COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Design (Bacharelado)

Vem aí uma nova edição do Desfile de Vestuário e Acessórios e Projeto Editorial

                    

Os estudantes do curso de Design da Unijuí vêm desenvolvendo, nos últimos anos, trabalhos de vestuário, acessórios e projeto editorial. Desenvolvido em disciplinas do curso, os trabalhos culminam em um desfile público, com o objetivo de mostrar tendências e avaliar o trabalho de um semestre inteiro. Divididos em grupos, os estudantes são desafiados a utilizarem os conceitos apresentados em sala de aula de maneira criativa.

Na noite de terça-feira, 18 de junho, uma importante etapa do trabalho foi desenvolvida: a produção de fotos para o catálogo do desfile. A atividade contou, ainda, com a colaboração do curso de Estética e Cosmética da Unijuí. “As estudantes do Curso de Estética e Cosmética realizaram a produção artística dos modelos do catálogo do Desing. A interação entre os cursos é de suma importância, pois proporciona aplicação dos conhecimentos práticos”, observou a coordenadora do curso, professora Edna Linassi Coelho.

Segundo a professora do curso de Design, Diane Weiller Johann, o trabalho é fruto de atividades desenvolvidas em duas disciplinas do curso, com o objetivo de fazer com que os alunos pensem e executem um trabalho completo na área. “Além disso, atividades com esta, de produção do catálogo, faz com que os estudantes trabalhem com profissionais de outras áreas, enriquecendo o trabalho”, observa.


Conversa sobre gênero abriu atividades do Ciclo de Debates - Bauhaus 100 anos

              

Para celebrar os 100 anos de fundação da Bauhaus, escola de design, artes plásticas e arquitetura de vanguarda alemã, o Centro Acadêmico do Design e a coordenação do Curso deram início, na noite desta quarta-feira, ao “Ciclo de Debates - Bauhaus 100 anos”, no Centro de Eventos do Campus Ijuí.

O evento de abertura teve como programação uma Mesa Redonda com o objetivo de discutir a escola por meio de uma perspectiva de gênero. Participaram do debate Vivian Cristina Belter Lunardi, mestre em Práticas Socioculturais de Desenvolvimento Social, especialista em Arte, Educação e Empreendimento, atualmente professora de Arte no Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA) e Estado do Rio Grande do Sul; Ana Paula Kravczuk Rodrigues, feminista, mestranda em Direitos Humanos/UNIJUÍ, bacharela em direito, pesquisadora de biopolítica e gênero; e Ana Claudia Delajustine, feminista, psicóloga e mestranda em Direitos Humanos/UNIJUÍ.

Os estudantes do Curso de Design Fabrício Souza e Rafael Fischer realizaram a mediação do debate. “A proposta é trazer, até o fim do ano, mais eventos para debater questões ligadas a esta escola de design. Neste primeiro debate, o objetivo foi estimular uma reflexão sobre as questões de gênero. Às vezes a presença e a influência das mulheres foi ocultada nesta escola, por isso o objetivo também foi mostrar quem eram essas mulheres e onde elas se inseriram ao longo da história”, observa Fabrício Souza.


Bauhaus, gênero e design no Ciclo de Debates aberto ao público

Em 2019, a Bauhaus, escola de design, artes plásticas e arquitetura de vanguarda alemã, completa 100 anos de fundação, e, em celebração, o Centro Acadêmico do Design e a Coordenação do Curso apresentam o Ciclo de Debates - Bauhaus 100 anos, nesta quarta-feira, 03, às 19h30 no Centro de Eventos.

Na abertura do evento terá a Mesa Redonda com o objetivo de discutir a escola por meio de uma perspectiva de gênero, abordando essa questão dentro de três linhas: questões históricas de gênero; gênero e Bauhaus.

Para falar sobre essas questões são convidadas do Ciclo de Debates Vivian Cristina Belter Lunardi, mestre em Práticas Socioculturais de Desenvolvimento Social, especialista em Arte, Educação e Empreendimento, atualmente professora de Arte no Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA) e Estado do Rio Grande do Sul; Ana Paula Kravczuk Rodrigues, feminista, mestranda em Direitos Humanos/ UNIJUÍ, bacharela em direito, pesquisadora de biopolitica e gênero; e Ana Claudia Delajustine, feminista, psicóloga e mestranda em Direitos Humanos/UNIJUÍ.

Os estudantes do Curso de Design Fabrício Souza e Rafael Fischer farão a mediação dos debates. O evento é aberto ao público e o ingresso é um item de higiene pessoal feminino.

O Ciclo de Debates tem o apoio do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos.

 


Seminário de Ergonomia Aplicada foi realizado em Panambi

                 

Organizado pela Unijuí, Sesi e indústrias da região, Panambi sediou, nesta terça, 19 e quarta-feira, 20, o 1º Seminário de Ergonomia Aplicada (Sergo). O evento surgiu da mobilização de um grupo de indústrias, que a partir de um projeto encaminhado ao Serviço Social da Indústria (Sesi-RS) organizou uma capacitação em Ergonomia, realizada em 2018, buscando adequação às demandas que seriam geradas pelo E-social em 2019 e também às ISOs que complementam a NR-17, que diz respeito ao tema. “A partir da percepção de que cada empresa tem uma realidade diferente da outra e que as regulamentações seguem um padrão, surgiu a ideia de promover o seminário”, explica a professora do curso de Design da Unijuí, Fabiane Grossmann, uma das organizadoras do evento.

Na programação do evento, estiveram presentes professores da Universidade, como a Vice-Reitora de Graduação, Cristina Pozzobon, que participou da abertura do evento e mediou palestras na manhã do dia 19 de março. Fabiane Grossmann foi mediadora nos turnos da manhã e da tarde do dia 20 de março. Além disso, estudantes dos cursos de Design, Engenharias, Fisioterapia, Educação Física, Enfermagem e Psicologia integraram as atividades do evento.

De acordo com a professora Fabiane Grossmann, o evento é fundamental para o desenvolvimento tecnológico e para a qualificação das empresas, organizações e instituições da região quanto à temática do E-Social e quanto ao lançamento de informações de riscos ergonômicos de seus trabalhadores, visto que ainda existem muitas dúvidas quanto ao que deverá ser informado. “Existe também um desejo dos profissionais que atuam na área da segurança do trabalhador e que fizeram a capacitação, de criar uma Rede de Ergonomia Aplicada na região, pois é uma área que demanda constante atualização, é multidisciplinar e carece de tecnologias aplicadas”, complementa.

                 


Estudante de Design é finalista do 6º Prêmio Brasil Sul de Moda Inclusiva

A estudante do curso de Design, Marcele Eidt, foi finalista do 6º Prêmio Brasil Sul de Moda Inclusiva, que aconteceu no mês de novembro de 2018 no Majestic Palace Hotel, em Florianópolis.

O trabalho é resultado do Trabalho de Conclusão de Curso da estudante  intitulado ‘Moda e responsabilidade Socioambiental: Coleção Cápsula Inclusiva’.

O estudo trata do desenvolvimento de produtos de vestuário voltados a suprir as necessidades dos indivíduos que fazem uso de cadeira de rodas, tanto em questões de vestibilidade, como de inclusão dessas pessoas no meio da moda.  

O público-alvo considerado para o desenvolvimento das peças foram pessoas em cadeiras de rodas, com osteogênese-imperfeita. O TCC também trata da questão ambiental, abordada através da utilização de peças de vestuário já existentes, que foram descartadas pelo primeiro usuário.   

Para a identificação das peças que são descartadas e não reutilizadas, Marcele fez uma pesquisa em diversos brechós e instituições que recebem doações de roupas para repassar. Assim, identificou os tipos de peças que tem pouca saída e as utilizou para a produção da nova coleção.

 

Fotos do evento: Marcus Quint da FIESC/SENAI durante o evento.

Fotos da coleção: Marcele Eidt - Modelo: Laura Mensch Pereira

 


Quinta Descida Rocket Car será no domingo

Pode até parecer uma interpretação da Corrida Maluca, mas é a Descida Rocket Car promovida pelo Curso de Design da Unijuí. A quinta edição da corrida acontece no próximo domingo, 9, às 15h na rua lateral do Centro de Eventos da Unijuí.

Neste ano participarão seis equipes com temáticas diversas partindo da proposta de desenvolvimento de um carrinho no estilo Rocket Car englobando os seguintes requisitos: estética, funcionalidade, ergonomia, segurança e sustentabilidade.

Para isso, são utilizados diversos materiais provenientes de reaproveitamento, como estruturas de classes e cadeiras, chapas de impressão, lona, além de partes de bicicletas descartadas. As equipes competirão nas seguintes categorias: primeiro, segundo e terceiro lugar mais veloz; e melhor temática, com votação realizada pelo público presente.