COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Estudantes desenvolvem ações educativas no Bairro Glória

                 

Na tarde de segunda-feira, dia 24, estudantes dos cursos de Fisioterapia, Enfermagem, Nutrição e Farmácia, ligados ao Departamento de Ciências da Vida da Unijuí realizaram ações educativas em saúde no Bairro Glória de Ijuí. Um grupo de nove estudantes, acompanhados por uma das professoras da disciplina, Marinez Koller Pettenon, realizou ações no CRAS, na ESF, na casa lar do idoso e também em algumas residências.

As ações integram a disciplina do núcleo Comum da Saúde, chamada de Vivência Integradora em Saúde. São objetivos: oportunizar a vivência multiprofissional na atenção básica/atenção primária a saúde; propiciar a discussão acerca da atenção integral à saúde como princípio orientador do Sistema Único de Saúde; experimentar situações de aprendizagem que tenham por foco a atenção integral aos sujeitos, famílias e comunidade em perspectiva multidisciplinar.

A ação constituiu-se em orientações sobre a prevenção da dengue, utilizando a planta chamada de crotalária, que é uma planta tropical asiática da família das leguminosas, serve de atrativo para a libélula, um inseto predador do mosquito da dengue. Com o plantio da crotalária em jardins ou quintais, a libélula, que busca colocar ovos em água parada, assim como o mosquito Aedes Aegypti, vai depositar seus ovos. Quando larvas, se alimentam das larvas do mosquito transmissor da dengue, acabando com aquele foco. O mesmo acontece com a libélula adulta, que se alimenta de pequenos insetos, o que inclui o Aedes Aegypti, assim quebra-se a cadeia reprodutora do mosquito da dengue. Desta forma, a crotalária é uma planta importante para atrair a libélula predadora do mosquito e que contribuirá para a redução de larvas e focos de mosquitos.

Desta forma, os estudantes realizaram orientações na ESF para os ACS e demais profissionais da equipe de saúde e usuários, na casa lar para os idosos, em algumas residências e para a equipe de profissionais do CRAS. Fazendo a entrega na ESF e no CRAS de uma muda da referida planta e distribuindo pequenos pacotinhos de sementes de crotalária para todos os profissionais, usuários e pessoas da comunidade. As orientações foram demostradas por meio de um banner explicativo, por galhos verdes da planta com flor e galhos secos com sementes. “A planta despertou muitas curiosidades, pois não é muito conhecida na região. A atividade foi muito produtiva para os estudantes oportunizando a aproximação e realização de ações educativas em saúde na comunidade. Os estudantes e a professora com muito carinho, agradecem a boa e generosa acolhida da equipe do CRAS, da ESF, dos ACS, e demais locais onde realizaram a ação”, observa a professora Marinez Koller Pettenon.


Compartilhe!