Institucional - Unijuí

COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Debate sobre “Empreendedorismo na Gestão Pública” abre Semana Acadêmica de Administração e Ciências Contábeis

Na noite desta terça-feira, 10 de maio, foi aberta a Semana Acadêmica dos cursos de Administração e Ciências Contábeis da Unijuí, junto ao Centro de Eventos da Universidade. O evento segue até esta quinta-feira, 12 de maio, com palestras e workshop ao público.

Abrindo a programação, foi realizada uma mesa redonda sobre Empreendedorismo na Gestão Pública, com a presença do prefeito de Panambi, Daniel Hinnah, vencedor do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor na categoria Cidade Empreendedora com DNA Empreendedor; o prefeito de Ijuí, Andrei Cossetin; o prefeito de Santa Rosa, Anderson Mantei; e o prefeito de Chiapetta, Éder Poth - todos participantes e finalistas do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor.

Segundo a professora Fernanda Pasqualini, coordenadora do curso de Administração nos campi de Ijuí, Santa Rosa e Panambi, a noite foi organizada a partir de discussões realizadas com professores e colegas sobre a importância de se pensar o empreendedorismo na vida pública. “Nesta noite, nosso objetivo é não só ensinar, mas inspirar nossos estudantes para que tenham um olhar para diferentes áreas de atuação e para que realmente queiram agir pensando em transformar o mundo”, afirmou, ao realizar a saudação inicial ao lado do coordenador do curso de Ciências Contábeis, professor Marcelo Didoné.

O evento contou com a presença da reitora, professora Cátia Maria Nehring; da vice-reitora de Graduação, professora Fabiana Fachinetto; do vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Fernando Jaime González;  e do vice-reitor de Administração, professor Dieter Siedenberg.

“Os organizadores foram felizes em propor este evento, com a presença de quatro gestores que têm muitas experiências a compartilhar. Tivemos a oportunidade de compreender como eles agem cotidianamente para transformar a realidade de suas comunidades, a partir de uma gestão pública eficaz e eficiente”, destacou a reitora, professora Cátia Maria Nehring, lembrando que os quatros prefeitos mostram que é possível empreender no setor público. E afirma que, para que o empreendedorismo aconteça, são necessárias pelo menos três características do gestor: estar alerta às oportunidades; ter a habilidade de tomar decisões em momentos de incerteza; e inovar de forma ousada, criativa e responsável.

Programação

A Semana Acadêmica segue nesta quarta-feira, dia 11, às 19h30, com a palestra "Contabilidade sem fronteiras: gestão de negócios internacionais", no Centro de Eventos, a cargo de Caroline Keidann Soschinski, graduada em Ciências Contábeis pela Unijuí e mestre em Ciências Contábeis pela FURB; Fábio Aurélio Fengler, TI na empresa ISCA Tecnologias; e Roseli Cristina Kepler, supervisora contábil da Bruning. 

No mesmo horário, na sala Sala Conceito - C 6/7, será realizado o workshop Pensando Fora da Caixa com Lego Serious Play. O facilitador será Nedisson Luis Gessi, doutor em Desenvolvimento Regional e facilitador Lego® Serious Play®. A atividade é exclusiva para  acadêmicos de Administração e as vagas são limitadas. 

Encerrando, no dia 12, às 19h30, no Centro de Eventos, acontece a palestra "Metaverso e Inteligência Artificial e implicações na gestão". Será palestrante o professor doutor Edson Padoin, coordenador dos cursos de Ciência da Computação e Engenharia de Software da Unijuí.

 


Com tutoras norte-americanas, Clube de Conversação dá partida em suas atividades

Na tarde desta terça-feira, 10 de maio, o English Conversation Club foi formalizado. A reunião ocorreu na Reitoria da Unijuí e marcou o início das atividades do grupo que visa dar suporte aos acadêmicos que desejam se tornar fluentes na língua inglesa. 

O encontro contou com a presença do vice-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Fernando Jaime González; os professores do curso de Letras: Português e Inglês, Anderson Amaral de Oliveira, Fabiana Diniz Kurtz da Silva e Taíse Neves Possani; além das norte-americanas Krista Arellano e Nicole Bedoya, que se tornaram English Teaching Assistant (ETA) por meio do Programa Fulbright.

Os encontros do grupo ocorrem nas segundas-feiras, das 18h às 19h30, de forma online, e nas quartas-feiras, das 17h às 19h30, presencialmente no Escritório de Relações Internacionais. As intercambistas serão as responsáveis pela coordenação do grupo, bem como pelo apoio ao processo de conversação entre os participantes.

O Clube é destinado a toda comunidade da Unijuí e não possui restrições quanto ao nível de fluência. De acordo com o professor Anderson, as intercambistas já vêm colaborando muito com o ensino da língua inglesa. “Krista e Nicole vêm participando muito das ações do Laboratório de Ensino de Línguas (Lelu) e agora propuseram e irão realizar as atividades do grupo de conversação,” afirmou.

Para participar do English Conversation Club basta entrar em contato com o Lelu, através do e-mail lelu@unijui.edu.br ou diretamente com as tutoras pelos e-mails nicole.bedoya@unijui.edu.br ou krista.arellano@unijui.edu.br

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí


Qualificação em Gestão de Vendas apresenta ferramentas para profissionalização da área

Um dos principais aspectos para o sucesso de uma empresa é saber vender. Entretanto, a área de vendas vai muito além do que aprender técnicas e métodos para o fechamento de pedidos, como os participantes poderão conferir na qualificação profissional em Gestão de Vendas, ofertada pela Unijuí na modalidade Ensino a Distância (EaD). As inscrições estão abertas e podem ser realizadas em unijui.edu.br/educacaocontinuada

A qualificação profissional busca relacionar a análise de cenários e o gerenciamento de equipe de vendas com os passos necessários para o desenvolvimento dos processos de transações, tanto no meio físico quanto no digital. 

Além disso, o curso apresenta detalhadamente informações fundamentais para a otimização e profissionalização da área de vendas de uma empresa, combinando noções, conceitos e exemplos que auxiliam a colocar em prática os conhecimentos obtidos. Dessa forma, são abertas diversas possibilidades para o crescimento das vendas, elevando o prestígio da empresa e profissionalizando os processos.

O curso é destinado a profissionais de marketing, empresários, profissionais liberais, executivos de organizações, gerentes e líderes de equipes. O curso também auxilia na análise de mercado dos demais profissionais, como designers, jornalistas, publicitários, contadores, economistas e demais interessados na temática.

Para mais informações sobre o curso, basta contatar a Unidade de Educação Continuada pelo e-mail educacaocontinuada@unijui.edu.br

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí 


Projeto Movimenta recebe cerca de 70 estudantes para ações de saúde na escola

Nos último mês, na cidade de Santa Rosa, foi implementado o Projeto Movimenta – Programa de Educação em Saúde para o Estilo de Vida Ativo de Escolares, resultado de uma pareceria entre o Laboratório de Atividade Física e Promoção da Saúde da Unijuí - campus Santa Rosa, Residência Multiprofissional em Saúde da Família da Unijuí e a Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa – Fumssar. 

O projeto tem como objetivo contribuir com o desenvolvimento integral de estudantes, buscando a promoção da saúde e a qualidade de vida, em especial daqueles que apresentam excesso de peso e obesidade. A proposta visa auxiliar nas ações do Programa Saúde na Escola, principalmente as relacionadas com a educação para uma alimentação saudável e a promoção do estilo de vida ativo.

Para isso, os alunos são encaminhados até o campus da Unijuí duas vezes na semana, onde participam de oficinas de práticas corporais, alimentação saudável e saúde mental, sendo recebidos por uma equipe multiprofissional. Para ingressar no projeto, os estudantes passam por uma avaliação físico-funcional e precisam ter a autorização de seus pais ou responsáveis.

O projeto ainda conta com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, que disponibilizou o transporte escolar aos participantes. 

 Segundo a coordenadora do projeto, professora Moane Marchesan Krug, a proposta é inovadora e tem grandes chances de se efetivar como a linha de cuidado para a criança e o adolescente no município de Santa Rosa. “Criar espaços que, além de incentivar, proporcionem práticas corporais e ações de educação em saúde são muito necessários quando buscamos o engajamento da população”, disse. Ela ainda relata que a participação da comunidade escolar - pais, professores e diretoras - fortalece ainda mais essa ação e auxilia na construção de algo que faça sentido para os usuários.


Unijuí integrou o Ciclo Turistando por Ijuí, no sábado

A Unijuí fez parte, na tarde do último sábado, 7 de maio, do Ciclo Turistando por Ijuí, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo. A atividade contou com uma pedalada pelos principais pontos turísticos da cidade, sendo o campus da Universidade o local de concentração dos ciclistas e saída do percurso.

“Ficamos felizes por ter tantos inscritos. A nossa ideia não era só fazer um passeio. Considerando que neste domingo comemoramos o Dia Nacional do Turismo, organizamos este pedal pelos principais atrativos turísticos do município, a maioria de cunho cultural, para que os participantes entendam por que Ijuí recebeu o título de Capital Nacional das Etnias e, mais recentemente, o de Capital Internacional das Etnias da América”, explicou a turismóloga da Secretaria Municipal, Bianca Caneppele.

Secretária da Reitoria da Unijuí, Denise Graciela Dobler da Rosa falou sobre a satisfação da Universidade fazer parte do roteiro turístico e parabenizou a Secretaria Municipal pela iniciativa de proporcionar, por meio do ciclismo, a união entre a prática esportiva, o lazer e a cultura. Denise fez um resgate histórico da Unijuí, lembrando que, neste ano, a Instituição completa 65 anos, sem deixar de qualificar a sua estrutura e a oferta de cursos de graduação nas modalidades presencial e ensino a distância; pós-graduação lato e stricto sensu; além de cursos de qualificação. 

Partindo da Unijuí, os ciclistas passaram pelo Museu Antropológico Diretor Pestana (Madp), Estação de Cultura e Lazer, CTG Clube Farroupilha e Praça dos Imigrantes, com retorno à Praça da República, onde participaram de atividades.


EaD Unijuí: Polo Rio Grande promove live a estudantes do Ensino Médio

O coordenador dos cursos de Educação a Distância (EaD) da Unijuí, professor Luciano Zamberlan, participou na noite desta quinta-feira, 6 de maio, de uma live direcionada aos estudantes do Ensino Médio de Rio Grande. A atividade foi realizada em parceria com o Colégio Alternativo, parceiro na implantação do Polo EaD Unijuí na cidade.

Zamberlan apresentou dados do Ensino Superior no País, que vem ampliando o número de estudantes desde 2010, conforme dados do Censo da Educação Superior 2020, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e Ministério da Educação (MEC). Em 2010, eram mais de 6,4 milhões de estudantes matriculados em cursos, enquanto que em 2020 o número passou de 8,6 milhões.

O que também vem numa crescente é o número de pessoas que têm optado pela modalidade EaD, conforme apontou o professor. De acordo com o Censo, dos mais de 3,7 milhões de ingressantes no Ensino Superior de 2020 (instituições públicas e privadas), mais de 2 milhões (53,4%) optaram por cursos a distância e 1,7 milhão (46,6%) pelos presenciais. Nos últimos 10 anos, o número de matrículas em cursos presenciais diminuiu 13,9%, enquanto que nos cursos EAD aumentou 428,2%.

“A Unijuí, além de toda a sua trajetória de 65 anos de ensino, possui alguns diferenciais no EaD. As aulas são totalmente a distância, devendo o aluno comparecer no polo somente para a realização da avaliação final. A modalidade é flexível e os cursos contam com mensalidades acessíveis, com inovação, interação, inclusão e protagonismo do aluno. Ao final do curso, o estudante ainda saí com um diploma Unijuí, que tem o mesmo peso de um curso presencial”, reforçou o professor. 

A Unijuí, como completou Zamberlan, oferta vagas nos cursos de bacharelado em Administração, Ciências Contábeis e Educação Física; licenciatura em Educação Física, História, Letras: Português e Pedagogia; e de tecnologia em Gestão Comercial, Gestão da Qualidade, Gestão de Micro e Pequenas Empresas, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística, Marketing e Processos Gerenciais. 

A live teve sequência com a fala do professor Rodrigo Lopes, do Colégio Alternativo, com dicas para a redação do vestibular.




Loja Editora Unijuí reabre suas portas

O período pandêmico trouxe restrições e, por consequência, modificações na prestação de diversos serviços. Após dois anos, porém, os processos voltam à normalidade. Na segunda-feira, dia 2 de maio, a loja Editora Unijuí, que vinha realizando vendas sob demanda, retomou seus horários fixos de atendimento. A partir desta semana, a livraria, que comercializa obras produzidas pela editora da universidade, além de produtos institucionais, estará aberta de segunda a sexta-feira, das 13h30 às 17h. 

De acordo com a diretora administrativa da editora, Márcia Almeida, este é mais um passo para o estabelecimento de um relacionamento sólido com o público leitor. “A reabertura da loja está nos proporcionando a retomada de um importante ponto de contato, a partir do acolhimento e da oferta de obras e produtos institucionais que fortalecem os laços com a comunidade acadêmica e em geral”, destaca. 

A Editora Unijuí, fundada em 1985, tem por objetivo fomentar a produção intelectual dos professores da Unijuí e de outras instituições de Ensino Superior, por meio da publicação de livros e revistas científicas. Conta com 22 coleções em diversas áreas do conhecimento, somando mais de 400 livros ativos em estoque, que podem ser adquiridos através do site editoraunijui.com.br e, desde 2017, na livraria da editora no campus da Unijuí - Ijuí. Os títulos são vendidos, ainda, por distribuidores e livrarias físicas e virtuais espalhados pelas diversas regiões do país. 

Daiana Dal Ros - Comunicação/Editora Unijuí





Resultados da avaliação aplicada na rede municipal de ensino de Ijuí são socializados com professores e diretores

Diretores, secretários e professores da rede municipal de ensino de Ijuí participaram nesta sexta-feira, 6 de maio, da apresentação dos resultados do Sistema de Avaliação Municipal da Educação Básica (Same), criado para traçar um raio-x da educação no Ensino Fundamental durante o período de pandemia, mais precisamente dos anos de 2020 e 2021. A Universidade, por meio da Agência de Inovação Tecnológica (Agit) e do Escritório de Relações Universidade-Comunidade, foi escolhida para executar, aplicar e compilar os dados da avaliação de vários municípios, onde os secretários municipais de Educação decidiram entender o impacto da pandemia na aprendizagem dos alunos.

A apresentação foi realizada no Centro de Eventos e contou com a presença da reitora, professora Cátia Maria Nehring. Coordenadora do projeto, a professora destacou que a Unijuí foi desafiada a organizar e executar o processo de avaliação, a partir da procura dos secretários municipais de educação que estavam diante de um problema real, de impactos nos processos de ensino e aprendizagem em decorrência da pandemia. “Uma legislação federal determinava que os municípios e estados deveriam fazer uma sondagem diagnóstica, a fim de conseguir enfrentar o déficit de aprendizagem. Assumimos o desafio, organizamos a aplicação das provas, fizemos a correção e a organização de dois relatórios: um relatório parcial foi entregue no mês de dezembro e o final no mês de março. Agora, socializamos os resultados com os professores”, explicou.

Aos profissionais, foi apresentada a plataforma Same, que reúne dados de forma interativa e comparativos, para que possam reorganizar o seu planejamento. A avaliação diagnóstica da rede municipal de Ijuí foi aplicada em novembro de 2021, para alunos do 2º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, nas áreas de Matemática e Língua Portuguesa. 

“Essa avaliação é de extrema importância, porque vai nortear todas as nossas ações e estratégias, pensando nas lacunas que temos. A pandemia repercutiu muito na área da educação. Em 19 de março de 2021, quando tivemos a suspensão das aulas, imediatamente pensamos em uma forma de manter o vínculo do aluno com a escola. Mas, por mais que houvesse um grande movimento, esforço e investimento nas redes de ensino, a presencialidade ainda é muito importante no processo de ensino e aprendizagem. Tivemos 20 meses de dificuldades e prejuízos na área. Por isso é importante termos essa avaliação, para podermos traçar um plano de ação”, explicou o secretário municipal de Educação, Cláudio de Souza, que participou do evento de apresentação.

O secretário parabenizou a Unijuí pelo trabalho de ter respondido não só ao município de Ijuí, mas outras redes de ensino da região. “Já sabemos, pelos resultados apresentados, que teremos que ser cirúrgicos em algumas escolas, enquanto que em outras teremos que elaborar um plano de ação para 2023, 2024. É um trabalho a longo prazo. Lembrando que precisamos ter uma atenção especial aos anos de saída, como a transição do bloco de alfabetização, 1º, 2º e 3º Anos para o 4º Ano do Ensino Fundamental, e do 9º Ano para o Ensino Médio”, reforçou Cláudio. 


Estudantes da área da saúde qualificam seus Projetos Integradores

Acadêmicos dos cursos de Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia e Nutrição qualificaram seus trabalhos na disciplina de Projeto Integrador I: Ser Biológico e Social. Essa etapa foi realizada junto aos professores dos cursos com intuito de ampliar o referencial teórico, objetivos e metodologia dos projetos.

A disciplina de Projeto Integrador é um dos componentes curriculares presente desde o primeiro semestre da Graduação Mais da Unijuí. Essa é a oportunidade de os estudantes utilizarem os conteúdos vistos em outras disciplinas para desenvolver soluções para desafios reais apresentados pela comunidade. 

Dessa vez, o desafio foi encaminhado pelo Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest). Os estudantes tiveram que pensar formas de como contribuir para melhorar as condições de vida e saúde de diferentes grupos de trabalhadores do Cerest Missões Ijuí, considerando que ter saúde ou adoecer é o resultado das interações entre os fatores socioambientais e biológicos. Cada grupo ficou responsável por encontrar formas de otimizar o padrão de vida de uma equipe de trabalhadores.

Estiveram presentes, buscando orientar os acadêmicos, as professoras Adriane Huth, Bruna Comparsi, Eilamaria Libardoni Vieira, Marilei Uécker Pletsch e o professor Eduardo Matias dos Santos Steidl. O Cerest também se fez presente através de mentoras que ajudaram os estudantes nos projetos:  Elizabete Trevisan,  Luciane Sarturi Antes e Graciele Jagmin.

De acordo com a professora Eilamaria, os mentores do Cerest colaboraram na construção do projeto, trazendo a realidade da saúde dos trabalhadores que os estudantes estão analisando, para  depois propor a solução do desafio. “Eles qualificam o processo pois têm experiência na área de saúde do trabalhador e auxiliam na transposição da teoria com a prática em equipes de saúde”, salienta.

Foram apresentados seis trabalhos que abordaram as seguintes profissões: agentes comunitários de saúde, motoboys, frentistas, enfermeiros, colaboradores da urgência e emergência (Samu) e técnicos em enfermagem. “A partir de agora as equipes de estudantes irão fazer um diagnóstico social e biológico para desenvolver ações de saúde pensadas no projeto recém-aprovado pela comissão”, finaliza Eilamaria.

 Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí


Direto da Fenasoja, Rizoma Temático debate a relevância da feira para os negócios regionais

O Rizoma Temático desta semana foi um pouco diferente. Desta vez, o programa deixou o o estúdio da Rádio Unijuí FM e realizou o debate diretamente da Feira Nacional da Soja (Fenasoja), em Santa Rosa. A feira é vista como um dos principais agentes de desenvolvimento da região, pois exerce papel de liderança, fomentando negócios, pesquisa e inovação.

A temática “Fenasoja: negócios e empreendedorismo regional” foi discutida entre os convidados: prefeito de Santa Rosa, Anderson Mantei; presidente de honra da Fenasoja 2022, Nilson Guidolin; presidente da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócios de Santa Rosa (Acisap), Lídia Linck Lagemann; e o coordenador do campus Santa Rosa da Unijuí, Marcos Paulo Scherer. 

De acordo com o prefeito Anderson Mantei, a feira acontece graças à população trabalhadora santa-rosense que vem buscando realizar um evento que reflete o progresso do município. “É a dedicação de 4 anos de muitos voluntários que fizeram acontecer a feira e hoje temos uma demonstração cabal do que é e como se faz o desenvolvimento econômico”, afirmou.

A presidente da Acisap, Lídia Linck Lagemann, garantiu que desde a fundação de Santa Rosa seu povo vem agindo de forma comunitária e interativa em prol do desenvolvimento. Foi com esse intuito que meses após a emancipação que um grupo de empresários fundou a Associação. “O que estamos fazendo é nos esforçamos muito para manter esse nível, oportunizando a potencialização de empresas e criando uma espiral positiva de desenvolvimento”, destacou.

Faltando pouco mais de um mês para completar 32 anos junto ao povo santa-rosense, a Unijuí possui, a partir da educação, papel fundamental no crescimento econômico da cidade. “Nossos professores possuem dezenas de projetos de extensão e de pesquisa atuando em Santa Rosa e isso é atuar diretamente com a comunidade. Além disso, a Unijuí quer ser parceira do município em todos os projetos que conseguirmos juntos alcançar”, complementou o coordenador do campus, Marcos Paulo Scherer. 

Gabriel R. Jaskulski, acadêmico de Jornalismo da Unijuí