COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Especial: Campus Santa Rosa completa 28 anos de atividades na área do Ensino

O dia 06 de junho de 1990 tornou-se uma data especial para a Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (UNIJUÍ). A data marcou a instalação do Campus Santa Rosa. Hoje, o Campus está completando 28 anos de atividades na área do Ensino Superior, com ações de pesquisa, extensão e participando ativamente do desenvolvimento da Região Fronteira Noroeste do Estado Rio Grande do Sul.

Os serviços disponibilizados para a comunidade compreendem o Escritório Modelo, com atendimentos focados na área jurídica e a Clínica de Psicologia, prestando atendimento clínico à comunidade, além dos laboratórios que também auxiliam nas demandas da comunidade: Laboratório de Engenharia Civil, Laboratório de Atividades Físicas e Promoção à Saúde, Laboratório de Gestão e Ludoteca.  

A Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec) oferece o fomento à criação e ao crescimento de empresas locais e regionais com orientação tecnológica, disponibilizando também à comunidade três novos espaços que irão proporcionar ambientes inovadores para soluções criativas, qualificação empreendedora e desenvolvimento de protótipos. Atualmente também funcionam no Campus as secretarias do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica dos rios Turvo - Santa Rosa - Santo Cristo e Corede Fronteira Noroeste.

Os programas de Residência em Medicina da Família e Comunidade, e Residência Multiprofissional em Saúde da Família, parceria entre a UNIJUÍ e a Prefeitura Municipal de Santa Rosa, por meio da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR), são outro programas da Universidade, destinados para profissionais ligados à área da saúde. 


Segunda etapa do Desafio Empreendedor acontece sábado no Campus Santa Rosa

                  

A Segunda Etapa do Desafio Empreendedor Agrotech Garage 2018 da UNIJUÍ, que busca inovações no setor do agronegócio, será realizada no próximo sábado, dia 09 de junho, no espaço Coworking, no Campus Santa Rosa.

No turno da manhã os participantes vão desenvolver um Pitch de sucesso (apresentação de um plano de negócio). E, durante a tarde, ocorre a apresentação das propostas para o problema identificado, que deve ter sua aplicabilidade na área da agricultura. Na sequência serão premiadas as equipes vencedoras.

O Desafio Empreendedor tem como objetivo estimular a criatividade e a inovação por meio de atividades que auxiliem no processo de inovação, possibilitar aos participantes o exercício de sua capacidade de criar, de resolver problemas e encontrar soluções, buscando agregar valor para a sociedade e para a Instituição, por meio das possíveis soluções identificadas, além de gerar novos negócios.

O evento é promovido pela Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec) e conta com o apoio da UNIJUÍ, Agência de Inovação e Tecnologia da UNIJUÍ (AGIT) e Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT).


UNIJUÍ, DCE, CENTRO E DIRETÓRIOS ACADÊMICOS INFORMAM À COMUNIDADE ACADÊMICA

A Unijuí, DCE, Centros e Diretórios Acadêmicos, em nota conjunta, informam a retomada das atividades acadêmicas a partir da próxima segunda-feira, 04/06, nos quatro campi: Ijuí, Panambi, Três Passos e Santa Rosa. Informam, também, que estarão monitorando os acontecimentos durante o final de semana para novos encaminhamentos, se necessário.

Posteriormente, será disponibilizado um calendário com as datas de recuperação das atividades acadêmicas suspensas.

Agradecemos a compreensão de todos.


Unijuí qualifica estruturas para a implantação do curso de Medicina

                  

A Unijuí segue qualificando as estruturas institucionais para a implantação do curso de Medicina. O Núcleo Docente Estruturante já está em fase de elaboração dos planos de ensino e na discussão sobre metodologias de ensino a serem utilizadas no curso, com ampliação da discussão envolvendo outros departamentos da Universidade. Além disso, a Biblioteca já está com a bibliografia básica indicada adquirida e a Reitoria da Universidade já recebeu o projeto do Complexo de Ciências Médicas. 

Segundo a Vice-Reitora de Graduação da Unijuí, professora Cristina Pozzobon, para o curso de Medicina, os espaços existentes do Complexo de Biociências já estão recebendo investimentos para melhoria e modernização e, também, aquisição de novos equipamentos. 

Projeta-se, segundo a Vice-Reitora, a construção de um prédio, denominado Complexo de Ciências Médicas, que abrigará o Laboratório de Habilidades, que será constituído de salas de simulação com área de supervisão; salas de tutoria; salas de estudo para estudantes e para professores; salas de aula; auditórios; além de sanitários, copa, salas administrativas e recepção. A área total construída será superior a 3 mil metros quadrados.

As atividades de construção devem iniciar no segundo semestre do início do curso, tendo sua primeira etapa concluída até o quarto semestre, disponibilizando a área do Laboratório de Habilidades para uso. A conclusão da área destinada para as salas de tutoria, salas de aula e as salas de estudo serão concluídas até o quinto semestre. Os demais espaços, tais como auditórios e salas de aula no nono semestre de funcionamento do curso. A nova edificação contará com sistemas de comunicação entre seus espaços, possibilitando o acompanhamento, em salas de aula ou salas de tutoria, de atividades de simulação ocorridas nos laboratórios. Os recursos audiovisuais e de acesso à internet estarão disponíveis em todas as salas. A Universidade vai dar atenção também aos espaços de convívio, possibilitando longa permanência dos usuários no prédio, com salas de estudo e áreas de descanso. 

Biblioteca

Outros importantes investimentos para o curso de Medicina encontram-se na Biblioteca Universitária Mario Osorio Marques. Já foram adquiridos mais de 150 novos títulos e mais de 500 exemplares correspondentes aos primeiros dois anos de curso, sendo que mais de 500 outros títulos já faziam parte do acervo da Instituição. Segundo Aline Morales dos Santos Theobald, gerente da Biblioteca, os livros já foram incorporados ao acervo, de acordo com a Catalogação utilizada pela Biblioteca. 

Agendas

Membros do Departamento DCVida e do NDE estiveram mais uma vez reunidos com as equipes da Secretaria Municipal de Saúde explicando a importância da participação da rede pública no projeto do Curso e informando sobre os eventos de formação docente e de preceptores docentes que a Universidade está organizando para todos envolvidos com o Curso nas diferentes instituições de Saúde. Foi feito um primeiro contato do NDE com o administrador do HCI, Sr. Fernando Becker, sobre a parte hospitalar do Curso de Medicina, neste momento especialmente para observação das áreas com possibilidade de utilização para atendimento ambulatorial de pacientes. Também estão previstas visitas aos outros dois hospitais parceiros, Hospital Bom Pastor, em Ijuí e Hospital de Caridade, em Panambi.


Crédito Universitário Unijuí: estude com qualidade e mensalidade acessível

               

O Programa de Financiamento de Crédito Educativo Unijuí – CREDIUNIJUÍ, que tem como finalidade a concessão de financiamento parcial aos estudantes dos cursos de Graduação presencial da Universidade, abrirá inscrições no próximo dia 26 de junho. O prazo limite para buscar o Financiamento encerra no dia 20 de julho de 2018.

A inscrição dos candidatos deve ser realizada exclusivamente pelo portal do Estudante, a partir de login em www.unijui.edu.br, neste período. O resultado da pré-classificação será divulgado no dia 24 de julho.

O CREDIUNIJUÍ cobrirá até 50% do valor semestral de matrícula. Para participar é necessário preencher formulário e participar de um processo seletivo. É necessário, também, matricular-se semestralmente, no mínimo, em 20 (vinte) créditos acadêmicos, salvo o caso em que não haja a oferta de disciplinas curriculares em número suficiente e possuir uma renda bruta do Grupo Familiar per capita de até 5 (cinco) salários mínimos. 

O processo de seleção, classificação e concessão de benefícios do Programa de Financiamento de Crédito Educativo UNIJUÍ é feito por uma Comissão de Seleção. Saiba mais na página do Programa.


Popularização da Ciência: Projeto visa desenvolver mais opções de alimentos sem glúten

                  

A Doença Celíaca (DC) é uma patologia que atinge o intestino delgado. De caráter autoimune, ela se manifesta em indivíduos geneticamente predispostos, a partir do consumo do glúten (principal fração proteica presente no trigo, centeio e cevada). De acordo com dados da Fenacelbra (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil), estudos internacionais apontam que 1% da população mundial é celíaca, ou seja, aproximadamente 7 milhões de pessoas. No Brasil, os resultados dos estudos realizados em algumas regiões mostraram que a prevalência de Doença Celíaca é semelhante à encontrada em países desenvolvidos, variando de 0,15 a 1,94% da população. Este número pode chegar a 2 milhões de indivíduos, a maioria deles ainda sem diagnóstico. Por isso, muitas pessoas precisam adotar uma dieta sem glúten, excluindo da alimentação todos os alimentos feitos com base em farinhas de trigo, cevada ou centeio, como os bolos, bolachas e pão, por exemplo.

Com o objetivo de contribuir para ampliar a diversidade de alimentos sem glúten no mercado, o grupo de pesquisa Alimentos e Nutrição da Unijuí desenvolve o Projeto “Desenvolvimento de alimentos sem glúten a partir de grãos cultivados na região noroeste do RS”, que conta com a parceria do Instituto Federal Farroupilha (IFF-Santo Augusto), da Sociedade Educativa Três de Maio (SETREM), e apoio financeiro da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT-RS).

Um dos objetivos é desenvolver alimentos sem glúten, baseados em grãos produzidos na região noroeste do RS, elaborados a partir de um mix de farinhas de três espécies de grãos: chia, quinoa e trigo sarraceno. Dois tipos de alimentos serão desenvolvidos nesse projeto: massas (tipo macarrão) e snacks extrusados (flocos) sem glúten, com a adição de farinhas, como a de milho, arroz, soja e batata doce. Em todas as formulações testadas serão realizadas avaliações químicas, microbiológicas e sensoriais, a fim de estabelecer a sua qualidade nutricional, sanitária e de aceitabilidade pelos consumidores.

Segundo o professor do curso de Agronomia da Unijuí e coordenador do projeto, Raul Vicenzi: “estima-se que existam mais de 2 milhões de pessoas intolerantes ao glúten no Brasil, por conta disso o mercado de produtos isentos de glúten tem crescido bastante ultimamente, cerca de 40% ao ano”. Também é objetivo desenvolver esses alimentos com uma formulação equilibrada e adequada, avaliada por meio de análises físico-químicas, nutricionais, microbiológicas e sensoriais.

Depois de definir as formulações definitivas, o projeto prevê a realização de eventos, cursos, treinamentos e palestras, cuja finalidade é transferir as tecnologias desenvolvidas para o setor produtivo regional, tendo preferencialmente como público indústrias e agroindústrias, seus colaboradores, técnicos, produtores rurais e cooperativas.

Além disso, o projeto contribui para abrir campo de pesquisa e envolver os estudantes da Unijuí no processo, como relata o estudante Jean Gabriel Regis, bolsista do projeto. “Nós participamos de todas as etapas, desde a escolha dos grãos, moagem, mistura das farinhas e preparo da massa. Também participamos da avaliação e da composição dos produtos elaborados, para definir a melhor formulação, e ainda do processo de execução dos cursos para transferência tecnológica à comunidade. Nós, bolsistas, atuamos diretamente nas atividades práticas, operamos os equipamentos, ajustamos as misturas dos ingredientes, e verificamos os resultados a fim de atingir os objetivos pretendidos no projeto”.       

Este projeto de pesquisa tem cinco anos de duração e conta com um grupo formado pelos seguintes professores: Raul Vicenzi (Agronomia), Eilamaria Libardoni Vieira (Nutrição), Fernanda da Cunha Pereira (Engenharia Química), Alessandro Hermann (Química), Anagilda Bacarin Gobo (Química) e José Antônio Gonzalez da Silva (Agronomia).


Nomeada a Comissão para o processo eleitoral dos representantes no CONSU

               

O Conselho Universitário - CONSU é o colegiado superior deliberativo, normativo, consultivo e de supervisão da UNIJUÍ. Os integrantes da comissão eleitoral para a eleição dos membros CONSU foram nomeados, no dia 8 de maio, pela Portaria da Reitoria nº 16/2018, assinada pela Reitora Profª Drª Cátia Maria Nehring.

Integram a comissão eleitoral dois representantes dos professores - Julio Cezar Oliveira Bolacell e Lauri Basso; dois técnicos-administrativos e de apoio - Marcia da Silva e Marileide Regina Schiavo; e um representante da Presidência do CONSU - Sandra Maria da Silva.

A eleição para os novos membros do Conselho Universitário está marcada para o dia 03 de agosto (sexta-feira) e as chapas podem ser inscritas até o dia 18 de julho (quarta-feira), às 17h.

O calendário eleitoral referente ao processo eleitoral e os demais materiais estão disponíveis no https://www.unijui.edu.br/eleicaoconsu em Informes Oficiais. O mandato é de três anos e as chapas devem ter cinco representantes dos professores (titulares e respectivos suplentes) e cinco representantes dos técnicos-administrativos e de apoio (titulares e respectivos suplentes).


UNIJUÍ, DCE, CENTROS E DIRETÓRIOS ACADÊMICOS COMUNICAM À COMUNIDADE ACADÊMICA

UNIJUÍ, DCE, Centros e Diretórios Acadêmicos, em nota conjunta, informam que as atividades acadêmicas estão suspensas a partir das 13h30 desta quarta-feira, 30/05, até dia 02/06, sábado, nos quatro Campi: Ijuí, Panambi, Três Passos e Santa Rosa. A decisão foi tomada no final da manhã desta quarta-feira, 30/05, em reunião com representantes do DCE, Centros e Diretórios Acadêmicos e Reitoria da Unijuí com o objetivo de reavaliar a situação a partir dos últimos acontecimentos envolvendo o movimento das rodovias. 

Na sexta-feira, 01/06, uma nova reunião entre DCE, Diretórios Acadêmicos e Reitoria será realizada para avaliar e definir os encaminhamentos para a próxima semana.

Por outro lado, as atividades administrativas seguem funcionando dentro da normalidade possível, nos quatro Campi.


Criatec faz reunião com os vencedores do Desafio Empreendedor de Panambi

               

A Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec) da Unijuí realizou, no dia 24 de maio, reunião com as equipes vencedoras do Desafio Empreendedor do Campus Panambi. Na agenda foram discutidos o contrato de pré-incubação de seis meses, consultorias e assessorias para validação para desenvolvimento dos empreendedores utilizando Canvas YOU planejamento pessoal. 

No dia 07 de junho será realizada uma nova agenda, para discutir consultorias e assessorias para validação do modelo da ideia e do modelo de negócio, consultorias e assessorias na área de capital, consultorias e assessorias na área de Propriedade Intelectual e as atividades com os grupos serão desenvolvidas no laboratório de Gestão. 

Em primeiro lugar no Desafio Empreendedor do Campus Panambi ficou a equipe Recilamp, que procurou uma solução para a reciclagem de lâmpadas. Em segundo, a equipe FGCM, que propôs um projeto de irrigação de precisão. E, em terceiro lugar, o grupo 1D2M, que defendeu a ideia de um telhado verde. 

A banca avaliadora foi composta pelo Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, professor Fernando Jaime González, pelo professor chefe do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias, Maurício de Campos, e pelo coordenador do Núcleo de Gestão Ambiental da Universidade, João Lucas Pereira dos Santos. 

                       

Sobre o Desafio 

O Desafio Empreendedor busca contribuir com a disseminação da cultura empreendedora na Universidade, apresentando possíveis soluções de mercado para problemas identificados conforme a temática, agregando valor para a instituição e gerando novos negócios. 

O primeiro lugar ficou com uma vaga de pré-incubação externa na Incubadora de Empresas de Inovação tecnológica da UNIJUÍ - Criatec Campus Panambi, troféu e 40 horas de consultoria para elaboração de projetos para captação de recursos em editais de fomento. O segundo lugar também ganhou uma vaga de pré-incubação externa e troféu; e o terceiro lugar ganhou um troféu. 

A edição do Desafio Empreendedor no Campus Panambi teve como realizadores AGIT, CRIATEC, DECEENG, DACEC com o apoio do SEBRAE e UNIJUÍ.


Grupos Temáticos: experiências compartilhadas no NAAI

                   

O Núcleo de Acompanhamento e Acessibilidade Institucional (NAAI) da Unijuí tem desenvolvido um trabalho intenso de acompanhamento pedagógico e psicológico aos alunos que apresentam inúmeras dificuldades decorrentes da aprendizagem. Nessa semana o grupo de profissionais que integram o Núcleo, juntamente com um dos estudantes atendidos, organizou um espaço para debater o tema e compartilhar experiências. O objetivo é organizar um espaço/tempo institucional para trocas de experiências sobre o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, transtorno este que resulta, quando não identificado e acompanhado, sérias consequências para a aprendizagem.

Uma história

“Pai, eu quero ser médico veterinário”. Essa era a frase que André Lucca Pizutti dizia na infância. “Naquela época não sabia o estrago que o déficit de atenção faria em minha vida. Fui crescendo, aos trancos e barrancos concluí o Ensino Médio. Prestei vestibular e entrei na faculdade. Cinco anos me separavam da concretização daquela frase. Então, comecei a acumular reprovações, era um fracasso atrás do outro, até que, em 2011, desisti. Não sabia que os meus fracassos faziam patologia”, relata.

Ele relata que as consequências foram graves: “realmente, boa parte de quem eu era morreu naquele ano. Aquela criança, convicta quanto ao seu futuro profissional trancava o curso. Aquela criança morreu. Isso me levou a uma depressão profunda, inúmeros fracassos profissionais, inúmeros pensamentos suicidas, dentre outras coisas. Isso fez com que fosse atrás de um tratamento a fim de conviver com esta situação” conta.

André, que é formado em Administração e atualmente retomou o curso de Medicina Veterinária na Unijuí, ressalta que quando percebeu que alguns alunos diagnosticados com o transtorno do déficit de atenção acumulavam insucessos acadêmicos, procurou o NAAI e prontificou-se a organizar um grupo para troca de experiências em relação a esta situação. “Falei sobre isso e percebemos a oportunidade de ajudar esses estudantes. Ninguém precisa passar pelo que passei, só peço que conversem conosco”, salienta.

Este grupo fará suas reuniões nas quartas-feiras, às 17h, no NAAI, no Campus Ijuí. Os estudantes que se identificarem com esta questão estão convidados para participarem do encontro.