COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Presencial

Metodologias ativas são debatidas em webinar “Educação Física Escolar: temas emergentes”

O webinar “Educação Física Escolar: temas emergentes” teve, nesta semana, seu quarto encontro. A convidada da atividade foi a professora doutora Fernanda Moreto Impolcetto, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), que discorreu sobre o tema “Metodologias ativas na Educação Física Escolar”. A temática foi debatida de forma online, com transmissão no canal da Unijuí, no YouTube.

Segundo a professora doutora Maria Simone Vione Schwengber, mediadora do debate, a temática é central no desenvolvimento de aulas práticas e teóricas da Educação Física. “As metodologias ativas vêm sendo tratadas como a alma de um planejamento, porque nos ajuda a estruturar toda a organização de ensino”, destaca a docente.

Durante o encontro, a palestrante questionou os participantes sobre o quão atualizadas estão as metodologias ativas na educação em âmbito geral e especialmente na educação física. “Por que existe um apelo dos pesquisadores para que os professores inovem na educação? Podemos observar que de modo geral existem muitas críticas ao modelo de ensino, que é essencialmente transmissivo, centrado no conhecimento do professor”, explica Fernanda.

Além disso, Fernanda comenta que nesse formato metodológico a Educação Física está atrasada em comparação a outros ramos do conhecimento. “A gente encontra muito conteúdo sobre metodologias ativas em diversas áreas do conhecimento, mas pouco na Educação Física”, afirma e ainda complementa que “a Educação Física é uma disciplina com enorme potencial para o desenvolvimento de metodologias ativas, além de ser necessário se adaptar aos perfis das novas gerações e investir na formação dos professores”..

O próximo webinar ocorre dia 22 de novembro, às 19h15, com transmissão do canal da Unijuí no YouTube. O convidado da quinta reunião do webinar “Educação Física Escolar: temas emergentes” é o professor doutor Osmar Moreira de Souza Junior, da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar). O tema do encontro é “O ensino do esporte na Educação Física escolar”.

É possível acompanhar a palestra da professora Fernanda Moreto Impolcetto na íntegra pelo link youtube.com/watch?v=oa-hHFiiDfM

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí


Unijuí para muitos: uma trajetória construída a partir de oportunidades na graduação

É durante a fase final do Ensino Médio que muitas dúvidas surgem sobre qual caminho seguir. E é através da graduação que muitos desses questionamentos são sanados e novas paixões e oportunidades surgem. 

A história de Luís Fernando Irgang dos Santos na Unijuí teve início em 2005, ainda no Ensino Médio, quando acompanhou um espetáculo do Grupo de Teatro da Unijuí - GTU. “Fiquei entusiasmado com a possibilidade de cursar o Ensino Superior na Instituição e desenvolver atividades de extensão, como participar do grupo de teatro”, relembra o egresso do curso de Administração e mestre em Administração, com dupla titulação pela Universidade de Halmstad,  na  Suécia.

No ano de 2006, Luís entrou para o grupo e teve a oportunidade de viajar por diversos lugares do Brasil, conhecendo e trocando experiências com artistas. "Foi a partir do contato com colegas universitários que tive a oportunidade de participar do longa-metragem Cromossomo 21, que foi em parte gravado nas instalações da Universidade e que estreou nas telas de cinema do Brasil e do mundo em novembro de 2017.”

 Mas foi na Administração que Luís encontrou vocação para atuar como gestor de negócios e empreendedor. Ainda estudante, aproveitou todas as oportunidades, participando do Grupo de Pesquisa em Comportamento Organizacional e como monitor em uma disciplina. Chegou a receber o prêmio Astor Rocca de Barcellos, pelo melhor artigo de TCC em Administração do Estado do Rio Grande do Sul, e os prêmios de Melhor Performance Acadêmica e Excelência Acadêmica do curso de Administração. “As oportunidades que o curso de Administração me proporcionou e o reconhecimento pelo meu trabalho despertaram em mim o desejo de seguir na carreira acadêmica”, comenta. 

O pesquisador estudou em escola pública, cursou o Ensino Superior e a pós-graduação de forma gratuita, por meio do Programa Universidade para Todos (ProUni) e bolsa de pesquisa da Capes.Sem esses incentivos, acredito que não teria tido acesso às mesmas oportunidades de me desenvolver enquanto ser humano e profissional e chegar até aqui”, afirma.
Atualmente, Luís reside na cidade de Halmstad, sul da Suécia, e segue os estudos como Ph.D. em Innovation Sciences pela Universidade de Halmstad. Além de lecionar no programa de mestrado em Industrial Management and Innovation, também dá aulas em instituições de ensino no Brasil de forma online.  

O pesquisador acredita que o Ensino Superior possibilita uma sociedade menos desigual, desenvolvendo soluções inovadoras e sustentáveis. “Acrescento que a educação deve ser emancipadora e inclusiva, e deve estimular o pensamento crítico-reflexivo como forma de promover o desenvolvimento do sujeito enquanto indivíduo e na condição de agente transformador da sociedade”, finaliza. 

Por Susan Pereira, estagiária da Assessoria de Marketing da Unijuí


Tecnólogo em Comunicação e Produção Digital da Unijuí: foco na formação de estrategistas

Uma novidade da Unijuí neste ano é a implementação do tecnólogo em Comunicação e Produção Digital. O curso é exclusivo na região e possibilita ao acadêmico tornar-se um estrategista em comunicação digital, por meio do desenvolvimento de competências e habilidades específicas. Com duração de dois anos e meio, o curso, composto por cinco módulos, oferece quatro disciplinas de forma presencial e uma em modelo EaD.  

“Nós estamos em um momento em que o mercado de trabalho e as relações pessoais estão muito voltadas aos ambientes digitais”, comenta a coordenadora do Tecnólogo em Comunicação e Produção Digital, professora Rúbia Beatriz Schwanke. “Na região, essa é uma oferta exclusiva da Universidade e traduz uma excelente formação profissional para quem tem interesse na área da comunicação e produção digital e do marketing digital”, completa.

A disciplina de Projeto Integrador insere o estudante em situações reais de necessidade da comunidade. Os acadêmicos procuram demandas e idealizam soluções, colocando em prática a soma de conhecimentos de várias disciplinas. O estudante vive na prática a profissão a partir do primeiro semestre e beneficia a comunidade a partir das soluções produzidas. 

O futuro técnico em Comunicação e Produção Digital estará pronto para atuar como gestor e/ou analista de Mídias Sociais e Marketing Digital, como produtor de conteúdo, na indústria criativa, como estrategista em Comunicação Digital e como empreendedor na área. Para isso, o estudante tem à sua disposição laboratórios como os de vídeo, áudio e fotografia, para as aulas práticas e a possibilidade de realizar estágios dentro e fora da instituição. 

Para saber mais sobre o tecnólogo em Comunicação e Produção Digital, acesse o link.

Por Krislaine Baiotto, acadêmica do curso de Jornalismo da Unijuí


Curso de Administração promove Evento de Articulação

A partir das 19h30 desta quinta-feira, dia 13 de maio, o curso de Administração da Unijuí promove o “Evento de articulação com o mundo empresarial”. A atividade faz parte das disciplinas de Estratégias de Finanças, do professor Ivo Ney Kuhn, e de Arquitetura Organizacional, do professor Ariosto Sparemberger.

A programação contará com dois destaques: A experiência da Hidroenergia num contexto globalizado e Os desafios de gerenciar uma entidade de classe – o caso da ACI Ijuí.

À frente da palestra estará o diretor-presidente da Hidroenergia e presidente da ACI de Ijuí, Marcos Kieling.


Unijuí recebe seu primeiro aluno com síndrome de down

O ano de 2021 será especial para o jovem de 18 anos, Lucas Forgiarini de Matos, que dará início ao curso de Educação Física na Unijuí. Ele será o primeiro aluno com síndrome de down a ingressar na Instituição.

O Lucas optou pela Educação Física por gostar muito de esportes”, comenta o pai, Agostinho Alves de Matos, que conta, com orgulho, que o filho pratica futebol, judô e ainda realiza treinos diários de musculação – em casa, especialmente agora, em razão da pandemia, ou na academia. Todas essas práticas sempre estiveram mescladas a uma rotina intensa de estudos.

O jovem concluiu o Ensino Médio no ano passado, no Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA), onde estudou desde os 4 anos. Apesar da vida marcada por dificuldades, por idas e vindas de clínicas, realizando estimulações desde cedo, Lucas sempre se destacou nos estudos e nas atividades que desempenhou. Tanto que, aos seis anos, como lembra o pai, já começou a ler. “Sempre prestamos toda a estrutura e o acompanhamento necessário e hoje o Lucas é o que é: faz de tudo. Com a conclusão do Ensino Médio, decidimos continuar investindo nele, que queria realizar uma graduação. Isso ajuda até na sua autoestima”, declara Agostinho, que contou com o apoio da esposa, Lenir Forgiarini de Matos.

A psicopedagoga na EFA, Juliana Sfalcin relata que Lucas teve uma bela trajetória desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. “A convivência com seus colegas, as interações com estudantes da mesma idade ou de idades diferentes, em situações diversas através de atividades individuais e coletivas, possibilitaram o respeito às diferenças e a socialização entre os alunos, contribuindo para o seu crescimento social e emocional”, explica a profissional, que relata que desempenhou um trabalho de acompanhamento com intervenções de acordo com as necessidades e potencialidades, e de orientação para os professores, para que todas as adequações curriculares fossem realizadas.

No decorrer do percurso escolar, o Lucas mostrou-se comunicativo, carismático, afetivo, dedicado aos estudos e com grande facilidade para criar vínculos, sempre interagindo com os colegas e professores. Participativo em todos os processos, teve avanços significativos e, de forma a considerar a sua capacidade cognitiva, respondeu de forma positiva às aprendizagens. Por isso acreditamos que terá sucesso também no Ensino Superior”, reforçou Juliana, lembrando que, mesmo durante a pandemia, com as aulas remotas, Lucas conseguiu acompanhar todas as mudanças e teve um desempenho excelente. “Ele participou das aulas online e realizou as atividades propostas. Por estes motivos, não estamos surpresos e acreditamos que o Lucas terá uma ótima performance na graduação. Com certeza esse é um exemplo que mostra que é possível promover a inclusão. O mais importante nos processos de ensino e aprendizagem é fazer com que o estudante se sinta capaz de superar as suas dificuldades, potencializando as suas habilidades, sempre com muito respeito, empatia e sensibilidade”, finalizou.


Tecnólogo em Comunicação e Produção Digital é o novo curso da Unijuí

O curso terá duração de dois anos e meio e capacitará o estudante para atuar na gestão, análise e métricas de mídias digitais, assessoria e marketing digital, produção de conteúdo multimídia e multiplataforma, inteligência artificial aplicada à comunicação, entre outras habilidades inerentes à atuação do comunicador no ambiente digital. 

             

Este novo curso Tecnólogo em Comunicação e Produção Digital está dividido em cinco módulos e possibilitará que o profissional complete sua formação em até dois anos e meio. Os conteúdos e o desenvolvimento de competências no decorrer dos módulos compreendem aspectos de comunicação e inovação, comunicação digital e suas tecnologias, produção de conteúdo e narrativas, inteligência artificial aplicada, marketing e estratégias digitais e assessoria para comunicação digital. 

A coordenadora, professora Rúbia Schwanke, pensando na nova proposta institucional que visa a aproximação e transdisciplinaridade de áreas afins a partir das competências formativas de cada curso, a Comunicação uniu-se a Ciência da Computação, Engenharia de Software, Design e Administração, áreas estratégicas para a atuação do profissional na compreensão, na inserção e na inovação da comunicação no ambiente digital. “Essa integração promove um grande diferencial do curso dentro da instituição, garantindo que o aluno troque experiências com colegas de áreas distintas, além de adquirir conhecimentos que perpassam todas essas formações”, explica. 

De acordo com ela, a principal motivação da instituição para ofertar um curso de tecnologia com essas características foi aumentar as possibilidades de atuação de  profissionais capacitados que, em um curto período de tempo, adquirem um diploma de curso superior, em uma proposta mais prática e aplicada. A novidade garante ainda, conforme explica a professora de Publicidade e Propaganda, Nilse Maldaner, que a Comunicação Social seja entendida como uma plataforma. “Somos profissionais estratégicos para pensar o mundo contemporâneo, rodeado por tecnologias e pessoas. Nós não fazemos apenas o uso desses aparatos tecnológicos, nós somos estrategistas de uma área que domina qualquer relação humana, seja ela com outros humanos ou com máquinas”, afirma. 

Assim que finalizar o tecnólogo o estudante estará apto a atuar como estrategista e gestor de mídias digitais, assessor de comunicação digital, produtor de sites, vídeos, fotos e mídias sonoras. Para contribuir com a formação dos acadêmicos, o curso possibilita a vivência prática em seus laboratórios de áudio, vídeo, fotografia e edição digital, além de espaços de formação profissional como a Usina de Ideias e com professores experientes em aliar conhecimento teórico ao prático, ampliando as experiências formativas de seus alunos a partir de dinâmicas interativas em sala de aula e da resolução de problemas reais de comunicação.

Sobre o curso

Duração: 2,5 anos
Período: Noturno
Modalidade: Presencial
Campus: Ijuí

O curso já está disponível a partir do Vestibular de Verão 2021. Confira todos os detalhes em www.unijui.edu.br/vestibular

Cursos Presenciais

Inscrições: até 30 de novembro

Prova: 06 de dezembro, somente online, em razão da pandemia.


Sub-categorias