COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Criatec promoveu MeetUp abordando ideação e o investimentos

A Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec) da Unijuí promoveu nesta quinta-feira, dia 13 de maio, um MeetUp com o tema “Da ideação ao investimento: os desafios da trajetória empreendedora". A transmissão aconteceu pelo canal da Criatec no Youtube. 

A discussão foi conduzida pelo convidado, Anderson Diehl, que é membro da Anjos do Brasil, aceleradoras Wow, Grow Plus, Ventuir e da Bossa Nova Investimentos, maior micro venture capital da América Latina, mentor e líder alumni região sul do InovAtiva Brasil, maior programa gratuito de aceleração de startups da América Latina. 

O membro da Anjos do Brasil trouxe a importância de as empresas terem o perfil empreendedor e buscarem a inovação. Também foram abordadas  algumas dicas do que não fazer em seu investimento. 

Anderson iniciou falando sobre a importância das ideias. “As ideias começam com a gente tendo elas, a partir do contexto de que vamos resolver um problema, identificando uma dor. Ela é aquele pensamento que surge tentando trazer uma solução de forma mais eficiente, eventualmente inovando e de certa forma inventando. A tentativa e o erro fazem parte de nossos projetos. O empreendedor  precisa ter persistência e resiliência a ponto de não desistir”, ressaltou. 

Baseado em suas decisões como inovador, ele relata que, durante a jornada como empreendedor, é fundamental ir adquirindo competências, estudar, ler, se especializar, participar de eventos e ter pessoas competentes envolvidas em seu negócios. “Costumo dizer que sozinho a gente vai rápido e juntos vamos longe. Quando estamos construindo um negócio é muito bom que a gente reúna competências. Hoje eu procuro investir em startups que tenham no mínimo três sócios, porque no momento que você começa a distribuir conhecimentos, fica mais fácil de ter sucesso”, explica. 

Iniciativas de empreendedorismo têm a capacidade de transformar o País, segundo ele. “No momento em que se consegue ser mais eficiente com um estado ineficiente, gerando emprego e renda, proporcionando oportunidades para as pessoas, a gente consegue impactar vidas. Eu sou da teoria que, se cada um ajuda um, a gente ajuda milhões”, destacou Anderson.

Confira o evento na íntegra:


Compartilhe!