COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Unijuí sedia evento de início de ano da rede estadual de ensino

No encontro foram apresentadas as mudanças que serão implementadas em 2020.

Foto: Elimar Martins/Jornal da Manhã

O Centro de Eventos da Unijuí, localizado no campus Ijuí, recebeu nesta quinta-feira, 13 de fevereiro, diretores e coordenadores pedagógicos de 12 municípios da região noroeste, em um encontro promovido pela 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). O evento marcou o início das atividades letivas da rede estadual de ensino no ano de 2020.

Segundo Cláudio de Souza, titular da 36ª CRE, foi uma importante reunião de planejamento, de ações e atividades que vão acontecer durante o ano. “A rede púbica estadual passa em 2020 por grandes mudanças, as escolas terão novas matrizes curriculares e a grande novidade é que dez escolas da região terão a implantação do novo ensino médio”, explica. Outra mudança é a implantação do diário online, que irá registrar desde a frequência até as notas dos estudantes. O diário poderá ser acessado por professores, coordenadores, diretores, alunos e também pelos pais.

Cláudio de Souza aproveitou a oportunidade para agradecer a Unijuí pela parceria nas ações desenvolvidas em prol da educação: “Essa parceria beneficia toda a rede, beneficia a Universidade, nossos professores, nossos alunos, nossos servidores. Agradecemos e torcemos muito pela Unijuí, que realiza esse belíssimo trabalho de destaque estadual e também nacional”.

A abertura do evento foi realizada pelo gerente da Coordenadoria de Marketing da Unijuí, Giancarlo Dari Bottega, que ressaltou a importância da parceria existente entre as escolas e a Universidade. “Da mesma forma que a rede pública inicia o ano letivo, a Universidade também acompanha esse movimento a partir dos projetos que desenvolve em parceria com essas entidades. São projetos desenvolvidos com a interação no espaço da escola, por meio das relações mantidas via conteúdos que a Universidade leva até os espaços escolares e também através da participação de profissionais que contribuem a partir de depoimentos sobre suas experiências na formação superior”, destaca Giancarlo.

Outro ponto apontado por ele é a disponibilização dos espaços da Universidade para o processo de aprendizagem. “A Instituição acolhe essas unidades educacionais por meio de projetos como o “Circuito de Ciência”, que organiza espaços institucionais como laboratórios para receber as escolas e compartilhar um pouco da Universidade a partir desse relacionamento. É muito importante essa presença contínua da Universidade, não apenas nas relações formativas, como também na contribuição para a aplicação dos projetos pedagógicos nas escolas”, afirma Giancarlo.


Compartilhe!