COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Egressa da Farmácia conclui Mestrado e inicia Doutorado na UERJ

Docentes do Curso de Farmácia da UNIJUÍ comemoram conquista de Eliete Dalla Corte Frantz




Eliete Dalla Corte Frantz, egressa da quarta turma (2002/2) do Curso de Farmácia da UNIJUÍ, defendeu em fevereiro o Mestrado em Biologia Humana Experimental, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e iniciará o doutorado, neste mês de março, na mesma Instituição.

Natural de Catuípe, Eliete ingressou na UNIJUÍ no primeiro semestre de 1999, colando grau no segundo semestre de 2002. “Durante os quatro anos de graduação, fiz muitas amizades - as conservo até hoje - e tive uma intensa vida acadêmica, com aprendizados, estudos e monitorias”, destaca a agora Mestre. Ela conta que participou da organização de eventos, tais como semanas acadêmicas, palestras, cursos e excursões para Congressos, experiências que oportunizaram formar fortes laços com a Instituição e professores, além da descoberta da “paixão pela docência”.

Segundo Eliete, “é muito bom, hoje, poder encontrar colegas e professores mundo afora, lembrar dos bons tempos da UNIJUÍ e falar de nossas trajetórias e atividades atuais”. Sobre suas lembranças da Instituição, ela ressalta que remetem à construção do conhecimento profissional e de vida. Depois da graduação, trabalhou como farmacêutica em farmácia comercial e cursou a especialização em Farmácia Industrial, ainda pela UNIJUÍ. Em 2008, mudou-se para o Rio de Janeiro, juntamente com o esposo, Luís Gustavo Frantz, quando ambos ingressaram no mestrado.

A conclusão do Mestrado se deu em 16 de fevereiro, quando Eliete recebeu o título de Mestre em Ciências, pelo Programa de Pós-Graduação em Biologia Humana e Experimental, Laboratório de Morfologia e Metabolismo Cardiovascular, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. A dissertação intitulada “Adaptações transgeracionais do pâncreas endócrino em camundongos provenientes de restrição proteica materna In Útero” foi defendida perante a banca, composta pelo orientador, Dr. Carlos Alberto Mandarim-de-Lacerda (UERJ e Université Paris-Descartes, França) e pelos professores Dra. Márcia Mattos Gonçalves Pimentel (Geneticista UERJ), Dr. Luiz Eurico Nasciutti (UFRJ e Université Pierre et Marie Curie, França) e Dra. Márcia Barbosa Aguila (UERJ).

Durante os dois anos de Mestrado, Eliete foi bolsista pela CAPES, com dedicação exclusiva. “Me deparei com uma realidade muito diferente, em um hospital universitário, com tradição em pesquisa utilizando animais experimentais e com colegas graduados em diversas áreas da saúde, realizando um trabalho multidisciplinar”, acrescenta. Fruto deste projeto, ela publicará quatro artigos científicos em revistas internacionais Qualis A (fator de impacto maior que 1.5).

Ainda no ano de 2010, foi aprovada na seleção para o doutorado neste mesmo programa de Pós-Graduação da UERJ, já tendo iniciado suas atividades de pesquisa e aulas, além de estar concorrendo à bolsa (dedicação exclusiva), pelo CNPq, com o projeto “Tratamento farmacológico da síndrome metabólica: efeitos dos bloqueadores do sistema renina-angiotensina nas ilhotas pancreáticas e tecido adiposo em camundongos ob/ob”.

Durante o doutorado, Eliete fará os experimentos da pesquisa na UNICAMP, em Campinas (SP), na USP, São Paulo (SP) e nos laboratórios da própria UERJ. “Após a conclusão do doutorado meu objetivo é seguir a carreira de docente e a pesquisa científica”, conclui.

Compartilhe!