COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Integrantes do Projeto Rondon realizam preparativos para a Operação Parnaíba

              

A Unijuí está em fase de preparação para a Operação Parnaíba, próximo destino do Projeto Rondon, que acontecerá em 2019. O município de Cabeceiras do Piauí é um dos quinze do estado do Piauí que foi contemplado com ações desenvolvidas pelo Projeto, através do Ministério da Defesa.

Os estudantes da Unijuí selecionados Adriano Udich Bester, Daniela Regina Kommers e Tatiana Nataniele Mentz, do curso de Agronomia, Chaeli Quevedo Branco Oliveira e Gustavo Henrique Mendes Bedendo, do curso de Medicina Veterinária, Juliana Andretta, do curso de Jornalismo, Cristiane Zeni Bender Slaviero e Nicole Mantovane da Silva, do curso de Nutrição irão realizar oficinas durante duas semanas no município, no Conjunto B de Ações: Comunicação, Trabalho e Meio Ambiente e Tecnologia e Produção.

No período de 23 a 29 de setembro foi realizada a viagem precursora pela professora coordenadora do Projeto na Universidade, Leonir Terezinha Uhde, juntamente com a professora Sandra Cristina Pillon, da Universidade de São Paulo/Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. A viagem ocorre aproximadamente 4 meses e meio antes da operação, quando os professores coordenadores realizam a visita ao município que irão atuar com toda a equipe (2 professores e 8 estudantes), no período de 18 de janeiro a 03 de fevereiro de 2019. O intuito é conhecer as lideranças do município para definir os aspectos relacionados a alojamento, alimentação e transporte, apresentar o plano de trabalho e fazer as adequações necessárias.

Em Cabeceiras do Piauí foi realizada reunião com os secretários e líderes comunitários; participação em atividades do Núcleo de Cidadania; e visita em quatorze povoados. Foram definidos 21 locais para a realização das ações dos Conjuntos A e B. Destes, 20 são povoados, considerados como núcleos de ação, nos quais os demais povoados estarão inseridos.

Imagens da viagem precursora.

Encontros e reuniões

No dia 05 de outubro ocorreu a primeira reunião com a equipe formada para o projeto Rondon. Na oportunidade, os estudantes puderam socializar em equipe e receberam as primeiras orientações sobre as atividades que serão realizadas entre os dias 18 de janeiro e 3 de fevereiro de 2019. A equipe pôde conhecer um pouco sobre a realidade do município que receberá as ações do projeto a partir da exposição oral da professora Leonir Terezinha Uhde, que esteve no município de destino dias antes, realizando a viagem precursora. O município localiza-se no norte piauiense, na microrregião do baixo Parnaíba, com mais de 608 mil quilômetros quadrados e uma população próxima dos 10 mil habitantes.

Este encontro contou também com a participação do professor Dr. Fernando Jaime González, Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, que acolheu a equipe, salientando a importância das atividades que serão realizadas pelo Projeto Rondon. Ele parabenizou os professores coordenadores e estudantes por aceitarem o desafio de participar deste projeto da Universidade, levando e trazendo conhecimento de uma outra região do país. Lembrou, também, que esta é uma atividade de extensão que leva a marca da Unijuí e, portanto, espera que a equipe tenha êxito no seu desenvolvimento.

Na reunião, os estudantes selecionados também puderam absorver quais são as maiores necessidades existentes no município, entre elas, manejo de animais errantes, a produtividade familiar, o melhor aproveitamento do caju, armazenamento de água e cuidados com a alimentação, saneamento básico urbano e rural e a disponibilidade de meios de comunicação no ambiente rural e urbano.

A segunda reunião realizada com a equipe de rondonistas da Unijuí aconteceu na manhã do dia 22 de outubro, com o objetivo de expor alternativas para solucionar ou amenizar os problemas pertinentes no município de Cabeceiras do Piauí, no estado do Piauí. Na oportunidade, os estudantes dos cursos de Agronomia, Jornalismo, Medicina Veterinária e Nutrição apresentaram suas propostas de intervenção no território de Cabeceiras, como primeira atividade prática solicitada. Nas semanas anteriores, os estudantes de cada curso se reuniram com o intuito de encontrar alternativas cabíveis para a resolução das questões mais preocupantes identificadas no município piauiense. As equipes, correspondentes a cada curso, apresentaram os resultados de suas pesquisas.

Deste encontro, além dos professores coordenadores do Projeto, participaram a professora Véra Fischer, representante institucional junto ao Projeto Rondon, e a assessora de extensão da Unijuí, Sirlei Schneider.

- os estudantes Adriano Udich Bester, Daniela Regina Kommers e Tatiana Nataniele Mentz, do curso de Agronomia, direcionaram suas pesquisas para os alimentos mais produzidos no município, com destaque para o caju, o babaçu, a carnaúba, a mandioca e o mel, trazendo questões como formas de cultivo e aproveitamento dos mesmos. Além disso, apresentaram questões importantes sobre captação e armazenamento da água;

- a representante do curso de Jornalismo, Juliana Andretta, apresentou propostas de oficinas relativas à comunicação e à educação, com o foco de trabalho com as crianças, além de diálogos com os meios de comunicação do município, com o intuito de propor uma maior atenção ao meio rural, para promover o setor;

- os rondonistas do curso de Medicina Veterinária Chaeli Quevedo Branco Oliveira e Gustavo Henrique Mendes Bedendo apresentaram soluções para melhorar a produtividade, especialmente na pecuária, destacando a alimentação bovina, manejo de caprinos e ovinos, controle e prevenção de doenças e a posse responsável para o problema dos animais errantes;

- as estudantes de Nutrição Cristiane Zeni Bender Slaviero e Nicole Mantovane da Silva focaram a pesquisa na segurança alimentar, destacando o cultivo orgânico, a criação de hortas e a higienização, conservação e reaproveitamento de alimentos.

A terceira capacitação dos extensionistas selecionados da Unijuí para o projeto Rondon 2019 - Operação Parnaíba ocorreu na manhã do dia 05 de novembro. Estiveram na reunião os oito estudantes selecionados da Universidade, juntamente com os professores coordenadores Leonir Uhde, Maria Aparecida Zasso e Felipe Libardoni. Na oportunidade, foram delimitadas questões práticas a serem realizadas no município de Cabeceiras do Piauí, local onde serão executadas as ações pelos rondonistas da Unijuí e da Universidade de São Paulo.

O foco inicial do encontro foi sobre as atividades culturais que serão realizadas no município de destino, com o intuito de levar um pouco das culturas gaúcha e paulista para o território piauiense. Em geral, as equipes de extensionistas assistem às apresentações da cultura local, conhecendo hábitos alimentícios, vestuário, tradições e história do município sede da ação, mas também levam conhecimento sobre sua cultura, dispondo de apresentações artísticas para a aproximação com a população local.

Além disso, houve o planejamento do Projeto Piloto para a execução no município de Ijuí. O projeto piloto consiste no experimento prático das ideias expostas, com o intuito de ter uma resposta referente a viabilidade de execução e possíveis resultados obtidos. O projeto piloto, além de colaborar para a definição das questões a serem realizadas no Piauí, colabora para o auxílio de mudanças em uma determinada comunidade. Os locais selecionados para a realização do projeto em Ijuí são o Bairro Getúlio Vargas e o Distrito de Itaí.

Projeto Piloto – Município de Ijuí/RS

O Projeto Piloto do Projeto Rondon será realizado no município de Ijuí, no Bairro Getúlio Vargas (área urbana) e no Distrito de Itaí (área rural), com a programação e organização das ações sob a coordenação do professor Felipe Libardoni e participação das professoras Leonir Uhde e Maria Aparecida Zasso, todos do Departamento de Estudos Agrários (DEAg) da Unijuí.

Cronograma

Ações do Projeto Piloto:

26 de novembro – segunda-feira – tarde – Bairro Getúlio Vargas 3

Local: Sede do Bairro  

Programação da Ação do projeto Piloto no Bairro Getúlio Vargas (urbano) 

14h: Apresentações, inscrição dos participantes e dinâmica inicial

14h45: Oficina Saúde Pública: zoonoses

15h25: Oficina: aproveitamento integral dos alimentos e higienização de alimentos – receitas

16h05: Oficina:quintais produtivos e plantas medicinais

16h45: Encerramento/avaliação e entrega dos certificados.

As demais atividades no Bairro e no Distrito de Itaí não têm datas confirmadas.

Rondon


É uma iniciativa realizada pelo Ministério da Defesa/Coordenação-Geral do Projeto Rondon em parceria com o Governo do Estado do Piauí e municípios contemplados. Tem o apoio do 25º Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro e contará, também, com a participação de Instituições de Ensino Superior (IES) de diversos estados do país. No caso específico de Cabeceiras do Piauí, foi criado o Núcleo do Projeto Rondon do município.


Compartilhe!