COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Unijuí apresenta Plano Diretor de Iluminação Pública de Santa Rosa

A Unijuí, juntamente com a Administração Municipal de Santa Rosa, promoveu uma audiência pública na manhã de terça-feira (03), no Palácio Municipal, com o objetivo de apresentar os requisitos para a padronização e eficientização energética por meio do Plano Diretor de Iluminação Pública (PDIP). O Prefeito Municipal de Santa Rosa, Alcides Vicini, ressaltou a importância do plano de iluminação pública para o município. “Uma cidade que quer se organizar precisa ser planejada, e o plano diretor de iluminação pública estará nos auxiliando na segurança e tranquilidade dos moradores de diferentes áreas. O plano nos fornecerá informações sobre a estabilidade da rede e que tipo de luminárias, do ponto de vista econômico e funcional, serão mais adequadas. Esse estudo que a Unijuí está realizando vem ao encontro do que é mais moderno em termos de gestão de iluminação pública”, destaca.

Para realização do PDIP foi realizada a classificação das ruas de todo o município, conforme o Código de Trânsito Brasileiro, levantamento de campo dos postes, cadastros dos novos loteamentos, realização do cálculo para a iluminação pública e análise técnica e econômica para os conjuntos. Para o Coordenador das Engenharias do campus Santa Rosa, professor Mauro Fonseca Rodrigues, o PDIP traz uma possibilidade de atualização tecnológica e padronização dos processos inerentes à iluminação pública, unindo os dados da RGE e Cooperluz. “Para a Universidade foi importante participar desse plano diretor, contribuindo com o conhecimento técnico e científico para melhorar esse processo, atingindo diretamente a comunidade santa-rosense”, afirma.

O projeto está sob a coordenação dos professores do curso de Engenharia Elétrica da Unijuí, campus Santa Rosa, e conta com o apoio de bolsistas e estudantes dos cursos de engenharia Civil e Elétrica.


Gestores da Fidene são eleitos em Assembleia Geral

 

Membros da Assembleia Geral da Fidene se reuniram na manhã desta terça-feira, 03, para eleição da Presidência, da Vice-Presidência e dos Conselhos Superiores da Fidene - Conselho Diretor e Conselho Curador. Por unanimidade, a professora Cátia Maria Nehring foi reeleita como presidente da Fidene. Ao seu lado, também por unanimidade, a professora Euselia Paveglio Vieira foi eleita como vice-presidente.

A Assembleia Geral da Fidene é um espaço que oportuniza a participação de professores, técnicos-administrativos e de apoio, órgãos públicos e comunidade em geral numa instância soberana de decisão na Instituição. A eleição foi realizada no Centro de Eventos da Universidade, logo após foram apresentados aos presentes os investimentos feitos em melhorias na infraestrutura da Fidene/Unijuí ao longo do ano de 2019.

Confira como ficou a formação dos Conselhos Superiores da Fidene - Conselho Diretor (órgão deliberativo e consultivo da administração da Fidene) e Conselho Curador (órgão superior e de fiscalização da Fundação), que tomam posse no dia 13 de dezembro de 2019:

MEMBROS DO CONSELHO DIRETOR 

 Titulares:

1.    Cátia Maria Nehring - Presidente

2.    Euselia Paveglio Vieira – Vice-Presidente

3.    Ivo Ney Kuhn

4.    Jaeme Luiz Callai

5.    Vera Regina Kapp

6.    Martinho Luís Kelm

7.    Onésimo Antonio Ceratti

8.    Rafael Zancan Frantz

9.    Mirna Stela Ludwig

Suplentes:

10. Arnildo Laurêncio Rockenbach

11.  Aldemir Berwig

12. Luciano Zamberlan

 

MEMBROS DO CONSELHO CURADOR

 TITULARES: 

1.   André Hoffmann

2.   Juarez Neme da Costa

3.   Lisete Therezinha Webler

4.   Roberto Fengler

5.   Sonia Beatriz Teles Drews

6.   Telmo Rudi Frantz

7.   Teodoro Clebsch

8.   Vania Elise Diel

9.   José Luis Bonamigo

SUPLENTES: 

10. Elis Regina Manhabosco Allegranzzi

11.  Elton Martin Lohamann

12. Taíse Neves Possani

 


Fidene/Unijuí apresenta as melhorias realizadas na sua infraestrutura em 2019

 

A Fidene/Unijuí apresentou na manhã desta terça-feira, 03, as melhorias realizadas no ano de 2019 na sua infraestrutura. O evento de apresentação reuniu membros da Assembleia Geral da Fidene, imprensa, docentes, chefes de departamento, técnicos-administrativos e de apoio, o prefeito de Ijuí, Valdir Heck, e demais membros da comunidade.

O vice-reitor de Administração da Unijuí e diretor executivo da Fidene, professor Dieter Siedenberg, definiu o evento como uma prestação de contas à comunidade. “Temos certeza que os investimentos que estão sendo feitos vão qualificar a atuação dos estudantes de uma maneira muito significativa”, comentou. Ele também avaliou os benefícios para a comunidade.

“Se olharmos para o Relatório Social, recentemente premiado pela Assembleia Legislativa, a comunidade sempre se beneficia pelo que a Universidade está fazendo”, finaliza.

Além das obras apresentadas nesta manhã, outras estão em andamento na Universidade e devem ser concluídas ao longo de 2020, bem como outras tantas terão início. Melhorias como estas comprovam e reafirmam o compromisso da Universidade com o desenvolvimento regional, mas também com o atendimento e a qualificação dos serviços para a comunidade externa e interna.

Os investimentos

A Fidene/Unijuí busca, constantemente, se adequar às necessidades das pessoas, sejam elas da comunidade externa ou interna, a partir da oferta de cursos de graduação que qualificam o mercado de trabalho, serviços que beneficiam a comunidade e também com melhorias na sua infraestrutura. 

Confira as melhorias realizadas:

 


Projeto inspira meninas de escolas da região para a área das engenharias

Debater a inserção das mulheres na área das engenharias, por meio de conceitos acerca de eficiência energética e de uso racional da água potável, demonstrando para as estudantes do ensino básico seus potenciais na área de ciências exatas e engenharias, é o objetivo do Projeto de Extensão “Meninas que Engenham o Futuro” da Unijuí. O Projeto é desenvolvido em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e Ministério da Educação (MEC).

O projeto auxiliou as escolas participantes na redução do consumo de energia elétrica e de água, investindo na conscientização e consumo consciente destes insumos. Na tarde desta segunda-feira (02), no campus Santa Rosa, foram apresentados os projetos desenvolvidos pelas estudantes, que irão implementar as ações no próximo semestre nas escolas.

A estudante Julia da Silva Picinini, que integrou o Projeto, ressaltou a importância das atividades desenvolvidas na escola e os aprendizados que adquiriu. “Esse projeto foi fundamental para abrir os nossos olhos, envolvendo a escola e a comunidade sobre a conscientização do meio ambiente. Os aprendizados que adquiri vou levar para a minha vida, pois dependemos do ambiente em que vivemos. Precisamos colocar a eficiência energética e a economia de água no nosso dia a dia, pois com pequenas ações já conseguimos ter grandes evoluções”, afirma Julia.

Para a coordenadora do Projeto, professora Taciana Paula Enderle, as ações foram enriquecedoras. “Desenvolver esse projeto com meninas da educação básica e acompanhar a evolução delas foi muito gratificante. Acompanhar o amadurecimento e o crescimento de cada uma foi enriquecedor, nós aprendemos junto com elas e conhecemos a realidade de cada escola”, destacou.

Sobre o Projeto

O Projeto foi desenvolvido com estudantes e professoras, do sexo feminino, da Educação Básica de escolas públicas. Em Santa Rosa as escolas que participaram do projeto foram: Escola Estadual de Ensino Fundamental Coronel Braulio de Oliveira e Escola Estadual de Ensino Médio Pedro MeinerzDe Ijuí, participou a Escola Municipal Fundamental Quinze de Novembro; a Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa; e a Escola Estadual de Ensino Médio Ruy Barbosa.

Na organização e execução, o Projeto contou com duas professoras da Engenharia Elétrica, duas professoras da Engenharia Química e três estudantes de graduação do sexo feminino matriculadas nos cursos das engenharias da Unijuí.

 


Unijuí e Demei inauguram um novo sistema de iluminação na Praça da República, em Ijuí

                   

A Praça da República de Ijuí ganhou, na noite de domingo, 01 de dezembro, um bonito presente: uma nova iluminação, moderna e eficiente, com luzes LED. A demonstração inaugural, com a presença do prefeito, Valdir Heck, lideranças da cidade e professores da Unijuí, envolveu também o movimento étnico, com a execução de músicas típicas e uma mostra da iluminação, com a alternação das cores conforme as músicas, representando cada uma das casas étnicas de Ijuí.

“Este momento é fruto do entendimento com a nossa Universidade e o Demei, em busca de inovação para a cidade”, observou o prefeito, Valdir Heck.

Os equipamentos foram adquiridos pela Prefeitura de Ijuí e a Unijuí participou criando um formato de gestão automatizado desta iluminação, sendo possível, entre outras questões, a troca de cores, com 16 possibilidades diferentes, além de se poder fazer uma gestão mais inteligente da iluminação, por meio de software. O Projeto foi desenvolvido por professores e estudantes do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias, no Grupo de Automação e Controle (Gaic), juntamente com o Demei e a Prefeitura Municipal. Todos os componentes eletrônicos foram desenvolvidos dentro da Universidade. “Foi um presente da Unijuí para a sociedade, envolvendo estudantes de Engenharia Elétrica, Ciência da Computação e Design. Toda a praça foi setorizada, o que permite programar as cores de acordo com a necessidade”, observa o professor Maurício Campos, um dos coordenadores do Projeto.

Segundo o presidente do Demei, Ruben Herter, que também esteve presente na Praça no ato inaugural, este aprimoramento vem sendo trabalhado desde 2017. “É um momento muito importante para a cidade, uma conquista que valoriza a Praça”, complementa.  

Projeto de Educação em Eficiência Energética

Além da iluminação da Praça da República, outro importante projeto é desenvolvido pela Unijuí em parceria com o Poder Público de Ijuí, trata-se do projeto "Educação em Eficiência Energética: Construindo um Futuro Sustentável – Parte II". O objetivo é apresentar conceitos e conhecimentos que possam facilmente ser convertidos em ações de eficiência energética. Por isso, a Unijuí e o Departamento Municipal de Energia Elétrica de Ijuí (Demei) vão desenvolver, em conjunto, diversas ações, entre elas: palestras interativas, teatros, contações de histórias, jogos eletrônicos, maquetes e ações na internet, com escolas de ensino fundamental e médio do município, abrangendo mais de 16 mil alunos, além de 300 professores, em 49 escolas das redes pública e privada. O Projeto está sendo desenvolvido pelos estudantes dos cursos de Engenharia Elétrica e Ciência da Computação, bolsistas do Grupo de Automação Industrial e Controle (Gaic), ligado ao Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (DCEEng) da Universidade. “O Departamento vem atuando em várias frentes, com projetos impactantes para a cidade. É a Universidade fazendo o seu papel, contribuindo para o desenvolvimento regional”, salienta o chefe do DCEEng, professor Peterson Avi.

Confira uma matéria completa sobre esta ação.


Unijuí recebe cerca de 5 mil pessoas no dia da responsabilidade social

A Unijuí sediou no domingo (1) a 4ª edição do dia da responsabilidade social, conhecido como o “Dia do Bem”, no campus Santa Rosa. A comunidade prestigiou mais de 40 opções de serviços gratuitos abrangendo o bem-estar físico, social e espiritual, oferecidos por 390 voluntários.

O evento contemplou assessoria jurídica, casamento coletivo, serviços voltados à saúde, estética, varal solidário, lanches, mateada, teatro, passeios a cavalo, oficinas, entre outros. Para o coordenador do “Dia do Bem”, Fábio Kroth, o evento superou as expectativas. “Estamos muito felizes com o evento, foi um sucesso. A nossa região é muito participativa, nosso voluntariado fez a diferença no dia de hoje. O objetivo desse dia é propagar o bem, é ajudar e influenciar outras pessoas a fazerem o bem. Nosso sentimento hoje é de gratidão pela Unijuí ter sido nossa parceira no evento, agradecemos todo o apoio e envolvimento”, finalizou.

A Universidade também participou com diferentes atrações envolvendo os 13 cursos ofertados no Campus, juntamente com a Cia Cadagy, que interagiu com o público presente. O Pró-Reitor do campus Santa Rosa, professor Marcos Paulo Scherer, destacou que a Unijuí é uma instituição comunitária, que tem como propósito a integração e o desenvolvimento regional pela educação. “Tivemos a oportunidade de abrir as portas da Universidade para as pessoas conhecerem o nosso espaço, se sentirem à vontade e poderem usufruir dos diferentes ambientes com suas famílias, sempre que quiserem. Nosso desejo é estimular cada vez mais a comunidade a vir até o nosso campus. E ficamos muito felizes em sermos os protagonistas desse evento oferecendo toda a nossa infraestrutura aos visitantes”, acrescentou Marcos.

O evento contou com cerca de 5 mil pessoas, promovido pela ONG Mãos que Servem, com apoio da Igreja Batista Filadélfia, em parceria com a Unijuí e Prefeitura Municipal de Santa Rosa.


Fidene/Unijuí recebe Prêmio de Responsabilidade Social na Assembleia Legislativa do Estado

                       

A presidente da Fidene e Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring, subiu ao palco do Teatro Dante Barone, na Assembleia Legislativa, para receber o Prêmio de Responsabilidade Social concedido pelo Parlamento Gaúcho. Esta é a quinta vez que a Fidene/Unijuí é premiada com o troféu que reconhece projetos voltados ao bem-estar social e à preservação do meio ambiente. Além disso esta é a quarta vez consecutiva, fato inédito na história da premiação.

Em sua fala, a professora Cátia destacou o trabalho desenvolvido por mais de mil pessoas, entre elas técnicos-administrativos e de apoio e docentes. “Receber este prêmio pela quinta vez mostra a grandeza e a responsabilidade dessas pessoas em acreditar que a educação transforma o mundo porque transforma as pessoas”. Cátia ainda salientou a importância do prêmio para a toda a comunidade e região, pois é resultado de ações desenvolvidas em benefício de todos. 

O Balanço Social do ano de 2018, premiado pela Assembleia Gaúcha, apresentou dados importantes para a comunidade. Naquele ano foram mais de R$ 10,5 milhões investidos em projetos, ações e contribuições para a sociedade, mais de R$ 28 milhões destinados para bolsas educacionais, cerca de 15.970 benefícios concedidos e mais 66 mil pessoas diretamente beneficiadas pelos projetos desenvolvidos na Instituição.

O Relatório Social e o Balanço Social da Fidene, referente ao ano de 2018, estão disponíveis neste link. Confira. 

A cerimônia, que aconteceu nesta quarta-feira, 27, contou com a presença dos jornalistas da instituição vinculados à Coordenadoria de Marketing da Unijuí, Fabiana do Prado Sánchez, Fernando Vieira Goettems, Paola Brocardo Guimarães, Rafaela Secchi Sauerssig e Talita Mazzola, e a bolsista de iniciação científica, estagiária e estudante do curso de Jornalismo Natália Langer.

Estavam presentes também, o designer da Coordenadoria de Marketing da Unijuí Jonas Tiago Ribas de Souza, a publicitária Amanda Carolina Ritter Pinto e o gerente Giancarlo Dari Bottega. Além da contadora vinculada à Controladoria da Unijuí Roselaine Beatriz Seibert Jung.

Sobre o prêmio

Instituições de diversas categorias protocolam o Balanço Social, documento produzido anualmente, para concorrerem ao prêmio. A comissão do Prêmio se baseia nele para conceder a premiação. As instituições que atingem um índice estabelecido, ganham o certificado. Dentro desses certificados, 20% dos melhores índices ganham a medalha. E, a que teve melhor desempenho, ganha o troféu, que é o caso da Fidene. A Fundação desde 2001 atinge o índice necessário para receber o certificado, tendo ganho em 2015 a medalha e em 2006, 2016, 2017, 2018 e, agora, 2019 a premiação máxima.

O Prêmio de Responsabilidade Social é uma parceria entre a Assembleia Legislativa e as seguintes organizações da sociedade civil:

A Associação dos Dirigentes Cristãos de Empresas (ADCE), a Associação Riograndense de Imprensa (ARI), o Conselho Regional de Administração do RS (CRA/RS), o Conselho Regional de Contabilidade RS (CRC/RS), a Federação das Entidades Empresariais do RS (Federasul), a Federação das Associações dos Municípios do RS (Famurs), a Federação das Indústrias do RS (Fiergs), a Federação do Comércio de Bens e Serviços (Fecomércio), a Organização Parceiros Voluntários, Serviço Social da Indústria (Sesi), o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Sindicato e Organização das Cooperativas RS (Ocergs/Sescoop).

 


Comissão Própria de Avaliação comemora 15 anos de atuação na Universidade

Neste ano de 2019, a Comissão Própria de Avaliação (CPA), que tem a atribuição de coordenar, estimular e sistematizar os processos avaliativos na Instituição, completa 15 anos. Por isso, eventos e ações foram realizados para marcar a data comemorativa.

                  

A CPA foi criada em 14 de junho de 2004, por meio de Resolução da Reitoria, conforme estabelece a Lei do SINAES, embora os processos de avaliação já fossem realizados na Universidade desde 1994, se constituindo em referencial para o planejamento institucional. Marcando as comemorações da CPA, nos meses de outubro e novembro, nos campi Ijuí e Santa Rosa, foram realizadas ações para integrar todos aqueles que participam dos processos avaliativos na Instituição, sendo eles estudantes, professores, técnicos administrativos e comunidade externa. Nos campi Panambi e Três Passos a ação será realizada em 2020.  

Nesses momentos, a CPA divulgou as melhorias realizadas na Unijuí a partir dos resultados dos processos de avaliação interna e externa (MEC/CAPES) durante os seus 15 anos de atuação. O público também pôde fazer um registro fotográfico para levar de lembrança e assim promover maior conhecimento e participação de todos nos processos avaliativos. 

Também foi produzido um vídeo, resgatando um pouco da história da CPA: 

                     

A CPA mantém, nestes 15 anos, um canal de articulação com a Ouvidoria no site da Unijuí e também por meio de informativos online, nos quais toda a comunidade interna e externa pode acompanhar as ações e melhorias realizadas, além de sugestões, elogios e críticas.  

Participe você também de todos os processos de avaliação e seja agente da qualificação nossa Instituição! 

Veja algumas das fotos:


Projeto para qualificar o atendimento no transporte público de Ijuí será elaborado em parceria com a Unijuí

                 

Foto ilustrativa/ Portal G1.

Com o intuito de qualificar o atendimento aos usuários de transporte público de Ijuí, a Unijuí, por meio dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e Design, vinculados ao Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (DCCEng), será parceira na elaboração de um projeto que será desenvolvido no primeiro semestre de 2020. Estudantes e professores de ambos os cursos deverão, a partir de uma planta básica, que será tramitada na Câmara de Vereadores por meio de Projeto de Lei, “idealizar paradas de ônibus modernas, com proteção da chuva, ventos e mudanças bruscas de temperatura, nos pontos de embarque e desembarque com grande fluxo de usuários”.

A parceria foi proposta a partir de demanda da assessoria do vereador Jorge Amaral, que procurou a Universidade para a elaboração de uma planta básica de arquitetura e engenharia para uma parada de ônibus. A proposta será elaborada a partir de atividades em disciplinas dos cursos, proporcionando experiências formativas e contribuição para comunidade regional, colocando os estudantes para o enfrentamento de problemas reais. Quem irá coordenar o processo na Universidade são os professores Tarcísio Oliveira e Diane Johann, com apoio do Escritório de Relações Universidade-Comunidade, vinculado à Agência de Inovação e Tecnologia (AGIT) da Unijuí. 

Para o vereador Jorge Amaral, o projeto tem a intenção de qualificar e humanizar o atendimento aos usuários do transporte público, sendo primordial a existência de abrigos de ônibus que ofereçam proteção contra as ações do tempo. “Precisa-se de uma parada de ônibus moderna e protetiva, que acolha com segurança os idosos, crianças, mulheres e todos que fazem uso diariamente do transporte público. Considerando a fragilidade dos atuais pontos de embarque e desembarque de ônibus, é um dever propor melhorias para nessa área", observa.    


Estudantes realizam visita técnica para o desenvolvimento de projetos

             

A disciplina de Projeto de Mobiliário e Ambientes do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Unijuí contempla o desenvolvimento de projetos de interiores institucionais, residenciais e comerciais.
Como forma de inserir o estudante na realidade da atuação profissional, foi realizada uma visita técnica ao edifício comercial Moinhos de Vento, executado pela Polígono Construtora em Ijuí. O edifício conta com 99 salas comerciais e 130 vagas de estacionamento, distribuídas em 12 pavimentos.

Na visita, duas turmas foram guiadas pela professora Cláudia Legonde, responsável pela disciplina, e pelo técnico em edificações Tiago Amaral, da construtora Polígono. Na oportunidade, os estudantes escolheram uma sala comercial térrea e realizaram o levantamento métrico-arquitetônico, com a finalidade de elaborar um projeto comercial. De acordo com a professora Cláudia, os estudantes trabalharão com temáticas distintas, como: consultório, escritório, livraria, sorveteria, cafeteria, loja de roupas, loja de calçados e salão de beleza, e, posteriormente, apresentarão os resultados aos demais colegas, destacando aspectos funcionais, estéticos, construtivos particularidades e desafios enfrentados.

Ainda nesta visita técnica, os alunos puderam conferir os acabamentos, os revestimentos e as instalações elétricas, hidrossanitárias e de combate a incêndio utilizados, assim como a distribuição interna da edificação e sua funcionalidade.