COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Médico da Família e comunidade: profissional especialista em pessoas

              

Profissionais especialistas em pessoas. Independente de sexo ou idade, o profissional de medicina familiar e comunitária, como o próprio nome já diz, é responsável pelo atendimento de todas as pessoas de uma família e da comunidade. O dia 05 de dezembro é dedicado ao reconhecimento da importância deste profissional.

A Unijuí, como Instituição Comunitária, acredita nesta proposta de atendimento à saúde. Por isso oferta o Programa de Residência em Medicina da Família e Comunidade, junto ao Sistema de Saúde Pública do Município de Santa Rosa, por meio de parceria com a Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR), contribuindo para a formação qualificada destes profissionais na região Noroeste. No Programa os médicos se especializam para atender e realizar uma triagem mais qualificada dos pacientes e, em muitos casos, sem a necessidade de encaminhamento para especialistas.

O Programa tem como objetivo principal a formação profissional especializada para atuação prioritariamente em Atenção Primária à Saúde. Sua ação profissional deve ser qualificada e resolutiva na área clínica devendo estar apto para atuar em equipe multidisciplinar e desenvolver habilidades para atuar na saúde coletiva. Visa formar um profissional capaz de manejar problemas de saúde individuais e de comunidade, baseado em metodologias apropriadas e no conhecimento científico com ênfase no método epidemiológico, bem como desenvolver, planejar, administrar, executar e avaliar as atividades de saúde.

As inscrições para este Programa vão estar disponíveis em breve e poderão ser realizadas na página do curso. Serão duas vagas para Ijuí e mais duas vagas para Santa Rosa, com bolsas do Ministério da Saúde.

Além dos cursos da área da saúde já ofertados pela Unijuí, a expectativa é agregar ao Programa residentes do Curso de Medicina, que está em processo de implementação da Universidade.

Confira mais detalhes sobre a importância deste profissional no vídeo abaixo, produzido pela Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade – SBMFC:

                                  


Compartilhe!