COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Direito (Bacharelado)

Aula inaugural do curso de Direito tem debate sobre violência contra as mulheres

Na noite desta segunda-feira, dia 5 de abril, o curso de Direito da Unijuí propôs um debate, durante a aula inaugural, sobre “Violência contra as mulheres e feminicídios: qual o papel do Direito no seu enfrentamento?”.

Aberto ao público, por meio de transmissão no canal da Unijuí no Youtube, o evento contou com duas convidadas. A primeira a palestrar foi a promotora de Justiça do Estado, pesquisadora e autora do projeto Fale com Elas, Ivana Battaglin, que se apoiou na temática “Enfrentamento à violência contra a mulher em tempos de pandemia contra a covid-19”. 

Na sua fala, ela destacou que a pandemia, o novo coronavírus ou o isolamento não foram e nem são capazes de aumentar os casos de violência contra as mulheres. “Temos que admitir, infelizmente, e até por meio de pesquisas, que a casa não é um lugar seguro para elas. A maioria dos casos ligados a violações de direitos de crianças e mulheres acontece no lar. O que a pandemia fez foi agravar alguns fatores de risco”, destacou, exemplificando com o fato de mulheres, de classe média ou alta, terem que trabalhar em casa, ficando longe de familiares e amigos, o que dificulta a comunicação. Mulheres de classes mais baixas, geralmente negras, viram o quadro se agravar por não terem acesso aos equipamentos estatais, ao sistema de justiça.

O bate-papo teve sequência com a participação de Maria Domitila Prado Manssur, que é juíza de Direito titular II da 16ª Vara Criminal da Capital. A partir do tema "A violência contra a mulher e o sistema de justiça", a convidada destacou que a violência vem da discriminação e que o Brasil, infelizmente, é o 5º país que mais viola os direitos de mulheres. “Ocupamos essa posição mesmo tendo a terceira lei mais eficiente e moderna no enfrentamento à violência. Ocupar a quinta posição nos traz prejuízos econômicos, culturais e sociais. O Brasil, lá fora, é mal visto pelo desrespeito às mulheres e à população LGBT e por não punir, de forma adequada, os agressores”, ressaltou Maria, que também é juíza de Direito integrante da Comissão Judiciária Interdisciplinar sobre o Tráfico de Pessoas do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Para conferir o debate completo, acesse:

 




Aula inaugural do curso de Direito terá debate sobre violência contra a mulher

O tema “Violência contra as mulheres e feminicídios: qual o papel do Direito no seu enfrentamento?” estará em pauta na próxima segunda-feira, dia 5 de abril, durante a aula inaugural do curso de Direito da Unijuí.

Para abordar a temática, duas mulheres foram convidadas: Maria Domitila Prado Manssur, que é juíza de Direito titular II da 16ª Vara Criminal da Capital, vai debater sobre "A violência contra a mulher e o sistema de justiça". A convidada também é juíza de Direito integrante da Comissão Judiciária Interdisciplinar sobre o Tráfico de Pessoas do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Já a promotora de Justiça do Estado, pesquisadora e palestrante no tema violência de gênero e autora do projeto Fale com Elas, Ivana Battaglin, vai estar à frente do debate sobre o “Enfrentamento à violência contra a mulher em tempos de pandemia contra a covid-19”.

O evento é aberto à comunidade e pode ser conferido no canal da Unijuí no Youtube, neste link, a partir das 19h30.


Estudantes debatem sobre sustentabilidade e projetos ligados à Agenda 2030

Na última quinta-feira, dia 18 de março, o curso de Direito, por meio da disciplina de Direitos Humanos e Desenvolvimento na América Latina (EAD/Unijuí), recebeu a professora doutora Laura Magalhães, que trabalhou o tema “Vocacionando para a sustentabilidade por meio da Agenda 2030”.

A professora é consultora e educadora ambiental, advogada e professora universitária. É doutora em Direito (UFF), mestre em Meio Ambiente, Sustentabilidade e ODS (Universidad del País Vasco/Cátedra UNESCO Educación Ambiental), mestre em Direito e Políticas Públicas (Unirio), especialista em Gestão e Educação Ambiental (UFRJ/Pnuma) e bacharel em Direito (UFF). Laura também é fundadora da Sigamos!, sigla de "Soluções de Gestão, Aprendizagem e Métodos Organizacionais para a Sustentabilidade", que oferece consultoria ambiental, formação e capacitação para a sustentabilidade e orientação acadêmica.

Na oportunidade, a pesquisadora discutiu o tema da sustentabilidade e apresentou projetos inovadores relacionados à Agenda 2030. Residindo atualmente na Espanha, na cidade de Ourense, Laura pode relatar como o país está trabalhando a implementação dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, bem como o papel da Universidade nesse processo.

A atividade também contou com a participação do Grupo de Pesquisa Direitos Humanos, Justiça Social e Sustentabilidade (CNPq/PPGDH/Unijuí), e foi coordenada pelos professores doutores Anna Paula Bagetti Zeifert e Daniel Rubens Cenci (Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direitos Humanos e Sistemas Ambientais e Sustentabilidade).


Estudantes participam do ciclo de palestras Diálogos entre a pesquisa e a extensão no curso de Direito

              

Foto ilustrativa do curso de Direito

Na tarde de sexta-feira, dia 16, teve início o ciclo de palestras: “Diálogos entre a pesquisa e a extensão no curso de Direito”, destinado aos alunos bolsistas de pesquisa e extensão da Universidade, com o intuito de auxiliá-los nas tarefas cotidianas enquanto pesquisadores e extensionistas.

O evento é uma iniciativa do programa de Mestrado e Doutorado em Direitos Humanos da Unijuí, em parceria com o projeto de Extensão Conflitos Sociais e Direitos Humanos: alternativas adequadas de resolução e tratamento; e foi realizado de forma totalmente online, contemplando a participação de alunos dos cursos da graduação em Direito (bolsistas de pesquisa e extensão) bem como alunos mestrandos e doutorandos.

O primeiro workshop tratou do tema: “Preenchimento de Currículo Lattes e apresentação de trabalhos em eventos”, e teve como ministrantes, as mestrandas Ana Kravczuk e Fernanda Lencina Ribeiro. Este primeiro painel tratou de questões básicas que fazem parte das vivências dos alunos dentro dos projetos de pesquisa e extensão. 

Haverá mais dois workshops dentro das próximas semanas, o segundo que trará o tema: “Confecção de resumos expandidos e organização de banners para apresentação em eventos”, a ser ministrado por Tiago Protti Spinato, no dia 06 de Novembro de 2020, às 16h. E o terceiro e último workshop tratará do tema: “Elaboração de artigos científicos e submissão em revistas”, a ser ministrado por Aline Leves e André Giovane de Castro, no dia 13 de Novembro de 2020, às 16h.

O curso ressalta a importância da participação dos alunos nestes diálogos, na medida em que proporcionam aprendizado e enriquecimento pessoal e profissional para todos os envolvidos.

 


Estudantes de Direito da Unijuí participaram de audiência cíveis

              

Nesta quarta-feira, 14 de outubro, estudantes do curso de Direito da Unijuí participaram de uma sessão didática de audiência cíveis, dirigida pela juíza titular da Segunda Vara Cível da comarca de Ijuí, Dra. Simone Brum Pias. O fato das audiências serem realizadas por videoconferência, possibilitou a participação dos alunos dos campus de Ijuí, Três Passos e Santa Rosa na sessão estiveram presentes 75 acadêmicos de direito. 

Segundo a professora Patrícia Moura, orientadora das atividades pelo curso, “esta é uma excelente oportunidade de aprendizagem em meio ao isolamento social, que possibilita que alunos assistam audiências e com isso tenham um fortalecimento em seu ensino, o contato com a prática real é extremamente importante”, salienta.

O evento é uma parceria entre o curso de direito da Universidade do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul- Unijuí e Poder Judiciário de Ijuí.

 


Estudantes da disciplina Psicologia Aplicada ao Direito discutem temas com profissionais convidados

                

Não são só angústias, medos e dúvidas que a pandemia COVID-19 produz, mas também pontes. Devido ao distanciamento social, a tecnologia possibilitou a participação de convidados na disciplina Psicologia Aplicada ao Direito, ministrada pela professora Ms. Betina Beltrame, viabilizando potentes encontros entre a teoria e a prática.

No campus de Três passos, Joseval Campos dos Santos, analista judiciário de Juazeiro do Norte (BA), apresentou sua experiência com o procedimento de oitiva de criança ou adolescente vítima ou testemunha de violência perante autoridade policial ou judiciária, o depoimento especial. A necessidade e a importância da integração entre o Direito e a Psicologia foram o eixo norteador da sua fala.

Já no campus de Santa Rosa, a delegada de polícia, Lisiane Junges, compartilhou sua prática diária de trabalho para além da sua designação, buscando diferentes parcerias, na tentativa de resolver ou diminuir os conflitos, junto à delegacia especializa (DPCAMI/FRON/SMO) onde atua em são Miguel do oeste (SC). Sua experiência permitiu que os acadêmicos pudessem visualizar questões complexas, que como profissionais, terão que estar preparados para o exercício da profissão.

 A competência e segurança com que ambos os convidados apresentaram sobre o seu fazer profissional inspiraram os acadêmicos. As turmas da UNIJUÍ, agradecem Joseval e Lisisane, na certeza de muitos aprendizados.