COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Giro TV: aplicativo de notícias em vídeo é lançado na Unijuí

                     

Desenvolvido com o objetivo de enriquecer e contribuir com a comunicação regional, o aplicativo Giro TV, fruto de projeto acadêmico de mestrado, foi lançado nesta quarta-feira em evento na Unijuí.

O aplicativo é produto de projeto acadêmico da jornalista Lahis Welter, mestranda em Comunicação e Indústria Criativa da Unipampa, egressa do curso de Jornalismo e da Especialização em Marketing e Comunicação Digital da Unijuí. Ele foi desenvolvido pelo estudante do curso de Ciência da Computação da Unijuí, Edinaldo Gaspar, por meio de uma parceria com o Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (DCEEng).

Participaram do lançamento a idealizadora da ideia, Lahis Welter, o desenvolvedor do produto, o estudante Edinaldo Gaspar, o professor Edson Padoin, coordenador do curso de Ciência da Computação e o professor Maurício Campos, chefe do DCEEng, além de convidados e familiares.

As notícias publicadas serão divididas, inicialmente, em três categorias: “Na estrada”, que abordará assuntos de trânsito, reformas em rodovias, acidentes e bloqueios nas estradas, “De olho no tempo”, que trará atualizações sobre a previsão do tempo e a categoria “Mais informado”, para esclarecer informações sobre serviços à comunidade. As editorias foram definidas através de pesquisa realizada na região de Ijuí e Cruz Alta.

Todas as notícias serão em formato de vídeos curtos, de até 1 minuto e 30 segundos, produzidos por smartphones e dispositivos móveis. O objetivo é integrar outros comunicadores e pessoas da comunidade, proporcionando a possibilidade de que qualquer pessoa possa colaborar com a atualização do aplicativo, enviando vídeos. Após avaliação e edição os vídeos enviados serão publicados no app, com os devidos créditos.

O aplicativo Giro TV não possui nenhum fim lucrativo, é um objeto de estudo que vem a enriquecer a comunicação regional. Inicialmente será disponibilizado de forma gratuita na Play Store, para smartphones com sistema operacional Android.


Formandos avaliam o curso de Matemática da Unijuí

                 

A convite da Coordenação do NDE do curso de Matemática, professora Patricia Spilimbergo, na noite do dia 4 de novembro, a CPA - Comissão Própria de Avaliação desenvolveu um momento avaliativo com os (as) formandos (as) do curso de Matemática. Representaram a Comissão, Magna S. C. Dalla Rosa, coordenadora e a estudante Ana Claudia da Silva.

Neste encontro os (as) formandos (as) tiveram a oportunidade de conversar e relatar sobre o que marcou a trajetória acadêmica durante a formação. Dentre os diferencias do curso evidenciaram a excelência e o comprometimento do quadro de professores para a qualificação do ensino aprendizagem deles. Nas palavras de uma estudante “o acolhimento dos professores, nos aspectos pedagógicos e pessoais foram essenciais para a minha aprendizagem, este é um diferencial do curso”. Outros relatos, “estágios e práticas foram pontos fortes do curso e a orientação dos professores possibilitou a aprendizagem”, “nos sentimos preparados para a atuação na educação, com princípios éticos, empreendedores e humanistas”.

Os (as) formandos (as) fizeram algumas sugestões de questões pontuais que serão encaminhadas à Reitoria, à coordenação do curso e à Chefia do DCEEng para análise e encaminhamentos.

Magna Dalla Rosa, coordenadora da Comissão destacou que estes encontros com os (as) formandos (as) evidenciam o cumprimento da missão institucional de “Formar e qualificar profissionais com excelência técnica e consciência social crítica, capazes de contribuir para a integração e o desenvolvimento da região”. Foi possível reconhecer no olhar de cada estudante o orgulho de fazer parte da UNIJUÍ, e especialmente do curso de Matemática.

Para a estudante Ana Cláudia da Silva, representante dos estudantes na CPA "é muito gratificante participar de encontros com formandos (as), visto que as avaliações são sempre positivas e, no curso de Matemática não foi diferente, pois observei os (as) estudantes concluindo sua graduação com amor e dedicação a sua profissão, evidenciando a nota quatro do curso e da Instituição nas avaliações do MEC e, no Guia Abril, publicado recentemente. 


Representantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes são eleitos

               

Na foto, a Comissão Eleitoral após a apuração dos resultados no Campus Ijuí.
         

Foram eleitos, nesta segunda-feira, dia 03, os representantes da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA, nos Campi Ijuí e Santa Rosa. A votação ocorreu pelo site da Unijuí e foi acompanhada por uma comissão eleitoral.

Em Ijuí, com 94 votos, Angélica Siede será a primeira titular da Comissão, acompanhada de Marivane Valandro (91 votos) e Jéssica Moreira da Cruz (80 votos). Como suplentes, foram classificados Tarso dos Reis Fin (57 votos), Eloi Eduardo Goi (41 votos) e Rafael Metztorf dos Santos (41 votos).

Já em Santa Rosa, Marcos Tres foi eleito como primeiro titular, com 21 votos. Como suplente, assumirá Maidi Sigrid Ericksson Prestes, que fez 20 votos.

A CIPA tem como objetivo a prevenção de acidentes de trabalho e doenças decorrentes, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.


Cursos da Unijuí recebem selo de qualidade do Guia do Estudante da Editora Abril

              

A Unijuí possui ensino de excelência nas mais diversas áreas do conhecimento. Qualidade esta que é reconhecida nas avaliações do Ministério da Educação e de outras iniciativas privadas. Nesta sexta-feira, dia 30 de novembro, um novo reconhecimento foi conferido para diversos cursos de graduação da Instituição, que receberam selo de qualidade do Guia do Estudante da Editora Abril.

Dos cursos ofertados pela Instituição, 32 receberam o selo de qualidade. São cursos ofertados nos quatro Campi da Unijuí – Ijuí, Santa Rosa, Panambi e Três Passos – sendo que sete dos cursos receberam 4 estrelas, em uma escala de 1 a 5. O Guia, uma importante fonte de pesquisa e auxílio na escolha profissional, que circula em todo o Brasil, estará disponível nas bancas em breve.

Segundo a Reitora da Unijuí, professora Cátia Maria Nehring, é mais uma avaliação que referenda o padrão de qualidade dos cursos de graduação da Universidade. “A avaliação que considera o projeto dos cursos, a qualificação dos docentes e a infraestrutura, mostra que fazer um curso de graduação em uma Universidade completa como a Unijuí, traz outras possibilidades para além da sala de aula e dos laboratórios. A vivência em pesquisa, atividades de extensão, cultura e intercâmbio também são realidades que proporcionam um diferencial formativo da Unijuí”, avalia.

A avaliação dos cursos pelo Guia do Estudante é feita a partir de pareceristas convidados que respondem a um questionário com informações a respeito do curso (atividades pedagógicas, práticas educativas, diferenciais formativos, carga horária); dos discentes (envolvimento em projetos de pesquisa, de extensão e de serviços à comunidade); dos docentes (carga horária, titulação, publicação, projetos de pesquisa e de extensão); e da infraestrutura.

Confira a lista dos cursos que receberam o selo de qualidade


Aplicativo de notícias em vídeo será lançado na Unijuí

Egressa do curso de Jornalismo da Universidade e estudante do curso de Ciências da Computação desenvolvem app de jornalismo audiovisual para região noroeste

                 

O aplicativo Giro TV é produto de um projeto acadêmico da jornalista Lahis Welter, mestranda em Comunicação e indústria criativa da Unipampa. A egressa do curso de jornalismo e da especialização em Marketing e Comunicação Digital da Unijuí iniciou os estudos teóricos sobre jornalismo móvel durante a pós-graduação oferecida pela universidade. Neste ano, ao ingressar no mestrado, em São Borja, começou a colocar em prática as pesquisas realizadas

O aplicativo foi desenvolvido em parceria com o curso de ciências da computação, através do DCEENG, Departamento de Ciências Exatas e Engenharias da UNIJUÍ. O aluno Edinaldo Gaspar realizou toda a programação do aplicativo, a partir das definições, decididas após pesquisas, pela mestranda Lahis Welter.

As notícias publicadas serão divididas, inicialmente, em três categorias: “Na estrada” que abordará assuntos como trânsito, reformas em rodovias, acidentes e bloqueios nas estradas, “De olho no tempo” que trará atualizações sobre a previsão do tempo e “Mais informado” para esclarecer informações sobre serviços à comunidade. As editorias foram definidas através de pesquisa realizada na região de Ijuí e Cruz Alta.

Todas as notícias serão em formato de vídeos curtos, de até 1 minuto e 30 segundos, produzidos através de smartphones e dispositivos móveis. O objetivo é integrar outros comunicadores e pessoas da comunidade, proporcionando a possibilidade de que qualquer pessoa possa colaborar com a atualização do aplicativo, enviando vídeos. Após avaliação e edição os vídeos enviados serão publicados no app, com os devidos créditos.

O app Giro TV não possui nenhum fim lucrativo, é um objeto de estudo que vem a enriquecer a comunicação regional. Inicialmente será disponibilizado de forma gratuita na Play Store, para smartphones com sistema operacional Android. O lançamento será realizado no dia 5 de dezembro, quarta-feira, às 18h30 no hall do prédio da biblioteca da UNIJUÍ.


Unijuí seleciona empreendedor para desenvolver as atividades produtivas do Polo Oleoquímico em Três Passos

                

A Instituição torna público para conhecimento dos interessados processo de licitação para selecionar um empreendedor para firmar contrato de exploração industrial e comercial de produtos derivados da cadeia produtiva de plantas aromáticas, condimentares e medicinais, envolvendo a Cessão de Uso Remunerado de Bens Móveis e de Bem Imóvel de parte da estrutura do POLO OLEOQUÍMICO, de propriedade da FIDENE, situada na cidade de Três Passos/RS.

O empreendedor deverá compartilhar a estrutura industrial para o desenvolvimento pesquisa científica de novos produtos e de transferência de tecnologia nesta área, bem como, para o desenvolvimento de atividades de estágios, de ensino e de extensão universitária da FIDENE/UNIJUÍ.

O selecionado deverá também participar de uma Incubação Externa de Empresas da Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica UNIJUÍ - CRIATEC – CAMPUS IJUÍ.

Os interessados podem acessar o Edital pelo link www.unijui.edu.br/extensao/editais ou obtê-lo, de forma impressa, na Agência de Inovação e Tecnologia – AGIT da UNIJUÍ, situada no Campus Ijuí da UNIJUÍ, com pagamento de R$ 10. No dia 18 de dezembro haverá visita às instalações, com participação dos interessados previamente agendada.

De acordo com o edital, não poderão participar desta licitação as empresas: a) em consórcio, qualquer que seja a sua forma de constituição; b) estrangeiras ou sociedades ou pessoas estrangeiras; c) em processo de recuperação judicial ou de falência, sob concurso de credores, em dissolução ou em liquidação; d) que tenham sido declaradas inidôneas para licitar, enquanto perdurarem os motivos determinantes e os efeitos da punição ou até que seja promovida a reabilitação; e) que estejam com o direito de licitar e contratar com a FIDENE/UNIJUÍ suspenso ou impedidas de licitar e contratar com a Fundação.

A participação neste processo licitatório dar-se-á exclusivamente presencial, com o encaminhamento da habilitação e das propostas que ocorrerá a partir do dia 11 de fevereiro, até o dia 20 de fevereiro de 2019. 

E a documentação de Habilitação (ENVELOPE 1) e da Proposta do empreendimento (ENVELOPE 2) deverá ser entregue conjuntamente, pelo Empreendedor interessado, na Agência de Inovação e Tecnologia - AGIT da UNIJUÍ, no Campus Ijuí da UNIJUÍ, podendo ser de segunda-feira à sexta-feira, no período da manhã, no horário das 8 horas às 11h30min, e no período da tarde, das 13h30min às 17 horas. 

Confira o edital completo em www.unijui.edu.br/extensao/editais.

Baixe o edital de forma direta em: http://bit.ly/EditalPoloOleoquimico


“Amanhã” e “Nem que a Vaca Tussa”, serão exibidos no Museu Antropológico Diretor Pestana

O Museu Antropológico Diretor Pestana – MADP e a Associação Ijuiense de Proteção ao Ambiente Natural - AIPAN, com o apoio do Sinpro Noroeste e o SindiComerciários Ijuí promovem durante todo o ano, o CINE AIPAN, através da exibição de filmes com temática socioambiental. Os filmes são exibidos, gratuitamente, às 19h30min, no Auditório do Museu.

Confira os filmes que serão exibidos em dezembro de 2018:

05 de dezembro (quarta-feira): “Amanhã”

Sinopse: Há no mundo um modo melhor de viver? Este documentário tenta mostrar pessoas soluções para os maiores problemas de sustentabilidade, problemas que poderão levar a um futuro catastrófico. Tudo com uma perspectiva optimista.

Tempo de duração: 118min

 

07 de dezembro (sexta-feira): “Nem que a Vaca Tussa”

Sinopse: No Velho Oeste, um trio de vacas querem salvar a fazenda "Pedacinho do Céu", onde elas vivem, antes que a fazenda seja leiloada. Para isso, querem capturar um ladrão de gado, a fim de conseguir dinheiro para salvar sua fazenda.

Tempo de duração: 76 min

Participe!

Traga toda sua família para um momento de informação, cultura e lazer.

 

Museu Antropológico Diretor Pestana - MADP

Rua Germano Gressler, 96, Bairro São Geraldo (ao lado da Sede Acadêmica da UNIJUÍ)

Mais informações: telefone (55) 3332-0257 / e-mail: madp@unijui.edu.br


Fórum marca os 15 anos de atuação da Rede Leite na região

                     

Para marcar os 15 anos de atuação da Rede Leite na região, foi realizado, na Unijuí, o 4º Fórum da Rede. A programação reuniu, no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, no Campus Ijuí, as entidades que integram a iniciativa para discussões. O objetivo foi mostrar os resultados alcançados durante o período, o impacto da Rede Leite na melhoria do meio ambiente, nas relações sociais e na renda das famílias. 

Após a abertura oficial, a programação iniciou com o painel “Como a Rede Leite fortalece o trabalho dos agricultores, dos extensionistas, dos professores e dos pesquisadores”. Logo após, ainda no turno da manhã, foi realizado o segundo painel, intitulado “Impactos positivos gerados na Agricultura Familiar: perspectiva social; ambiental e de alimentação animal; qualidade do leite e sanidade animal; econômica e de mercado”. No turno da tarde ocorreu uma dinâmica de trabalho em grupos para a discussão de prioridades e ações para o futuro da Rede e, por fim, a apresentação dessas discussões.

Segundo o professor do Departamento de Estudos Agrários da Unijuí (DEAG) e integrante da Rede, Roberto Carbonera, um dos aspectos discutidos foi a projeção sobre o futuro da Rede. “Já estamos trabalhando na renovação do convênio entre as instituições parceiras. Além disso, foi tratado de perspectivas de Projetos entre essas Instituições, para alavancar recursos e desenvolver projetos na região”, observa.

Mais sobre a Rede Leite

A Rede Leite, Programa em Rede de Pesquisa-desenvolvimento em Sistemas de Produção com Atividade Leiteira no Noroeste do RS, conta, atualmente, com a participação formal das seguintes instituições: Emater/RS-Ascar, Embrapa, Universidade de Cruz Alta (Unicruz), Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí), Instituto Federal Farroupilha campus Santo Augusto, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Cooperfamiliar e Rede Dalacto.


FIDENE recebe o Prêmio de Responsabilidade Social pelo terceiro ano consecutivo

                   

O compromisso da FIDENE com o desenvolvimento da região é reconhecido e certificado pelo Parlamento Gaúcho. Pelo terceiro ano consecutivo, fato inédito, a Fundação recebeu o Prêmio de Responsabilidade Social referente ao Balanço Social de 2017, divulgado no início de outubro. Para a premiação na categoria, são reconhecidos projetos voltados ao bem-estar social e à preservação do meio ambiente.

A premiação aconteceu na noite desta quarta-feira, 28, no teatro Dante Barone, em Porto Alegre. Representaram a FIDENE na ocasião, o gerente de Marketing, Giancarlo Bottega, a coordenadora do Balanço Social, Roselaine Beatriz Seibert Jung e a jornalista Paola Brocardo Guimarães. O Prêmio é uma promoção do Parlamento Gaúcho, em uma parceria da Assembleia Legislativa do Estado com a sociedade civil. “Esse prêmio demostra o compromissso da Instituição com a sociedade a partir das suas quatro mantidas – Unijuí, EFA, Museu Antropológico Diretor Pestana e a Rádio Unijuí FM – que é desenvolver a região Noroeste do Estado por meio da educação”, observou Gian ao receber a premiação.

Esta é a quarta vez que a FIDENE recebe o Troféu Responsabilidade Social - Destaque RS, sendo que, neste ano de 2018, foi pela terceira vez de forma consecutiva. Para a presidente da FIDENE, professora Cátia Nehring, "esta premiação  materializa a responsabilidade social realizada pela instituição, a partir de suas ações no ensino, pesquisa, extensão, cultura e gestão. É um prêmio que é de toda comunidade da FIDENE, pois é fruto do trabalho de cada pessoa que faz esta instituição, desenvolvendo a região pela educação”, avalia.

                 

Sobre o prêmio

Instituições de diversas categorias protocolam o Balanço Social, documento produzido anualmente, para concorrerem ao prêmio. A comissão do Prêmio se baseia nele para conceder a premiação. As instituições que atingem um índice estabelecido, ganham o certificado. Dentro destes certificados, 20% dos melhores índices ganham a medalha. E, a que teve melhor desempenho, ganha o troféu, que é o caso da FIDENE. A Fundação desde 2001 atinge o índice necessário para receber o certificado, tendo ganho em 2015 a medalha e em 2006, 2016 e 2017 a premiação máxima. Em 2018 receberá pela terceira vez consecutiva, fato inédito na premiação.

O prêmio é organizado por uma Comissão Mista, atualmente formada por representantes de 14 entidades: Associação dos Dirigentes Cristãos de Empresas (ADCE), Associação Riograndense de Imprensa (ARI), Conselho Regional de Administração do RS (CRA/RS), Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRC/RS), Federação das Associações Comerciais e de Serviços do Rio Grande do Sul - (Federasul), Federação das Associações dos Municípios do RS (FAMURS), Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), Federação do Comércio de Bens e de Serviços (Fecomérico), Observatório de Responsabilidade Social das Universidades Brasileiras (ORSUB), Organização Parceiros Voluntários (OPV), Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP), Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Social do Comércio (Sesc) e Sindicato e Organização das Cooperativas RS-OCERGS/SESCOOP.


Unijuí promove Formação Continuada de Gestores Acadêmicos sobre novo marco regulatório do Ensino Superior

                

Nesta terça-feira, dia 27, no turno da tarde, no Centro de Eventos, foi realizado o terceiro módulo do Programa de Formação Continuada de Docentes Unijuí 2018 - Subprograma Formação para Gestores “construindo entendimentos e encaminhamentos a partir do instrumento de avaliação institucional externa - recredenciamento institucional”. Este módulo contou com a participação de chefes de departamento, pró-reitores de campi, membros da Comissão Própria de Avaliação, coordenadores de curso de Graduação, de Pós-Graduação Stricto Sensu e dos Núcleos de Pesquisa e de Extensão e Cultura.

O evento teve o objetivo de discutir os “Desafios dos Processos Avaliativos da Educação Superior”, em especial, proporcionar a compreensão e apropriação das novas regulamentações do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior - Sinaes e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Capes.

A professora Cristina Pozzobon, Vice-Reitora de Graduação, coordenou as atividades. Em sua fala destacou que a formação continuada se organizou em três módulos, cada um deles foi definido considerando públicos específicos. No dia 14 de setembro se desenvolveu o primeiro módulo “Alterações e perspectivas a partir dos instrumentos de avaliação do INEP/MEC”. O módulo 2 se desenvolveu no formato Oficinas com o tema “Entendendo os instrumentos de avaliação - reconhecimento e renovação de reconhecimento”.

Assim, procedeu a síntese dos indicativos dos módulos I e II já desenvolvidos e encaminhou-se as atividades em grupos de trabalho para discussão do Instrumento de Avaliação Externa, distribuídos entre os cinco eixos. Cada grupo discutiu as evidências do indicador e quais devem ser construídas para alcançar o conceito 5, bem como o que é inovação e quais as sugestões de inovação em cada indicador. E, na sequência, cada grupo fez um relato de suas reflexões evidenciando o que as modificações propostas na legislação indicam ou apontam como necessidade para revisão de políticas, fluxos e procedimentos no curso, no departamento e na Universidade.

A Vice-Reitora de Graduação encerrou as atividades agradecendo a presença dos gestores e membros da CPA avaliando como positivo o evento realizado em três módulos, uma vez que, na sua leitura, atendeu o objetivo de compreensão e apropriação das novas regulamentações do MEC/Capes pelos gestores para a constante qualificação dos cursos de graduação e lato e stricto sensu, dos departamentos e da UNIJUÍ, evidenciando as responsabilidades dos gestores e encaminhamentos necessários, desafio este que se impõe à toda comunidade acadêmica.