COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Cresce a procura por profissionais da área do Design

 

A procura pelo curso superior de Design tem sido crescente nos últimos anos principalmente após a adequação do Projeto Pedagógico do curso ao perfil desejado pelo acadêmico da UNIJUÍ.

Segundo a coordenadora do curso, professora Fabiane Volkmer Grossmann, o aumento na procura pelo curso se confirma pelo quadro de suplentes para as vagas ofertadas no vestibular verão do ano passado, bem como pelo curso ter sido procurado por acadêmicos de outras instituições para a realização de transferências externas e, também, como destino final de alunos que fizeram o Enem e que foram contemplados com bolsas ProUni.

O curso tem uma duração de quatro anos, sendo ofertado no Câmpus Ijuí. Conforme a coordenadora, o projeto pedagógico proporciona a possibilidade do acadêmico se qualificar tanto para o exercício profissional da área de design gráfico quanto para a área do design de produto. Estas duas áreas são contempladas na grade curricular com a oferta de duas ênfases. Se optar por cursar uma das ênfases, o acadêmico se formará em quatro anos, ou seja, oito semestres. Se optar por cursar as duas ênfases, poderá se formar em quatro ou cinco anos. A oferta está concentrada no turno noturno, com possibilidade de cursar algumas disciplinas na modalidade de Ead (educação a distância).

O curso da Unijuí passou por um processo de readequação curricular em 2012, que contou com a criação de novos laboratórios de ensino, tais como os Laboratórios de Prototipação, Modelagem e Processos de Fabricação, além dos já existentes de Fotografia, de Informática e Marcenaria. Para Fabiane, este maior alinhamento do egresso do curso com o perfil do profissional demandado pela região veio a qualificar a formação do egresso, processo já atestado pelo mercado de trabalho. O resultado pôde ser percebido na divulgação dos resultados do Enade 2012. No ano passado, o curso participou de mais uma edição do Sinaes – Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior, do MEC, quando obteve o conceito 4 no Enade, que é o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes, cujos conceitos variam de 1 a 5. O curso também alcançou a 7ª melhor posição no Estado e o 24º lugar no país. Também no primeiro semestre de 2013 foi classificado pelo Guia do Estudante da Editora Abril como um curso três estrelas.

O curso de Design capacita o acadêmico para o exercício profissional na área, através de uma formação generalista e também nas áreas representadas pelas ênfases, em design gráfico e design de produto. Quanto ao mercado de trabalho, a coordenadora destaca que existe uma demanda crescente em empresas e médio e grande porte, onde os profissionais são contratados para planejar, desenvolver e gestar a execução de atividades dentro de suas respectivas áreas. Outras vagas já tradicionais no mercado de trabalho são os escritórios de design e de arquitetura, agências e assessorias de comunicação, dentre outras.


Compartilhe!