COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Salão de Atos receberá o nome do professor Argemiro Jacob Brum

O ato em homenagem será realizado às 15h30min desta quinta-feira. 

        

Nesta quinta-feira, em cerimônia alusiva aos 60 anos de Ensino Superior da Instituição, a Unijuí vai realizar, no Salão de Atos do Campus Ijuí, às 15h30min, uma homenagem ao professor Argemiro J. Brum. 

Na programação, a abertura terá uma fala da Reitora, professora Cátia Maria Nehring. Logo após, o professor Jaeme Luiz Callai (DHE), aborda “O legado acadêmico do Professor Argemiro Jacob Brum”. Na sequência, Eliane Brum, filha do professor, vai compartilhar com o público a fala “Viviário” de Argemiro Jacob Brum”. Também será realizada uma apresentação do Coral Unijuí. Ao final do evento, será realizado o Ato de Denominação do Salão de Atos “Argemiro Jacob Brum”.

Este será um dos eventos que marcarão os 60 anos de Ensino Superior da Instituição, ao longo do ano outras homenagens serão realizadas pela Unijuí.

Uma trajetória dedicada à educação

O professor Argemiro Jacob Brum, um dos fundadores da FIDENE/UNIJUÍ, faleceu no dia 5 de agosto de 2016 e foi sepultado no dia 6, no Cemitério da Comunidade do Barreiro (interior do município de Ijuí). 

Filho de agricultores de imigração italiana, dedicou sua vida à educação. Seu pai, José Brum, tinha um sonho: dar estudo a pelo menos um de seus filhos. E o desejo do pai, que faleceu ainda jovem, foi concretizado pela sua família através de Argemiro.  

Após cumprir todos os estudos básicos, cursou Filosofia e Letras na então Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ijuí (FAFI), pioneira no ensino superior da Região Noroeste do Rio Grande do Sul. Desde então, nunca mais parou de estudar e de ensinar. Também deixa como legado uma série de obras.  

Professor do Ensino Superior por mais de 40 anos, Argemiro integrou o quadro docente da Unijuí tendo sido Diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ijuí e da Faculdade de Ciências Administrativas, Contábeis e Econômicas de Ijuí e Presidente da Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado – Fidene. Nos últimos 10 anos ingressou no quadro de docentes seniores da Unijuí.  

No ano de 1992, recebeu os títulos de "Professor Emérito" e "Educador Emérito", conferidos, respectivamente, pela Unijuí e pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, e o prêmio "Educação RS 2002", pelo Sinpro/RS. 

Publicou mais de uma dezena de obras, entre as quais destacamos: “O Desenvolvimento Econômico Brasileiro” (25 ed.), “Por que o Brasil foi ao Fundo”, “O Brasil no FMI”, “Modernização da Agricultura: trigo e soja, Democracia e Partidos Políticos no Brasil”, “Rio Grande do Sul: crise e perceptivas, Integração do Cone Sul: Mercosul, História da Picada Conceição (Barreiro, Ijuí/RS)” e “Unijuí uma experiência de Universidade Comunitária: sua história, suas ideias”.  

No ano de 2015, o professor participou de um vídeo sobre os 30 anos da Unijuí, confira um trecho do depoimento:

 

Para a Unijuí FM, o professor Jaeme Callai fala sobre o legado do professor Argemiro

 


Compartilhe!