COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Matemática (Licenciatura)

Egresso de Matemática conta como Unijuí inspirou sonho de seguir na academia

Hoje com 34 anos, Radael de Souza Parolin sempre gostou da disciplina de Matemática e sempre teve admiração pela profissão de professor. E embora tivesse interesse por outros cursos, decidiu graduar-se em Matemática na Unijuí, onde acabou se interessando ainda mais pela área. “Quando iniciei o curso, acabei me identificando e adorando, projetando, inclusive, durante a graduação, a realização da pós-graduação”, explicou. 

Atualmente professor na Universidade Federal do Pampa (Unipampa) em Itaqui e atuando principalmente no curso de licenciatura em Matemática, Radael buscou experiências que fossem além da sala de aula e participou de projetos de iniciação científica. 

“Avalio de forma muito positiva as escolhas que realizei, dentro das minhas possibilidades financeiras, experiências e interesses. A formação na Unijuí – considerando meus projetos, dedicação e desempenho, tanto na representação discente quanto em semanas acadêmicas e outras atividades realizadas, me oportunizou um profundo envolvimento com o curso e permitiu que eu almejasse a pós-graduação”, reforça o jovem, que é mestre em Modelagem Matemática pela Unijuí e doutor em Modelagem Computacional.


Feira Estadual de Matemática possibilitou apresentação de trabalhos e troca de experiências de ensino durante a pandemia

            

Nesta quarta e quinta-feira, dias 21 e 22 de outubro, a Unijuí realizou a I Feira Estadual de Matemática do Rio Grande do Sul.  Em razão da pandemia de covid-19, foi realizada de forma online, no canal do Youtube da Unijuí, também com interações pelo Google Meet, com a participação de alunos e professores de escolas das redes pública e privada do Estado. Foram apresentados cerca de 30 trabalhos, da educação infantil ao ensino médio, além de uma Mostra de Boas Práticas no Ensino de Matemática e a Mostra Nacional de Trabalhos de Feira de Matemática.

O evento foi organizado por um grupo de professores e bolsistas da área, juntamente com parceiros do Estado do Rio Grande do Sul, visando a sistematização dos projetos realizados por alunos, professores e comunidade em conceitos matemáticos nos espaços educativos. O evento integrou a programação do Salão do Conhecimento 2020.

Para o estudante Thierry Weissheimer Monteiro, de Panambi, aluno participante, foi uma experiência significativa: "adorei a experiência de apresentar o trabalho de forma online, porque foi possível ter um retorno dos professores, questionamentos, e, ao mesmo tempo, tive a oportunidade de ver os trabalhos de todos os outros expositores da Feira, sem me preocupar com questões como tempo, viagem e transporte que aconteceriam se o evento não fosse online”, avalia. 

Segundo o chefe do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias da Universidade (DCEEng), professor Peterson Cleiton Avi o objetivo, neste ano de pandemia e aulas remotas, foi ser referência no ensino de matemática, compartilhando e mostrando boas práticas no ensino de matemática, além da produção de trabalhos de alunos. “As Feiras de Matemática deixam um legado na vida daqueles que participam. Neste ano nos desafiamos a organizar este evento em um formato completamente novo. Procuramos dar protagonismo aos professores e alunos das escolas”, salienta

 

A Reitora da Unijuí, professora Cátia Nehring, participou da atividade final do evento, realizada na tarde desta quinta-feira, e observou que a Feira de Matemática está consolidada na região Noroeste, agora expandindo para todo o Estado a partir da experiência deste ano. “Parabenizo a organização do evento e qualidade dos trabalhos apresentados no evento, mostrando que a Feira cumpre um papel importante”, complementou.

Para o Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, Fernando Jaime González, a Feira, que chega ao seu quarto ano, agora de forma ampliada e estadual, mobiliza estudantes e professores e está agregando cada vez mais instituições parceiras. “Ano que vem esperamos novamente uma grande Feira envolvendo pessoas de todas as regiões do Estado”, observou.

Confira as atividades da Feira na íntegra:

Dia 1, quarta-feira, 21 de outubro

            

            

Dia 2, quinta-feira, 22 de outubro

           

           

O evento teve o apoio do Sicredi das Culturas.

 


Vem aí a Feira Estadual de Matemática do Rio Grande do Sul

            

Nos dias 21 e 22 de outubro de 2020, acontecerá a I Feira Estadual de Matemática do Rio Grande do Sul, que, nesta edição, em razão da pandemia de covid-19, será realizada de forma online, no canal do Youtube da Unijuí, também com interações pelo Google Meet.

O evento é uma realização da Unijuí, juntamente com os demais parceiros do Estado do Rio Grande do Sul, que visa a sistematização dos projetos realizados por estudantes, professores e comunidade que envolvam conceitos matemáticos nos espaços educativos. Caracterizando-se pela materialização das ações desenvolvidas, o evento está dentro da programação do Salão do Conhecimento. 

Segundo o chefe do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias da Universidade (DCEEng), professor Peterson Cleiton Avi, serão apresentados 28 trabalhos na Feira, desde a educação infantil. Em paralelo com a programação principal, a novidade é a Mostra de Boas Práticas no Ensino de Matemática em Aulas Remotas, atividade que recebe incriçõea até esta segunda, dia 5 de outubro, e a Mostra Nacional de Trabalhos de Feira de Matemática. “O objetivo é que, neste ano de pandemia e aulas remotas, sejamos uma referência no ensino de matemática para o país, por isso estamos com uma expectativa muito grande com relação ao evento”, projeta.

A Feira tem patrocínio do Sicredi das Culturas, por meio do Programa Empreender para Transformar. Confira a programação completa e mais detalhes na página do evento, neste link.

 


Egressa cria ambiente de estudos em casa para incentivar os alunos durante a pandemia

             

A pandemia de Covid-19 alterou a realidade do setor educacional em todo o mundo. Independente do nível de ensino, professores, estudantes e familiares precisaram se adaptar e inovar a maneira de estudar e dar aula. Foi o que fez a egressa do curso de Matemática da Unijuí, Laís Padoim, ao criar um ambiente de estudos dentro da própria casa.

Laís se formou no dia 6 de março de 2020. Um mês depois, iniciou sua atuação como professora na rede estadual de ensino, quando as aulas presenciais já haviam sido suspensas como medida de enfrentamento ao coronavírus. Com isso, seu local de trabalho e lazer tornou-se o mesmo. Percebendo a necessidade de organizar um espaço que diferenciasse o horário de suas tarefas, ela construiu o “cantinho do estudo”, onde, como o nome sugere, ela dedica-se aos estudos, leitura e planejamento das aulas online.

A professora de matemática fala sobre o que o espaço representa: “Aqui me inspiro para proporcionar aos meus alunos um ensino de qualidade, transmitindo a eles, nas videoaulas, o senso de organização, e incentivando-os a se reinventarem e produzirem o mesmo, para que eles também estejam confortáveis em casa e motivados a continuar estudando nesse período tão delicado que estamos vivendo”. Laís também ressalta que essa foi uma alternativa que encontrou para tirar dúvidas dos estudantes e fazer com que eles se sintam o mais próximo possível do ambiente escolar com o qual já estavam acostumados.

Durante a graduação, a egressa da Unijuí participou do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e do Programa de Residência Pedagógica, que promovem a imersão dos estudantes de Licenciatura nas escolas da região. Laís conta como esse aprendizado agregou em sua formação. “Ambos os programas auxiliaram na aquisição de conhecimentos e experiências que contribuem para a minha prática docente atual”.

            


Estudantes de Matemática são selecionadas para o Programa de Verão em renomado Instituto brasileiro

              

As estudantes do curso de Matemática da Unijuí, Caroline dos Santos e Edwarda Schünemann, foram selecionadas para o Programa de Verão do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), do Rio de Janeiro. Durante o período do Curso de Verão, o IMPA abre as portas para alunos e pesquisadores de outras instituições. São cursos, minicursos e seminários gratuitos que vão acontecer de 06 de janeiro a 28 de fevereiro de 2020.

Todo ano o IMPA abre as portas para receber jovens matemáticos e estudantes de todo o país e do mundo para dois meses de imersão com renomados pesquisadores. A programação é gratuita e, além disso, para custear as despesas locais, o IMPA concede mais de uma centena de bolsas para quem mora fora do Estado, e as duas estudantes foram contempladas com essas bolsas.

A programação é extensa, com atividades ministradas por pesquisadores do IMPA e por professores de instituições estrangeiras, como Princeton, Cambridge, Paris XIII e Toronto, e outras instituições brasileiras, como a UFF (Universidade Federal Fluminense), UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), UFBA (Universidade Federal da Bahia), UFRPE (Universidade Federal Rural de Pernambuco) e UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). 

O Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) é uma unidade de ensino e pesquisa qualificada como Organização Social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e ao Ministério da Educação (MEC). Criado em 15 de outubro de 1952, o IMPA foi a primeira unidade de pesquisa do Conselho Nacional de Pesquisas (CNPq), agência federal de fomento fundada apenas um ano antes. Atualmente, é uma das instituições mais respeitadas da ciência brasileira e um dos centros mais reconhecidos de Pesquisa Matemática no mundo. Desde seu início, teve por missão o estímulo à pesquisa científica, a formação de novos pesquisadores e a difusão e aprimoramento da cultura Matemática no Brasil. Essas atividades, vinculadas entre si, visam promover o conhecimento da Matemática, fundamental ao desenvolvimento das ciências e da tecnologia em geral, por sua vez essencial para o progresso econômico e social do país.

Em 2018, IMPA e a Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) lideraram a candidatura bem-sucedida do Brasil a integrar o grupo de elite (Grupo 5) da União Matemática Internacional, juntamente com as dez nações mais avançadas do mundo na área.


Projeto do DCEEng desenvolve oficinas de formação em Santa Rosa

No mês de março, nos dias 12, 19 e 26, no Campus Santa Rosa, o Projeto de Extensão Feiras de Matemática no Rio Grande do Sul: Consolidação e Expansão – FEMAT/RS, do DCEEng, desenvolveu com professores e representantes das redes e instituições de ensino da região de Santa Rosa Oficinas de formação. Estas formações foram ministradas pelos professores extensionistas Peterson Avi, Isabel Battisti, Claudia Piva e Patrícia Spilimbergo e as estudantes bolsistas do projeto Caroline dos Santos e Raiani Felippe.

Contaram com a presença de professores e representantes das redes de ensino municipal, estadual e privada, abrangendo Educação Infantil, Educação Especial, Ensino Fundamental e Ensino Médio. As formações tiveram como objetivo principal a orientação para a elaboração de projetos de pesquisa com enfoque na área Matemática, com vistas à participação na I Feira Regional de Matemática da região de Santa Rosa, que deve acontecer em 30 de agosto de 2019, no Campus de Santa Rosa/Unijuí.

Durante os encontros de formação, foram apresentadas ideias gerais das Feiras de Matemática e a partir de suas Categorias e Modalidades, foram propostas reflexões acerca da organização do currículo escolar de Matemática – envolvendo aspectos da Base Nacional Comum Curricular (BRASIL, 2017, 2018), princípios como contextualização e interdisciplinaridade e metodologias de ensino com enfoque na resolução de problemas e investigação matemática.