COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Dia histórico: Unijuí realiza primeiro Vestibular do curso de Medicina

Cerca de 800 candidatos realizaram a prova para o curso.

Às 6h da manhã deste domingo, dia 24 de fevereiro, começavam a chegar os candidatos inscritos para o primeiro Vestibular do curso de Medicina da Unijuí. Apesar da abertura dos portões estar marcada para às 8h, os vestibulandos chegaram cedo para a prova que é tão importante para eles, quanto para a Universidade. É um dia histórico, pois após muita luta, o sonho da Unijuí de ofertar o curso de Medicina para a comunidade regional é enfim uma realidade. Para a professora Cátia Nehring, reitora da Unijuí, este domingo mostra o resultado de um trabalho desenvolvido há 28 anos, o que significa para uma Instituição definir um projeto estruturante até chegarmos no dia de hoje, um projeto que terá impacto regional.

Os candidatos realizaram a prova na Sede Acadêmica da Universidade. As sirenes para o início da prova soaram às 8h30 e o término foi às 12h30. A prova foi composta por 40 questões objetivas, além de uma redação. Os candidatos consideraram a prova tranquila e muitos se mostraram positivos em relação ao resultado. “A prova foi tranquila, mas achei marcantes as questões de física, o tema da redação achei bastante abrangente”, disse Mabel Christensen, de 18 anos, residente em Santa Rosa. Para Heron Brum, candidato de 20 anos, de Cerro Largo, a prova foi difícil, apesar de ser objetiva, apesar disso ele diz ter achado a redação bastante interessante. Já Ana Lúcia Dal Maso, 18 anos, de Marau, gostou da prova, mas como é o primeiro vestibular afirmou que não sabia o que esperar, apesar disso gostou de fazer a prova e considerou o tema da redação bastante amplo.

O tema de redação do primeiro Vestibular do curso de Medicina foi baseado em um texto publicado no jornal “El País Brasil”, de Mariana Cerrati, que é consultora online do Banco Mundial, que questiona “Quanto custa formar o trabalhador do futuro?”. O texto afirma que oferecer educação de qualidade, saúde e proteção social às novas gerações sai caro, mas essencial e possível, segundo novo relatório do Banco Mundial. A partir desse relatório se apresentam alguns elementos e uma pergunta pertinente para a realidade. A proposta era em uma dissertação responder à pergunta proposta pelo texto, considerando as informações apresentadas, seus conhecimentos, experiências e com argumentos consistentes. “Entendo que é um assunto de discussão global e que envolve educação, saúde, qualidade de vida, inclusive tributação, os próprios destinos dos recursos públicos e os candidatos do curso de medicina já devem ter se deparado com essas questões, já devem ter lido e devem ter feito uma boa redação”, afirma a professora Cristina Pozzobon, Vice-Reitora de Graduação.

Esta primeira edição registrou cerca de 1,1 mil candidatos inscritos no total. “Recebemos inscrições de candidatos de 18 estados da federação. Só do Rio Grande do Sul são 121 municípios com candidatos que tiveram inscrições homologadas”, comenta a professora Cristina.

Para a aplicação da prova, a Unijuí organizou uma estrutura completa para receber pais e estudantes. Os candidatos tiveram acesso ao local às 8h e os acompanhantes foram encaminhados ao Centro de Eventos da Igreja São Geraldo, que fica ao lado da Sede Acadêmica. Segundo a Vice-Reitora de Graduação, dentro da Sede Acadêmica, local de aplicação das provas, foi permitida a presença somente dos candidatos, com tranquilidade, com silêncio, com o maior conforto possível para que esses pudessem fazer a prova com calma. Externamente foi oferecida uma estrutura de acolhimento aos pais e acompanhantes, no Centro de Eventos da Igreja São Geraldo, composta por balcão de informações sobre a Universidade e o município, sobre o setor imobiliário; recebemos também os cursinhos pré-vestibulares que vieram acompanhando seus candidatos e também estamos disponibilizando todas as informações referentes ao curso de Medicina na Unijuí. Os pais também tiveram à disposição café da manhã, música ao vivo e visitas ao Museu da Instituição para acolher todos que estiveram presentes acompanhando os candidatos e este dia importante para todos nós.

Valdecir Pietrobelli, da cidade de Barra Funda, veio acompanhar o filho Gustavo e achou a receptividade muito boa: “a Unijuí está de parabéns, conhecemos o Museu e achamos tudo muito interessante”, elogiou. Egon Kist de Itapiranga, Santa Catarina, também aproveitou a estrutura e disse desejar muito que o filho estude na Unijuí. “Espero que daqui há seis anos eu possa estar na plateia vendo meu filho se formar. Ele se preparou muito, já fez outros vestibulares, mas eu gostaria que ele cursasse em Ijuí, pela proximidade. Sempre acompanhei o processo da vinda do curso de Medicina para cá e estava torcendo para que se tornasse realidade”, declarou.

A lista de classificados foi antecipada e sua divulgação acontece na terça-feira, dia 26, e o início das matrículas será na quarta-feira, dia 27. 

Sobre o curso

O curso de Medicina da Unijuí, que terá duração de seis anos, vai preparar os profissionais para atuar nas áreas de atenção à saúde, de gestão e educação em saúde, nos sistemas público e privado, atendendo às necessidades individuais e coletivas em diferentes cenários de trabalho: unidades básicas de saúde, unidades sanitárias especializadas, ambulatórios, serviços de vigilância sanitária, assistência domiciliar, na comunidade (escolas e creches), unidades especializadas em reabilitação física, serviços de atendimento móvel de urgência, hospitais-dia, hospitais secundários e terciários, com todos os seus serviços (inclusive pronto-atendimento e emergência), consultório/clínicas, instituições de ensino e/ou pesquisa.


Compartilhe!