COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Unijuí sediou evento que debateu o futuro do Fundeb

Na segunda-feira, dia 18, a Unijuí recebeu professores no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, com o objetivo de debater o futuro do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). O Fundo atende toda a educação básica, da creche ao ensino médio.

O Fundeb foi criado em 2008 para ajudar no financiamento da educação pública e tem validade até 31 de dezembro de 2019. O Fundeb tem como objetivo estabelecer, em relação à educação básica, um conjunto de políticas para colocar o Brasil em condições parecidas com os demais países do mundo.

De acordo com a professora Rosita da Silva Santos, chefe do Departamento de Humanidades e Educação da Unijuí (DHE), a Universidade, enquanto Instituição que forma professores há mais de 60 anos, posicionando-se como um dos agentes em condições de contribuir para a transformação da sociedade, preocupa-se com as políticas públicas voltadas para a educação.  “Por isso a necessidade de se discutir em que medida essas políticas estão sendo implementadas e/ou por qual motivo não são ampliadas ou renovadas. O problema tem sido o fato de que não se discute sua renovação e, se não for renovado, municípios que arrecadam poucos impostos ficarão sem dinheiro para investir na educação pública e de qualidade”, afirma.


Novembro Azul: Unijuí realiza ato para marcar a importância da prevenção ao câncer de próstata

               

A cada dia, 42 homens morrem em decorrência do câncer de próstata e aproximadamente 3 milhões vivem com a doença, sendo a segunda maior causa de morte por câncer em homens no Brasil. São estimados, para este ano, 68.220 novos casos, segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Diante destes dados preocupantes, a Unijuí está engajada em ações de prevenção desta e de outras doenças e realizou, na tarde desta quarta-feira, 20 de novembro, uma atividade para reforçar a importância dos cuidados com a saúde.

A campanha do novembro azul da Unijuí ocorreu no Hall da Biblioteca do campus Ijuí, com uma fala do Vice-Reitor de Administração, professor Dieter Siedenberg. Após a fala, os professores e técnicos-administrativos e de apoio da Universidade foram convidados a marcarem, com tinta azul, as mãos em um painel simbolizando a árvore do conhecimento, marcando a importância do cuidado e do combate ao câncer de próstata.

Segundo Dieter, os homens normalmente procuram o atendimento médico de rotina oito vezes menos que as mulheres. “O novembro azul conscientiza e faz com que um número cada vez maior de homens procure por atendimento médico e realize exames de rotina, não só para a neoplasia de próstata, mas também para diagnosticar e tratar outras doenças comuns. Apesar de todo o esforço da campanha, ainda é muito comum o preconceito sobre o exame para detecção do câncer de próstata – o tão temido exame de toque, cujo procedimento é rápido, dura segundos, é praticamente indolor e não afeta em nada a masculinidade do homem”, salienta.

Atitudes para prevenir o câncer de próstata

Segundo pesquisa realizada pelo instituto Datafolha, em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, 76% dos homens têm consciência sobre o câncer de próstata, mas apenas 32% realizam o exame.  E como quebrar alguns paradigmas que infelizmente ainda existem na nossa cultura? Segundo os especialistas a melhor forma ainda é por meio de campanhas para o esclarecimento da população sobre os exames de rastreamento e as novas possibilidades terapêuticas.

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA. Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal.

Além disto, a adoção de hábitos saudáveis diminui o risco de várias doenças, inclusive o câncer. Por isso manter uma alimentação saudável e equilibrada; não fumar; identificar e tratar adequadamente a pressão alta, diabetes e problemas de colesterol; manter um peso saudável; praticar regularmente atividades físicas, ainda são as melhores alternativas na prevenção de doenças, neste caso específico do câncer de próstata.


Conexão empreendedora: Criatec promove encontro para discutir “Startup, crescimento e aceleração”

                

Na noite desta terça-feira, 19 de novembro, no Centro de Eventos do campus Ijuí, ocorreu o evento “Conexão empreendedora”, que teve como principal objetivo debater o tema “Startup, crescimento e aceleração”. Na programação do debate participaram como painelistas Cledison Eduardo Fritzen, formado em Sistemas de Informação, com MBA em Marketing e Vendas pela FGV, co-fundador das empresas Lumiun Tecnologia, 13 Bits, ZenFisio e entusiasta de tecnologia e desenvolvimento de negócios digitais; Guillerme Kudiess, engenheiro de Computação pela PUCRS, é Diretor de Operações da VENTIUR Aceleradora e empreendedor de três startups. Já foi sócio da WINNOVA Investimentos, trabalhou na DELL e Solentech. O mediador foi Jorge Cifuentes - CEO da Startup Migo Pet e sócio da Código Kid Santo Ângelo, escola de programação e robótica. É apaixonado por modelos de negócios disruptivos, Marketing Digital, Design de serviços WoW.

Segundo a coordenadora da Criatec, Maria Odete dos Santos Garcia Palharini, eventos como este são importantes para discutir e debater assuntos de interesse das empresas que estão incubadas na Criatec.  “É importante discutir esta temática, tendo em vista que, na Incubadora, temos várias empresas com boas ideias precisando de investimento para poder acelerar o desenvolvimento dos negócios”, salienta.

O evento foi realizado em parceria com a Ventiur, uma aceleradora de startups. De acordo com Guilherme Kudiess, sócio da empresa, o objetivo de uma aceleradora é aproximar investidores das startups, administrando os recursos para que sejam bem aplicados. Para ele, incubadoras como a Criatec, são parceiras procuradas pela empresa para investir em negócios locais. “As incubadoras nos aproximam de startups. Investimosem empresas do Brasil inteiro, e as universidades, com suas as incubadoras, são nossas parceiras, pois estão do lado do empreendedor, sentindo a dor dele, para que nós possamos ser mais assertivos também nas nossas ações”, afirma.

A programação da noite encerrou com a cerimônia de mudança de status de startups residentes na Criatec, Optimize, Infinitum e Doled, que agora se tornam graduadas. Também ocorreu a entrega do Troféu Mérito à Inovação, criado pela equipe de gestão da Incubadora com objetivo de reconhecer o esforço das Startups na introdução de produtos e serviços inovadores. A empresa que recebeu o reconhecimento foi a AgexTec, que atua no ramo do agronegócio.

O evento contou com a presença de estudantes, representantes de empresas, professores e lideranças locais, além do Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unijuí, professor doutor Fernando Jaime González e do senhor Antônio Tambara, secretário de Desenvolvimento Econômico do Município de Ijuí.

Por: Atena Scarpelini, estudante de Jornalismo da Unijuí.


Gestão em Educação Física Escolar em debate no I Seminário sobre o tema

A Unijuí recebeu nesta quarta-feira, 20, diretores, vice-diretores, coordenadores pedagógicos e professores de Educação Física que participaram do I Simpósio sobre Gestão em Educação Física escolar: analisando o cenário e pensando possibilidades. O evento aconteceu no Centro de Eventos da Unijuí.   

Trata-se de um encontro visando a participação dos profissionais responsáveis pela gestão das aulas de Educação Física na escola, com intuito de refletir conjuntamente sobre a situação atual desse componente curricular e as possibilidades de qualificar, ainda mais, as aulas visando atender o direito de aprendizagem dos alunos.

O Seminário contou com a palestra do professor Robson Machado Borges intitulada “O sentido da Educação Física escolar: um diálogo entre o cenário atual da área e as alternativas possíveis”.

Na oportunidade também foram apresentados cases de êxito na Educação Física escolar, experiências de professores e estudantes no Programa Residência Pedagógica da Unijuí. O Seminário foi organizado de forma coletiva e colaborativa, na tentativa de um diálogo comunitário envolvendo o curso de Educação Física da Unijuí, as escolas de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação, as escolas municipais da região e escolas particulares da região e o Programa Residência Pedagógica na Unijuí.


Seminário vai discutir os programas de Residência Pedagógica e de Iniciação à Docência

A Unijuí promove, no dia 23 de novembro, o Seminário Institucional dos Programas de Residência Pedagógica e de Iniciação à Docência da Unijuí. O evento acontecerá no Centro de Eventos, das 8h às 12h.

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) e o Programa Residência Pedagógica, ambos financiados pela Capes, são ações da Política Nacional de Formação de Professores do Ministério da Educação (MEC), que visam proporcionar aos discentes de cursos de licenciaturas uma aproximação prática com o cotidiano das escolas públicas de educação básica e com o contexto em que elas estão inseridas.

Confira a programação

8h – Recepção aos bolsistas e demais estudantes, professores e dirigentes das escolas e da universidade.

8h20 – Abertura - Pronunciamento de autoridades locais: Coordenador Regional da 36ª CRE; Coordenador Regional da 17ª CRE; Secretário de Educação da SMED; Vice-Reitora de Graduação da Unijuí; Coordenadora Institucional do Pibid e Coordenadora Institucional da Residência Pedagógica.

8h40 – Início das apresentações: apresentação dos trabalhos realizados na escola, por meio dos Programas Pibid e Residência Pedagógica.

10h30 - Avaliação geral.

12h – Encerramento.

Saiba mais sobre o Pibid

O Pibid-Unijuí foi concebido a partir do entendimento de que a constituição do professor se dá em processos de interação e articulação, intencionalmente planejados e desenvolvidos de forma colaborativa e compartilhada, com o necessário reconhecimento e a compreensão do futuro campo profissional e da função social da escola e do professor(a), possibilitando assim mudanças significativas na formação e no exercício profissional. Este Programa objetiva contribuir no processo de constituição docente pela apropriação de conhecimentos de professores e pelo desenvolvimento da autonomia em relação à produção de currículo escolar, que tem como princípio a contextualização e a interdisciplinaridade.

O Programa de Residência Pedagógica objetiva a qualificação/aperfeiçoamento do processo da formação prática nos cursos de licenciatura, promovendo a imersão do licenciando na escola de educação básica, a partir da segunda metade de seu curso. Essa imersão deve contemplar, entre outras atividades, regência de sala de aula e intervenção pedagógica, acompanhadas por um professor da escola com experiência na área de ensino do licenciando e orientada por um docente da sua Instituição Formadora.

A articulação entre Pibid e Residência Pedagógica, aliada ao compromisso assumido pela Unijuí e pelas escolas de Educação Básica integrantes de um ou outro destes dois programas deve assegurar aos futuros professores, o desenvolvimento de habilidades e competências que lhes permitam realizar um ensino de qualidade nas escolas de educação básica. Na Unijuí, estes dois Programas objetivam qualificar o processo de desenvolvimento profissional dos professores que já se encontram em exercício, especialmente aqueles que atuam nas escolas parceiras.


Formação para gestores administrativos discute inovação e o programa Aprimora

                

Nesta quarta-feira estiveram reunidos, no Centro de Eventos do campus Ijuí, gerentes, chefes dos núcleos, secretários-executivos e os encarregados dos setores administrativos da Universidade, que participaram de processo formativo. Para os campi Três Passos, Santa Rosa e Panambi o processo ocorreu por meio de videoconferência.

O objetivo do encontro foi revisar o programa Aprimora, que gere o desenvolvimento profissional dos técnicos-administrativos e de apoio da Instituição. Além disso, o encontro pretendeu proporcionar uma palestra sobre “Inovação e Criatividade”. A programação da formação foi ministrada pelo gerente de Recursos Humanos, Jose Luis Bressam, que trabalhou sobre o Programa Aprimora. Logo após, o gerente de Agência de Inovação e Tecnologia da Unijuí (Agit), Maiquel Silva Kelm, falou sobre inovação.

Segundo Jose Luis Bressam, o momento foi de grande importância para a Instituição, destacando, principalmente, a necessidade de provocar reflexões sobre inovação. “Precisamos inovar e ter criatividade para fazermos mudanças nos processos de trabalho. Por isso, trabalhamos com os gestores, enquanto pessoas que vão ajudar a disseminar essas ideias e essa cultura para dentro dos setores e fazer com que, cada vez mais, a Universidade aperfeiçoe a sua própria gestão”, salientou.

O encontro contou com as contribuições dos participantes, que tiveram espaço para sugestões e opiniões, no intuito de aperfeiçoar os objetivos do processo de formação de gestores da Unijuí.


Atleta paralímpico realiza palestra nesta quarta-feira na Unijuí

A Unijuí estará sediando o evento que integra o Projeto “Conexão de ideias 2019” na próxima quarta-feira, dia 20, às 19h30, no auditório central do Campus Santa Rosa. O tetracampeão mundial de paracanoagem Fernando Fernandes, abordará o tema Motivação e Foco para Superar Limites, que tem como objetivo proporcionar o diálogo, a reflexão social e a troca de saberes com grandes personalidades brasileiras.

O medalhista é um desbravador dos esportes adaptados. No universo paralímpico, consagrou-se tetracampeão mundial, tricampeão pan-americano, tetracampeão Sul-americano e tetracampeão Brasileiro de Paracanoagem. Ex-participante do reality show Big Brother Brasil, atualmente apresenta o quadro “Sobre Rodas” no Esporte Espetacular (Rede Globo) e o “Além dos Limites” (Canal OFF). 

O encontro é promovido pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac e Sindilojas Santa Rosa. Os ingressos estão disponíveis e podem ser obtidos no site www.sesc-rs.com.br/conexaodeideias, por valores entre R$ 30 e R$ 60. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (55) 3512-6044, no site https://www.sesc-rs.com.br/santa_rosa/.


CPA realiza Pesquisa de Imagem da Unijuí com a Comunidade Externa

Com o objetivo de buscar elementos e parâmetros para verificar em que dimensão a Unijuí é avaliada e reconhecida como uma Instituição que promove o desenvolvimento regional, a CPA está realizando a Pesquisa de Imagem da Unijuí até o dia 15/12/2019 com a comunidade externa, que engloba os campi de Ijuí, Panambi, Santa Rosa e Três Passos, por meio do link https://forms.gle/K1DCxuvQcA9DCV7o6. A pesquisa representa um meio de conhecer a percepção da comunidade externa sobre a imagem da Unijuí e sua contribuição para o desenvolvimento regional.

A pesquisa possibilitará elementos de análise do que a Unijuí representa em termos de instituição comunitária e regional que tem o compromisso de, conforme estabelece sua missão: “Formar profissionais com excelência técnica e consciência social crítica, produzindo e difundindo conhecimento para o desenvolvimento da região”.

A pesquisa contribuirá para a Instituição qualificar suas diretrizes de atuação, de acordo com as necessidades e demandas regionais. Os resultados serão publicados no próximo Relatório de Autoavaliação Institucional da Unijuí 2019 e socializados nos meios internos de comunicação, no Informativo da CPA e pela elaboração de artigos para apresentação em eventos científicos.

 


Mestrado e Doutorado: Unijuí oferta diversas possibilidades de intercâmbio

 




“Tudo aquilo que dizem sobre o intercâmbio ser uma experiência que modifica a vida de quem o faz é verdade. Eu não acreditava que fosse tanto assim, mas felizmente é”. A certeza da escolha é da doutoranda do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências da Unijuí, Franciele Rocha, que atualmente está em Osnabrück, Baixa-saxônia, na Alemanha.

Estudante do Stricto Sensu da Unijuí, Franciele integra o Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior, da CAPES. Desde 2014, 20 doutorandos da Unijuí já realizaram um intercâmbio acadêmico no exterior.

A Unijuí possui convênio com diversas Universidades do exterior para a promoção de intercâmbios. Essa é apenas uma das vantagens que os estudantes do Stricto Sensu da Unijuí possuem.

O doutorando Tércio Inácio Jung, por exemplo, pode estudar a teoria do autor Jürgen Habermas em alemão e entender de perto como funciona a Universidade Osnabrück. Ambos fazem parte do seu tema de estudos.

Tércio deixa uma dica de ouro para os interessados na Pós-Graduação Stricto Sensu e no intercâmbio: aprenda inglês. “Até na Alemanha há muitos estudantes que só falam inglês. A maioria das aulas são em inglês e existem cursos de graduação e pós-graduação só em inglês. Além disso, inglês é mais simples do que o alemão e falando inglês pode-se viajar pelo mundo todo”, comenta.

 

Além dos estudantes beneficiados pelo programa da CAPES, um número significativo de estudantes de mestrado e doutorado já participaram de eventos e pesquisas no exterior. No mesmo período em que estudantes da Unijuí embarcaram para o exterior, a Universidade recebeu cerca de 11 estudantes estrangeiros para cursarem seus programas de mestrado e doutorado, além de diversos estudantes e pesquisadores para atividades de curta duração.

Para fazer parte deste universo de descobertas e experiências, a Unijuí está com o processo seletivo aberto para os cursos de mestrado e doutorado. Visite o Portal da Unijuí e conheça todas as ofertas da Universidade. Para saber mais sobre a oferta de intercâmbio visite o Escritório de Relações Internacionais, no Prédio da Biblioteca Mario Osorio Marques.


Cidades Inteligentes é tema do Desafio de Inovação do Campus Santa Rosa


Nos dias, 08 e 09 de novembro, na Unijuí Campus Santa Rosa, foi desenvolvido o Desafio de Inovação.
Neste ano a temática foi “Smart City” Cidades Inteligentes e desafiou as equipes participantes a proporem soluções e pensar ideias dentro do conceito proposto. Além disso, envolveu estudantes do Campus Santa Rosa e Campus Ijuí. 


O desafio tem o objetivo de estimular a criatividade e a inovação por meio de atividades que auxiliem no processo de inovação, possibilitar aos participantes o exercício de sua capacidade de criar, de resolver problemas e encontrar soluções, buscando agregar valor para a sociedade e para a Instituição, por meio das possíveis soluções identificadas e gerando novos negócios.


Foram mais de 20 horas de trabalho em que as cinco equipes participantes, entre eles, estudantes dos cursos de Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Ciência da Computação, Direito e Engenharia de Software desenvolveram soluções e propostas para serem implantadas na região.


Na abertura do desafio o Arquiteto João Gustavo Gambim abordou o tema “Cidades Inteligentes”, onde mostrou as diversas formas e possibilidades de criar soluções para os desafios existentes em nossas cidades e, ao mesmo tempo, fez uma análise e reflexão sobre alguns conceitos e ideias que na prática não funcionam corretamente.

Na etapa em que as equipes tinham a missão de construir uma apresentação para a banca avaliadora, o empresário Marlon Luís Saling trouxe a sua experiência de ter participado de uma rodada de Pitch (apresentação rápida de um produto ou um negócio) em um programa de aceleração de Startups em Porto Alegre e mostrou, ainda, aspectos e informações que são importantes na hora da apresentação para uma banca de avaliadores ou de investidores.


Ao final do Desafio a equipe Circular Mobilidade Urbana, formada por dois estudantes da Engenharia Civil e uma aluna do Direito, foi a vencedora do desafio. A equipe apresentou uma proposta de plataforma integrada de informações do transporte coletivo. Eles levaram como premiação uma vaga na pré-incubação da incubadora Criatec de Santa Rosa e mais um curso de qualificação profissional da Unijuí com 100% de bolsa.


A equipe Shopping Time! formada por estudantes do curso de Ciência da Computação do Campus de Ijuí ficou com o segundo lugar no desafio. A proposta da equipe foi um aplicativo de compras, focado no comércio local. A equipe levou como premiação uma vaga na pré-incubação da Criatec.