COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Estudantes de Ensino Médio da EFA produzem HQs digitais

              

Com o surgimento das novas mídias digitais e a criação de ferramentas de produção de HQs (Histórias em Quadrinhos) nasceram as chamadas webcomics, cuja publicação é veiculada exclusivamente pela Internet, modificando as formas de produção, as possibilidades de operação das linguagens verbal e não verbal, bem como as relações entre o autor e o leitor. Essa facilidade fez com que os alunos da turma 211 da EFA, na disciplina de Português, produzissem seus quadrinhos, ainda que alguns deles não possuíssem habilidades ou experiência com esse gênero de texto. Segundo o professor Leandro Renner de Moura, ao produzir suas HQs em aplicativos, como o “Comic Strip It”, eles tiveram a oportunidade de mobilizar as suas capacidades linguísticas, pensar contextos, criar personagens e falas, com fotografias, imagens e efeitos, alcançando o objetivo estético e discursivo dessa modalidade textual.

O professor explica, ainda, que a técnica artística empregada nas HQs não é algo recente. Os homens primitivos já utilizavam a arte sequencial nas relações sociais arquitetadas pela linguagem. Pesquisadores descobriram que o ato de rabiscar as paredes das cavernas não era uma brincadeira, mas uma necessidade vital de relevância educativa e histórica: os mais experientes precisavam ensinar aos mais novos sobre a caça e sobre os perigos que a selva oferecia, por exemplo. Ainda que tenha sido realizada com o uso de instrumentos rústicos, esse tipo de arte cumpria seu propósito comunicativo, revelando-nos que o letramento visual é tão antigo quanto às necessidades enunciativas do homem. Com a popularização da internet e de outras tecnologias, essas histórias em blocos receberam novos recursos e muito mais espaço para serem publicadas. O conteúdo, agora digital, ganhou interação com o usuário, movimento, cores, contextos, e até sons – algo impossível nos modelos tradicionais, estes, ainda, preferidos de alguns alunos da turma, os quais optaram em construir os seus próprios desenhos.

Como usar os apps

Você pode fazer suas próprias histórias em quadrinhos usando apenas seu celular ou tablet. Conheça os aplicativos Comic Strip it! e Strip Designer, que permitem que você exercite sua criatividade e produza HQs (mesmo que nunca tenha feito uma na vida).

O tablet é ótimo para brincar com esses apps, já que a tela maior dá mais liberdade de criação, mas nada impede que você os use no celular.

Se o seu aparelho é um Android, a melhor opção é o Comic Strip It!, que tem uma versão gratuita e uma paga, que é mais profissional. A diferença é o maior número de efeitos que podem ser aplicados nas imagens na versão paga. Mesmo na versão gratuita, dá para se divertir bastante criando tirinhas ou storyboards com imagens do banco do app ou com fotos que você tira diretamente com o dispositivo móvel. É bem simples incluir os balõezinhos de diálogo, e tudo é facilmente compartilhado nas redes sociais.

Confira todas as produções no Facebook da EFA:

            


Compartilhe!