Todas as notícias - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Cultura

Coral Unijuí prepara grande evento para celebrar seus 30 anos de história

O Coral Unijuí prepara um grande evento para o dia 10 de julho, em comemoração ao seu aniversário de 30 anos. O espetáculo “30 anos de vozes que cantam histórias” acontecerá no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, a partir das 19h. Ingressos já podem ser adquiridos com os integrantes do coro, na Literatus Xok’s e nos caixas da Universidade, ao valor de R$ 20 ou R$ 10 - no caso de estudantes e idosos.

Regente do Coral Unijuí, Lizandra Rodrigues adianta que o evento contará com dois dos quatro regentes que coordenaram o grupo antes dela, e serão responsáveis por reger, cada um, uma canção. “Teremos depoimentos dos coralistas, representando as gerações, desde a primeira década do Coral; e teremos o lançamento dessa nova era do coro, com um espetáculo que contará com luz, música e ação cênica”, destacou.

O grupo vai cantar e também vai encenar: um poema de Carlos Drummond de Andrade e também uma peça, importante musicalmente e pedagogicamente, segundo Lizandra, de Chico Buarque. “O espetáculo foi montado por mim, com direção vocal, musical, teatral e regência, mas também contou com a participação de todos os integrantes. Estão todos muito engajados”, comentou.

O público também poderá conferir um resgate dos uniformes que foram utilizados nestes 30 anos - uma ação que vem sendo organizada em parceria com o Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp).


4º Cinema para Todos terá sessão no domingo, no campus da Unijuí

No próximo domingo, dia 20 de março, a Unijuí terá a exibição do filme “Pedro Malasartes e o Duelo com a Morte”, junto ao estacionamento dos ônibus, no campus da Universidade. A sessão faz parte do 4º Cinema para Todos, promovido pela Secretaria da Cultura do Estado, e acontece em Ijuí por meio da parceria entre a Unijuí e a Produtora Cultural Nova-Produções. A iniciativa é financiada pelo Pró-Cultura RS e Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Aberto à comunidade, o filme terá sua exibição a partir das 19h30. Ele conta a história de Pedro Malasartes (Jesuíta Barbosa), que vive de pequenas trapaças e está sempre se safando das situações, mesmo as criadas por ele. Durante a trama,  terá que enfrentar dois grandes inimigos: Próspero (Milhem Cortaz), que fará de tudo para impedir que sua irmã Áurea (Isis Valverde) namore um sujeito como ele, e a própria Morte encarnada (Julio Andrade), que quer tirar férias e enganar Malasartes. Ele ainda terá que lidar com a bruxa Parca Cortadeira (Vera Holtz) e Esculápio (Leandro Hassum), assistente da Morte. Agora, com personagens deste e do outro mundo se unindo contra ele, Malasartes terá que usar de toda a sua esperteza para sair ileso dessa confusão.

Para acompanhar a sessão de cinema, basta comparecer ao campus com cadeiras. Em caso de instabilidade climática, a exibição acontecerá no Salão de Atos.


Coral Unijuí seleciona novas vozes e cantores instrumentistas

A Vice-reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, por meio do Edital nº 9/2022, seleciona integrantes para o Coral da Unijuí. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas por meio do e-mail coral@unijui.edu.br, seguindo as orientações do edital, por qualquer pessoa da comunidade.

Para além de vozes femininas e masculinas, estão sendo selecionados cantores instrumentistas para teclado, bateria, violão, baixo e percussão. Como o Coral conta com instrumentos e muitas vezes cria acompanhamentos instrumentais para o repertório, se faz necessária a presença de um grupo de instrumentistas.

Para participar da seleção é necessário ter no mínimo 17 anos - a serem completados até o início das atividades; ter disponibilidade para participar dos ensaios nas quartas-feiras à noite e sábados à tarde, bem como das demais atividades do grupo; e participar assiduamente das atividades previstas no plano de ensaio, estudo em casa e apresentação. 

Na seleção de vozes são avaliadas a extensão vocal; percepção auditiva; memória musical; afinação e disponibilidade para participar das atividades. Já na seleção de cantores instrumentistas são avaliados os seguintes critérios: extensão vocal; percepção auditiva; afinação; ritmo; conhecimentos de harmonia e notas musicais (para os instrumentos harmônicos); habilidade instrumental e disponibilidade para participar das atividades.

Mais informações podem ser obtidas neste link, acessando o edital, ou pelo e-mail coral@unijui.edu.br.


100 anos da Semana de 22 tem conteúdo especial do Madp e da Unijuí FM

Os 100 anos da Semana da Arte Moderna, comemorados agora em 2022, serão marcados por um conteúdo especial produzido pelo Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) e a Rádio Educativa Unijuí FM. Serão abordadas questões referentes ao legado da Semana de 22 em diversas áreas do conhecimento, no Brasil. O material começa a ser divulgado nas mídias sociais das instituições e também na rádio nesta segunda-feira, 14 de fevereiro. 

O material produzido propõe uma série de reflexões sobre o momento de celebração, onde junto com professores dos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Letras e Design irão pontuar os impactos da semana modernista sobre as suas determinadas áreas, difundindo assim ideias e características do movimento junto à comunidade. 

A Semana de Arte Moderna foi uma manifestação artístico-cultural que ocorreu no Theatro Municipal de São Paulo entre os dias 13 e 18 de fevereiro de 1922 e que marca oficialmente o início do movimento modernista no Brasil. 

Dentro de algumas das características do movimento, busca-se a utilização de uma linguagem coloquial que visa a aproximação da linguagem oral e cotidiana, a liberdade de expressão, rompimento com os padrões tradicionais da academia, entre outras características que ajudaram a difundir a cultura dentro de uma valorização da identidade brasileira. Como forma de movimentação e popularização, a Semana de Arte Moderna promoveu diversas apresentações de dança, música, recital de poesias, exposição de obras - pintura e escultura - e palestras.


Cia Cadagy da Unijuí abre seleção para novos integrantes

A Cia Cadagy - Corpo em Movimento da Unijuí está selecionando novos integrantes para as linguagens artísticas de dança, ginástica geral, lutas, artes cênicas e arte circense. Inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de fevereiro, pelo e-mail cia.cadagy@unijui.edu.br, conforme consta no edital VRPGPE nº 02/2022, disponível neste link. No mesmo endereço é possível ter acesso à ficha de inscrição.

Para participar é necessário ter no mínimo 17 anos - a serem completados até o início das atividades do grupo; ter disponibilidade de tempo para participar dos ensaios, os quais são realizados nas quintas-feiras, das 18h30 às 22h, e aos sábados, das 8h às 12h, bem como das demais atividades do grupo; ser integrante da comunidade externa ou da comunidade interna da Fidene/Unijuí; participar assiduamente das atividades previstas no plano de ensaio, estudo em casa e apresentações da Cia Cadagy.

O processo seletivo acontecerá no dia 19 de fevereiro, na Sala dos Espelhos da Sede Acadêmica, e contará com três etapas: entrevista individual, performance artística e improvisação de cena curta, com tema proposto no ato da seleção. O resultado será divulgado na página, até 15 dias após a realização de todas as entrevistas.






Museu é uma das 10 instituições nacionais contempladas no 8º Prêmio Darcy Ribeiro

O Prêmio Darcy Ribeiro é uma iniciativa promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e contempla práticas e ações de educação museal em nível nacional

Exibição da Sala 02: História e Cultura

O Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp) foi uma das 10 instituições nacionais contempladas na 8ª edição do Prêmio Darcy Ribeiro 2021, a partir de uma ação educativa proposta pela “Sala 02: História e Cultura”, iniciativa produzida e exibida pelo Madp durante a Fenadi Virtual em 2020. Com o valor do prêmio, R$ 10 mil, será desenvolvido um projeto que tem foco em ações virtuais a partir do acervo e reflexões desenvolvidas no Museu, fortalecendo, assim, as ações educativas promovidas pelo Madp.

A execução terá início neste primeiro semestre, onde serão elaborados dois tipos de jogos virtuais, com propostas diferentes, mas com o mesmo objetivo: possibilitar ao Museu uma maior aproximação com o público, apresentando novas ferramentas para o ensino-aprendizagem, estimulando também a busca por mais conhecimentos sobre a história e cultura de Ijuí e região.

Uma das produções corresponde ao jogo “Território”, que contribui para o debate que se estabelece na seção Primeiros Habitantes do RS e nas Exposições Temporárias, com a temática voltada ao conceito de território na concepção indígena, que é bastante diferente da lógica implantada pelo colonizador. As questões de território, sustentabilidade, equilíbrio e respeito à diversidade são assuntos que ainda hoje geram conflitos e debates. Promover essa reflexão é premente, a fim de conscientizar as novas gerações para que seja possível, no futuro, uma relação mais harmônica e respeitosa para com os remanescentes dos primeiros habitantes desta terra.

Outra proposta é a produção de “Quebra-cabeças Virtuais'', com fotos do acervo do Museu que possibilitam, de maneira lúdica, a apropriação de informações sobre a história de nosso município e região. Pretende-se fazer conjuntos de fotos abordando temáticas relacionadas ao processo de ocupação do território Noroeste do RS, ocupado a partir do final do Século 19 com colonizadores de diversos países europeus. Para ter um alcance regional, atingindo a área de influência do Museu, as fotografias selecionadas serão representativas de um conjunto de atividades comuns nesta região, sendo passíveis de serem usadas por educadores e visitantes de outros municípios.

Os jogos serão direcionados a estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio e também a adultos que gostam de montar quebra-cabeças, cativando-os a frequentar o Museu.

A disponibilização dos jogos tanto online quanto offline, bem como a compatibilidade via web e desktop, é imprescindível para atender todas as escolas, pois muitas vezes estas não dispõem de boas conexões de rede ou mesmo de bons computadores nas salas de aula. Desta forma, independente da potência da internet ou dos equipamentos, além de acessar os jogos no Museu, os usuários também poderão acessá-los por meio das mídias ou salvá-los em dispositivos, levando as propostas de ações educativas a quem tiver interesse.

O Prêmio - O Prêmio Darcy Ribeiro é uma iniciativa promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e contempla práticas e ações de educação museal em nível nacional. Essa é a 8ª edição, sendo que o Madp foi um dos premiados pelo trabalho realizado na Exposição Temporária “Pandorgueando – Brinquedos, jogos e brincadeiras de geração a geração", em 2019, na 7ª edição do prêmio.




Cia Cadagy está selecionando novos integrantes para 2022

A Cia Cadagy - Corpo em Movimento da Unijuí está com inscrições abertas para novos integrantes. Os interessados têm até o dia 15 de fevereiro para enviar a ficha de inscrição para o e-mail cia.cadagy@unijui.edu.br.

A seleção visa preparar os integrantes para as linguagens artísticas de Arte Circense,  Artes Cênicas, Dança, Ginástica Geral e Lutas. Para participar, os artistas devem ter no mínimo 17 anos, disponibilidade de tempo para participar dos ensaios, bem como das demais atividades do grupo; e participar assiduamente das atividades previstas no plano de ensaio.

O processo de seleção é dividido em três partes: entrevista individual com o candidato, performance artística e, por fim, a improvisação de uma cena curta, com tema proposto no ato da seleção. Dentre os critérios de avaliação estão a flexibilidade de tempo, desenvoltura técnica, expressão e criatividade.

O resultado será divulgado no site da Unijuí até 15 dias após a realização de todas as entrevistas. A participação como integrante da Cia Cadagy ainda habilita o artista a concorrer a bolsas, mediante cumprimento de regras estabelecidas em edital.

Para mais informações, acesse o edital completo e a ficha de inscrição 


Unijuí oferece oportunidades de Bolsas Culturais aos estudantes

Cia Cadagy e Coral Unijuí valorizam a arte, a música e a cultura

Os grupos culturais, Cia Cadagy e Coral Unijuí, também se consolidam como oportunidades de bolsas remuneradas aos estudantes de graduação da Universidade. Com seleção e ingresso a partir de editais, lançados no início de cada ano, cada grupo oferece 20 bolsas de R$ 400,00. Os estudantes que desejarem, também podem participar como voluntários dos grupos.

As iniciativas colocam a Universidade ainda mais próxima da comunidade local e regional. Além das apresentações que são realizadas, voluntários da comunidade externa também podem participar das atividades. Hoje, tanto a Cia Cadagy como o Coral Unijuí contam com a participação de pessoas da comunidade, além de estudantes da Graduação, da Pós-Graduação e do Ensino Médio.

As Bolsas Culturais, além de uma oportunidade de renda aos acadêmicos da Unijuí, também atuam como diferencial na formação. Aprimoram algumas habilidades como autonomia, dicção, desinibição, comunicação verbal e corporal, essenciais para qualquer área de atuação profissional.

Para o ano de 2022,  a Cia Cadagy está em andamento com um projeto para captação de recursos, que permitirá a execução do espetáculo Fhantasie. Também está sendo planejada para o mês de março, uma apresentação aberta à comunidade, com espetáculo Fora do Ar. Já o Coral, irá abrir edital para seleção de regente.

Dúvidas sobre as apresentações da Cia Cadagy e Coral Unijuí? Entre em contato pelo e-mail: cultura@unijui.edu.br.

Conheça os grupos culturais

Cia Cadagy Unijuí: vinculado à Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (FIDENE). Promove e incentiva atividades culturais e artísticas na comunidade local e regional, por meio de espetáculos e apresentações que combinam um conjunto de diferentes linguagens: música, dança, acrobacias, artes cênicas, lutas, artes circenses e malabares.

Coral Unijuí: vinculado à Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí. Promove e incentiva a cultura por meio da música, a diferentes públicos. Atualmente, com o espetáculo “Na onda do Rock”, que percorre diversas fases do gênero musical a partir da década de 50, além  do espetáculo voltado a temática gaúcha, “Tertúlia Universitária” e o “Concertos de Natal”. 


Unijuí sedia etapa regional do curso Oportunidades Culturais

Ijuí, a Unijuí e a 9ª Região Tradicionalista receberam, no último final de semana, a 8ª edição da capacitação gratuita Oportunidades Culturais, direcionada a interessados na captação de recursos públicos via leis de incentivo. Nos dias 3 e 4 de dezembro, o evento reuniu produtores culturais e representantes de centros culturais étnicos e entidades tradicionalistas e sociais de toda a região.

O projeto Oportunidades Culturais é resultado de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul, o Movimento Tradicionalista Gaúcho e o gabinete da deputada estadual Fran Somensi, a qual se fez presente na cerimônia de abertura do encontro. O momento inicial contou, também, com a participação do chefe de gabinete da parlamentar, José Adamoli; do vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor Fernando Jaime González; e da coordenadora da 9ª RT, Ana Cláudia da Silva.

A série de cursos, que vem percorrendo o Estado desde outubro, tem por intuito oferecer suporte a pessoas físicas e entidades para a concepção de projetos que movimentem a cadeia produtiva da cultura. Sob a condução de Anderson Barros de Oliveira e Guilherme Bohrer, os participantes da edição da região de Ijuí foram levados a mergulhar no universo dos projetos culturais, recebendo importantes informações sobre a submissão, abrangendo a elaboração, a execução, a prestação de contas e o encerramento do processo.


Grupo Tholl apresenta espetáculo “Cirquin” na Unijuí

O Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, da Unijuí, recebeu na noite de sexta-feira, 19 de novembro, o Grupo Tholl, para apresentação do espetáculo "Cirquin". O evento aconteceu por meio do Projeto Felice Aplaude, patrocinado pelo Grupo Felice e com financiamento da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Governo do Rio Grande do Sul (LIC/RS). Contando com todas as medidas de segurança e de enfrentamento à covid-19, o espetáculo teve entrada franca à comunidade.

“Cirquin conta a história do teatro mambembe, que nada mais é do que uma trupe de artistas que chega em determinado local, monta a sua lona e se apresenta. Neste espetáculo nós temos os conflitos entre personagens e a plateia acompanha a confusão que acontece para se descobrir a história de amor”, relatou o produtor e ator do grupo, João Schimidt.

Em seus quase 20 anos de história, o Grupo Tholl já passou por todos os lugares do Brasil e tem em sua história diversas apresentações no exterior. “O que se destaca nestes 20 anos, que serão celebrados em 2022, é que sempre acreditamos que vai dar certo. Acreditamos no nosso sonho, acreditamos que a Universidade voltará a nos chamar. O Tholl acredita no Tholl”, reforçou o produtor, que antes da apresentação contou sobre as experiências do grupo e a produção dos espetáculos à Cia Cadagy da Unijuí.

“Isso é fundamental para qualquer grupo. Essa troca de experiências nós também realizamos. Recebemos pessoas todos os anos, profissionais da Escola Nacional de Circo, de fora do País, para nos ensinar algo novo. Aprender faz parte”, disse. 

Além de Ijuí, receberão o espetáculo “Cirquin” as cidades de Santa Cruz do Sul, no dia 17, Passo Fundo, no dia 18, e Pelotas, no dia 25 de novembro.