COMUNICA

PORTAL DE NOTÍCIAS DA UNIJUÍ

Institucional

Unijuí e Sicredi firmam parceria com possibilidade de financiamento estudantil 100%

Unijuí e Sicredi assinaram convênio que permitirá financiamento estudantil de até 100% em cursos de graduação da Universidade. A parceria é válida para os cursos de Agronomia, Medicina e Medicina Veterinária. A assinatura do convênio aconteceu em reunião realizada nessa quinta-feira, 12, no gabinete da Reitoria.

O novo financiamento garante aos estudantes a possibilidade de financiar até 100% do valor da semestralidade parcelando em 12 meses. Para poder contratar o financiamento, o estudante deve solicitar uma declaração de aptidão na Unijuí e encaminhar até o Banco Sicredi, agência de Ijuí, localizada no centro da cidade.

Participaram da reunião o Presidente do Sicredi, Antenor José Vione, o Diretor Executivo, Roque Enderle, a Reitora da Unijuí, Cátia Maria Nehring, o Vice-Reitor de Administração da Unijuí, Dieter Siedenberg, e o Gerente da Coordenadoria Financeira da Unijuí, Roberto Montagner Buron.

Para saber mais sobre as possibilidades do novo financiamento, basta entrar em contato pelos canais de comunicação da Universidade:

 

          E-mail atendimento@unijui.edu.br

          Telefone (55)3332-0444

          Chat na página da Unijuí em https://www.unijui.edu.br/

          De forma presencial na Central de Atendimento da Unijuí em Ijuí.

 


Unijuí será apoiadora da Smart City Expo 2020 em Curitiba

Temática da terceira edição do maior evento brasileiro sobre cidades inteligentes privilegia ações e soluções

              

Nos dias 26 e 27 de março de 2020, Curitiba volta a ser a capital mundial das cidades inteligentes. A capital paranaense receberá a terceira edição brasileira do maior evento de cidades inteligentes do mundo, o Smart City Expo Curitiba 2020. A Unijuí será apoiadora do evento, especialmente porque os cursos do Departamento de Ciências Exatas e Engenharias (Dceeng) terão novos currículos, a serem implantados a partir do próximo ano com o eixo transversal de formação focado nas “cidades inteligentes”. 

“Sendo assim, o evento será um momento importante de discussão e atualização a todos que participarem”, observa a Vice-Reitora de Graduação e professora do Departamento, Cristina Pozzobon. 

O evento propõe-se a ser um intercâmbio prático de atividades que inspiram o progresso, proporcionando aos participantes a apreciação de projetos e tecnologias, além de conectar todos os pontos do ecossistema de uma cidade inteligente, pois é onde os principais representantes urbanos se reúnem para lidar com desafios e inspirar soluções. O objetivo desta “feira” possibilita aos integrantes o desenvolvimento de networking, vendas, apresentação de projetos e grandes oportunidades de negócio. 

Os ingressos para o congresso do Smart City Expo Curitiba 2020 já estão disponíveis por R$ 900 (inteira) e R$ 450 (meia entrada para estudantes, professores, deficientes e idosos). O acesso à feira expositiva é gratuito, mediante entrega de 1 kg de alimento, agasalhos e itens de higiene. Os ingressos podem ser adquiridos em www.smartcityexpocuritiba.com. Foi fundada em 2011 com a visão de que as cidades devem ter papel muito mais proativo no desenvolvimento da sociedade. Dentre os projetos de maior relevância da empresa estão a vinda e organização do maior congresso do tema de smart cities de Barcelona para Curitiba – o Smart City Expo Curitiba. O iCities também trabalha com consultoria para projetos de smart city para municípios de todo o país.


Última etapa do Circuito Estímulo Noroeste de Judô é realizada

                    

No dia 07 de dezembro foi realizado a última etapa Circuito Estímulo Noroeste de Judô, evento organizado pela Equipe SOGI-EFA NOROESTE, com o apoio da Unijui e Secretária da Saúde de Ajuricaba, que contou com a participação de mais de 130 alunos. Na abertura do evento foram premiados os alunos destaques 2019, também foi realizada cerimônia de entrega das faixas. O Sensei Jean Veiga salienta que a faixa simboliza o conhecimento do aluno referente ao Judô. “Dentro da Filosofia do judô e, por meio dos de seus ensinamentos, buscamos trabalhar com os alunos que devemos conquistar nossos objetivos com muita dedicação e empenho, assim tendo orgulho sobre o que conquistamos”, observa.

O projeto de Judô tem como objetivo proporcionar  ensino de qualidade, benefícios que o esporte pode oportunizar, auxiliando no desenvolvimento integral dos alunos nos âmbitos cognitivo, motor e social, respeitando os objetivos e individualidade de cada aluno.

Em 2020 a equipe buscara dar continuidade ao Circuito Estimulo Noroeste de Judô e aumentar a participação no Circuito Estadual e Seletivas Nacionais.

Alunos destaques 2019

Efa;

SIGUER VITHENZO CARVALHO MOTTA

MIGUEL LUTKE  MIRON

Sogi;

JOÃO PEDRO BRASIL CAMPOS

LEONARDO DE OLIVEIRA BOENO

PRISCILLA RODRIGUES ALEN

PEDRO BENAIA QUADRA DA LUZ

Ajuricaba;

JOÃO BERNARDO GRESSLER.

RAFAEL DORNELES MARTINS

ARTUR GABRIEL INOCÊNCIO

GUILHERME PÓLIS

 


Unijuí realiza posse da Reitoria e Presidência da Fidene nesta sexta-feira

              

Integrantes da Reitoria eleita para o mandato 2020/2023

Nesta sexta-feira, dia 13 de dezembro, será realizada no Salão de Atos Argemiro Jacob Brum, no campus Ijuí, a posse da Reitoria da Unijuí e da Presidência da Fundação de Integração, Desenvolvimento e Educação do Noroeste do Estado (Fidene), gestão 2020/2023. O ato oficial inicia às 10h e, na oportunidade, também serão apresentados os novos conselheiros dos Conselhos Superiores da Fundação.

Com 84,16% dos votos válidos favoráveis, a chapa “Enfrentar Desafios, Vislumbrar Horizontes” foi eleita para o mandato 2020/2023 da Reitoria da Unijuí, no dia 24 de outubro de 2019. O mandato será exercido pela professora Cátia Maria Nehring, Reitora; professora Fabiana Fachinetto, Vice-Reitora de Graduação; professor Fernando Jaime González, Vice-Reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão; e professor Dieter Rugard Siedenberg, Vice-Reitor de Administração.

Dentre as propostas apresentadas pela chapa, destaca-se: consolidar como referência de excelência no ensino de graduação na modalidade presencial e a distância, com base em formatos curriculares inovadores; garantir a sustentabilidade; valorizar o comprometimento e reforçar a relação com a região.

               

Cátia Nehring, presidente, e Euselia Paveglio, vice-presidente da Fidene

A Presidência da Fidene será exercida pela professora Cátia Maria Nehring, eleita no dia 03 de dezembro em Assembleia Geral, por unanimidade. Na mesma data, a professora Euselia Paveglio Vieira foi eleita como vice-presidente. Também foram eleitos os membros dos Conselhos Superiores da Fidene - Conselho Diretor (órgão deliberativo e consultivo da administração da Fidene) e Conselho Curador (órgão superior e de fiscalização da Fundação), que tomam posse no dia 13 de dezembro de 2019:

MEMBROS DO CONSELHO DIRETOR 

 Titulares:

1.    Cátia Maria Nehring - Presidente

2.    Euselia Paveglio Vieira – Vice-Presidente

3.    Ivo Ney Kuhn

4.    Jaeme Luiz Callai

5.    Vera Regina Kapp

6.    Martinho Luís Kelm

7.    Onésimo Antonio Ceratti

8.    Rafael Zancan Frantz

9.    Mirna Stela Ludwig

Suplentes:

10. Arnildo Laurêncio Rockenbach

11.  Aldemir Berwig

12. Luciano Zamberlan

 

MEMBROS DO CONSELHO CURADOR

 TITULARES: 

1.   André Hoffmann

2.   Juarez Neme da Costa

3.   Lisete Therezinha Webler

4.   Roberto Fengler

5.   Sonia Beatriz Teles Drews

6.   Telmo Rudi Frantz

7.   Teodoro Clebsch

8.   Vania Elise Diel

9.   José Luis Bonamigo

SUPLENTES: 

10. Elis Regina Manhabosco Allegranzzi

11.  Elton Martin Lohamann

12. Taíse Neves Possani


Avaliação do MEC: Unijuí mantém ótimo conceito no Índice Geral de Cursos

A Unijuí conquistou o conceito 04, em uma avaliação que vai de 01 a 05, o que é considerado excelente.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou o Índice Geral de Cursos (IGC), que é um dos quesitos avaliados nas Instituições de Educação Superior (IES). Seu cálculo anual é realizado, dentre outros indicadores, pela média do Conceito Preliminar de Curso (CPC) e pela média dos conceitos de avaliação dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu, atribuídos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), na última avaliação trienal disponível. A Unijuí conquistou o conceito 04, em uma avaliação que vai de 01 a 05, o que é considerado excelente.

O CPC é um indicador de qualidade que avalia os cursos superiores. Ele é calculado no ano seguinte ao da realização do Enade de cada área, com base na avaliação de desempenho de estudantes, corpo docente, infraestrutura, recursos didático-pedagógicos e demais insumos, conforme orientação técnica aprovada pela Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES).

Para a Vice-Reitora de Graduação, Cristina Pozzobon, “receber estes resultados, extremamente significativos e positivos, para os principais indicadores de qualidade dos cursos de graduação, é motivo de orgulho não apenas para a Vice-Reitoria de Graduação, mas para toda a comunidade acadêmica e regional”. Para ela, o resultado reafirma a excelência acadêmica da Unijuí e mobiliza para a manutenção da qualidade do ensino, de maneira articulada com a pesquisa, a extensão, a inovação, a internacionalização, sem descuidar do compromisso social da Instituição.

“De acordo com este e os demais resultados das avaliações externas pelas quais passamos, atualmente, não há dúvida de que a Unijuí é a maior e a mais importante instituição de educação superior do noroeste do Rio Grande do Sul, contribuindo decisivamente para o crescimento econômico e o desenvolvimento social desta região e de todo o país”, destacou. A professora parabenizou ainda o trabalho coletivo de coordenadores, professores, técnicos e estudantes, que contribuíram para esse resultado. “Estes resultados são, antes de tudo, a resposta ao empenho, dedicação e profissionalismo que a comunidade acadêmica mobiliza cotidianamente para executar projetos pedagógicos atualizados e convergentes as expectativas do mundo do trabalho”, concluiu.

Confira os conceitos recebidos pelos cursos:



Empresas Incubadas na Criatec participam de Dia de Campo em Jóia

                

A 14ª edição do Dia de Campo de Integração lavoura-pecuária – ILP aconteceu no dia 06 de dezembro, na fazenda Espinilho, em Jóia. A iniciativa destinada a produtores rurais, técnicos e estudantes dos cursos agropecuários e serviu para inspirar os participantes com os resultados de 19 anos de pesquisas, com as histórias das propriedades rurais participantes do Programa Juntos para Competir, desenvolvido por Farsul, Senar-RS e Sebrae RS.

A programação teve início ás 8h e contou com apresentação de cases dos produtores que participam do programa, eventos técnicos e exposição de soluções tecnológicas para o Agro desenvolvidas por Startups. A Criatec esteve representada por duas empresas incubadas: AgexTec Soluções Digitais para o Agronegócio realizando a demonstração da estação meteorológica e a empresa e-Rural um software para controle e emissão de notas fiscais digitais, no almoço houve e dinâmica econômica com o professor da UFRGS, Paulo Carvalho, e o economista e consultor do Sebrae RS, Rogério de Melo Bastos.

O resultado colhido durante o desenvolvimento dos projetos é uma produção mais rentável, explorando o que cada propriedade rural tem de melhor tendo como foco a intensificação sustentável dos sistemas de produção.

                


Ações da Unijuí em 2019 impactaram milhares de pessoas na região de Santa Rosa

A Universidade Regional do Noroeste do Estado do RS (Unijuí) é uma instituição Comunitária, Pública Não-Estatal, ou seja, não é privada porque não possui um proprietário/empresário e não visa lucro, sendo considerada filantrópica. Não é estatal pois não se utiliza de dinheiro público para sua manutenção, mas pertence a uma Fundação mantida e gerida pela própria comunidade, a FIDENE, e por essa razão é equivalente a uma instituição pública. 

Em Santa Rosa forma profissionais através da educação no ensino superior desde o ano de 1990, quando ocorreu a instalação do Campus. No próximo ano estará completando 30 anos de atuação, já tendo formado mais de 5.500 profissionais graduados nas diversas profissões, que hoje atuam em empresas, organizações, entidades e até em órgãos públicos.

Atualmente o campus Santa Rosa oferece 13 opções de cursos de graduação presencial: Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia da Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia de Software, Administração, Ciências Contábeis, Gestão de Cooperativas, Direito, Pedagogia, Educação Física (bacharelado e licenciatura) e Psicologia. Além de 15 opções de graduação na modalidade EAD, diversas pós-graduações nas áreas de gestão, direito, engenharias, formação de professores e dezenas de cursos na formação continuada, de curta duração.

Muito mais do que promover apenas o ensino e a formação profissional, a Unijuí desenvolve diversos projetos, programas de extensão e pesquisa na comunidade, envolvendo estudantes, pais, escolas e demais pessoas físicas e jurídicas que são beneficiadas por dezenas de atividades decorrentes destes projetos. Por meio dessas ações a Universidade impactou durante o ano de 2019 milhares de pessoas, compreendendo os diversos programas de extensão, os serviços prestados pelo Escritório Modelo, com atendimentos focados na área jurídica e a Clínica de Psicologia, prestando atendimento clínico à comunidade, além dos laboratórios de Engenharia Civil, de Atividades Físicas e Promoção à Saúde, de Gestão e a Ludoteca. 

Também durante o ano de 2019 foram inúmeras as parcerias com a Universidade Regional no Campus Santa Rosa para a realização de atividades e eventos da comunidade envolvendo as entidades: Brigada Militar, 17ª CRE, Secretaria de Desenvolvimento Educacional, Prefeitura Municipal de Santa Rosa, FUMSSAR, Defesa Civil, Bombeiros, Ministério Público Federal, Sindicatos, Fenasoja, ONG Mãos que Servem, Acisap, Agência de Desenvolvimento, Câmara de Vereadores, entre outros.

Eventos culturais envolvendo espetáculos teatrais e apresentações musicais, em parceria com o SESC, também foram realizados na Universidade. Programa Conecta Educação promovido pela Agência de Desenvolvimento desde a sua primeira edição é realizado no campus Santa Rosa, impactando em 2019/2020 mais de 400 professores e 3.000 estudantes do município. E o programa Decola da Acisap teve a parceria da Unijuí levando a cultura empreendedora a quase 200 jovens de diferentes escolas de Santa Rosa. A Universidade participou ativamente das feiras Indumóveis, Hortigranjeiros e em atividades desenvolvidas no decorrer deste ano ligadas a Fenasoja.

Além disso, a Unijuí fomenta o desenvolvimento local a partir da criação de empresas no município e na região, com orientação tecnológica, por meio da Incubadora de Empresas de Inovação Tecnológica (Criatec). Durante o ano de 2019 também funcionou no Campus a secretaria do Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica dos rios Turvo - Santa Rosa - Santo Cristo, permanecendo até hoje a secretaria do Corede Fronteira Noroeste, que são órgãos vinculados ao estado do RS, mas neste ano mantidos exclusivamente com recursos financeiros da Universidade Regional, sem ressarcimento pelo Estado.

Os programas de Residência em Medicina da Família e Comunidade e Residência Multiprofissional em Saúde da Família, parceria entre a Unijuí e a Prefeitura Municipal de Santa Rosa, por meio da Fundação Municipal de Saúde do Município (FUMSSAR), são destinados para profissionais ligados à área da saúde, é mais um diferencial da Universidade.

Os diversos programas de extensão da Universidade estão envolvendo estudantes de ensino fundamental e médio na socialização de conhecimentos técnicos, desde a elaboração de aplicativos e softwares para jovens de 8º e 9º anos, também de robótica para estudantes do médio e noções de engenharia sustentável para meninas de escolas da região. 

Em 2019 foi realizado a I Feira Regional de Matemática, que recebeu no campus Santa Rosa mais de 1.500 visitantes para conhecerem mais de 50 trabalhos inscritos. Ainda, a primeira edição da Feira de Carreiras, com exposição de oportunidades de colocação profissional pelas principais empresas e entidades empregadoras de pessoas da região Fronteira Noroeste, tais como a AGCO, JOHN DEERE, SYGO, VIACERTA, SICREDI, COTRIROSA, TECNIKA ENGENHARIA, VIDA E SAÚDE, ALIBEN, COOPERMIL, C.VALE, que receberam centenas de currículos, realizaram entrevistas e trocaram experiências com os visitantes. E ainda, foi realizado neste ano, o Dia do Bem, promovido pela ONG Mãos Que Servem, com apoio da Universidade, que receberam mais de 5.000 pessoas no primeiro domingo de dezembro, no campus Santa Rosa.

“Foram tantas as ações durante esse ano que não cabe numa simples matéria, mas entendemos ser importante divulgar ao menos um pouco do que fizemos neste ano para demonstrar à comunidade regional o grande volume de atividades que esta instituição promove, desenvolve, apoia e realiza para beneficiar a comunidade, cumprindo assim seu propósito institucional de promover o desenvolvimento regional” finaliza o Pró-Reitor da Unijuí campus Santa Rosa, professor Marcos Scherer. 

Confira nas imagens algumas ações realizadas pela Universidade em Santa Rosa e região:


Programa de Residência Médica da Unijuí está com inscrições abertas

O Programa de Residência em Medicina da Família e Comunidade tem como objetivo principal a formação profissional especializada para atuação prioritariamente em Atenção Primária à Saúde. A Unijuí, como Instituição Comunitária, acredita nesta proposta de atendimento à saúde. Por isso oferta o Programa, junto ao Sistema de Saúde Pública do Município de Santa Rosa, por meio de parceria com a Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR), contribuindo para a formação qualificada destes profissionais na região Noroeste.

As inscrições para o programa estão abertas, os profissionais graduados em Medicina e registrados em seu respectivo Conselho Profissional poderão se inscrever no processo seletivo. Estão sendo destinadas 10 vagas, sendo cinco vagas para Ijuí e cinco vagas para Santa Rosa.

O especialista nessa área terá sua ação profissional qualificada e resolutiva na área clínica, apto para atuar em equipe multidisciplinar e desenvolver habilidades para atuar na saúde coletiva. O Programa visa formar um profissional capaz de manejar problemas de saúde individuais e de comunidade, baseado em metodologias apropriadas e no conhecimento científico, com ênfase no método epidemiológico, bem como desenvolver, planejar, administrar, executar e avaliar as atividades de saúde.

As atividades terão início no dia 02 de março. O Programa prevê a formação de especialistas em medicina da família e comunidade, com carga horária de 5760 horas/aula e bolsas financiadas pelo Ministério da Saúde. O edital completo poderá ser conferido no site: www.unijui.edu.br/pos


Unijuí realiza processo seletivo do Programa de Residência Multiprofissional

Cerca de 60 profissionais da área da saúde realizaram prova classificatória para o processo seletivo do Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família, no último sábado (7), na Unijuí campus Santa Rosa. Os candidatos concorrem a 11 vagas do Programa que formará profissionais para atuarem preferencialmente na atenção básica à saúde para as áreas de Enfermagem (4); Farmácia (1); Nutrição (1); Odontologia (2); Psicologia (1); Serviço Social (1) e Educação Física - Bacharelado (1). O curso é realizado juntamente com a Prefeitura Municipal de Santa Rosa, por meio da Fundação Municipal de Saúde de Santa Rosa (FUMSSAR).

Para a Coordenadora do Programa, professora Marilei Pletsch, “o número de inscritos reflete a consolidação desse programa ofertado por duas instituições de destaque na região. A residência é uma modalidade de pós-graduação de ensino, uma referência Nacional em serviços de Atenção Básica em que os residentes realizam sua formação atuando nos serviços e a Unijuí é referência na formação de profissionais na área da saúde”, ressalta. 

O resultado da prova escrita sairá na próxima quarta-feira (11), no portal da Unijuí. No dia 19 de dezembro ocorre o resultado final da análise dos títulos, resultado da prova de carta de interesse e convocação dos candidatos para a entrevista que será realizada no dia 23 de dezembro. O resultado final do processo seletivo será no dia 03 de janeiro e as matrículas dos selecionados está agendada para o dia 10 de fevereiro. O início do ano letivo do programa ocorrerá no dia 2 de março, no Núcleo de Ensino e Pesquisa (NEP/FUMSSAR).


Debate: a educação brasileira

                  

Para falar da crise na educação brasileira, com foco no Rio Grande do Sul, o Rizoma desta semana contou com a participação do professor da rede estadual e municipal, Paulo Barcellos, que atua nas escolas de Ijuí, e com o professor da casa, doutor em educação, Sidinei Pithan da Silva, que atua no Mestrado e Doutorado em Educação nas Ciências.

Confira na íntegra

 

Ao ser questionado sobre as crises que a educação enfrenta, Barcellos afirmou: “eu interpreto a crise como um momento de recuo do estado, uma certa fragilização da política educacional e que em momentos anteriores a gente viu com mais força, aí surge a razão de dizer que é uma crise nova, é uma crise que talvez seja uma questão mais gerencial. Isso nos desafia a pensar o que está em jogo agora, diferente de outros momentos”, salienta.

Em relação às contribuições que a sociedade tem com a educação, comentou: “existe por parte da sociedade um certo descaso com a educação, quando você tem propostas, como nos últimos tempos, em que você tem governos que reduzem os orçamentos de universidades públicas, de pesquisa, bolsas de estudos e mesmo assim a sociedade não se movimenta num processo que vá discutir e reivindicar que isso não ocorra, a gente pode ter uma noção que não há uma priorização por parte da sociedade na educação, que não enxerga a importância social que a educação tem, a importância de humanizar a educação em todos os seus níveis”, destaca o professor.

Com o propósito de rever o cenário que a sociedade vive em relação à luta pela educação, o professor doutor em educação, Sidinei Pithan observou. “A gente precisa chamar a atenção da sociedade, porque é a sociedade que tem força, é ela que pode, de certo modo, mobilizar esses agentes que respondem pelo estado hoje a prestar atenção nessa questão educacional, que é um serviço, tanto modernizante quanto democratizante”. Sidinei ainda acrescenta: “sem educação nós iremos ter muitas dificuldades como nação e como sociedade”, destacando a necessidade de chamar a atenção da comunidade para esse assunto.