situações relatadas, que são encaminhadas visando o desfecho mais adequado para cada uma, tendo sempre como premissa o compromisso com a legalidade, o respeito aos direitos e a ética”.  Ela afirma ainda que percebe-se que os estudantes mantêm a postura de procurar a Ouvidoria em questões que não veem resolvidas com as coordenações dos curso, que são a primeira instância a ser recorrida em casos de reclamações.

Mais informações sobre a  ouvidoria institucional podem ser obtidas no site da UNIJUÍ, na página da Ouvidoria ou ainda na página da CPA.


Unijuí será sede da V Jornada do Autismo

 
imagem: internet

No dia Internacional de Conscientização do Autismo, 02 de abril, a Unijuí será sede da V Jornada do Autismo: construindo caminhos na perspectiva sensorial, pedagógica e jurídica. A Universidade apoia o evento por meio do seu Núcleo de Acompanhamento e Acessibilidade Institucional, dos cursos de Direito, Pedagogia e Nutrição. O evento será realizado no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum.

O evento tem o objetivo de socializar os estudos na área do autismo, no intuito de promover a conscientização e aprendizagem. 

Para Marta Estela Borgmann, coordenadora do Núcleo de Acompanhamento e Acessibilidade Institucional (NAAI) da Unijuí, discutir sobre o tema é de extrema importância. “A Universidade, assim como todas as instituições ligadas à área da saúde, educação e direito, necessitam estar constantemente estudando e relacionando suas práticas com uma política de inclusão às pessoas que apresentam necessidades especiais”, comenta.

A programação do evento conta com palestras e minicursos. Na parte da manhã e da tarde, Katrien Van Heurck abordará o tema “A percepção autista, uma percepção sensorial”, com importante dicas de como trabalhar com pessoas autistas. Na parte da noite, a palestrante Diana Fernandes Serpe abordará o tema “Políticas Públicas para inclusão dos autistas”, dando importantes dicas e explicando o direito dos autistas.

Ainda, das 16h45 às 17h45 ocorrerá minicursos com excelentes profissionais. As inscrições poderão ser feitas pelo link: http://gg.gg/d7mci, ao valor de R$ 30,00.

A V Jornada de Autismo é promovida pelo Grupo de Estudos e de Apoio ao Autismo - ASSAMI/CASA AMA, com o apoio da  Associação dos Familiares, Amigos e Autistas de Ijuí - TEAmor - e Unijuí. 

Confira a programação: 


Palestra no Campus Três Passos será realizada em preparação ao 6º Congresso Internacional em Saúde

               

Com palestra sobre o tema “O Desafio da mudança”, que será realizada pelo médico Fábio Franke (HCI), o Campus Três Passos vai sediar o Pré-Congresso Internacional em Saúde da Unijuí. O evento será realizado no auditório do Campus, a partir das 14h da próxima segunda-feira, dia 18.

O evento serve como preparação ao Congresso Internacional em Saúde, que neste ano chega em sua sexta edição. “Será um momento importante para a atualização e compartilhar conhecimentos que antecedem a discussão temática do Congresso Internacional. O médico Fábio Franke é da nossa região e com renome internacional, ele tem contribuído com a ciência ao longo dos anos”, observa a coordenadora do evento, professora Eliane Winkelmann. Os interessados poderão participar desta atividade com inscrição gratuita, no local.  

Fábio Franke possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), Residência Médica em Oncologia Clínica (1999) pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição, Título de Especialista em Oncologia Clínica (2001) pela Sociedade Brasileira de Cancerologia. Atualmente é Médico e Coordenador do Centro de Alta Complexidade em Oncologia (CACON) do Hospital de Caridade de Ijuí , Investigador Principal do Centro de Pesquisa Clínica do CACON.

A organização também irá realizar outro evento Pré-Congresso em Santa Rosa, no mês de abril.

Sobre o Congresso

O 6º Congresso Internacional em Saúde é um evento promovido pelo Departamento de Ciências da Vida (DCVida) da UNIJUI e pelos Programas de Pós-Graduação: Mestrado em Atenção Integral à Saúde (UNICRUZ/ UNIJUI), Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências (UNIJUI) e Mestrado em Direito (UNIJUI). O mesmo ocorrerá de 14 a 17 de maio de 2019, no Campus da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUI), em Ijuí, Rio Grande do Sul, Brasil.  Este evento é de fluxo contínuo, sendo que sua primeira edição ocorreu em 2011. Desde então o evento passou a acontecer a cada dois anos, sendo sua segunda, terceira e quarta edição respectivamente nos anos de 2013, 2015 e 2017. Em julho de 2018, ocorreu a 5º Edição do Evento na Universidade do Minho em Portugal. Em 2019, o evento volta a ser realizado no Brasil e terá como tema: Vigilância em Saúde: Ações de Promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento.  

Mais detalhes e inscrições no site do evento, no Portal da Unijuí.