COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

15º Pedalando, Patinando e Caminhando e 12º Vencendo o Diabetes acontece no mês de maio

A 15ª edição do Pedalando, Patinando e Caminhando e o 12° Vencendo o Diabetes acontecem no dia 18 de maio a partir das 14h30 em frente à Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa (Ruizinho).

O tradicional evento consiste em um passeio pelas ruas do centro da cidade, percorridos a pé, de bicicleta, skate, patins, patinete ou qualquer outro meio não motorizado. O objetivo da programação é estimular a prática saudável de atividades físicas, conscientizar a população sobre a prevenção e tratamento do diabetes e incentivar atitudes solidárias.

Na abertura do evento a Cia. Cadagy/Unijuí apresenta um Pocket Show do Espetáculo BUN. Também haverá o ponto do Chimarrão, onde a Erva Mate Seiva Pura estará oferecendo erva mate e água quente para chimarrão.

O Ponto do Diabético estará presente com uma equipe realizando verificação de índice glicêmico, pressão arterial e prestando orientações de saúde ao público.

As inscrições para participação podem ser realizadas no dia/local do evento até as 14h30min mediante a doação de um quilo de alimento não perecível, que será destinado a instituições assistenciais do município.

Os participantes inscritos vão concorrer ao sorteio de um vale compras de R$ 500,00 no Pindorama Bicicletas, de um forno elétrico oferecido pelo Ponto do Diabético, entre outros prêmios.

O evento é uma promoção da Unijuí juntamente com o seu Curso de Educação Física, Escola de Ensino Fundamental Rui Barbosa (Ruizinho) e Ponto do Diabético, tendo como apoiadores o Pindorama Bicicletas, Associação dos Diabéticos de Ijuí e Região (ADIR), Unimed, Ervateira Seiva Pura e Prefeitura Municipal de Ijuí.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 33320200 Ramal: 2356.

 

Imagens da última edição do evento


Criatec de Ijuí e Santa Rosa são selecionadas para participarem do Programa Nexos

O programa conecta médias e grandes empresas às startups, para a geração de negócios e desenvolvimento de novas tecnologias.

As Incubadoras de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec) dos Campi Santa Rosa e Ijuí foram selecionadas entre os nove ambientes de inovação do Rio Grande do Sul, a participarem do 1° ciclo do Programa Nacional da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), em parceria com o Sebrae.

A divulgação dos selecionados ocorreu na terça-feira (23), no site da Anprotec. Com essa aprovação, se tornam credenciadas pelo programa para implementação de projetos em parceria com as médias e grandes empresas participantes, além de se beneficiarem da divulgação institucional proporcionada pelo Programa Nexos.

Para a chefe do Núcleo de Empreendedorismo da Criatec, Maria Odete dos Santos Garcia Palharini, participar do Programa Nexos será uma oportunidade de aproximação de ambientes inovadores. “Ser selecionado para fazer parte do programa Nexos aqui na região, representa para nós uma oportunidade de nos aproximar de outros atores do ecossistema de inovação, de fazer conexões com médias e grandes empresas, disseminar o uso de incentivos fiscais para a inovação. Nas incubadoras temos um capital intelectual multidisciplinar que tem competência para desenvolver projetos com foco em inovação e as médias e grandes empresas tem as demandas. Então é uma oportunidade ímpar conectar demandas, soluções e entidades facilitadoras do processo como é o caso do SEBRAE e da ANPROTE e CRIATEC”, frisa.

Sobre o Programa Nexos

O programa Nexos visa aproximar pequenos negócios inovadores que possam desenvolver soluções tecnológicas que atendam as demandas de até dez empresas-âncoras (médias e grandes empresas).

A proposta do Nexos é que cada startup selecionada receba um aporte de recursos (entre R$ 100 mil e R$ 250 mil) para o desenvolvimento das soluções tecnológicas. O investimento previsto no programa será utilizado para apoiar o desenvolvimento de projetos empresariais de inovação desses pequenos negócios e de novas tecnologias, sendo que a origem dos recursos será proveniente das grandes empresas a partir de instrumentos fiscais de apoio à inovação (Lei de Informática, Lei do Bem e os programas de pesquisa e desenvolvimento dos setores de Energia Elétrica e Óleo & Gás).

Também estarão presentes no programa os ambientes de inovação (aceleradoras e incubadoras), para oferecer infraestrutura operacional e apoio técnico-jurídico ao projeto e aos pequenos negócios.

Informações: http://anprotec.org.br/site/


Debate sobre resiliência no SUS norteou o Pré-Congresso Internacional em Saúde de Santa Rosa

O 6º Congresso Internacional em Saúde será realizado no período de 14 a 17 de maio, na Unijuí, Campus Ijuí, e terá como principal debate a Vigilância em Saúde e aspectos relacionados à promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento, com vistas à ações que resultem em melhorias na assistência à saúde da população em nível mundial.

Dessa forma, a organização do evento realizou pré-congressos para estimular e intensificar esse debate. Na tarde de ontem (23), a Unijuí Santa Rosa foi palco para essa discussão. Na oportunidade, a professora Liane Beatriz Righi trouxe como temática a resiliência do SUS, destacando questões relacionadas à saúde e democracia.

Durante sua fala, Liane afirmou que saúde é direito, é democracia, precisa ser financiada, e que nesse momento estamos com investimentos em saúde congelados por 20 anos, por meio de uma emenda constitucional.

“Esse congelamento é perverso por dois motivos: a inflação na área da saúde é maior do que de outros setores e porque estamos no auge de uma virada demográfica epidemiológica, ou seja, nós estamos vivendo mais e, portanto, teremos mais problemas com situações crônicas. Com isso, o SUS está migrando para um sistema mais caro, porque demandamos procedimentos e trabalho em equipe que são de alto custo”, frisou a palestrante.  

Na oportunidade, a professora afirmou que o SUS é uma política que deu certo, que tem problemas, mas que a atual saída é apoiar o sistema. “Nós queremos retomar o processo de reforma sanitária, garantir a constituição e o desenvolvimento institucional do Sistema Único de Saúde Brasileiro, que tem como o tripé a descentralização, a integralidade e a participação da comunidade”, ressalta Liane.

O Pré-Congresso contou com o apoio da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR) e dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Residência Médica em Saúde da Família e Comunidade.

Interessados em participar do 6º Congresso Internacional em Saúde poderão realizar sua inscrição no site do evento. A programação e demais informações também estão disponíveis no Portal.


Criatec promove workshop para elaboração e captação de projetos

A Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (CRIATEC) da Unijuí estará realizando na próxima quinta-feira (25), o workshop "Elaboração de Projetos para Captação de Recursos para Inovação", com o consultor Gustavo Moreira do Sebrae. A atividade será realizada a partir das 09h, no espaço Coworking, Sala A 315, no Campus Santa Rosa.

O workshop contemplará informações sobre editais abertos, ferramentas de busca de editais, instituições de fomentos e demais informações relacionadas a atividade de captação de recursos públicos e privados de empresas.

O evento é organizado pela Incubadora Criatec da Unijuí, Sebrae e conta com o apoio da Agência de Desenvolvimento de Santa Rosa, Jovens Empreendedores e programa Startup Inova da Acisap. As inscrições podem ser feitas no site da Criatec. 

Sobre o consultor

Gustavo Moreira é Gestor de Projetos de Inovação no SEBRAE – RS, atuando diretamente no desenvolvimento de mais de 200 projetos. Envolvido no ecossistema de inovação, é responsável pela ideação e execução de hackathons e desafios tecnológicos nas áreas de robótica, games, automação, tecnologia assistiva, moda, saúde, varejo entre outros, além de curador, organizador, mentor e/ou jurado em eventos como Startup Weekend, Inovativa Brasil, Editais Finep, 100 OpenStartups, Feira do Empreendedor, Mercopar, Festival da Transformação e Feira Brasileira do Varejo.


Laboratório de Solos da Unijuí qualifica infraestrutura

A equipe do Laboratório de Análises de Solos e Tecido Vegetal recebeu nesta semana treinamento em novo equipamento analítico, o espectrofotômetro de absorção atômica, com o objetivo de qualificar ainda mais os serviços prestados ao ensino e à comunidade. Com o equipamento é possível fazer a leitura dos metais nos solos, como o cálcio, magnésio, cobre, zinco, manganês e potássio.

A qualidade do trabalho do Laboratório tem sido atestada pelo Selo de Qualidade emitido pela Rede Oficial de Laboratórios de Análises de Solos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Este novo equipamento reforça o conceito de atenção com os clientes, prestando um serviço cada vez mais qualificado.

No Laboratório também é possível realizar a análise química de solo (teor de argila, pH, índice SMP, fósforo, potássio, matéria orgânica, alumínio, cálcio, magnésio, cobre, zinco, manganês e enxofre), análise granulométrica (física) de solo (teor de argila, silte e areia) e análise foliar (nitrogênio, fósforo e potássio).

Os serviços podem ser solicitados por produtores rurais, empresas, cooperativas, prefeituras e comunidade em geral.

 


A Cara do Gauchão: confira a como foi a recepção a Lucas de Matos na EFA

                    

A volta do fim de semana foi especial na EFA na manhã desta segunda-feira. A escola recebeu de braços abertos e com muita comemoração o aluno Lucas de Matos. O motivo: ele é “A Cara do Gauchão 2019”, representando o São Luiz na disputa realizada pela RBSTV.

Lucas, na chegada ao colégio, retribuiu o carinho dos colegas, professores e técnicos-administrativos da EFA com um baita sorriso e o prêmio em mãos, comemorando muito com a escola. Confira no vídeo:

                            

A votação encerrou no Globo Esporte, no último sábado. O resultado foi anunciado ao vivo pela jornalista Alice Bastos Neves. No total, foram 486.562 votos. Esta vitória marcou ainda mais a excelente temporada do time de Ijuí no campeonato, que chegou entre os quatro melhores e teve o atacante Marcão como artilheiro da competição. 

A votação da final:

Lucas de Matos (São Luiz) – 245.673 (50,49 %)

Pablo Schimuneck (Pelotas) – 240.889 (49,51 %)

Seu Agostinho de Matos, pai de Lucas, esteve presente na escola e agradeceu toda a comunidade escolar por se engajar na campanha. “Certamente os próximos dias dele serão de muita euforia e alegria, por ter se tornado um torcedor símbolo, ganhando o carisma da comunidade em geral”, disse.

A diretora da Escola, professora Maria do Carmo Pilissão, observa que Lucas estuda na EFA desde os dois anos de idade. “Sua trajetória na escola é encantadora, pois sempre foi um menino muito carismático, inteligente, educado e querido por todos. Conhecemos muito bem sua história e batalhas diárias, o que nos deixa ainda mais orgulhosos em fazer parte deste momento especial. Podemos dizer que se o Lucas é a cara do Gauchão, mas desde sempre é a cara da EFA”.


Unijuí Santa Rosa promove Pré Congresso Internacional em Saúde

A Unijuí estará promovendo na próxima terça-feira (23), o Pré congresso Internacional em Saúde, às 14h, no campus Santa Rosa. A conferência será ministrada pela professora Liane Beatriz Righi, envolvendo a temática “Resiliência no SUS”.

O evento serve como preparação ao Congresso Internacional em Saúde, que neste ano chega em sua sexta edição. “Será um momento importante para a atualização e compartilhar conhecimentos que antecedem a discussão temática do Congresso Internacional”, observa a coordenadora do evento, professora Eliane Winkelmann. Os interessados poderão participar desta atividade com inscrição gratuita, no local. 

O Pré Congresso conta com o apoio da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR) e dos Programas de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Residência Médica em Saúde da Família e Comunidade.

Sobre o Congresso

O 6º Congresso Internacional em Saúde tem como objetivo proporcionar espaços de discussão interdisciplinar e multidisciplinar sobre Vigilância em Saúde e, mais especificamente, sobre aspectos relacionados a Promoção, Prevenção, Diagnóstico e Tratamento, com vistas a ações que resultem em melhorias na assistência à saúde da população, em nível mundial.

O Congresso é um evento promovido pelo Departamento de Ciências da Vida (DCVida) da Unijuí e pelos Programas de Pós-Graduação: Mestrado em Atenção Integral à Saúde (Unicruz/Unijuí), Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências (Unijuí) e Mestrado em Direito (Unijuí).

O evento ocorrerá de 14 a 17 de maio, na Unijuí, Campus Ijuí.  Este evento é de fluxo contínuo, sendo que sua primeira edição ocorreu em 2011. Desde então o evento passou a acontecer a cada dois anos, sendo sua segunda, terceira e quarta edição respectivamente nos anos de 2013, 2015 e 2017. Em julho de 2018, ocorreu a 5º Edição do Evento na Universidade do Minho em Portugal. Em 2019, o evento volta a ser realizado no Brasil e terá como tema: Vigilância em Saúde: Ações de Promoção, prevenção, diagnóstico e tratamento.  

Mais detalhes e inscrições no site do evento, no Portal da Unijuí.

 


PDI: Seminário discutiu a conjuntura da educação superior comunitária

                     

Dando sequência nas discussões para a revisão do Plano de Desenvolvimento Institucional (2020-2024), a Unijuí realizou, na tarde desta quarta-feira, 17, Seminário para discutir a conjuntura da educação superior comunitária. Neste evento, debateram o tema o professor Evaldo Kuiava, Reitor da UCS, de Caxias do Sul e o professor Walter Frantz, da Unijuí, com a mediação da Reitora, professora Cátia Maria Nehring. O evento foi realizado no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum com a participação de gestores, professores, estudantes e técnicos-administrativos das Instituição.

A Reitora abriu o evento observando sobre os aspectos que permeiam as discussões do PDI. “Precisamos compreender a nossa história, nossa caminhada. Mas, também precisamos ter a autonomia de projetar o nosso futuro, tendo em vista as perspectivas do ensino, pesquisa, extensão, cultura, internacionalização e inovação”, salientou.

Na sequência o professor Evaldo Kuiava projetou cenários para a educação superior. Segundo ele, um dos grandes desafios é manter as estruturas das Universidades Comunitárias, de professores, pesquisas, laboratórios, sem depender apenas das mensalidades geradas no ensino. “Precisamos buscar diferenciais, encontrar caminhos. Considero importante desenvolver Parques de Ciência e Tecnologia e fazer com que as comunidades nos valorizem por isto. Com a inovação e a transferência de tecnologia, outras instituições não conseguem competir conosco, este é um diferencial das Universidades”, observou. O palestrante também falou sobre a gestão das IES Comunitárias e como este aspecto precisa ser melhorado, além de mostrar algumas iniciativas da UCS nos últimos anos.

O professor Walter Frantz fez uma reflexão sobre o papel da Universidade e, dentro desta perspectiva, apontou e conceituou o fazer de uma universidade comunitária e sua importância para o contexto em que se insere. “Como sustentar uma universidade sem deixar de ser uma universidade? Este é um grande desafio. Não somos estado, não somos empresa, somos comunidade, o projeto de um coletivo”, salientou. “Universidades comunitárias, tendo seu foco no público, com muito esforço geraram grandes investimentos em infraestrutura e qualificação de profissionais ao longo de décadas, construindo-se e se afirmando a serviço da educação em favor de suas comunidades e regiões”, complementou.

Após as duas exposições, o público debateu com os professores sobre os temas tratados no Seminário.

Sobre o PDI

Segundo a Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring, o plano desencadeia um processo de planejamento e revisão dos processos institucionais. “Precisamos dizer publicamente o entendimento que temos de nossa instituição e projeta-la para os próximos cinco anos. Este PDI, precisa ser discutido com todos os sujeitos que constituem a Universidade”, disse. E complementou: “por isso entender a conjuntura econômica e os cenários da educação superior nos próximos anos é importante, pois eles têm impactos e reflexos nos movimentos necessários do fazer da nossa Instituição”, analisa. 

As discussões iniciaram no dia 06 de abril, também em evento realizado no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, no “1º Seminário PDI Conjuntura Econômica e cenário para os próximos cinco anos”. Novos eventos e discussões serão realizadas ao longo de 2019 para a elaboração do PDI.


Unijuí Santa Rosa realiza visita a empresa AGCO do Brasil

Durante visita, a empresa manifestou interesse em criar projetos e ações a serem trabalhados colaborativamente entre a fábrica e a Universidade.


A Unijuí esteve visitando na última terça-feira (16), uma das maiores marcas no mercado de máquinas e implementos agrícolas do mundo, a empresa AGCO do Brasil, com sede em Santa Rosa. Estiveram participando da visita o Vice-Reitor de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão, professor Fernando González, o Pró-Reitor da Unijuí Santa Rosa, professor Marcos Scherer, a professora Taciana Enderle, representando os Cursos de Engenharia e a técnica administrativa Fabiane Simon, representando a Agência de Inovação e Tecnologia da Universidade.

O grupo foi recepcionado pelo Gerente de Manufatura, Engenheiro Fernando Giordani, pelo Supervisor de Logística, Engenheiro Paulo Moreira, e pelo Engenheiro João Remonti, do departamento de Manufatura da multinacional, que na oportunidade apresentaram a estrutura da AGCO no mundo, os projetos atuais, sua projeção para o setor e para a empresa instalada em Santa Rosa.

“Foi um momento histórico de aproximação de duas entidades que atuam em setores aparentemente distantes na economia, porém que tem muito a contribuir uma com a outra”, ressalta o Pró-Reitor da Unijuí Santa Rosa.

O Pró-Reitor também frisou a importância dessas parcerias. “Estamos em um momento que exige uma nova atuação no mercado das empresas e instituições de ensino. Uma postura de atuação no seu modelo de negócio, mais colaborativa e criativa, com melhores resultados para todos. A Unijuí está buscando essa importante evolução no seu fazer acadêmico, visando se reinventar e se resignificar, ganhando uma relevância e significância que lhe garantirá a permanência nesse mercado educacional”, afirma Marcos.

Durante a visita ficou acertada uma próxima reunião que acontecerá na Universidade, oportunizando aos gestores da empresa conhecerem toda a estrutura institucional da instituição, desde seus laboratórios tecnológicos, até o exclusivo espaço Coworking e a Incubadora de Empresas e Inovação Tecnológica da Unijuí (Criatec). Também será tratada as possibilidades dos estudantes e docentes da Universidade contribuírem por meio do conhecimento em pesquisa, bem como a empresa poderá ganhar com novas ideias e soluções aos seus problemas mais complexos.

Para o Vice-Reitor de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão a visita foi muito positiva e as expectativas são muito boas. “A Universidade e a AGCO realizando ações conjuntas só irão contribuir ainda mais para o desenvolvimento regional. Em breve teremos novidades sobre essa parceria”, destaca professor Fernando.

 


EFA realiza ação de Páscoa no Lar Bom Abrigo

Vivenciar o respeito, partilhar carinho e espalhar o bem são ações necessárias na sociedade contemporânea. Neste sentido, as crianças das turmas A31 e A32 da Educação Infantil, da EFA - Centro de Educação Básica Francisco de Assis e professoras Eduarda Joner e Letícia de Córdova estão desenvolvendo o projeto “Conhecer o mundo, compartilhar abraços e reforçar laços”. Entre as reflexões e vivências desenvolvidas, no dia 16 de abril de 2019, terça-feira, aconteceu uma tarde de integração, com as crianças da Escola e as do Lar Bom Abrigo, na cidade de Ijuí/RS. Foi um momento rico em aprendizagens, permeado por brincadeiras mediadas pela professora de educação física Silvana Marchioro.

Na oportunidade, também foram entregues produtos de higiene, brinquedos, barracas e roupas infantis arrecadadas em parceria com o GECOM – Grêmio Estudantil da EFA e as famílias dos alunos. Ao final da visita, foi realizada a entrega das cestas de Páscoa produzidas pelas crianças da EFA, as quais foram recheadas de doces e carinho, fruto de doações das famílias dos alunos.

Para a coordenadora pedagógica Maristela Heck, atividade como esta, além de sensibilizar e ampliar o conhecimento sobre espaços de convivência social, possibilita a compreensão da partilha, vivenciado pelas crianças especialmente no período que antecede a Páscoa.