COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Medicina: “Quando eu vi meu nome entre os aprovados, foi um sentimento que não consigo explicar”

                   

Primeira chamada de matrículas foi realizada nesta quarta-feira, no Campus Ijuí. 

O início do curso de Medicina na Unijuí está próximo. Após a realização do vestibular e a divulgação dos classificados, a Unijuí iniciou, nesta quarta-feira, dia 27, as matrículas dos 30 integrantes da primeira turma. A aula inaugural está agendada para o dia 11 de março, com programação especial aos pais e estudantes do Curso.

Esta conquista da comunidade regional, alcançada após intensa luta e mobilização de instituições e lideranças locais, é aguardada com grande expectativa, compartilhada pelos futuros médicos, mas também pelos pais e familiares. Os primeiros estudantes matriculados no Curso comemoram a oportunidade de se formarem em Medicina na região. “Fazer o curso é a realização de um sonho, mas, antes de tudo, a oportunidade de ajudar pessoas”, observa Bruna Jurack, natural de Horizontina.

A emoção também faz parte deste momento, para além da conquista no concorrido Vestibular, é a realização de um sonho desses futuros profissionais. “Quando eu vi meu nome entre os aprovados, foi um sentimento que não consigo explicar! Acredito que ser médico é uma missão, ser médica é um sonho”, complementa Ana Paula Castilho Malaquia, natural de Roque Gonzalez.

O curso de Medicina, que terá duração de seis anos, vai preparar os profissionais para atuar nas áreas de atenção à saúde, de gestão e educação em saúde, nos sistemas público e privado, atendendo às necessidades individuais e coletivas em diferentes cenários de trabalho: unidades básicas de saúde, unidades sanitárias especializadas, ambulatórios, serviços de vigilância sanitária, assistência domiciliar, na comunidade (escolas e creches), unidades especializadas em reabilitação física, serviços de atendimento móvel de urgência, hospitais-dia, hospitais secundários e terciários, com todos os seus serviços (inclusive pronto-atendimento e emergência), consultório/clínicas, instituições de ensino e/ou pesquisa.

“A Universidade está organizada há algum tempo para o início do curso, com o corpo docente preparando disciplinas, práticas e atividades avaliativas. Temos grande expectativa quanto ao início do curso de Medicina na Unijuí”, observa a professora Cristina Pozzobon, Vice-Reitora de Graduação da Unijuí.

                    

Estudantes do curso e familiares aproveitaram o momento de matrícula para conhecer um pouco da estrutura do curso.


6º Congresso Internacional em Saúde divulga programação

As inscrições para Temas Livres foram prorrogadas até o dia 19 de março

A programação do 6º Congresso Internacional em Saúde da Unijuí foi divulgada. O Evento, que acontece anualmente, terá o tema ‘Vigilânia em Saúde: ações de promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento’ e será realizada nos dias 14, 15 e 16 de maio. Durante os três dias serão realizadas palestras, minicursos, workshops, oficinas entre outras atividades.

O Congresso tem o objetivo de proporcionar espaços de discussão interdisciplinar e multidisciplinar sobre Vigilância em Saúde e, mais especificamente, sobre aspectos relacionados à Promoção, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento, com vistas a ações que resultem em melhorias na assistência à saúde da população, em nível mundial.

A abertura oficial será dia 14, às 19h, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, no Campus da Unijuí, em Ijuí, com a Conferência sobre Saúde Planetária: promoção e desenvolvimento sustentável com o Dr. Marco Akerman, doutor Epidemiologia e Saúde Pública pela Universidade de Londres e atualmente Professor da Faculdade de Saúde Pública da Universidade São Paulo (USP).

A programação completa, disponível na página do evento, no Portal da Unijuí, conta também com palestrantes internacionais: Dr. Bruno Filipe Carmelino Cardoso Sarmento, Doutor em Farmácia pela Universidade do Porto; Dr. Vinicius Fernandes Cruzat, pesquisador da Curtin University, Perth WA (Austrália); Dr. Rafael de Oliveira Schneider, pós-doutorado da Université de Rennes (França).

As inscrições para estudantes e comunidade externa estão abertas até o dia 14 de maio.


Vice-Reitoria de Graduação promoveu formação aos novos docentes da Universidade

A Vice-Reitoria de Graduação realizou, neste mês de fevereiro, a acolhida aos novos docentes da Unijuí, com o objetivo de apresentar as políticas e normativas institucionais. O momento também foi de reflexão e socialização do planejamento do ensino, as metodologias e o processo de avaliação da aprendizagem dos estudantes.

As atividades foram realizadas na quinta-feira, dia 21, no Centro de Eventos, e sexta-feira, dia 22, no Auditório do DCEEng. No primeiro dia de atividades, no turno da tarde, ocorreu a recepção aos docentes pela Vice-Reitoria e uma conversa com os ex-Reitores, professores Eronita Silva Barcelos e Telmo Rudi Frantz. No turno da noite, a Vice-Reitora de Graduação, professora Cristina Eliza Pozzobon, expôs e contextualizou as políticas e diretrizes de graduação na Unijuí.

No segundo dia de atividades, no turno da tarde foi realizada a apresentação dos setores de apoio: Recursos Humanos, Secretaria Acadêmica, Central de Atendimento ao Aluno (CAA), Comissão Própria de Avaliação (CPA), Biblioteca Universitária, Núcleo de Acompanhamento e Acessibilidade Institucional (NAAI), Núcleo de Educação a Distância (NEaD).

No turno da noite, encerrando as atividades, Sandra Bado, assessora pedagógica da Vice-Reitoria de Graduação, abordou o tema “competências docentes na gestão da sala de aula”. Sandra desenvolveu a formação por meio da metodologia ativa de problematização, onde os professores ingressantes delimitaram quais os fatores que interferem na sala de aula e, em grupos, apontaram possíveis hipóteses de solução. Os participantes se envolveram na atividade e avaliaram positivamente a ação.

Segundo a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon, a discussão sobre as competências e habilidades do professor em sala de aula foi a questão norteadora do debate. “Os professores discutiram o perfil do docente de nível superior e os pressupostos necessários para instigar o protagonismo do estudante na busca do conhecimento na área de atuação”, comentou. 

As formações continuadas para os novos professores são organizadas anualmente nos meses de fevereiro e julho no intuito de desenvolver a identidade “docente Unijuí”.

 

 


Unijuí recepciona novos estudantes com eventos de boas-vindas

Nesta segunda-feira, 25 de fevereiro, a Unijuí recebeu seus estudantes para mais um ano letivo. Foi dia também de receber novos estudantes, que pela primeira vez vivenciam a experiência de estar no ambiente universitário. Para eles, o primeiro dia de aula foi de acolhida. Nos campi Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos foram preparados eventos especiais para mostrar aos novos acadêmicos todas as possibilidades que o ensino superior pode oferecer.

Ijuí

Em Ijuí a noite começou com música ao vivo com as alunas do curso de Arquitetura e Urbanismo Jandha Telles Muller e Bruna Letícia Zamberlan, acompanhadas pelo músico Jair Gonçalves, que receberam os estudantes cantando e tocando composições da MPB. A acolhida aos calouros também contou com uma mensagem de boas-vindas da Reitora, professora Cátia Nehring. A Reitora destacou que a partir de agora se inicia um novo ciclo na vida desses estudantes, em que vão ter a possibilidade de vivenciar tudo o que a Unijuí pode oferecer, como estágios, pesquisas, aulas práticas em laboratórios e intercâmbios, falou ainda sobre a dedicação necessária durante uma graduação. Após, aconteceu um bate-papo sobre a vida de universitário com o professor Luciano Zamberlan.

Panambi

Em Panambi a acolhida foi feita pelo Pró-Reitor, Nelson Thesing e pelo Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Fernando Jaime González. O Pró-Reitor afirmou que a essência da Universidade são os alunos e que todos no Campus estão animados com o novo semestre. Ele destacou ainda que quem se forma não muda a si mesmo, mas também o lugar onde vive. O Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão apontou que uma Universidade é uma instituição mais completa, mais complexa. Segundo ele, uma Universidade, além da graduação, desenvolve pesquisas, extensão, pós-graduação, mestrados e doutorados. “Sendo a Unijuí uma Universidade, vocês têm uma série de possibilidades de experiência formativa para além da sala de aula, como grupos de pesquisa, extensão e voluntariado”, acrescentou. A noite também contou com palestras de Fabrício Schmidt, gerente da qualidade de TI da Bruning e Cristian Noschang, gerente financeiro da Bruning, ambos egressos da Universidade, que falaram sobre a Importância da Qualificação Profissional e sobre a Engenharia no Mercado de Trabalho, respectivamente. Uma apresentação do Coral da Unijuí também marcou a noite.

Santa Rosa

Santa Rosa também teve música ao vivo com Willian Eich, que tocou um repertório com músicas nacionais e internacionais variadas. A recepção aos calouros contou com a presença do Pró-Reitor do Campus, professor Marcos Paulo Scherer e da Vice-reitora de Graduação, Cristina Pozzobon. A Vice-Reitora de Graduação também destacou todas as possibilidades oferecidas pela Universidade e a importância de aproveita-las durante o período de formação profissional. O Pró-Reitor do Campus falou sobre a alegria de receber novos estudantes que estão iniciando a realização de um sonho a partir de agora. O bate-papo sobre a vida de universitário foi feita pelo professor Maurício de Campos.

Três Passos

Três Passos realizou uma Aula Magna dos cursos de Administração e Direito, com o tema “Novas Tecnologias, Relações de Trabalho e Reforma Trabalhista”, com Manoela Bitencourt, doutoranda em Direito pela PUC-RS. O Vice-Reitor de Administração, Dieter Siedemberg, fez a acolhida institucional, juntamente com a Pró-Reitora Fátima Marlise Marroni Rosa Lopes, que destacou que a expectativa para o ano é que o campus Três Passos cresça em sabedoria, em conhecimento e que o desenvolvimento seja centrado no ensino, na pesquisa e na extensão.

A palavra dos estudantes

Para a caloura do curso de Ciências Contábeis do Campus Santa Rosa, Fernanda Prediger, a expectativa em relação ao ingresso na Universidade é poder aprender e trocar experiências com colegas e professores. “Quero construir uma bagagem de conhecimentos bem sólida na Unijuí, já conhecia um pouco da Universidade e agora estou ingressando nesse universo novo. Minha expectativa é de aprender coisas novas e que o curso que escolhi possa abrir muitas oportunidades na minha vida”, destacou a estudante que reside em Crissiumal.

“Eu vim de outra Universidade, estou um pouco nervosa, mas espero me adaptar rápido. Espero encontrar professores bacanas, colegas parceiros e muito conhecimento”, disse Taís da Costa, de 26 anos, estudante do de Direito do campus Três Passos.


Unijuí promove formação sobre “Transformação digital e empoderamento colaborativo nos processos de gestão e liderança”

          

Durante a última semana, a Unijuí promoveu a formação “Transformação digital e empoderamento colaborativo nos processos de gestão e liderança”. O objetivo foi preparar a equipe de colaboradores e gestores da Universidade para redesenhar os processos administrativos e de liderança com o uso de metodologias colaborativas e tecnologias digitais. O curso foi ministrado por Maidi Dalri da empresa Topser, trabalhando ferramentas do Google.

Participaram da formação integrantes da Reitoria, Pró-Reitores, secretarias e assessorias da Reitoria, chefes de Departamentos, secretarias executivas, gerentes e chefes de unidades e diretores de mantidas. 

Segundo a Reitoria da Universidade, o trabalho se torna necessário tendo em vista as mudanças nos processos de trabalho e gestão com as novas ferramentas digitais da atualidade. Dessa forma, elas só vão ocorrer, de fato, com trabalho colaborativo e co-criativo entre as pessoas. A tecnologia veio para auxiliar os profissionais a ganhar tempo e poder melhorar processos, contudo, para isso é preciso saber como usá-la, como evitar retrabalhos, como compartilhar os dados e mais importante ainda como ter acesso e encontrar o que precisamos num mundo onde a informação está praticamente nos sufocando. Estes foram alguns dos aspectos desenvolvidos durante a semana de formação. 

O trabalho foi desenvolvido de forma totalmente interativa, participativa e prática, fugindo da proposta de palestra ou seminário. Foram propostas diversas atividades que os envolveram e permitiram aos participantes compartilharem suas práticas e explorarem novos conhecimentos e novas tecnologias fazendo com que os presentes possam vivenciar o que é um processo colaborativo de trabalho digital.


Campus Panambi realiza Workshop sobre Tecnologias para Unidades Armazenadoras de Grãos e Sementes

                    

Na tarde desta sexta-feira, dia 22 de fevereiro, foi realizado na Unijuí – Campus Panambi, o 1º Workshop sobre Tecnologias para Unidades Armazenadoras de Grãos e Sementes. A atividade marcou a abertura oficial do curso de Especialização em Tecnologias para Unidades Armazenadoras de Grãos e Sementes. 

O objetivo da discussão foi apresentar novas tecnologias na área, oportunizando conhecimentos que possam qualificar profissionais em processos e produtos disponíveis para este segmento da economia regional, buscando um melhor desempenho dos equipamentos, redução de custos, para conquistar mais qualidade para os grãos e sementes. O evento foi realizado pela Unijuí – Campus Panambi, com apoio e parceria das empresas CONSILOS, SAUR, PROCER, COOL SEED, e por intermédio da Pós-Graduação Lato Sensu em Tecnologias para Unidades Armazenadora de Grãos e Sementes. 

A programação teve início com a fala de Irineu Lorini, pesquisador da Embrapa Soja, que abordou o Controle de Pragas na Armazenagem. Em seguida, todos os presentes foram convidados para um café. No retorno das atividades, Milton Schmidt Prym e Cláudio Bairros, da Consilos, abordaram sobre os equipamentos para unidades armazenadoras. Diego dos Santos, da Saur, falou, na sequência, sobre as Soluções para Movimentações de Carga. A programação contou, ainda, com debate sobre Armazenagem com Tecnologia 4.0, abordada por Eduardo de Aguiar, da Procer, e sobre Boas Práticas de Armazenagens, com Valmor Ziegler. 

“Estas discussões são fundamentais para minimizar perdas no armazenamento de grãos. São estes profissionais que estão realizando o curso serão fundamentais para multiplicar e colocar em prática o conhecimento sobre a área”, avaliou Irineu Lorini. 

Marcaram presença no Workshop, além dos estudantes e profissionais convidados, o Pró-Reitor do Campus Panambi, Nelson Thesing e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Ambiental, representando a prefeitura de Panambi, Rafael Jacques de Oliveira. Ambos realizaram uma saudação de boas-vindas aos participantes da atividade.


Itecsol e Programa Sinergia entregam materiais escolares para crianças da Acata e ARL6

                 
 

A Unijuí, por meio do projeto Ação Social Dia do Bem, em parceria com o Programa Sinergia, realizou uma campanha de arrecadação em todos os setores da Universidade para organizar kits de materiais escolares para as crianças de 4 a 12 anos, filhos dos trabalhadores da reciclagem das Associações Acata Ijuí – Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Ijuí e Associação de Reciclagem da Linha 6, assessoradas pela Itecsol.

Os kits foram organizados com caderno grande e pequeno, lápis, borracha, cola, apontador, lápis de cor, giz de cera, régua, folhas de ofício, folhas de oficio colorida, folhas de desenho, papel filipinho, tesoura, papel crepon, cartolina, estojo de canetão, canetas, bloco A3 e color 7, beneficiando no total 33 crianças que retornam à escola no dia de amanhã.

O principal objetivo foi reforçar a importância dessas crianças retornarem e permanecerem na sala de aula e buscar dar o melhor de si nos estudos, também proporcionar a essas crianças uma condição digna de volta às aulas, tendo assegurado o material básico para estudar.

A entrega dos materiais foi realizada pela analista de planejamento da Incubadora Elizandra Pinheiro da Silva, juntamente com a representante da Reitoria, Marivane Valandro e Solange Cristina Correa Neves, representante do Gestão Ambiental.

                      


ITECSOL realiza oficina de artesanato com reaproveitamento de material

Aconteceu, na última terça-feira, nas dependências da incubadora, uma oficina para trabalhar técnicas de como produzir peças artesanais, a partir do reaproveitamento de material automotivo.

A oficina foi articulada pela Vice-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão e Agência de Inovação e Tecnologia por meio da Incubadora de Economia Solidária, Desenvolvimento e Tecnologia Social, com o objetivo de desenvolver novos produtos no segmento do artesanato, para integrantes da Feconsol - Feira de Economia Solidária.

Para os participantes, o dia foi rico na troca de saberes e experiência com o oficineiro, Celito Oscar Roman que, com seus 76 anos de idade, ainda demonstra empolgação ao compartilhar o que aprendeu com suas invenções que começaram quando ainda jovem. Ele é natural de Ibirubá, mas hoje reside em Estrela e permanece trabalhando com resíduos automotivos mesmo depois de ter diminuído seu ritmo de trabalho, principal com a mecânica de carros. Utilizando o descarte da mecânica dá vida a peças utilitárias e decorativas. Algumas destas peças poderão ser apreciadas na primeira edição de feiras de 2019, que acontece hoje no campus da Unijui.

Também esteve participando da oficina Francisco Lovera Lezcano que reside no Paraguai e está na cidade realizando pesquisas para desenvolver sua dissertação. Francisco atua com dança contemporânea voltada para crianças, jovens e pessoas idosas que estão nas ruas, buscando por meio da arte, a ressocialização dessas pessoas, além disso, confecciona peças artesanais com reaproveitamento de sementes nativas.

 


Unijuí é parceira da ONG Terra Verde na expedição Tape I Iandê

Foto Divulgação: ONG Terra Verde

A Pró-reitoria da Unijuí Campus Santa Rosa juntamente com a Coordenação do Curso de Educação Física e Pedagogia, estiveram reunidos na última segunda-feira (18), com integrantes da ONG Terra Verde. Durante o encontro foram discutidas ações de envolvimento da Universidade em projeto de educação ambiental da ONG Terra Verde, na expedição Tape I Iandê.

O projeto Tape I Iandê, que significa Caminho das Águas na língua Guarani, tem como meio de divulgação uma jangada movida a propulsão humana, através de pedais. É construída com materiais descartados da construção civil, madeira, isopor, barras metálicas, engrenagens de bicicleta e bancos de carros.

O principal objetivo do projeto é sensibilizar a população regional sobre o tema “Qualidade da Água”, focando nas ações de saneamento básico, motivando as pessoas a organizarem-se para a realização de ações comunitárias em prol da melhoria da qualidade de vida de todos. Assim como, consolidar marcas institucionais colaboradoras como de entidades e empresas preocupadas com a preservação do meio ambiente e que atuam com responsabilidade social.

Dessa forma a Unijuí se insere no projeto e firma parceria com diferentes ações envolvendo os cursos de Educação Física e Pedagogia. A primeira acontecerá no dia 10 de março, no interior de Alecrim, em Porto Biguá. O curso de Educação Física realizará atividades esportivas, por meio de um torneio de futebol envolvendo a Universidade, a ONG Terra Verde e a comunidade local. Já a segunda ação será realizada no dia 11 de março, em Porto Vera Cruz, com o curso de Pedagogia. Atividades lúdicas e integrativas serão realizadas com crianças do Ensino Fundamental.

De acordo com os organizadores do projeto, nesse ano não haverá a expedição por água, devido a necessidade de realizar reparos e manutenção na jangada, com isso não foi possível realizar a tempo as atividades programadas com as comunidades.

Confira um vídeo publicado na Fanpage da ONG Terra Verde explicando o projeto Tape I Iandê:

 

 

 

 


Unijuí realiza processo seletivo do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade

A Unijuí esteve realizando mais um processo seletivo do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade durante o sábado, dia 16, no Campus Santa Rosa. O Programa tem como objetivo principal a formação profissional especializada para atuação prioritariamente em Atenção Primária à Saúde.

Para o coordenador do Programa de Residência em Medicina de Família e Comunidade, professor Luis Antônio Benvegnú, o profissional com essa especialidade é muito solicitado pelos municípios, porque realiza um atendimento diferenciado, atuando em equipe multidisciplinar e desenvolvendo habilidades para atuar na saúde coletiva. “Há uma ideia ilusória de que qualquer médico que trabalha no hospital, vai para os postos de saúde e dá conta. São trabalhos totalmente diferentes, essa área exige uma formação específica, e é isso que o programa oferece aos residentes. Dessa forma, estamos contribuindo com a formação de especialistas que estarão fortalecendo a saúde das pessoas por meio da prevenção e não apenas na condição de curar as doenças”, destaca Benvegnú.

As atividades iniciam no dia 1º de março e durante dois anos o profissional atuará nas Unidades Básicas de Saúde. O programa é uma das exigências do MEC para abertura do novo curso de Medicina na Unijuí, que teve sua primeira turma no ano de 2006.  O programa é uma parceria entre Unijuí, Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (Fumssar) e Secretaria Municipal de Saúde de Ijuí.