Cursos - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Educação Física (Bacharelado)

Laboratórios de Atividade Física em Ijuí e Santa Rosa têm aumento em número de usuários

Após dois anos de pandemia, o ano de 2022 se consolida como o primeiro de real retomada das atividades para os Laboratórios de Atividade Física e Promoção à Saúde de Ijuí e Santa Rosa. Nos dois municípios, foi possível verificar um aumento no número de atendimentos, sendo 35 usuários ativos no Laboratório do campus Santa Rosa e 213 usuários atendidos na unidade do Laboratório do campus Ijuí. 

Uma grande novidade neste ano, no campus Santa Rosa, foi a implementação do treinamento funcional. “Podemos concluir que 2022 foi excelente para o Laboratório de Atividade Física e Promoção à Saúde de Santa Rosa. Dentre as ações que pudemos realizar estiveram, além dos atendimentos à comunidade interna e externa com a ginástica laboral e o novo treinamento funcional, também a participação na Fenasoja, no ComJuve, na Feicap, no Grupo OASE, na Feira de Saúde, no Sipat e nas interações com o suporte ao projeto Movimenta e nas atividades do Dia das Normalistas”, relata a responsável técnica do Laboratório Vanessa do Nascimento dos Santos.

Para 2023, segundo Vanessa, “o objetivo é intensificar a divulgação para a comunidade santa-rosense, a fim de que a comunidade saiba do trabalho disponível na Unijuí campus Santa Rosa, que visa o cuidado integral do sujeito e de promover saúde por meio da prática do exercício físico”. 

Já no campus Ijuí, o ano foi marcado especialmente pelo regresso de muitos usuários do Programa Integrado para a Terceira Idade - Piti/Unijuí, além de novos usuários da comunidade interna e externa que buscaram pela modalidade de musculação ofertada pelo Laboratório. “Dentre as principais atividades que desenvolvemos estiveram as tradicionais práticas corporais, viagens turísticas e encontros integrativos e sociais com o Piti. Além disso, neste ano também implementamos o projeto Caminhada Orientada que teve por objetivo levar a promoção da saúde às ruas da cidade de Ijuí por meio do incentivo ao exercício físico”, destacou a responsável técnica pelo Laboratório em Ijuí Michele Santos da Rosa Basso.

A participação em eventos institucionais como o Domingo no Campus e o Profissional do Futuro é tradicional na rotina do Laboratório de Atividades Físicas e Promoção à Saúde em Ijuí. Nesse contexto, Michele ressalta que ao longo de 2022 incorporou-se, além dessas atividades, outras práticas à rotina, como a organização e desenvolvimento de uma gincana e palestra sobre “Vida ativa e longevidade” para os colaboradores da Unimed Noroeste e encontros quinzenais com um grupo de 20 alunos da Apae de Ijuí, tendo como objetivo oportunizar a inclusão social através das práticas corporais vivenciadas no ambiente educacional da Universidade. 

“Para o ano de 2023 pretende-se dar continuidade nas atividades dos projetos desenvolvidos no Laboratório, oferecendo uma nova modalidade de treinamento funcional tanto para a comunidade interna como para a externa, além de divulgar os atendimentos para a comunidade em geral”, finaliza.

Você pode ter acesso aos serviços do Laboratório de Atividade Física e Promoção à Saúde pelos seguintes contatos:

Campus Ijuí - (55) 3332-0200 - Ramal 3011

Campus Santa Rosa - (55) 3511-5200 - Ramal 5001.


Curso de Educação Física promove o 10º acampamento em Urubici, Santa Catarina

Com o objetivo de proporcionar o entendimento e a vivência de diversas técnicas esportivas e de lazer junto à natureza, a disciplina de “Práticas Corporais na Natureza” do curso de Educação Física da Unijuí promoveu o 10º acampamento orientado em Urubici, Santa Catarina. A atividade ocorreu entre os dias 12 e 15 de novembro e reuniu estudantes dos cursos de Educação Física e Pedagogia dos campi Ijuí e Santa Rosa, egressos de Educação Física e professores convidados.

Nesta edição, o acampamento contou com o tema “(re)aproximação”, conforme explica o professor Mauro Bertollo. “A temática foi escolhida devido ao momento que vivemos pós-pandemia, o que trouxe uma experiência inesquecível, onde o grupo de acampantes entendeu a ideia e, sem dúvidas, viveu intensamente as aventuras, enfrentando os desafios propostos com maestria”. O professor reiterou ainda que buscou contemplar nas atividades valores sociais como, cooperação, interação social, autonomia, desafio, solidariedade, respeito, entre outros.

Segundo Bertollo, o formato do grupo foi crucial para a realização das ações. “A equipe de monitores é formada por egressos experientes na área de aventura, alguns com a vivência desde o primeiro acampamento, complementada com estudantes que estão iniciando a monitoria neste primeiro ano. Essa formatação da equipe de monitores é essencial, já que as práticas de aventura são de risco e precisam ser ‘calculadas’ nos seus mínimos detalhes para que não tenhamos situação de perigo durante as atividades. Os experientes assumiram as tarefas mais contundentes e os demais realizaram apoio, adquirindo experiências para novas aventuras”, frisou. 

A escolha da cidade de Urubici se deu pelas condições ideais do local para a busca dos objetivos da disciplina, onde foram realizadas atividades durante todo o dia, incluindo contemplação da natureza, caminhadas, ações voltadas à tirar os acampantes do conforto, buscando, para muitos, o limite físico e por fim, recreações. Para a estudante do 9º semestre do curso de Educação Física, no campus Santa Rosa, Ana Paula Stein, o campismo proporcionou diversas experiências em meio a natureza, aproximando as pessoas. “Também nos fez pensar de um modo diferente sobre a vida. Um acampamento que achávamos que seria ‘sofrido’ acabou se tornando em dias prazerosos, despertando o sentimento de querer vivenciar tudo isso novamente”, contou.

Leandro Corrente, estudante do 10º semestre de Educação Física, no campus Ijuí, participou como monitor pela primeira vez. Para ele, foi um desafio. “Participar da monitoria de campismo era algo que eu almejava quando fiz a viagem como aluno. Na posição de monitor a responsabilidade é grande e torna a viagem totalmente diferente, é incrível. A monitoria tem um papel importante na orientação das práticas corporais na natureza e isso proporciona para nós, monitores, uma sequência de aprendizados e  estratégias que podem ser utilizadas em outras áreas de atuação do campo da Educação Física”.

Já a acadêmica do 8º semestre de Pedagogia, Djosi von Mühlen, disse que sua experiência foi extraordinária. “Nunca imaginei que conseguiria superar tantos desafios. Antes da atividade, imaginava que não iria conseguir caminhar todos aqueles quilômetros ou cumprir com todas as atividades propostas pelo professor Mauro, mas isso foi possível. O campismo foi uma oportunidade incrível para superar meus medos e dificuldades, além de ter criado amigos e reaproximado outros”.

Segundo o professor Mauro Bertollo, a atividade é um diferencial para a formação dos estudantes e alcançou os objetivos. “O acampamento já está consolidado junto à Educação Física e vejo que está sendo bem aceito também pelos estudantes de Pedagogia. Em reunião avaliativa, que sempre fizemos antes de embarcarmos para o retorno, percebe-se o quão importante é para a formação de nossos acadêmicos a participação em um evento como esse”. 


Caminhada Orientada promove atividades recreativas ao ar livre

Neste sábado, dia 19 de novembro, a Unijuí promoveu mais uma Caminhada Orientada. Nesta edição, os participantes partiram da Sede Acadêmica com destino à Praça de Esporte e Lazer Rodolfo Burmann, onde foram realizadas diversas atividades, como jogo de câmbio, treino funcional e exercícios na academia ao ar livre, além de aferição da pressão arterial e glicemia, com o projeto de extensão Educação em Saúde. No retorno, o grupo passou pelo Bosque dos Capuchinhos e visitou o Espaço + Inovação, onde foi apresentado o projeto de revitalização do bosque.

A Caminhada Orientada é realizada mensalmente pelo curso de Educação Física da Unijuí, por meio do Laboratório de Atividade Física e Promoção à Saúde (Lafps), em parceria com o Escritório de Relações Universidade-Comunidade, da Agência de Inovação Tecnológica (Agit). A atividade tem como objetivo contribuir para melhoria da qualidade de vida dos participantes, bem como incentivar a visita a pontos turísticos e a espaços alternativos de práticas de esporte e lazer do município.

Interessados em participar podem entrar em contato com o Lafps através do telefone (55) 3332 0200 – Ramal 3011 ou e-mail lab.afps@unijui.edu.br.


Semana Acadêmica de Educação Física abre programação na segunda-feira

Na próxima semana, de 7 a 11 de novembro, será realizada a Semana Acadêmica do curso de Educação Física da Unijuí. O evento, promovido pela coordenação do curso em parceria com o Centro Acadêmico, acontecerá de forma híbrida, com atividades presenciais e online.

Já na segunda-feira, às 19h30, será realizada a palestra “Pela não violência corporal: o que a educação pode fazer?”, no auditório do prédio 7 - Espaço + Inovação Unijuí. Será palestrante a professora doutora Maria Simone Vione Schwengber. 

Na terça-feira, no mesmo local e horário, será realizada a mesa “Prescrição de exercícios físicos na reabilitação de lesões”, com participação da fisioterapeuta Gabriela Garcez Breunig; do ortopedista Augusto Heinen e da bacharel em Educação Física Taciana Saggin (Clínica Conex).

A palestra “Treinamento em categorias de base de futsal”, com o bacharel em Educação Física Maiquel Dupont, do Clube Esportivo Cometa, acontecerá na quarta-feira, também no prédio 7 - Espaço + Inovação Unijuí.

Na quinta-feira, ocorrerá a apresentação dos dados das avaliações das disciplinas feitas pelos alunos, às 19h15, e a palestra “Ensino Médio: contexto, mudanças e desafios”, com o professor doutor Ivan Bagnara, às 19h30. O evento será online e poderá ser conferido neste link

Fechando a programação, na sexta-feira, acontecerá uma confraternização esportiva de voleibol, às 19h30, no Ginásio da Sede Acadêmica. Os acadêmicos deverão se inscrever para a atividade pelo formulário https://forms.gle/jVX4iaScdiBNWidx5.

Inscrições para a Semana Acadêmica devem ser realizadas neste link. A inscrição tem o custo de R$ 20,00 para acadêmicos e egressos da Unijuí, ou de R$ 25,00 para comunidade externa. O valor deve ser pago ao presidente do Centro Acadêmico, Jacson Bernardi, pelo pix: CPF 031.273.770-02. O comprovante deve ser enviado para o WhatsApp (55) 9958-2258.

Os participantes poderão escolher um livro ao realizar a inscrição, em meio a diversos exemplares que estarão disponíveis na entrada no evento no dia 8 de novembro. Mais informações pelo e-mail jacson.bernardi@sou.unijui.edu.br ou pelo telefone (55) 9958-2258.

 


PITI/Unijuí participa do Fórum Gaúcho de Envelhecimento Humano em Santa Maria

O Programa Integrado para a Terceira Idade - PITI da Unijuí participou na última quinta-feira, 27 de outubro, das atividades do X Fórum Gaúcho do Envelhecimento Humano e do II Simpósio de Biogerontologia, realizado na Universidade Federal de Santa Maria - UFSM, em Santa Maria. 

O evento ocorreu nos dias 27 e 28 de outubro, englobando tanto atividades de extensão, que foram oficinas voltadas exclusivamente ao público idoso, quanto atividades científicas, como palestras e apresentações de pesquisas acerca do tema envelhecimento humano, direcionadas à comunidade acadêmica. Ambas as atividades foram programadas pelas 14 universidades, dentre elas a Unijuí, que integram o Fórum Gaúcho do Envelhecimento Humano, e pelo Programa de Pós-Graduação em Gerontologia da UFSM. Na oportunidade, o grupo visitou o planetário e o Santuário da Nossa Senhora da Medianeira.

A coordenadora do PITI/Unijuí, professora mestre Eloísa Bohrer, avaliou de forma positiva a participação no evento. "Esta foi uma das ações que marcaram minha inserção como coordenadora do Programa da Terceira Idade da Unijuí, uma vez que assumo o lugar até então ocupado pelo nosso querido professor Leopoldo Schonardie, por mais de 20 anos”, afirmou a professora.

De acordo com Eloísa, a realização de mais uma edição do Fórum Gaúcho do Envelhecimento Humano representou uma experiência significativa para todos os envolvidos e, em especial, aos idosos que puderam ir presencialmente ao evento conferir como a ciência tem produzido importantes contribuições para que o direito das pessoas idosas a uma vida digna seja realidade. “Foi muito gratificante ver a empolgação do grupo de participantes do PITI após as oficinas, falando de seus aprendizados. Agora, iniciamos o processo de planejar, juntamente com as universidades parceiras, a edição de 2023”, disse.


Professora dos cursos de Educação Física participa de aula da Universidade Católica de Salta, da Argentina

Na tarde desta quarta-feira, 26 de outubro, a professora dos cursos de Educação Física da Unijuí, Fabiana Ritter, participou, de maneira remota, de uma aula da disciplina de Política, Gestão e Administração Educacionais da Universidade Católica de Salta (UCASAL), na Argentina. Essa conexão foi viabilizada através do Grupo de Estudos da Educação Física, Paidotribas: educação, corpo e cultura com universidades estrangeiras”, realizado pela Unijuí e que conta com representantes de outras instituições de ensino, inclusive estrangeiras.

A partir do tema “Educación Física en ámbitos no Formales y Comunitarios na Unijuí”, a professora Fabiana fez uma apresentação do trabalho desenvolvido na Universidade por meio dos Projetos Integradores - um dos componentes da Graduação Mais, o novo modelo de cursos de graduação da Unijuí. Eles permitem que os acadêmicos tenham contato com desafios reais, encaminhados pela comunidade, e que pensem em soluções com o auxílio de professores e mentores. “Fiz uma apresentação aos estudantes do curso de Educação Física da UCASAL sobre o que são os Projetos Integradores e como eles se articulam com a comunidade. A universidade está curiosa com a nossa proposta e pensando em como fazer a curricularização da extensão em sua Instituição”, explicou a professora.

De acordo com Fabiana, essas interações e trocas de experiências entre cursos e universidades só qualificam os processos de aprendizagem dos estudantes da graduação, ainda mais quando se trata do currículo por competências, agora presente na Unijuí por meio da Graduação Mais.